Cultura da mesquinhez ameaça a profissionalização do futebol

O mau momento do time em campo, já em meados de junho, preocupa demais a torcida do Palmeiras. Campeão brasileiro, o time se reforçou muito bem na janela de verão e abriu o ano como o maior candidato a papa-títulos do país. As duas mudanças no comando técnico, no entanto, atrasaram demais a evolução do grupo, que ainda sofre com desfalques: além das lesões, Cuca tem que lidar com as convocações para seleções e com a necessidade de poupar jogadores diante da brutalidade do calendário.

Tendo o desentrosamento como obstáculo e com pouco tempo para promover treinamentos táticos, o rendimento do time está muito longe do sonhado pela torcida e temido pela imprensa. Com isso, a pressão cresce, trazendo a necessidade de se arrumar um culpado.

O clube atravessa um momento político de retrocesso, depois de quatro anos de avanço intenso em todas as áreas – resultado da filosofia implantada por um presidente que tinha lastro para se impor diante da carcomida política palestrina. O atual presidente poderia ter se apoiado na estrutura que o alçou ao cargo, mas circunstancialmente as relações ruíram, abrindo caminho para que uma velha raposa voltasse ao comando, mesmo sem cargo executivo – e trazendo com ela as mesmas ideias que nos relegaram ao segundo ou terceiro plano do futebol brasileiro por muitos anos.

Na cabeça dessa liderança, profissionalização é desperdício de recursos – pelo menos, o discurso é esse. Tendo toda a sua rede de poder edificada sobre práticas de compadrio, defende que os antigos associados do clube têm toda a condição de desempenhar funções que, diante da competitividade brutal do futebol de hoje, exigem alto grau de especialização. A blindagem à Academia de Futebol foi escangalhada e os vazamentos de informações voltaram a ser rotina.

Cultura da mesquinhez

Alexandre Mattos
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

Em muitas corporações a cultura da mesquinhez prevalece. Quem chega cheio de ideias e boas intenções e começa a mostrar serviço, logo desperta a resistência dos mais antigos que imaginam que a posição que um dia conquistaram deve ser eterna. Se você conhece um lugar assim, saiba que no Palmeiras é pior. Desde que chegou, Alexandre Mattos, um profissional jovem, com jeito de falar e de se vestir peculiares, que dirige um carrão igual aos dos jogadores, incomodou bastante – mas os resultados em campo o tornaram um alvo difícil de derrubar – sobretudo quando o presidente era quem dava a palavra final.

Em menos de seis meses, muita coisa mudou: o atual presidente nem de longe consegue ter a solidez do antecessor e cede às mais variadas pressões, de todos os lados; o time passa por um momento ruim e as análises da imprensa, quase sempre muito pobres e baseadas em resultados, concluem que o elenco do Palmeiras não é forte – ou, pelo menos, “não tão forte como se imaginava”, dando mais munição a quem defende a demissão de Mattos, que definitivamente foi colocado na linha de tiro.

Sempre tem que haver um culpado

Para os padrões brasileiros, o elenco do Palmeiras não é forte; é fortíssimo. Mas quando os resultados passam a rarear, os jogadores que até janeiro eram sensacionais, hoje são “comuns” ou até “ruins”. A necessidade de se achar culpados faz com que as evidentes dificuldades para se acertar o time, já mencionadas acima, sejam reduzidas a uma suposta ruindade dos jogadores, “culpados”; e a uma suposta incapacidade do diretor de futebol que montou o elenco, mais “culpado” ainda. “Culpas” extremamente convenientes para quem está puxando as cordinhas e manipulando as marionetes.

Nossos problemas

Além da já mencionada violência do ritmo de jogos e da necessidade de alterar o time constantemente num momento de atraso na evolução do time em relação ao calendário, nosso elenco, de fato, tem falhas. A mais gritante neste momento é o segundo centroavante. Começamos o ano com Barrios, Alecsandro e a perspectiva de ter Borja, que se confirmou – mas a inesperada liberação dos dois primeiros para Grêmio e Coritiba obriga Cuca a recorrer a Willian Bigode. Fica cada vez mais evidente que isto não vai funcionar e que precisamos de uma reposição para quando o colombiano não estiver disponível.

