3
X
0

Podia ter sido bem mais. Um time focado, pilhado na medida certa, contra outro disperso, distante. O bom estado do gramado e o clima favorável ajudaram bastante. A tática correta fez o resto. O Palmeiras tocou rápido, sem enrolar, e com objetividade chegou várias vezes ao gol de Thiago Volpi.

Ganhar deles é sempre muito bom, metendo um chocolate é melhor ainda. Só faltou a cobertura, mas tudo bem. Vieram, viram, e perderam, de novo. De goleada.

A vitória no clássico dá moral ao time, que segue fazendo sua parte. Faltam nove jogos e o objetivo deve ser ganhar todos, para fazer contas na reta final. Se der, deu. Se não der, já sabíamos. A vaga na Libertadores direto parece garantida. Daqui para a frente, já não temos mais nada a perder, só a ganhar. Então VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

29.481

R$ 1.731.916,80

Raphael Claus

Súmula

Borderô

Escalação

SPFC

Thiago Volpi
Daniel Alves
Bruno Alves
Arboleda
Reinaldo
Luan
Igor Vinicius
Tchê Tchê
Antony
Igor Gomes
Vítor Bueno
Hernanes
Alexandre Pato
Raniel
Fernando Diniz
TÉCNICO


Primeiro tempo

11'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Dudu foi lançado pela direita, ganhou de Arboleda e a bola ficou com Deyverson, que pensou rápido e chutou cruzado; Thiago Volpi rebateu em direção à meia-lua e Bruno Henrique, na corrida, meteu a chifrada na bola, pegando o goleiro adversário no contrapé e abrindo o placar.

15'
Palmeiras

Vitor Bueno vacilou, Deyverson aproveitou e quando se preparava para marcar acabou travado por Arboleda.

17'
Palmeiras

Dudu fez jogada individual por dentro e bateu forte de esquerda; a bola saiu por muito pouco e roçou a rede pelo lado de fora.

19'
Palmeiras

Após ótima jogada de Dudu, Deyverson recebeu em vantagem dentro da área; podia ter batido, mas preferiu limpar o goleiro; Volpi se atirou e deu um tapa na bola, desarmando nosso atacante.

21'
Palmeiras

Zé Rafael recebeu bom passe na área, mas demorou para concluir e acabou travado.

22'
Palmeiras

Scarpa recebeu dentro da área e bateu forte; Volpi deu rebote e Deyverson, impedido, recolocou no bolo; Zé Rafael testou para fora. Mas a jogada foi parada pela posição do camisa 16.

24'
SPFC

Após jogada aérea, Bruno Alves testou buscando o canto direito de Weverton, mas a bola saiu fraca, facilitando a defesa.

28'
SPFC

Após boa tabela pelo lado esquerdo com Igor Gomes, Vitor Bueno bateu forte, cruzado – a bola passou perto do rodapé esquerdo de Weverton.

Depois de um começo avassalador, o Palmeiras diminuiu o ritmo para poupar o físico e deu espaços ao SPFC. Parecia que o jogo ficaria equilibrado.

39'
Palmeiras

Bruno Henrique bateu falta quase frontal, mirando no canto do goleiro – a bola passou com muita força, lambendo a trave direita de Volpi.

41'
Palmeiras

Dudu aproveitou bola viva na frente da área e soltou o canudo, Volpi se esticou para fazer excelente defesa no canto esquerdo.

41'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após escanteio da direita batido por Dudu, Felipe Melo testou no chão, com muita violência, e venceu Thiago Volpi para fazer o segundo do Verdão.

45'
Palmeiras

Dudu tentou ligar com Zé Rafael; Bruno Alves chegou fazendo falta mas a bola passou; o próprio Dudu aproveitou o espaço livre, recolheu, partiu com tudo para a área e bateu no canto direito; a bola deu na trave e o camisa 7 ainda se virou para aproveitar o rebote para escorar – ela mais uma vez saiu roçando a rede.

48'

Raphael Claus encerrou o enorme primeiro tempo do Palmeiras com três minutos de acréscimo.


