1
X
0

28/11/2019 - 19:30

Pré-Jogo

Pré-jogo Fluminense x Palmeiras

Na noite desta quinta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Fluminense, no Maracanã, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem nada a aspirar a não ser a luta por R$ 1,6 milhão (a diferença entre a premiação do segundo e do terceiro colocado), nossos atletas têm a obrigação moral de fazer todo o possível para rebaixar mais uma vez o clube carioca. Nossos jogadores nos devem isso desde 2009 e sempre nos deverão, até os que nem eram nascidos.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Felipe Melo e Gustavo Gómez

Pendurados: Weverton, Antônio Carlos, Thiago Santos, Bruno Henrique e Carlos Eduardo

Mano Menezes perdeu Gustavo Gómez, que sofreu lesão muscular na última partida e não deve mais voltar a campo este ano. Felipe Melo segue se recuperando de um edema na panturrilha e Borja, ao que parece, esgotou a paciência do treinador.

Luiz Adriano vai sair jogando e, se não tiver limitações físicas, tende a ocupar a vaga nos últimos quatro jogos do ano. A grande novidade é a presença de Gabriel Veron no banco de reservas, pela primeira vez entre os profissionais.

Se não optar por outras mudanças, Mano Menezes deverá mandar a campo Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos e Bruno Henrique; Dudu, Lucas Lima e Zé Rafael; Luiz Adriano.

Fluminense

FluminenseTentando desesperadamente evitar mais uma queda, o Fluminense ainda precisa apelar para as redes sociais para convocar sua torcida para o jogo desta noite. Marcão não poderá contar com Yuri, suspenso – Airton vai a campo em seu lugar. João Pedro, ainda em recuperação física depois de uma virose, não foi relacionado.

Assim, o time que deve entrar em campo no Maracanã é Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Airton, Allan, Daniel e Ganso; Marcos Paulo e Yony González.

Números

  • Em 110 partidas desde 1926, o Palestra/Palmeiras já venceu o Fluminense 60 vezes, empatou 16 e perdeu apenas 34 partidas.
  • Nas 58 partidas com mando dos cariocas, há equilíbrio: 24 vitórias para cada lado, mais 10 empates.
  • Pelo campeonato brasileiro também foram 58 partidas e o Palmeiras venceu 31, perdeu 18 e empatou 9 vezes.
  • As duas equipes já se enfrentaram 39 vezes no Maracanã e o Verdão venceu 16 vezes, com seis empates e 17 vitórias do Fluminense.

No calendário

O Palmeiras já disputou 13 jogos no dia 28 de novembro. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Arbitragem

Leandro VuadenÁrbitro Principal:
Leandro Vuaden

Jean Pierre Gonçalves LimaVAR:
Jean Pierre Gonçalves Lima

Parpite

A esperança é que o Palmeiras saia na frente cedo, de alguma maneira, e que o Fluminense se perca em seus nervos – a partida vai ficar bem fácil se isso acontecer. Caso contrário, vai ser decidida num lance de bola parada e vai ser 1 a 0 para um dos dois lados.

Mantendo o otimismo aceso, vamos na primeira hipótese: 3 a 1 para o Verdão, com dois gols de Luiz Adriano e um de Dudu, para 16.567 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Sintonize no PFC e sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC

Pós-Jogo

Fluminense 1x0 PalmeirasCésar Greco/Ag.Palmeiras

Com sete reservas, o Palmeiras foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0 e permitiu ao time carioca respirar na luta contra o rebaixamento. Desinteressado, nosso time envergonhou e irritou nossa torcida com um jogo lento, conformado – o verdadeiro pão com chuchu previsto na chamada do pré-jogo.

Resta saber se essa postura irresponsável desse grupo se repetirá no jogo de domingo, contra o Flamengo, e se eles nos envergonharão novamente. São apenas três dias para mudar tudo.

Primeiro tempo

4'
Palmeiras

Digão saiu jogando errado e deu de presente para Raphael Veiga, que teve espaço, avançou, ajeitou, pensou e decidiu colocar n ângulo direito de Marcos Felipe; o chute de curva não saiu bom e a bola passou à direita da meta carioca.

7'
Palmeiras

Hyoran tentou jogada individual, ajeitando e batendo de fora; Marcos Felipe defendeu sem maiores problemas.

