A palavra-chave não é “investimento”. É “tempo”

O Palmeiras passou de fase ontem no Beira-Rio ao perder para o Inter por 2 a 1, se valendo da regra do gol fora de casa. A despeito da classificação, o futebol apresentado pelo time ficou longe do que esperamos de nosso time diante do invest…

Pára tudo. Que mané investimento, que frase babaca, não acham? Não é o investimento feito que aumenta ou diminui a responsabilidade dos jogadores e da comissão técnica. Muito menos seus salários. O que não está batendo é o futebol com a expectativa criada, diante do potencial dos jogadores. E isso tem uma explicação muito mais simples do que parece.

Quando Eduardo Baptista estava dando cabeçadas sem achar a solução para dar um bom padrão tático ao time, tudo o que pedíamos para ele, sem saber se Cuca voltaria a ficar disponível ou não, era tempo. A despeito de nosso time ter conquistado o Brasileiro e mantido sua base, perdemos peças importantes: apenas Moisés, o melhor jogador do Brasileirão, que se recupera de uma delicada cirurgia, e um craque do primeiro time do planeta chamado Gabriel Jesus – entre outros, que tiveram reposições que agradaram a todos.

Eduardo não tinha créditos acumulados, já chegou com um passivo familiar tremendamente injusto, e não resistiu ao tempo. Cuca, ao contrário, tem toneladas de crédito para queimar, e está precisando usá-los em troca de tempo.

Não se monta um time da noite para o dia. Eduardo teve quatro meses, evoluía muito devagar e não resistiu à volta de Cuca ao mercado. Cuca não tem o fantasma de ninguém o assombrando, a não ser o dele mesmo. Esse é o trunfo que ele deve usar para encorpar o time.

Cuca relógio
Marcos Ribolli

Borja e Felipe Melo ainda não deram o encaixe. O pitbull ainda compensa essa falta com atuações tecnicamente precisas; o colombiano, menos experiente, luta contra a frustração e o o abatimento, que o atrapalham mais ainda o colocando numa espiral negativa. Zé Roberto, Edu Dracena e Jean vivem fases técnicas horríveis. É “só” isso que Cuca tem que resolver, e isso se dará com o tempo.

A maioria dos “investimentos” dá resultado depois de algum tempo, em qualquer área da economia. Se nossa torcida quer mesmo abraçar a armadilha dos analistas de sofá e cobrar nosso time por causa do montante de dinheiro investido, que o faça após o tempo necessário para uma equipe de futebol maturar.

A classificação de ontem foi deliciosa e teve todos os ingredientes que qualquer torcida adora num mata-mata. Temos que desfrutar dela, comemorar muito.  Jogar bem, com consistência, é o que dá confiança para as próximas fases, e passamos longe disso – mas não existe mágica no futebol. Trocamos de técnico duas vezes desde dezembro, e Cuca precisa recuperar o tempo perdido com sua saída.

Se nossa torcida preferir reforçar a pressão que a imprensa decidiu colocar falando toda hora em investimento em vez de dar tempo para o treinador que todos sonhavam, vai ficar mais difícil. Prefiro ter paciência e saborear a deliciosa e sofrida classificação de ontem, confiando que, com tempo, o homem da calça vinho fará esse time cada vez mais forte para quando chegar a fase do funil. VAMOS PALMEIRAS!

  • Não escrevia aqui fazia um tempo, mas parabéns pelas palavras! Fui até expulso de um grupo de zapzap de “Palmeirenses” por dizer o mesmo. Tem torcedor do Palmeiras que projeta sua vida frustrada no time e para eles tudo é um lixo sempre, talvez torçam para outro time e não sabem.

  • Prass: Tche Tche (Lateral), Mina e Juninho. M. Bastos, F. Melo, T. Santos, Guerra, Dudu, William e Borja. Podem falar que dois volantes marcadores não dá, mas com essa escalação liberaríamos os laterais para atacar mais.

    • É a minha escalação tbm…e no caso eu centralizo o Dudu, coloco o Guerra na direita (como jogava no nacional e já jogou aqui), e William pela esquerda perto da área, como gosta de jogar.

      • Eu gosto de ver o Dudu centralizado também, porem não gosto de um jogador sem velocidade jogando pelos lados do campo, sendo assim Guerra e Dudu brigariam pela posição do meio e colocaria o Kenno na ponta.

