0
X
1

30/01/2019 - 21:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Oeste x Palmeiras

Na noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras volta à Arena Barueri para enfrentar o Oeste, em jogo válido pela quarta rodada do campeonato paulista.

Por mais que o discurso de alguns jogadores seja diferente, é inegável que a atenção de todos está voltada para o Derby de sábado. O próprio Dudu admitiu esse problema de foco no inicio da semana.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Ricardo Goulart e Willian
Não inscritos:
Fabiano, Juninho, Matheus Fernandes, Hyoran, Guerra e Arthur Cabral

Segue o rodízio, desta vez com a possibilidade de escalar Raphael Veiga, recém inscrito no torneio. Lucas Lima, Dudu e Borja certamente serão poupados, assim como a linha defensiva que atuou no ABC diante do São Caetano.

Uma possível formação para a partida é Weverton; Marcos Rocha; Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos e Jean; Felipe Pires, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Deyverson.

Oeste

OesteAinda sem poder contar com Tony, que se recupera de lesão, o técnico Renan Freitas deve repetir o time que venceu o Guarani, no Brinco de Ouro.

Para o lugar de seu titular, o treinador deve manter Cicinho – aquele mesmo, que passou por aqui em 2010. O provável time que enfrenta o Verdão é Matheus Cavichioli; Cicinho, Maracás, Kanu e Alyson; Matheus Jesus, Betinho, Elvis, Mazinho e Bruno Lopes; Roberto.

Lei do Ex

  • Do lado de cá: dois de nossos goleiros já defenderam o time, em Itápolis: Weverton e Jailson. Antônio Carlos também passou pelo Oeste.
  • Do lado de lá: dois candidatos: Cicinho e Mazinho Messi Black

Árbitro

Salim Fende Chavez

Salim Fende Chavez apita o jogo – será a segunda vez que ele comandará uma partida do Palmeiras. Clique neste link para lembrar como foi da outra vez.

Parpite

A cabeça está no Derby, é claro, mas a maioria dos jogadores que estará em campo sabe que dificilmente estará em campo no sábado, que não jogarão dois jogos seguidos. Por isso, a falta de foco deve ser neutralizada e o Verdão vai com tudo pra cima do time de vermelho e preto: 3 a 1, com gols de Gustavo Scarpa, Deyverson e Edu Dracena, para 6.321 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Mais uma vez o Palmeiras vai jogar escondido no pay-per-view. Então sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC

Pós-Jogo

Oeste 0x1 PalmeirasFernando Dantas/Gazeta Press

Num dos piores jogos dos últimos anos, o Palmeiras fez o mínimo suficiente, e ainda contou com alguma sorte, para vencer o Oeste em Barueri pela contagem mínima e segue na inútil liderança do Grupo B do campeonato paulista.

Sem nenhum foco na partida, os jogadores do Verdão fizeram um autêntico treino noturno, sem forçar nada, e pouca coisa houve para se aproveitar de tudo o que foi visto. Tudo, claro, diante da proximidade do Derby, que acontece no sábado no Allianz Parque.

Primeiro tempo

Com a reestreia de Raphael Veiga, o time ameaçou a jogar com toques muito rápidos nos primeiros cinco minutos. Mas a defesa do time da casa deixou claro desde o início que iria jogar duro, com jogo extremamente viril e toda a complacência da arbitragem, que parecia determinada a ver algum jogador do Palmeiras ser machucado.

7'
Palmeiras

Após passe de Moisés, Dudu recebe dentro da área e bate rasteiro, cruzado, mas sem força – fácil para Matheus Cavichioli.

9'
Palmeiras

Mais uma vez dentro da área, cercado por meio time do Oeste, Dudu tentou chutar duas vezes, e nas duas acabou travado.

10'
Oeste

Mazinho cruzou da direita, Antônio Carlos vacilou e Elvis teve a chance de fazer o gol, mas pegou mal na bola e Thiago Santos afastou.

23'
Oeste

Mazinho chutou de fora, mas não pegou com força e a bola saiu à esquerda de Weverton.

24'
Oeste

Betinho cruzou da direita e Bruno Lopes testou bem, da marca do pênalti, mandando a bola muito perto da trave esquerda de Weverton. Antônio Carlos estava na marcação, mas desta vez o arremate saiu por mérito do atacante.

O jogo ficou completamente desinteressante. O Palmeiras não fez a menor questão de forçar nenhuma jogada; os laterais pouco apoiavam; Moisés e Veiga não faziam nenhuma questão de dar opção de passe para os pontas, e assim nada acontecia.

43'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu de longe, fraco, sem perigo para Matheus Cavichioli.

45'
Palmeiras

Mais uma vez Veiga tentou de longe, e o goleiro do Oeste defendeu de novo sem problemas.

Após dois minutos de acréscimo, o árbitro, que deixou o time da casa bater sem dó em nossos jogadores, encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

No intervalo, Felipão poupou Dudu para a entrada de Gustavo Scarpa.

1'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Com 13 segundos jogados, Felipe Pires mandou no ângulo esquerdo de Matheus Cavichioli. A bola foi tocada por Edu Dracena em projeção, Felipe Pires acreditou no lance, ganhou da defesa do Oeste após indecisão de Maracás e Matheus Jesus e ficou de frente para fuzilar.