Depois de um bom começo, o time do Palmeiras parou e deu espaço ao time do Fluminense que, precisando do resultado, agradeceu e passou a rondar nossa área. Boas partidas de Thiago Santos de Matheus Fernandes, no entanto, impediam que o time carioca articulasse as jogadas, mas era claro que estavam muito mais próximos do gol.

38'
Fluminense

Gol do Fluminense – Demorou mas saiu: depois de falta na esquerda, a bola foi rechaçada pela zaga; Caio Henrique tentou recolocar; Thiago Santos raspou de cabeça e Luan rebateu nos pés de Marcos Paulo, que dominou e deu um tapa no ângulo de Weverton, que ficou sem ação.

41'
Fluminense

O Palmeiras estava nocauteado em pé. Gilberto apoiou pela direita e cruzou; Marcos Paulo ganhou fácil de Luan pelo alto e testou firme, mas a bola encobriu o travessão.

48'

Leandro Vuaden fez sua parte nos 48 minutos do primeiro tempo. O Palmeiras não jogou nada, mas se estivesse jogando, teria problemas com a arbitragem, que inventou várias faltas a favor do Fluminense nos lances menores. Se já estava difícil imprimir ritmo de jogo com a preguiça dos jogadores, com o juiz picotando o jogo, ficou impossível.


Segundo tempo

Dudu voltou no lugar de Hyoran. O Palmeiras teve três minutos com alguma atitude, e logo voltou ao marasmo, tocando a bola calmamente como se estivesse vencendo o jogo.

11'

Veiga deixou o campo para a entrada de Lucas Lima.

12'
Fluminense

Após disputa em frente a nossa área entre Marcos Paulo e Luan, a bola sobrou para Yony González, que emendou com força – ela deu uma beliscadinha na rede, por fora, à direita de nosso gol.

15'
Fluminense

Gilberto tabelou com Daniel, entrou na área e bateu cruzado, mas sem muita força – Weverton pegou sem problemas.

16'
Palmeiras

Na melhor jogada do Palmeiras, Lucas Lima cruzou da esquerda na cabeça de Luiz Adriano, que testou no chão; ela já tinha vencido Marcos Felipe mas Digão se atirou nela e conseguiu desviar de cabeça a escanteio.

17'
Palmeiras

Após a cobrança, a bola foi espirrada para a lateral da área; Dudu não quis nem saber e emendou um chutaço cruzado; Marcos Felipe espalmou. Parecia que o Palmeiras ia emendar uma pressão.

30'

Mano Menezes mandou Gabriel Veron a campo, no lugar de Willian.

39'
Fluminense

Pablo Dyego bateu de fora, na direção de Weverton, que defendeu em dois tempos.

40'
Palmeiras

Dudu recebeu de Mayke por trás de Pablo Dyego e cruzou por baixo; Luiz Adriano tentou de letra mas Nino desviou a escanteio.

49'

Fim do suplício.





Fim de jogo

A torcida quer a queda do treinador. Mas nós não sabemos até que ponto ele é o maior responsável por este fim de ano melancólico. Há muitos fatores obscuros que podem influenciar neste desempenho tétrico dos quais não temos informação.

Demiti Mano Menezes agora, pela proximidade da partida contra o Flamengo, seria loucura. Wesley Carvalho, do sub-20, também tem um duelo contra os cariocas, fora de casa, simplesmente pela final do Brasileiro de sua categoria – a competição mais importante pela qual trabalhou o ano todo. Se Mano for demitido agora, o técnico domingo será Andrey Lopes, da comissão permanente.

Caso a demissão já tenha sido decidida pela diretoria diante deste fracasso horrendo, a despeito da ausência premeditada de sete titulares, só poderá ser comunicada após a partida contra o Flamengo, a qual, tudo indica, tem remotíssimas chances de um resultado positivo de nossa equipe, por tudo o que as duas equipes vem fazendo em campo nos últimos jogos. Mas se temos alguma chance de reverter essa expectativa, é nas mãos do atual treinador, não do auxiliar da comissão permanente. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

