1
X
1

Paraná 1x1 PalmeirasCesar Greco/Ag.Palmeiras

Numa partida completamente atípica, nivelada por baixo pelo vendaval com chuva que se abateu sobre Londrina, o Palmeiras apenas empatou com o Paraná por 1 a 1, mas diante dos outros resultados da rodada manteve a margem de cinco pontos em relação aos concorrentes – agora, o vice-líder é o Flamengo.

O Verdão ainda pode ser campeão na quarta-feira – basta torcer para que o Inter tropece na quarta-feira contra o Galo, em casa, duas horas antes do nosso jogo, e torcer para que o Flamengo ao menos empate contra o Grêmio, no Maracanã, ao mesmo tempo em que temos que vencer o América no Allianz Parque.

Primeiro tempo

Felipão poupou Bruno Henrique, desgastado com uma forte sequência de jogos, e escalou Moisés ao lado de Felipe Melo na proteção à zaga; na linha ofensiva, três craques: Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Dudu buscavam a aproximação com Deyverson, na referência.

2'
Palmeiras

Dudu faz a primeira jogada individual da tarde, se aproxima da área e solta a perna, mas sem direção.

5'
Palmeiras

Após escanteio, a bola fica viva na área e Moisés tenta mandar para o gol de cabeça, mas escorou sem força, facilitando para Thiago Rodrigues.

5'
Paraná

O Paraná desceu rápido na sequência e Rafael Grampola aproveitou o espaço na frente da zaga para avançar e bater forte, de frente para o gol – a bola pegou altura e saiu, mas assustou.

8'

Um vento muito forte começou a soprar sobre Londrina. O formato em ferradura do Estádio do Café favorecia ainda mais o efeito da ventania, que vinha exatamente do setor sul, que não tem arquibancadas. Weverton ficou com o vento na cara e a bola mexia demais a qualquer tapa para o alto. O jogo ficou aleatório, qualquer coisa poderia acontecer.

15'
Palmeiras

Dudu tentou mais um arremate de fora da área, desta vez ficou fácil para Thiago Rodrigues.

20'
Palmeiras

Diogo Barbosa foi ao fundo e fez ótimo cruzamento por baixo, para quem chegava de trás – Gustavo Scarpa chegou batendo e pegou Thiago Rodrigues no contrapé, mas o goleiro do Paraná conseguiu voltar a tempo e fez grande defesa.

22'
Palmeiras

Gustavo Scarpa tentou de fora, e Thiago Rodrigues encaixou firme.

Alguns jogadores não conseguiam ler o efeito do vento na bola e o Palmeiras, mesmo com mais controle da bola, tinha dificuldades demais para entrar na área do lanterna, recorrendo aos chutes de fora, mesmo com o vento contra.

34'
Paraná

Gol do Paraná – Juninho conseguiu boa arrancada pela esquerda, em cima de Mayke, e cruzou por baixo; Keslley estava entre Antônio Carlos e Diogo Barbosa e conseguiu se esticar para tocar para dentro – Weverton ainda tentou salvar mas foi vencido.

39'
Palmeiras

Após escanteio, a bola ficou viva na área pelo alto e Moisés conseguiu um bom cabeceio; Thiago Rodrigues estava batido; a bola ia para as redes, mas Igor salvou quase debaixo da trave.

45'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta da esquerda e Rafael Grampola quase marcou contra, desviando de cabeça a escanteio.

Bruno Arleu de Araújo encerrou o primeiro tempo com apenas um minuto de acréscimo, numa partida até então muito prejudicada pela chuva e pela ventania.


Segundo tempo

A expectativa era de que, agora a favor do vento, o Palmeiras marcasse a saída de bola do Paraná e prensasse o lanterna em sua área. Mas Felipão apostou nas jogadas de velocidade, sacando Lucas Lima e colocando Willian Bigode, contra um time que claramente iria se retrair. Gustavo Scarpa passou a jogar por dentro.

2'
Paraná

O Paraná construiu um bom contra-ataque com Keslley, mas Edu Dracena deu o bote e o obrigou a adiantar um pouco a bola, o suficiente para Antônio Carlos fazer o corte definitivo, já dentro da área. Perigo!