    • Tem q jogar fechado e esperar uma bola e fazer o gol. Pela péssima fase do time e mesmo com o Atlético não muito bem eles são favoritos pelo ataque fortíssimo q tem. Só não pode perder de novo deles!!

      • Futebol é muito detalhe, é difícil falar que não pode perder ou ganhar é obrigação. Mas confio no Cuca, ele vai fazer esse time jogar.

  • Estava crítico ao time, mas lendo esse ótimo texto, repensei e concordo, com o que está muito bem escrito, afinal não estamos falando de uma ciência exata.

  • Cuca é muito esperto, a entrevista dele depois do jogo q a imprensa gambá fez novela, tem um objetivo que com certeza vai ser alcançado, ele vai arrumar o time, na verdade se analisar bem, ele pode montar o time nos 3 esquemas testados até o momento que todos tem muita chance de dar certo (3-5-2) – (4-4-2) – (4-3-3), na minha humilde opinião, a única coisa é que nem todas as peças se encaixam em todos esquemas, mas temos peças variadas p/ todos funcionarem, infelizmente falta tempo pra treinar, mas vai ter que apostar em um deles (c/ alguma variação) e meter bala. Eu votaria no 4-4-2, voltar a ganhar o meio-campo e aproximar as linhas, esse esquema c/ pontas ai (sendo que um deles e o centroavante e – Borja e Dudu não marcam ninguém) compromete demais a parte defensiva, mas como um amigo ai falou nos cometários, bem ou mal, os objetivos do Cuca até o momento foram conquistados..VAMO Q VAMO VERDÃO!!!

  • O CUCA deu uma entrevista muito inteligente, jogou um balde de água fria em todos quando disse que o time não é tão bom quanto ano passado, ao meu ver isso vai esfriar todos na expectativa e eles terão mais tempo de trabalhar os erros e achar o time ideal.

  • Em relação ao Borja no jogo contra o inter teve dois lances que ele estava sozinho no meio da pequena área e nos dois lances ele não recebeu a bola! Uma delas foi no rebote da bola do Bigode que bateu na trave e o outro em seguida, mas não me lembro agora qual foi o lance! E isso não é apenas em relação ao Borja, a equipe do Palmeiras anda muito fominha tentando cada um resolver as coisas sozinhos e em vários desses lances tem jogador melhor posicionado que não recebe a bola! Cuca precisa começar a pegar esses lances e cobrar a equipe para jogar com mais inteligência…

  • Temos que ver o seguinte: os objetivos de curto prazo foram alcançados.
    Cuca entrou e teve que fazer gestão de risco logo de cara, para garantir a classificação nos dois mata-matas.
    Conseguiu, meus parabéns.
    Estamos vivos nas três competições.

    Agora o momento é outro, o risco passou e há tempo para se dedicar somente ao Brasileirão.
    Tempo para mudar o time, experimentar, sem a faca no pescoço de uma desclassificação precoce.
    O campeonato é longo, podemos tranquilamente nos recuperar.

    Boto muita fé que o Cuca vai dar conta do recado.
    É preciso ter um pouco de paciência.
    Vamos, Verdão!!

  • Presente no Beira-Rio ontem pude constatar in loco algumas questões que já me eram claras nos jogos vistos pela TV:

    1º) Com essa intensidade que joga, o Zé Roberto pode jogar até 50 anos. Ele trota o jogo todo. Sem nenhuma explosão, sem nenhuma força.

    2º) Jean no meio-de-campo não rouba uma mísera bola e não cria nada ofensivamente. Ele simplesmente ocupa espaços e dá toques laterais. Erra muitos passes perigosos.

    3º) Felipe Melo bate bonito na bola, joga de terno, mas… o meia adversário consegue sempre receber a bola com liberdade. Ele trabalha postado, mas falta a volúpia do Thiago Santos a ele.

    4º) Que partida horrível do Edu Dracena!! Ele e Zé no mesmo lado é lento o negócio.

    5º) Wilian de centroavante não dá certo. A bola bate e volta. Não tem estrutura física e perfil para usar o corpo e segurar a bola no ataque para desafogar a defesa.

    Resumindo, acho que a média de idade deste time está muito alta. Falta a volúpia e a intensidade que tínhamos no ano passado.

    • Eu falo isso do Zé desde que chegou, em 2015 contratamos Egídio pra suprir o problema na lateral e mesmo assim sempre nos enganamos com o veterano. Não marca nem consulta, não é efetivo no ataque. Em time de alto nível NENHUM um jogador de linha é titular com mais de 40 anos, isso beira o absurdo.