29.968

R$ 337.160,00

Leandro Vuaden

Súmula

Borderô

Fluminense

GOL
Marcos Felipe
LAD
Gilberto
ZAG
Nino
ZAE
Digão
LAE
Caio Henrique
VOL
Airton
VOL
Dodi
VOL
Allan
MEI
Daniel
MEI
Paulo Henrique Ganso
MEI
Nenê
ATA
Marcos Paulo
ATA
Pablo Dyego
ATA
Yony González
TÉCNICO
Marcão

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Sem chances no gol; só pegou um chute de longe e nem precisou fazer mais nada.
6
Mayke
Tranquilo na defesa, omisso no ataque.
5.5
Luan
Um único chuveirinho em sua direção: deixou o cara cabecear.
5
Vitor Hugo
Pelo menos não comprometeu.
6
Victor Luis
Esperou tanto por uma chance pra trotar em campo.
5
Thiago Santos
Se não tivesse errado tantos passes arriscados teria sido o melhor do time em campo.
6.5
Matheus Fernandes
Ao contrário da turma da frente, mostrou ao menos alguma vontade de passar uma boa impressão. Estava a fim.
6.5
Hyoran
Tanto talento desperdiçado numa atitude incompreensível. Será que já sabe se vai sair ou se vai ficar e não tem com o que se preocupar?
4
Dudu
Mostrou como se joga mesmo sem objetivos maiores e já estando garantido no elenco, sem nada para provar. Para justificar o peso da camisa que veste. Precisamos de onze Dudus.
7
Raphael Veiga
Primeiro passe, ok. Correr pra receber de volta - não ok. Não serve, desse jeito.
5.5
Lucas Lima
Viu de fora a partida do Veiga e entrou diferente. Ao menos deu sequência nas jogadas em vez de apenas se livrar da bola.
6.5
Willian
Erros técnicos, de execução, aos montes. Um cara com uma enorme história no clube, hoje era capitão do time. Podia ter feito mais.
5
Gabriel Veron
Serviu de escudo.
s/n
Luiz Adriano
Foi engolido pela defesa do Fluminense. Até tentou sair um pouco mais da área e buscar jogo no meio do campo, mas também estava numa noite infeliz tecnicamente.
5.5
Mano Menezes
Mano Menezes
Muitas dúvidas. O time jogou mal só porque tinha sete reservas? Os jogadores correram menos que o normal por falta de motivação ou porque não se importam com o treinador? A cabeça no Flamengo impedia o time de focar neste jogo por apenas 90 minutos? Por que o português do Flamengo conseguiu pegar um trabalho no meio do caminho e acertou tão na mosca e o nosso técnico está tão longe disso?
3





  • Muita gente cita o elenco e o alto número de jogadores que Mattos contratou como um grande problema. É claro que muitas contratações foram absurdas e não deram certo, mas quero lembrar que de 2015 para cá o que fez do Palmeiras ser sempre decantado como favorito em qualquer competição foi exatamente ter um elenco farto. Agora do nada isso não deu certo e tem que mudar tudo? Se tem um erro grave que Mattos cometeu foi nunca ter definido um treinador capaz de fazer o melhor com esse elenco. Muitos jogadores que temos hoje com certeza rederiam em outros times com um mínimo de organização tática.

    • Exatamente, o que faltou foi Mattos ter trazido um treinador de ponta, com conceitos táticos modernos.

      Mas não, priorizaram os resultados a qualquer custo…

  • Flamengo desse ano serve de modelo, não só ele, o Athlético PR também, esse ultimo com investimentos bem abaixo do que os gigantes do eixo RJ-SP.

    Palmeiras não deu liga, e o mais irritante é que começamos o ano bem, badalados como o time a ser batido, enquanto lá no ninho do Urubu a torcida pichava o muro, pedindo fora Abel, Copa Mickey e bla bla bla, mudaram, e deu no que deu…

    Não posso dizer se foi salto alto, mas um time começou a jogar bola e mereceu o título enquanto nós, ficamos chorando vendo o trem passar.

    Tem que servir de lição, a galera que tá incomodada e acomodada no verdão, tem que sair fora, pede pra sair, e joga quando puder, até ser negociado (se é que já não está acontecendo isso) o prejuízo já é evidente dessa gestão, foram mais de 70 contratações desde que Mattos assumiu, maioria delas pífias, salvam-se umas 15 ou 20 dependendo do ponto de vista.

    Um clube aposto em qualidade, outro em quantidade!