As laterais também seguem sendo problemas; temos três opções para cada lado, contando os meio-campistas que podem ser deslocados sem maiores problemas (Jean e Michel Bastos), mas até agora nenhum encaixou – e mais da metade dos times da série A gostaria de ter qualquer um deles. O problema parece muito mais coletivo do que de qualidade individual. O time não está encaixando e precisa de tempo – artigo de luxo no futebol.

Covardia típica

Alexandre Mattos cometeu erros na montagem deste elenco – talvez não no planejamento, mas na execução. E tem que ser cobrado por isso. A rota precisa de correção – e isso passa pela contratação de um bom centroavante, pra começar, e não pela demissão de Mattos, como querem os velhos políticos do clube.

Aproveitar-se de mau momento do time para fritar o profissional mais capacitado do mercado, mas que não é infalível, é de uma covardia típica. A desfaçatez desses inimigos íntimos passa por criticar o fato do clube manter cerca de 80 atletas sob contrato, contando os emprestados – algo perfeitamente comum na administração de elencos. Quando selecionam os jornalistas amigos para aumentar a temperatura do óleo, esquecem-se, convenientemente, que há não muito tempo atrás existia uma estrutura chamada Palmeiras B e que dezenas de atletas encostados faziam suas rotinas em Guarulhos em meio a animados torneios de bobinho.

Nossa torcida não pode servir de massa de manobra e participar dessa fritura. O momento é de aflição pelos maus resultados, mas temos que confiar nos melhores profissionais do mercado que estão à nossa disposição. Cuca e Mattos estão vendo o que está acontecendo e não estão sentados. Se tiverem a confiança e o apoio da torcida, vai ficar mais difícil para que as forças retrógradas do clube tenham êxito em seus planos de bom-e-baratizar o time mais uma vez.

Mas bem que o presidente podia ajudar um pouco.

  • Concordo com o que foi descrito aqui, esses motivos são os quais me fazem pensar (infelizmente) que o Palmeiras não vai levar os canecos esse ano. Triste dizer isso, mas quando estou trabalhando e tem pressão, ameaça de demissão, sempre pisando em ovos, nunca performamos como eh necessário. em terreiro que não tem galo, quem canta eh frango.
    Mas queria lembrar aqui que esse mesmo site que preza pelo tempo, antes era parte dos que pediam pressa e tudo mais. soh uma lembranca.

  • Assim como PN conseguiu governabilidade aquietando Mustafá dando ao Jabba um poder controlado e limitado – a velha história de manter os amigos por perto e os inimigos mais perto ainda – esta postura de dona Leila de prometer rever os investimentos se Mattos for afastado passa a ser bastante conveniente para os interesses do clube.

    O problema é: quem pode viabilizar de forma produtiva este interesse pró Palmeiras? Existe alguém com pensamento progressista na estrutura da atual gestão que consiga explorar este ruído na relação entre o mesquinho Mustafá e a “mão aberta”Leila? Esta aliança entre os dois pode acabar em rompimento? Acho que isso não seria mau para o clube.

  • E daí que a gestão profissional começou mal a temporada? No tempo da gestão amadora ficamos quase 20 anos passando vergonha e com dois rebaixamentos de brinde, finalizando essa fase com um clube quase falido e com uma dívida astronômica. Esse foi o resultado do modelo defendido pelo Mustafá. E ainda tem torcedor que o elogia pela conquistas dos anos 90. Conquistas essas que não tiveram relação alguma com sua gestão. Em sua época, o Mustafá foi apenas presidente do clube social. O departamento de futebol era comandado pelos executivos indicados pela Parmalat.

    O Mustafá assumiu o controle do futebol do Palmeiras nos dois últimos anos do seu mandato. Ele encheu o futebol profissional de cartolas, deu uma orçamento “pontepretano” para gerir nosso time e contratações. O resultado foi nosso primeiro rebaixamento e pior fase da história do clube. Quando encerrou seu mandato e foi interpelado pela imprensa que o questionou por enfim deixar o poder entregando o clube na segunda divisão, resumiu-se em afirmar que estaria deixando a presidência com 30 milhões de reais em caixa.

  • O couro tá comendo e o Mauricio Galiotti lá na Australia…. não fala nada, não se manifesta, absolutamente nada.

    O cara tem fama de pacificador. Mas existe uma linha bem fina entre pacificador e “banana”.