      Obs.: contra o Inter, ele.levou 11 (ONZE!) bolas nas costas.

  • Não tem muito a ver com o post, mas preciso comentar a preocupação que fiquei com a entrevista pós-jogo do Cuca. Achei muito errado como ele desvalorizou nosso elenco… muitos estão dizendo que fez isso pra tirar o peso das costas dos jogadores, mas acho que com essa atitude ele vai na contra-mão ao dizer que o time desse ano enfraqueceu se comparado ao ano passado.
    Dizer que V. Hugo, Moisés e Jesus são baixas que não foram repostas é queimar nossos zagueiros (exceto Mina que era titular ao lado do V. Hugo), meio-campistas e atacantes (principalmente Borja).
    Não que ele esteja errado, pois os 3 realmente fazem muita falta. Mas falar isso abertamente numa entrevista, pode fazer perder a mão do elenco. Muito me preocupa!

    • Pra mim foi a forma de ele dizer nas entrelinhas que o Eduardo Batista desmontou o time:

      “Temos elenco melhor [base do ano passado mais reforços], mas temos um time pior [mudança de esquema, falta de entrosamento depois de 4 meses].”

      Concordo inteiramente.
      Agora que passamos pelos dois mata-matas, ele pode começar a reconstrução do time.

  • Eu já havia cantado essa bola. Felipe Melo se quiser jogar nesse time vai ser de zagueiro esquerdo. Isso se o Moisés se recuperar bem. Michel Bastos não quer ser lateral ou o Cuca está dando chance ao melhor lateral esquerdo de 2016 e vovô matador, que também tem crédito? É difícil, mas as chances de todos vão se esgotando com o tempo.

  • O Cuca me parece um pouco medroso nessa volta dele, time muito defensivo e o principal problema pra mim é manter jogadores que não estão jogando nada no time titular. O lado esquerdo do Palmeiras é uma avenida, tem que tirar o Dracena e o Zé. É insano um jogador de 43 anos jogar na posição que mais exige fisicamente (lateral), o Zé tem que ser opção pro meio-campo! Jean não tá jogando nada, Tche Tche idem, Roger Guedes também (Keno tá jogando bem melhor). Tem que fazer o arroz com feijão e deixar o Borja e o William jogarem juntos.

    • Não é medroso, títulos veem com uma grande defesa e hoje o Palmeiras é uma peneira, passa tudo. Por isso ele está tentando tudo que der para “encaixar” a defesa.

  • Não gosto do Borja, já falava em outro blog (ptd) que dar mais do que 25 milhões nele era loucura, pq o cara só jogou bem 6 meses. Mas querendo ou não tem que ser o titular, apesar de sua imensa apatia pelo menos consegui puxar a zaga adversária.
    Zé não dá mais pra ser lateral tem que contratar ou improvisar o michel, dracena é um bom reserva e não titular, tchê tchê e roger guedes não estão mostrando o pq da titularidade, jean está oscilando muito mas mesmo assim vem melhor que o tchê tchê, e felipe mello que junto com mina vinha sendo os melhores da temporada, não se encontrou no esquema do cuca.
    Cuca vai ter muito trabalho até pq não tem tempo para treinar, nós torcedores temos que ter paciência e apoiar.

  • concordo 100% com a tese do tempo sobrepor-se ao investimento.

    concordo 100% com a proposta de postura da torcida: NÃO ENTRAR NA ARMADILHA desta “emprensa” de GAM, ……. que tanto cantamos no Allianz Parque.

    abomino cornetice.

    o único ponto que, na minha leitura, merece uma revisão por parte da direção é que, por não ter gerido da melhor maneira possível a transição “vai, Cuca; fica, Cuca; quem vem em seu lugar” desperdiçamos TEMPO neste início de 2017: 5 meses contanto dezembro a abril. Possivelmente, seja essa déficit de 5 meses que esteja gerando ônus sobre o investimento.

    Afinal, mesmo admitindo que “investimento não faz gol” como nos “alertou” um adversário pouco antes do jogo sábado no Panetone, sabemos que material humano selecionado é mais caro e a expectativa de maturação do mesmo segue um certo ritmo no qual estamos bem atrasados pelos motivos do paráfrafo acima.