2'
Palmeiras

Em lançamento pelo alto, Deyverson dominou na caixa, girou o corpo e bateu de chota, de três dedos, sem deixar a bola cair – ela passou raspando o ângulo direito do time da casa.

10'
Oeste

Após falta batida por Elvis, Antônio Carlos rebateu e Deyverson completou mal, dando no pé de Kanu, que emendou de sem-pulo – a bola deu na parte interna da trave esquerda de Weverton, passou em frente o gol e saiu raspando a trave direita.

15'
Palmeiras

Boa triangulação pela direita com participação de Felipe Pires e Marcos Rocha; a bola veio cruzada por baixo para a chegada de Gustavo Scarpa, que emendou rasteira, para boa defesa de Matheus Cavichioli.

20'

Raphael Veiga deu lugar a Lucas Lima.

25'
Oeste

Após falta pela esquerda, Maracás tem a chance de cabecear livre, mas errou o movimento e a bola saiu à esquerda de Weverton.

29'

Moisés deu lugar a Bruno Henrique.

O Oeste não tinha nenhuma força para empatar o jogo e dependia de mais vacilos da defesa do Palmeiras. O Verdão não estava nem aí pra nada. Um sono incrível.

36'
Palmeiras

Bruno Henrique apoiou bem e cruzou para Deyverson, que teve a chance de testar para o gol mas errou feio, deixando a bola passar.

39'
Palmeiras

Lucas Lima acionou Deyverson, que conduziu e bateu da entrada da área, para boa defesa do goleiro do Oeste.

47'
Palmeiras

Bruno Henrique recebeu dentro da área, mas na hora de fazer o giro a bola ficou muito longe do pé de apoio e o arremate saiu por cima.

Após quatro minutos de acréscimo, o juiz encerrou o jogo.





Fim de jogo

Não dá pra exigir muito mais do que isso, nestas circunstâncias. O campeonato vale pouco, o jogo não vale nada, o aspecto físico ainda está longe do ideal, testes ainda precisam ser feitos e tem Derby no sábado.

O fato de ninguém ter saído machucado talvez tenha sido mais positivo até que a vitória, diante da omissão aparentemente premeditada do péssimo Salim Fende Chavez.

Tudo agora pende para sábado. Como todos os Derbies desde 8 de abril, perdeu a magia da rivalidade. Enfrentá-los hoje é quase o mesmo que jogar contra o SPFC: não é uma disputa esportiva legal e saudável, envolve sentimentos pesados e a vitória passou a ser questão de honra, sempre.

Pois que seja, eles que quiseram assim. Já estamos na regressiva, não tem nada de testar o time, poupar titular ou fazer observações. Sábado, dentro do gramado, é guerra. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Oeste

GOL
Matheus Cavichioli
LAD
Cicinho
ZAG
Kanu
ZAE
Maracás
LAE
Alyson
VOL
Matheus Jesus
VOL
Betinho
ATA
Roberto
MEI
Elvis
ATA
Gabriel Vasconcellos
MEI
Mazinho Messi Black
ATA
Bruno Xavier
MEI
Bruno Lopes
ATA
Jheimy
TÉCNICO
Renan Freitas

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Algumas bolas por cima e só. Deu sorte nos arremates mais perigosos: a bola não foi em direção ao gol.
6
Marcos Rocha
Num sono que nem pra bater lateral na área...
6
Antônio Carlos
Uma falha no primeiro tempo, compensada por boas antecipações em cima de Bruno Lopes.
6
Edu Dracena
No lance do gol, ele rebateu para frente com consciência que estava na direção do Felipe Pires. Podem contar como assistência.
6.5
Victor Luis
Fez um bom duelo com Roberto no setor.
6.5
Thiago Santos
Se destacou de longe como o melhor em campo. Possivelmente bateu o recorde mundial de bolas roubadas num jogo só.
8.5
Moisés
Não esteve nem perto de preencher os espaços, ajudar na saída de bola e apoiar as jogadas de ataque. Basicamente: não fez nada disso.
5
Bruno Henrique
Quinze minutos focado, participando de jogadas ofensivas e até chegando para finalizar.
6.5
Felipe Pires
Não ganhou quase nenhuma no um contra um perto da linha. Salvou-se com a esperteza e rapidez no gol.
7
Raphael Veiga
Partida bem semelhante à de Zé Raphael na semana passada: tímido e não ocupando os espaços de forma coordenada.
5.5
Lucas Lima
Correu bem, deu bons passes, aproveitou o tempo para marcar alguns pontos com a chefia.
6.5
Dudu
Até ele, que é todo fominha, devia estar a fim de ter ficado no banco neste jogo.
5.5
Gustavo Scarpa
Sua entrada melhorou o time, que conseguiu trocar mais passes no campo ofensivo.
6
Deyverson
Uma casquinha aqui, um braço perdido na cara do coleguinha ali, e assim segue o menino sem chip.
5.5
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
OK, talvez tenha faltado aproximação no primeiro tempo, talvez tenha faltado atenção defensiva no segundo tempo, talvez tenha faltado um monte de coisas no jogo todo. Tá certo o chefe, de encarar o jogo como um treino noturno e focar no sábado, que é o que interessa.
6