    Em 6 meses esse cara não me convenceu…. na boa.

  • Resumindo. Querem a cabeça do Mattos, mas a Leiloca deu entrevista e disse que se ele sair ela reve o patrocinio.
    Ou seja, o Palmeiras com esse careca X9 no poder é uma zona, e quem infelizmente (mas felizmente ao mesmo tempo) manda quer ta tentando por ordem na casa é a Dona Leila.
    Uma pena a divergencia entre ela e o nosso ex presidente, Se Nobre e Crefisa fossem aliados, irmão, esse time ia longe, mas muito longe

    • Mas o Nobre e a Leila não poderiam ser aliados. Um lado temos um cara que botou dinheiro dentro do clube e lutou para fazer o futebol do Palmeiras forte. Do outro temos uma empresária que tem o objetivo de ser famosa usando o nome do Palmeiras e o dinheiro que ela tem. São objetivos que batem de frente, por isso, são inimigos naturais.

    • Ela não disse que irá tirar o patrocínio, isso é invenção da mídia sensacionalista. Ela disse que, sem o Mattos, não vai mais bancar contratação por fora. Ela deixou claro que se o Palmeiras precisar da ajuda da Crefisa para, fora do patrocínio, ajudar a pagar pela contratação de um jogador top, ela só o fará se for um atleta indicado pelo Mattos.

      E não tem nada demais com a posição dela. A Leila não vai gastar milhões a pedido de um Conselheiro dono de padaria que eventualmente assumir o DPF.

  • Fora MUsgambá, AVANTI PALMEIRAS!!!
    Os antis da mídia curica e mulamba estão vibrando com a nossa fase ruim; não vamos cair nessa moçada…força total amanhã, rumo aos títulos, CONTRA TUDO E TODOS seremos campeões como em 2015 e 2016!!!!!

  • O Sr. Mustafá Contursi além de todo o poderio político, goza de uma saúde deveras privilegiada: tem quase 80 anos, 300 quilos (100 deles só de papada) e não se tem notícia que qualquer enfermidade grave que o tenha acomedido. Como diz o sábio ditado “vaso ruim não quebra”.

  • Fala conrado.
    Conrado, mudando 1 pouco o assunto, você poderia fazer um insta do verdazzo e postar as coisas lá, nem que seja resumido, e colocar o link. Cada vez menos as pessoas estão usando facebook.

  • Pessoal, esta manifestação vem colada de uma página que acompanho no FB.
    me interessaria saber se os Fratelli daqui que frequentam/conhecem o clube por dentro sentem o atual presidente da mesma maneira que a carta o descreve.
    Abrazzi.
    MonacoParmerista
    ==================================================================================

    CARTA A UM PRESIDENTE BUNDÃO
    Fala ai Mauricião, blz?
    Tá bom ai na Austrália? Curte bastante, afinal acompanhar a seleção é mais importante, mas é prêmio e mordomia por apoiar a CBF em tudo né…
    Vc não passa de mais um presidente de merda, traidor, covarde e fantoche, foi viajar ao invés de estar aqui e ainda ganhou prêmio da bosta da CBF que vc apoia, mas que nada fez no caso da sujeira da Conmebol com seu time, mas pra que se estressar né, deve estar em hotel 5 estrelas, de repente vc pode curtir uns cangurus…
    Cara, vc é só mais uma vergonha que assola nosso Palmeiras nesse século e quando pessoas como vc chegam ao poder, nada funciona, só as sujeiras e o fracasso, pra tristeza de uma nação imensa que acreditava que vc chegaria pelo menos nos pés do teu antecessor , de quem vc acompanhou por 4 anos, mas simplesmente nada aprendeu e traiu…
    Galliotte, o Palmeiras precisa de gente forte, que está junto, que blinda, que favorece e protege, que luta pelo clube, não um banana como vc, que vai sair do clube com a cara que merece, mais uma porcaria que assumiu nossa presidência, mas não esquente, afinal o que mais tem no clube é gente que tem ambições maiores…
    Estamos todos com saudades do Paulo Nobre, aquele ali era foda, tinha seus erros, mas lutava junto, estava sempre na academia, motivava e fortalecia os jogadores, está no coração de milhões de palestrinos agradecidos pelo que nos fez…
    Enquanto isso, vc que nem pisa na academia e despacha do clube social, ai viaja e deixa o clube nas mãos do Mustafá né, deve ser legal curtir aquelas alamedas cheia de gente te dando tapinhas nas costas, agradecendo por vc destruir em 6 meses quase tudo o que o PN fez. Ops, quase nos esquecemos que vc está na Austrália com a seleção… um prêmio a vc ser só um grande bundão, mas com status né…
    Dia 14 tem o sorteio da Libertadores, mas não se incomode, afinal tem jogo da seleção no dia anterior, pra que estar com o Palmeiras e mostrar presencialmente seu descontentamento com a sacanagem que nos fizeram? Melhor é emitir notinhas fracassadas como vc…. Será que dia 15 na reunião dos clubes com a CBF vc estará? Pra que, tem umas praias boas na Gold Coast…
    Galliotte, tenha certeza, milhões de pessoas já estão entendendo que vc é um frouxo, um omisso e um sacana, um engomadinho sem alma e coração palmeirense. A história palmeirense reserva a pessoas como vc um lugar na lata de lixo
    Parabéns e curte ai a Austrália.
    Assinado por todos os palmeirenses que curtiram