    Acho importante a direção reconhecer isso e apoioar o CUCA de todos os modos, inclusive blindando a Academia.

    #ForzaCuca

  • Segundo a flapress, o flamerda esta pra anunciar as contratações do evertorn ribeiro, rodolpho e geuvânio. E agora? a Imprensinha vai deslocar o foco do “investimento” pra eles ou vai ficar só batendo na nossa tecla?

    • E o dinheiro pra isso tudo???
      Qual o “mecenato” envolvido nessa magia contábil???
      Certeza que não é renda do estádio ou sócio-torcedor…
      e até onde eu saiba eles não tem nenhum investidor pesado que não seja o estado…

        • certo, mas o que quero dizer, é que quando é o Palmeiras que investe, é “mecenato” é “doação desproporcional”. Nós também embolsamos uma boa grana com a venda do Jesus e do Torugo e ai??
          Pra gente a grana que entra, e a superexposição de nossos patrocinadores não justifica os investimentos, agora lá, que já tem vários salários astronômicos, (Guerreiro, Damião, Diego, Conca,…) ninguém questiona mais 3 supersalários né?!

          • Com certeza! O sr. MCP correu pra ligar pro dono da Crefisa qdo foi anunciado o patrocínio do Palmeiras, questionando se ele sabia q o valor estava acima do mercado, mas qdo a RGT divulgou os valores do patrocínio, muito superior pra flamerda e gambas, ele ficou quietinho. Da mesma forma, esse sr. fez um dossiê pra mostrar q a tabela do ano passado “beneficiava” o Palmeiras, mas esse ano, qdo foi revelado o descarado favorecimento ao flamerda na tabela, ele ficou quietinho.

  • Na minha opinião, as duas palavras-chave caminham juntas: investimento e tempo. Aqueles times de 2013 e 2014, por exemplo, poderiam estar treinando até agora q não ia adiantar porra nenhuma.

  • Se falta tempo, então comece com o básico até que o tempo surja ou até que você consiga analisar todas as peças e onde encaixá-las melhor.
    Prass – Jean – Mina – Dracena (Juninho) – M. Bastos – F. Melo – Tchê² (Zé Roberto) – Guerra – Dudu (Keno) – William (Guedes) – Borja.

    Ou um 4-4-2 sacando o William e colocando mais um homem de meio, podendo ser Veiga ou até T. Santos pra reforçar a marcação que anda muito ruim.

    Chega de Jean no meio. Faz um século que o cara joga na LD, mantenha ele por lá. Até porque Fabiano e Mayke são meros reservas – apesar de ter achado que o Mayke foi bem contra o SP.
    E por pior que o Borja esteja, ele é nosso centroavante. Ele prender os zagueiros e briga pelas bolas lá na frente…

  • A primeira atitude a ser repensada do Cuca e esse espelhamento. Jogar com 3 zagueiros para espelhar e ridículo. O time joga no 4-3-3 e ponto . 1 ano jogando assim, ai pede para mudar em 1 jogo não tem quase nenhum entrosamento nessa formação. O time joga futebol de formação brasileiro , ai vai para o jogo com formação de italiano, vai dar meleca…..

    • times batidos q jogam sempre no mesmo esquema é o sonho dos adversários..nao ache q pq funcionou ano passado vai ser assim pro resto da vida. mesmo pq hj os jogadores sao outros

  • Classificamos! Cuca é um treinador ousado e conseguimos perceber claramente como ele está mobilizado para achar o time ideal que se imponha nos jogos. Mesmo fazendo experiências, o time avança e isso é prova de força do elenco.
    Deixar de tomar gols nós não deixaremos, pois é característica do treinador privilegiar o ataque em detrimento da defesa. A hora que nosso ataque começar a funcionar, vai ser só alegria.
    Keno e Thiago Santos vem merecendo a titularidade…
    Por fim uma sugestão ao Cuca: veja os jogos do atlético nacional ano passado. O segredo para engrenar é adaptarmos o esquema de jogo ao Borja. Parece estranho, mas tenho convicção de que esse colombiano ainda será equiparado ao Evair e está nas mãos do Cuca fazer isso acontecer.
    Não é mais GJ33. Cuca precisa adequar o time a esta nova proposta. Perdemos em velocidade e habilidade mas ganhamos em poder de fogo.

