Shandong Luneng oficializa a compra de Moisés

Moisés no Itaquerão

O meia Moisés não é mais jogador do Palmeiras. Segundo o globoesporte.com, o clube chinês Shandong Luneng enviou a documentação ao Palmeiras oficializando a compra, por € 5 milhões – cerca de R$ 21 milhões na cotação atual. O meiocampista completou 31 anos em março deste ano.

Moisés foi contratado no início de 2016 e sofreu uma lesão grave no início do estadual ao sofrer uma entrada maldosa de Zé Antônio, do Linense, voltando apenas para a disputa do Brasileiro. Jogando ora como volante, ora como meia, comandou o meio-campo do time que se consagrou eneacampeão brasileiro, entrou em todas as seleções do campeonato e recebeu a camisa 10 para a temporada de 2017. 

Moisés e Zé Antônio
César Greco / Ag.Palmeiras / Divulgação

Mais uma vez na disputa do estadual, contra o mesmo jogador, do mesmo adversário, Moisés sofreu outra lesão e voltou a ficar afastado. Voltou na disputa do mata-mata contra o Barcelona-EQU, fez um golaço logo na primeira partida, mas o time acabou eliminado nos pênaltis.

Em 2018, já sem o mesmo protagonismo, mas sempre com a mesma dedicação e profissionalismo, participou de forma ativa da conquista do decacampeonato brasileiro. Este ano, participou de 24 jogos; marcou dois gols e deu três assistências. 

Moisés
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Moisés sofreu perseguição de parte da torcida do Palmeiras, que o acusava de estar acima do peso ou de varar noites jogando pôquer, um dos hobbies que jamais fez questão de esconder. Acusações absurdas, sem o menor fundamento, fruto da imaginação tóxica de torcedores que precisam de ajuda profissional para viverem melhor. 

Em sua estreia, contra o Libertad-URU, pela Copa Antel, Moisés marcou um gol. Sua despedida não foi tão feliz, ao perder um pênalti na disputa da vaga nas semifinais da Copa do Brasil, contra o Inter. Mas isso não desmerece sua brilhante passagem de três anos e meio pelo Verdão, onde conquistou dois títulos brasileiros e marcou doze gols em 138 jogos.

Obrigado por tudo, e boa sorte, Moisés!