  • Cara, na minha opinião com a saída do Cuca no final de 2016 o Palmeiras foi muito prejudicado, pois teve que ir ao mercado e trazer um técnico novo pois não tinha muitas opções, sabemos que a escolha foi errada, pois EB apesar de ser um cara muito trabalhador, estudioso e comprometido, não vingou, se apegou a números e a equipe não evoluiu taticamente e nem tecnicamente, alguns jogadores inclusive pioraram e muito o desempenho jogando no Palmeiras, com a recontratação do Mestre Cuca, o sistema foi reiniciado, começamos do zero novamente, jogadores que chegaram ainda estão em adaptação com o Cuca, pois não faziam parte da equipe de 2016 (lembrando que GJ e Moises faziam parte da equipe), temos que ter paciência e aguentar a zueira dos antis em cima da gente só pq hoje eles estão em um momento melhor do que nós, e como na vida tudo passa, o planeta terra continua girando e a bola também gira, a hora deles tbm chegará (a tabela do BR17 está favorecendo e muito algumas equipes agora no 1º turno), mas já vimos este filme antes, equipes que começam bem e depois desandam a perder e até caírem de divisão. O BR17 ainda está no começo, não existe motivo para desespero, uma hora o time vai dar liga e os resultados vão voltar a aparecer, e quando as equipes treinadas pelo Mestre Cuca pegam o ritmo e embalam, fica difícil para os rivais ganharem (no caso do Palmeiras).
    Alguns pontos que devem ser observados:
    1)com a janela de transferências, acredito que seja a oportunidade para vender alguns jogadores que não estão rendendo o esperado (caso RG, Egídio, Erick e 2Tchê);
    2)aproveitar para fortalecer o elenco em algumas posições onde os jogadores não estão rendendo bem;
    3)Prass precisa de um tempo, vem falhando muito e entregando a rapadura (ainda o considero o melhor goleiro do pais disparado), está num mau momento de sua carreira;
    4)Jean deve voltar para a LD, pois Fabiano e Mayke são reservas no máximo;
    5)Precisa de um LE se o MB não jogar por ali, pois só temos o Zé (egídio não conta);
    6)Precisa de um ATA de área que marque gols e que saiba jogar fora da área tbm (posição escassa no futebol atual);
    7)Veiga, Hyoran e Vitinho precisam de mais oportunidades;
    8)Estamos bem servidos de zagueiros;
    9)Precisa de mais um volante raçudo no estilo TS (apesar de que poderia testar o Mina nesta posição tbm);
    10)William ou joga de 2ºATA ou só entra no 2º tempo;

    • Molto bene Marcelo Faria, hai fatto una analise perfetta , speriamo che la squadra giochi meglio il prossimo gioco, dobbiamo vincere il Fluminense a tutti i costi, forza Palmeiras, saluti.

  • Esse nosso Presidente é um bundão. O cara lá na Austrália, em meio a toda essa crise no nosso futebol, vai nem acompanhar a porcaria do sorteio da Libertadores na Conmebol. É basicamente um Arnaldo Tirone da nova geração, com dinheiro em caixa e o lastro que o Nobre deixou. Isso fora os nossos conselheiros vazando informações diariamente, Jorge Nicola da Fox Sports ali o dia todo bancando informação que pega lá dentro, se duvidar sabe mais que o próprio presidente, que por sinal é pau mandado do Mustafá até onde me consta. Ai não há dinheiro investido que baste.