  • É incrível, o próprio técnico falou respondendo em entrevista no fim do jogo contra Chape e nem a imprensa e nem a torcida leva em consideração. Ele disse que deixara o time titular em casa para ganhar entrosamento, que o time não tinha tido folga e estava treinando posicionamento com o Borja.
    Ou seja o Cuca desde o princípio enxergou erros e sabe que não recebeu um time montado pelo EB, o tempo é necessário e não teremos folgas ate fim de Julho, ou seja, vamos assistir o time jogar ainda com muitas formações diferentes. Tempo e paciência e chegamos lá…

  • MOISES. Esse é o nosso problema. Ninguém faz o que esse cara faz, contratamos uns par e ninguém faz o que ele faz. Vou ser bem sincero pra vocês: Jean, Zé Roberto, Tche Tche, Dudu, todos eles merecem um banquinho pra ficarem espertos. Enquanto ficarem como intocáveis não vai mudar o que tá acontecendo também. Contratar um punhado e não dar oportunidade de jogar é foda. Raphael Veiga é muito bom de bola e não é tão usado. Hyoran também. Fica foda cara. Tem que dar chance pra essa molecada jogar. E mais: Thiago Santos tá jogando mais que Felipe Melo, doa a quem doer. Eu tentaria: Prass; Mayke, Mina, Juninho, Michel Bastos; Thiago Santos, Guerra, Raphael Veiga, Keno, Bigode e Borja.

  • Contra o Galo o negócio é fechar a casinha, jogar por uma bola e tentar ao menos um empate. Trata-se de um ataque poderoso, que tem enorme probabilidade de fazer uns 2 gols contra uma fraca defesa que por enquanto é a nossa e somos fregueses de caderneta. Então ao menos empatar será um grande negócio e se ganhar por uma bola, festa total. Temos q ter a humildade de reconhecer q o Galo é superior no momento. Vamos cuca!

  • Hoje, o Palmeiras tem um elenco, mas não tem um time. EB não achou o time que precisamos dentro desse fortíssimo elenco e nem Cuca teve TEMPO necessário para encontra-lo. Calma. Muita calma nessa hora. Tudo é questão de TEMPO.

    • Esse time será forte em 2018. Esse ano o q vier será lucro, mas ao menos uma pré liberta tem q conquistar.

  • A primeira coisa a resolver é a defesa. Estamos tomando gols demais. Isso dá insegurança para o time. Alem disso, os adversários sabem como nos marcar. Temos que tocar a bola mais rápido. É por isso que o
    Moises faz tanta falta.

  • Temos que ter paciência. O time piorou, pois está entre os conceitos do EB e do Cuca. O próprio Cuca vai ter que mudar algo, pois temos jogadores com características diferentes do ano passado. Perfeito o post. Temos que apoiar e não cair na pilha desses comentaristas

  • Perfeito comentário, só o tempo vai proporcionar ter novamente o time jogando bem, o importante ontem foi a classificação, veio de maneira mágica ??? sim e o que importa ??? o “curintia” não joga porra nenhuma e ganha só de goleada (1×0) mais como tem a simpatia da “imparcial cronica esportiva” está tudo bem, devemos mandar a merda os comentaristas esportivos deste País, afinal nunca foram a nosso favor, não seria agora que iriam. O Cuca apesar de algumas invenções, está tendo que montar um novo time e precisamos entender isto e parar de encher o saco, afinal ele está “treinando” o time na conversa entre um jogo e outro neste calendário brasileiro maluco, ainda temos o Luan, Juninho, Moisés e mais alguma contratação que deve acontecer, então muita calma neste momento.

  • Alguém tem informações de desarmes ontem de Jean e Tche Tche? Me impressiona como eles não chegam no jogador com a bola. Primeiro gol, bola atrasada errada de Jean. Segundo gol, Tche Tche só acompanha o jogador, sem sequer molestá-lo.

  • Cirurgico e perfeito. E o Cuca diz isso com todas as letras em suas entrevistas. Tem crédito e confio que irá acertar o time. VAMOS PALMEIRAS

  • Jogamos mal, muito abaixo, mas com raça! Classificamos e isso deu também moral aos jogadores. Futebol nao é uma ciencia exata e detalhes mudam tudo…eu acho que vamos encaixar e arrancar!!

  • É fato que jogamos mal e que alguns jogadores estão abaixo da média. Porém, digamos que o Margarida do apito tivesse seguido a regra do jogo e apitado os 2 penaltis claríssimos a nosso favor e ambos tivessem sido convertidos. Bingo! Teríamos ganho o jogo por 3 x 2. Competição mata-mata é diferente mesmo.