    Tudo é aprendizado, mas no futebol cada passo tem que ser medido, pois o preju pode ser grande e o tombo… maior ainda, já experimentamos esse veneno quando o clube era amador, não dá mais pra aceitar gestões dessa estirpe.

    • Eu acho um exagero está colocação da quantidade de atletas que foram contratados.

      Em 2015 foi necessário montar um elenco totalmente novo, por isso da contratação de 25 atletas. É óbvio que destes 25, a maioria na iria vingar, pois era uma operação emergencial. De qualquer forma, foi campeão nesse mesmo ano.
      Isso representa quase 33% das contratações feitas por Mattos.

      Nos anos subsequentes, a quantidade de contratações foi igual ou menor do que outros clubes.

      Até o fim do ano passado, a grande maioria da torcida elogiava os dois times do mesmo nível que o Palmeiras possuía.

      Talvez por ter sido campeão e neste ano não ???

  • Derrota mais benéfica dos últimos anos. Agora sim temos a chance de tentar montar um time vencedor para 2020!

  • Mattos foi superestimado aqui. Desde 2015 foram 76 contratações, e quantas dessas realmente deram retorno para o futebol do time (não para o cofre)? 10, com boa vontade? Não dá 15%, isso é muito pouco. É claro que, de baciada, uma hora vai acertar um Dudu, mas para isso quantos Andreis Girottos são precisos? Para um executivo da importância do Mattos, o custo-benefício dele foi péssimo para o futebol do clube, e, nesse caso, como sói acontecer, a porta da rua se torna serventia da casa. Ah, mas o Palmeiras foi bicampeão brasileiro… Tudo bem, mas a que custo e com que proveito? Ademais, desde 2015 foram 19 campeonatos disputados e 3 títulos; me parece muito pouco pelo investimento feito e pelo nível dos adversários em geral. Por isso, a demissão dele veio até com atraso, a meu ver.

    • Futebol não é uma ciência exata. O alto investimento não é garantia de títulos, apenas lhe dará melhores chances para conquista.

      Mattos em 5 anos fez muito mais do que os últimos dirigentes que passaram no Palmeiras nos últimos 20 anos.

      O ciclo acabou realmente, mas não podemos deixar de reconhecer que o saldo foi positivo…

  • Único ponto negativo da demissão do Mano, é que a torcida do cheirinho vai encher o saco durante anos, dizendo que demitiu dois treinadores nossos no mesmo ano e no mesmo campeonato……

  • Acho que não precisa demitir o Mattos, esse ano ele errou mas vinha fazendo um excelente trabalho nos últimos 4 anos,

  • Perfeito o texto. A diretoria não pode continuar cometendo os mesmos erros. Vejo a saída do Mattos como uma tentativa de dar novos rumos no departamento de futebol. E o Galliote, aparecendo sozinho e chamando a responsabilidade, mesmo que confuso, pra mim é algo positivo e de mudança de postura. Torço muito pra que ele faça um bom segundo mandato, mesmo errando e tentando corrigir.

  • Penso que a saída do Mano foi boa, a do Mattos nem tanto, depende do profissional a ser contratado. Sobre o técnico era chover no molhado. Tomará que definam logo esse nome (Sampaoli seria promissor), mas o que mais me preocupa é a falta de hombridade da maioria do time (se fosse por isso, tinha que trocar uns 80% do elenco), de qualquer forma a reformulação tem que ser grande mesmo. Em relação a títulos, é ridículo como a mídia desvaloriza nossos títulos recentes e só da ênfase na Libertadores que não veio (como se só isso fosse conquista). Que 2020 sejamos novamente a pedra no sapato dessa corja que comando o futebol!!!!

  • Uma vez eu vi uma entrevista de Jorge Jesus que me surpreendeu. Disse que seus jogadores tinham que correr no mínimo 10 km por jogo. Isso passa a impressão que 10km ainda seria baixo. Sinceramente gostaria de saber quanto correm os jogadores do Palmeiras. Lucas Lima por exemplo.

  • Pessoal Sampaoli não ganhou nada esse ano

    Não seria melhor buscar o Marcelo Gallardo
    11 títulos em 5 anos
    Chegou 3 ou 4 finais de libertadores
    Futebol moderno
    O que vcs acham?