6'
Palmeiras

Após tabela rápida, Jesiel entrou de sola no peito de Dudu, dentro da área – o árbitro mandou seguir.

8'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS – Na sequência, Gustavo Scarpa roubou a bola no campo de defesa, arrancou e abriu para Dudu, que devolveu para Scarpa, já dentro da área. O camisa 14 enxergou Willian aberto na direita e rolou para a batida seca, cruzada – Jhony defendeu a bola, que ia no canto direito de Thiago, com o braço: pênalti. Gustavo Scarpa bateu à meia altura, no meio do gol, e empatou o jogo.

13'
Palmeiras

Moisés deu um bom passe para Deyverson, que chutou forte – Renê desviou no meio do caminho em escanteio.

16'
Paraná

Edu Dracena errou feio e a bola sobrou para Alesson, que chutou para o gol, mas Diogo Barbosa se atirou na bola e desviou em escanteio.

17'

Felipão trocou Gustavo Scarpa por Bruno Henrique, deixando todos sem entender por que tirou o segundo meia criativo do time. Moisés, em tarde ruim, pouco adaptado às condições do jogo, avançou para articular as jogadas.

19'
Palmeiras

Dudu invadiu pela esquerda e bateu de chapa, visando o ângulo esquerdo, mas Thiago Rodrigues espalmou; Willian pegou o rebote e rolou para Bruno Henrique, que bateu por baixo, mas a bola bateu em Deyverson, que jogou de zagueiro.

21'
Palmeiras

Dudu, aparentemente à vontade mesmo sob condições adversas, tentou um bom chute de fora, mais uma vez mirando a forquilha de Thiago, mas errou o alvo.

23'

Borja entrou no lugar de Deyverson, para explorar melhor o gramado pesado.

35'
Palmeiras

Depois de quase 15 minutos sem incomodar a defesa do Paraná, o Verdão chegou de novo em mais uma jogada de Dudu: ele avançou pela esquerda e cruzou por baixo; Borja e Willian fecharam livres para escorar mas a bola fugiu dos dois, empurrada pelo vento.

41'
Palmeiras

Borja pegou a sobra de uma jogada de Felipe Melo e Willian, cortou para dentro, já na área, e tinha todo o canto esquerdo de Thiago, mas bateu em cima do goleiro, que fez mais uma boa defesa.

45'
Palmeiras

Moisés cruzou na risca da pequena área; Borja fez o movimento para testar mas, mais uma vez, a bola fugiu de nosso atacante – certamente levada pelo vento.

Depois de seis minutos de acréscimo, Bruno Arleu de Araújo encerrou a partida.



Ficha Técnica

Paraná

Thiago Rodrigues
Wesley Dias
Jesiel
Renê Santos
Igor
Leandro Vilela
Jhony
Juninho
Torito González
Alesson
Jean Lucas
Keslley
Rafael Grampola
Rafael Augusto
Dado Cavalcanti
TÉCNICO


Fim de jogo

O resultado é frustrante; nossa torcida já estava se preparando para comemorar o título na quarta-feira diante do América, mas o tropeço pode adiar mais um pouco o grito. Para que o Palmeiras seja campeão já na quarta, precisa vencer o América e de tropeços do Inter e do Flamengo. Mas mesmo que não aconteça, ainda haverá duas rodadas para garantir a conquista. Ainda temos uma rodada de margem de segurança.

Alguns jogadores se adaptaram mal ao vento e ao gramado pesado. Felipão fez escolhas ruins. O tropeço inesperado fez a festa dos apostadores dos cassinos virtuais e deixou parte da torcida do Palmeiras, ansiosa, tendo ataques de nervos nas redes sociais.

As chances de título permanecem gigantescas, só será necessário esperar um pouco mais. A torcida do Flamengo está achando que dá. Ignorando todas as chances matemáticas, estão se animando. Os palmeirenses que conseguem controlar a ansiedade e sabem fazer contas estão se divertindo: a conquista terá mais nuances de crueldade sobre os flamenguistas, que sofrerão mais um pouco, esperneando.

Calma… tranquilidade… e VAMOS PALMEIRAS!


Acompanhe a transmissão ao vivo feita pelo Verdazzo, com a narração de Bruno Zanholo e comentários de Conrado Cacace.