  • Eu sempre achei uma grande indiotice essa coisa de falar que só por causa do investimento um time tem a OBRIGAÇÃO de ser campeão. Isso é você achar que o futebol é muito simplista. Se fosse assim, os campeonatos seriam disputados só por quem tem mais dinheiro, e times como o PSG e o City ganhariam tudo todo ano. Obrigação de ser campeão não tem, mas tem a obrigação de jogar bem, sempre e independente de investimento ou não. E isso não vem acontecendo. Essa coisa de tempo pro Cuca esse ano eu passei a ficar com uma pulga atrás da orelha. Porque ano passado, ele teve dificuldades no início por não conhecer o elenco. Esse ano é diferente, ele já conhece a base do elenco. Não dá pra colocar a culpa na saída do Moisés e do Gabriel Jesus, que por sinal, só jogou bem um turno do Brasileirão ano passado e pouca gente lembra disso. Mas vamos aguardar.

  • concordo 100%… está na hora do palmeirense mudar um pouco, principalmente na internet… ou vc acha q os jogadores não entram na internet? imagina vc entrar na internet e tem milhares de pessoas dizendo que vc é um [email protected]? vamos apoiar q iremos longe

  • Eu, como todo Palmeirense, fico muito feliz com as classificações, independente de como tenham ocorrido.

    Mas é importante pontuar os problemas.

    Melhor fazer agora nas classificações e vitórias enganosas, do que fazer nas derrotas…

  • A alternativa do FM como zagueiro e a entrada do TS na volância foi bem interessante .
    Falta o Cuca por na cabeça que o Michel tem que jogar na lateral esquerda, nada que uma boa conversa e um pouco de treinamento não resolva, bola o cara tem .
    O Zé merece todo o respeito, mas vai ajudar o time somente quando precisar melhorar o passe no meio campo, acabou sua velocidade e pegada pra jogar na lateral .
    O Borja precisa de mais tempo e principalmente confiança, deu pra perceber que se abate facilmente, apesar de ser um ótimo CA .
    Infelizmente vamos usar os próximos jogos do Brasileiro como treinos forçados, ja que não teremos uma única semana cheia pra treinar .
    A torcida vai ter que apoiar e ter paciencia .

  • se ele precisa ganhar tempo, podemos ajuda-lo… de forma bem simples.. indicando o que ele esta gastando TEMPO pra ver… ze roberto esquece… reserva e pra jogar na meia em casos de necessidade de tabelas e refinar o toque de bola… lateral nao da mais… vai queimar a carreira do jogador.. todo time que enfrenta o palmeiras esta colocando 4 .. 3 jogadores pra ficar triangulando no setor dele… vai ser humilhado… ou tera de cair de quatro mais quantas vezes, com consequencia o gol pro adversario pra ele enxergar???

    solucao paliativa… michel bastos… e reforçar a cobertura no setor…

    jean… banco… nem me venham com essa de ir pro meio… pois a função que ele TENTA fazer no meio, tem fila de espera com gente mais qualificada… o cara esta lento, sem tempo de bola e não faz por onde ser o “batedor oficial” do time pela direita em bolas paradas… salvo a bola de ontem, do gol, mas que ele simplesmente “atirou” no bolo que se formou na area… pior.. esta sentindo as partidas… erros tecnicos de amarelamento clássico… banco pra pegar confiança em ambiente controlado e seguro (treino)

    roger guedes… tendo o keno no banco é lamentavel ve-lo escalado de titular… enquanto esse cara nao aprender a jogar PELO TIME, jamais vai crescer na carreira… existem varios momentos que bastava ele rolar a bola e teriamos gol certo e ele vai no famoso “agora eu si consagro!”… lamentavel, de verdade… desanima

    dudu…. banco…. tem sentido as partidas tambem e aquela mania de atrasar sempre uma passada a mais arrebenta o fluxo do ataque… precisa ser mais coletivo…

    a trica de ataque tem que ser WILLIAN, KENO E BORJA… e nao so pelo jogo de ontem… e sim por serem jogadores raçudos, objetivos e COLETIVOS….