    • A postura na final da libertadores..não mostrou essa modernidade toda! Seguraram tudo no segundo tempo e mexeu mal. O Sampaoli não venceu com o Santos….mas veja o time que ele tem!…é minha opinião , claro que respeitando a sua!

  • Será que já contrataram J.Sampaoli, porque Manos Menezes já foi….Mattos seja rápido e para hoje! !!

  • Elenco para o ano que vem:

    Weverton – Jailson – Vinicius

    Marcos Rocha – Mayke

    Jorge – Guilherme Arana – Esteves

    Gomez – Vitor Hugo – Gustavo Henrique – Luan – Pedrão

    Bruno Henrique – Patrick – Matheus Fernandes – Thiago Maia – Patrick de Paula

    Palacios – Scarpa – Alan Guimarães

    Dudu – Caleri – De la Cruz – Veron
    William – Luiz Adriano – Roni – Angulo

    Técnico: Sampaoli

      • Para meu… Quem entregou foi o felipe Melo. Insistem em proteger esse cara… Depois que chegou ganhamos somente o brasileiro de 2018 porque ele não jogava. Estava no outro time da liberta. U. Leão em joguinho e gatinho em jogo grande…

  • Elenco para o ano que vem:

    Weverton – Jailson – Vinicius

    Marcos Rocha – Mayke

    Jorge – Guilherme Arana – Esteves

    Gomez – Vitor Hugo – Gustavo Henrique – Luan – Pedrão

    Bruno Henrique – Patrick – Matheus Fernandes – Thiago Maia – Patrick de Paula

    Palacios – Scarpa – Alan Guimarães

    Dudu – Caleri – De la Cruz – Veron
    William – Luiz Adriano – Roni – Angulo

  • Detesto teorias de conspiração.

    Mas teve pelo menos uma dúzia de lances dificeis de entender. A não ser que tenham sido de propósito.

    Não é lá uma coisa lá muito edificante. Se jogaram mesmo para derrubar um técnico, também poderão fazer isso para derrubar qualquer outro.

  • Edu dracena
    Antônio carlos
    Diogo Barbosa
    Victor Luís
    Tiago Santos
    Lucas Lima
    Hioran
    Veiga
    Carlos Eduardo
    Borja
    Deyverson
    Luan
    Ramires
    Podem vazar
    Junto com Mano

    • Pra mim daria mais 1 chance pro Ramires com uma pré-temporada completa, acrescentaria nessa barca Mayke ( fraco ) e Felipe Melo (lento). Scarpa teria que ser estudado (pois tem bola, mas não tem tesão).

  • Como respeitar esses jogadores, se eles não demonstram respeito a nossa camisa (exceção Dudu e Jailson). Mano deve sair, mas essa postura covarde dentro de casa, num jogo desse, contra esse time nojento, é inadmissível. Me desculpe mas a maioria aí não merece vestir nossa camisa.

  • Hoje está parecendo aquele tradicional jogo ou treino de titulares x reservas…solteiros x casados…gordos x magros…amador x profissionais…e assim vai…aguardando 2020.

  • Depois de ver o sub 20, deu pra perceber pq nao usamos a base. Time nao consegue trocar 2 passes. Horroroso.

  • Pessoal este time pipoca em decisão
    Quando esperando deles ja era
    Fora Mano
    Quero terminar com o dia lendo a noticia que Mano saiu
    Para o bem do verdão

  • O melhor para o nosso futuro seria a derrota.

    Mano provavelmente não resistiria e levaria Mattos junto.

    Lamentaria apenas por Mattos, que transformou o Palmeiras para muito melhor enquanto esteve no cargo…

    • Levando Mattos junto? Não faz sentido.

      Além disso, tirar o Mattos sem ter ninguém para o lugar seria para fechar as portas. O orçamento do futebol provavelmente iria parar nas mãos de gente que nem sabe p que faz. Neste caso, técnico nenhum dará jeito.

  • Perder ou não perder, eis a questão. Porque se ganha e o Mano fica pro Paulista, melhor perder então e se livrar desse encosto. Nao torço contra o Palmeiras por causa de presidente, diretor, nem técnico e nem jogador. Mas hoje se o preço do Mano sair for a derrota, acho que estou disposto a pagar. Pelo bem de 2020. Mas então que empate, perder pra esses caras jamais.