Segundo tempo

2'
SPFC

Vitor Bueno bateu de longe e Weverton pegou firme.

6'
SPFC

Igor Gomes ligou para Vitor Bueno, que deu na mesma para Pato, que invadiu a área e bateu cruzado, para boa defesa de Weverton.

O SPFC voltou com tudo e o Palmeiras só se defendia, com um enorme espaço para aproveitar em velocidade.

11'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Zé Rafael puxou o contra-ataque, conduziu a bola com muita força e tocou na medida para a infiltração de Gustavo Scarpa, que bateu na saída de Volpi e fez o terceiro.

13'
SPFC

O adversário tentou responder rápido com Vitor Bueno, que bateu forte de fora da área – a bola saiu por cima, assustando Weverton.

21'

Primeira mexida de Mano: Jean em Marcos Rocha, cansado.

22'

Na sequência, foi a vez de Felipe Melo dar lugar a Thiago Santos.

24'
SPFC

Igor Gomes tentou mais uma de fora; Weverton pegou bem.

26'
Palmeiras

Gustavo Scarpa fez um cruzamento perfeito para Deyverson, na rica da pequena área. Inteiro na jogada, o camisa 16 fez pose e meteu a cabeça na bola, que saiu quase na bandeira de escanteio. E ele ainda estava impedido.

29'

Última mexida: para aproveitar o espaço, Willian entrou no lugar de Zé Rafael.

37'
Palmeiras

No contra-ataque iniciado por Thiago Santos e que passou por Deyverson, Dudu acionou Willian na esquerda; ele enquadrou o corpo e bateu de curva, buscando o canto esquerdo, mas Volpi salvou com a pontinha da luva.

41'
Palmeiras

Mais um ótimo contra-ataque, desta vez foi Deyverson quem acionou Dudu, que passou pelo zagueiro e chutou forte, para boa defesa de Thiago Volpi.

44'
SPFC

Aproveitando o momento churrasco de nossa defesa, Reinaldo foi ao fundo após passe de Hernanes e centrou na cabeça de Raniel, que mandou na trave esquerda de Weverton.

48'

Aos 48, Claus encerrou a partida.



Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Duas boas defesas pra manter a média.
7
Marcos Rocha
Voltando de uma pausa, estava com o ritmo um pouco abaixo, mas se garantiu.
6.5
Jean
Cobriu a saída do Marcos Rocha, que cansou. Não cometeu nenhum erro.
6
Gustavo Gómez
Partidaça, arrebentou com o ataque do SPFC. Monstro.
9
Vitor Hugo
Só não jogou mais porque o Gustavo Gómez não deixou sobrar nada.
7
Diogo Barbosa
Sonolento no primeiro tempo, encaixou o ritmo certo na parte final e foi muito bem na defesa.
6.5
Felipe Melo
Está um pouco pesado, perdendo o tempo de algumas jogadas, mas compensou com a imposição moral sobre o adversário - além da marcação do gol, claro.
7
Thiago Santos
Está numa fase exuberante. Com o físico em dia, começa a colocar minhoca na cabeça do treinador.
7
Bruno Henrique
Atropelou o episódio de assédio/agressão sobre sua esposa jogando muita bola pela segunda vez seguida. E que ninguém venha falar que foi exatamente por causa disso.
8
Dudu
Baixola on fire mais uma vez. Ele adora jogar clássico.
8.5
Gustavo Scarpa
Muita movimentação no setor ofensivo e oportunismo para fechar o caixão.
7.5
Zé Rafael
Se aprimorar a rapidez para concluir a gol vira jogador de primeiríssimo nível.
8
Willian
Entrou bem posicionado, fez quase tudo certo em todas as jogadas, mas faltou um pouco de sorte.
6
Deyverson
Talvez sua melhor partida do ano, mesmo sem fazer gol. Se fosse sempre assim...
7.5
Mano Menezes
Mano Menezes
Pilhou o time na medida certa e teve a felicidade de ter pela frente um time disperso, que facilitou sua correta proposta de jogo.
7.5