    quando a equipe nao esta bem, temos que fortalecer o coletivo.. e enfiar caras la que tentam “se consagrar” NAO DA… é a formula da derrota…

    eu seria humilde e escalaria a equipe com 2 volantes de contençao nesse momento atribulado… começar a fortalecer e organizar a casa pela defesa…. detalhe, esses volantes seriam Melo e Thiago… tche tche… sinto muito… entraria so pra mudar a dinamica do jogo… em caso de necessidade de abrir a partida… ele fica muito limitado e travado com a obrigação de marcar… nao rende.. tem que jogar leve.. pelos lados… alias ele NAO SABE marcar… entao nao adianta… nesse momento entraria pra mudar a partida so…

    4-3-3 … bastos, juninho, mina, fabiano… thiago, melo, guerra… keno… willian… borja…

    mas preferia msm um 3-4-3 …. juninho, antonio carlos, mina.. thiago, melo, guerra e veiga… keno… willian… borja… (mina de libero)

    tem que chacoalhar essa bomba… pelo amor de deus… valeu a classificação… mas podia nao ter somado mais uma derrota pra eles nos numeros gerais… assim como o jogo do bambi…

    acho que os 2 unicos times que nao sao nossos fregueses nesse pais… os caras deviam saber disso e entrar como jogo “proibido perder”… precisamos virar esse quadro pra cima desses 2 times e dar um padrao consistente pro time.. .ta sofrivel… e se o problema é tempo… cuca precisa se ajudar agindo mais rapido tb, sacando quem nao ta bem do time…

    • Esquece 3 zagueiros, pelamordedeus!!!!
      Nenhum jogo que jogamos assim funcionou!!
      Eu mudaria o Tchê² para a lateral, ele rendeu bem o jogo que foi para lá
      Prass, Tchê², JUNINHO, Mina, Bastos, Melo, Thiago, Guerra, Keno (Dudu), Borja e William.
      O Dudu realmente tá mal, mas tem dias q ele vale somente com a presença, q já assusta marcadores.

      Lembrando que um time bom começa pela defesa!

      • Jogamos 2 jogos assim, meu! Contra os bambis não jogamos mal igual contra o inter, falhamos na criação de oportunidade, mas até levar o segundo gol, o meio e ataque do spfw foram ENGOLIDOS. Contra a Ponte no Allianz foi atípico, era outro treinador.

        Fora isso, quantos jogos com linha de 4 não deram errado?

        • Contra os Bambis jogamos num 4-4-2 com Dudu e William na frente. Claro, nenhum esquema é perfeito sem treinamento mas a questão é que para jogar com 3 zagueiros temos que ter 3 zagueiros inteligentes, que saibam dar amplitude na saída de bola, temos o Mina, mais quem? FM? Edu? Juninho? Se o VH, q saiu em baixa mas é um “baita” zagueiro estivesse aqui, poderíamos até pensar em 3 zagueiros, mas com o que temos acho suicídio. O que estava propondo era um 4-2-3-1 mas com um volante a moda antiga (TS) e um segundo volante (FM) que tem mais qualidade no passe, acho q deslancharíamos mais fácil.

          • Com Mina, Juninho, Edu, Luan, Thiago Martins e, ainda, Felipe Melo não temos zagueiro pra jogar com 3 atrás?

            E jogamos com 3 contra o SP, virou linha de 4 depois de levar o 2°

  • Concordo em partes Conrado!

    Realmente exigir futebol de primeira linha, com um mês de trabalho do Cuca, sem sequer uma semana cheia de treinos é absurdo. Assim como bem falou o amigo Renan abaixo, é extremamente absurdo despejarem atrocidades em cima de jogadores, que por mais que estejam em fase ruim MERECEM todo o nosso RESPEITO!! Desrespeitar Prass, Zé, é o cúmulo da falta de educação e ingratidão.

    Outra coisa que concordo é que realmente essa história de investimento não tem nada a ver!!! E realmente mata-mata o que vale é classificar, não precisa dar show!!!

    DITO ISTO, vem a parte da discórdia:
    Realmente o time precisa de tempo pra apresentar seu melhor futebol e o Cuca precisa de tempo pra achar o melhor encaixe… Mas ABSOLUTAMENTE NADA justifica a FALTA DE ATITUDE e APATIA que esse time vem demonstrando.
    Mostrar raça e superação em 15, 20 minutos de 90 não dá, desculpa, mas não dá pra ficar satisfeito ou comemorar isso.
    Realmente a cornetagem e cobrança excessiva e injusta são intoleráveis, assim como tá intolerável assistir o time ser facilmente dominado e ridiculamente facilmente anulado.

    Oras, se não houve ainda tempo hábil de emplacar o trabalho do Cuca, no minimo tem que igualar os adversários na disposição, na GANA de ganhar a partida. Só fazendo isso, equilibrando na atitude, já dá pra passar muito menos sufoco do que vem passando. ISSO EU EXIJO!!

    Comemorar a classificação concordo, mas ficar satisfeito com o que vem sendo apresentado, não dá!!! É como eu falei, não é realmente pra estar voando ainda, mas nada justifica tamanha mediocridade. Mesmo com trabalho em inicio, adaptação a nova composição, etc… o mínimo que se espera tem que estar bem acima do que vem apresentando.

    No mais, continuo CONFIANDO MUITO, tanto no Cuca, quanto no ELENCO. Mas que tá faltando atitude, isso tá!!!!

  • As pessoas precisam olhar um pouco ao redor e ver que times como Gavea e Galo investiram tanto quanto o Palmeiras e vejam se tem alguém voando no momento? Além do mais, o Galo e a Gavea estão com o privilégio de terem seus técnicos desde o início do ano e nem por isso estão se garantindo como times 100% encaixados. A Gavea por exemplo conseguiu a proeza de ser eliminado precocemente da competição mais importante da temporada.

    Tem time ai achando que o Brasileirão acaba domingo agora. Quem tem memoria sabe que o Santinha começou voando e sabemos como terminou em 2016.

    Gente, vamos com calma, as coisas estão apenas começando pra gente, deixa o Cuca trabalhar, deixa os meninos trabalharem, não adianta sofrer agora se sabemos que a chance de sorrir lá na frente é grande.

  • Quem conhece o Conrado pessoalmente sabe de seu perfil “esquentado”, vide as patadas que ele deliciosamente distribui. Por isso mesmo, é incrível a capacidade de análise fria que ele tem das situações que envolvem o Palmeiras. Era esse tipo de texto que eu estava precisando ler agora de manhã para acalmar minha raiva pelo futebol pífio que eu vi ontem.

  • Leilinha querida, por favor, de um chequinho p Matos contratar o Marco Ruben ou o Gustavo Bou, argentinos artilheiros e bons de bola.

    Também precisamos de um bom lateral esquerdo, mas não precisa ser desses medalhões não….. um equivalente ao Vitor Luís, que cedemos de graça, já estará bom………

  • No final, tudo dará certo com o Cuca.

    Só não deu certo até agora porque ainda não chegou o final.

  • Eu acredito no Cuca.

    Até agora, nada além do esperado.

    Ano passado perdemos 5 seguidas, com direito à um 4×1 memorável de um tal Agua Santa…..

    Até a 10a. rodada estaremos na liderança do Brasileirão, disputando a Libertadores p valer e com os reservas na Copa do Brasil.

    Ganharemos 4 títulos esse ano.

  • O mesmo pessoal que reclama de investimento deveria se perguntar porque times como o Manchester City e o PSG (vulgos Paysandu e Paraná Clube ricos da Europa, com todo o respeito a esses times) não serem campeões da europa várias vezes seguidas.

    • Paysandu tem uma torcida maior que o PSG e o City.

      Quanto ao Paraná Clube sim, sua comparação procede.

  • Só não entendo o pq do Cuca inventar tanto, faz o simples. Ontem mesmo foi péssimo. Entrar com 3 volantes e sem meia com 3 meias no banco de reserva.
    Mas concordo que o cuca não teve uma semana inteira para treinar o time, este calendário do futebol Brasileiro é muito ruim.

    • Amigo na verdade não da pra considerar Felipe Melo, Tche Tche e Jean como três volantes, eu os vejo como 3 meias de ligação…acho que o Borja deveria ter entrado desde do começo, assim teríamos uma referencia na área pra incomodar os zagueiros….

      Cuca precisa de tempo pra treinar o time…uma semana cheia ajudaria, mas isso agora só daqui 2 meses….

  • Única coisa que me deixou puto foi ler gente xingando o ZR de novo. Ele estar jogando mal não muda nada que ele já fez pelo nosso time, desde o primeiro dia dele aqui. Cobrança todos merecem, assim como respeito ainda mais jogadores que sempre respeitaram nossa camisa. Xingar nossos jogadores, ainda mais caras como Prass e ZR me deixa revoltado com uns torcedores.