  • Excelente texto. Discordo apenas dos nossos laterais. Pra mim, o problema é individual sim, não coletivo. Claro que não por qualidade, porque isso Jean, Zé e Bastos têm, mas físico. Nenhum desses ganha na corrida de um ponta relativamente veloz e parecem não aguentar os 90 minutos também. Maike e Fabiano têm mais vigor físico, mas qualidade técnica inferior (maike pode até surpreender, não o achei mau, se comparado ao resto do time na quarta-feira). Egídio é um caso a parte. Pode tanto ser o melhor lateral do campeonato como o sujeito mais displicente e afobado do time, ta difícil contar com ele.

  • Demitir o Mattos deveria estar fora de cogitação nesse momento. Resultados ruins fazem parte do futebol e devem ser administrados. A questão é: não conseguimos aproveitar nenhum jogador da base pra 2017? A política anterior era de que o jogador 3 em cada posição deveria ser da base. Isso não ocorre mais, certo? Vamos cair no mesmo erro lá de trás, quando também tivemos fartura financeira? São tempos diferentes, tipos de administrações diferentes, era uma co-gestão, etc. Mas também não tínhamos base! Revelamos GJ (vendido), Vitinho, o zagueiro Augusto, entre poucos outros, e não os aproveitamos? As contratações são necessárias, mas a toda hora, no meio da temporada? Sabemos como são melindrosos os jogadores. Como será que tá o vestiário? Eles precisam dar uma resposta rápida. É necessário tempo, a gente sabe. Mas o Coritiba, Chape, spfc, são tão melhores assim pra não conseguirmos apresentar um futebol de qualidade pelo menos?

  • O Eduardo Batista teve muito tempo de treinamento e um monte de jogos do Paulista pra testar esquema de jogo e jogadores. Não fez nada disso . Deu prioridade à primeira posição de classificação e todos nós vimos que não serviu pra nada .
    O Cuca ainda não teve, e nem vai ter tão cedo, uma semana inteira pra treinar o time. Vem fazendo mudanças em pleno campeonato brasileiro e não se iludam, pois ainda vai demorar alguns jogos para o time melhorar . Com todo elenco à disposição o time ideal, pra mim, seria :
    Prass
    Jean Mina Luan Michel
    TS FM
    Bigode Guerra Dudu
    Borja .
    Este time entrosado é o melhor do Brasil …. e melhor que em 2016 .
    O problema é que vai demorar muito ainda pra chegarmos lá .
    Botar a culpa no Mattos é ridículo, é verdade que precisamos de um segundo CA urgente, além de dar muito mais tempo para o Cuca, pois nosso maior problema este ano foi o primeiro treinador .

  • Qualquer time do Brasil queria uma Leila/Crefisa de patrocinadora/parceira menos 70% da torcida Palmeirense

  • E essas notícias de que o Palmeiras fez uma proposta de 11 MILHÕES DE EUROS PELO RICHARLISON?

    Alguém me diz que é mentira, por favor…

    • Valor alto, Guedes está saindo… Precisamos de jogadores diferentes, mas ainda acho que falta uma camisa 10..
      Vamos ver o desenrolar..

      • Exato, valor muito alto. (Éverton Ribeiro foi contratado por 6mi de Euros, se não me engano).

        Pode ser que ele vingue aqui e jogue muita bola… mas de qualquer forma, temos que tomar cuidado com esses gastos exacerbados.

          • Eu acho que o Scarpa também não vale isso. Pagar 11mi euros no Richarlyson será um erro de planejamento grande, na minha opinião. EU, particularmente, não teria trazido o Borja pelo preço que veio. Porque? Porque dá pra trazer dois, três jogadores e você aumenta a sua probabilidade de acerto. Apostaram muita coisa em apenas um jogador. Acho que esse foi o erro.

          • Complicado. Sobre Borja, ha 4 meses atras era o melhor 9 junto com o Pratto. Ficar com AlecGol, também não dava.

    • Difícil saber, a imprensa adora especular com o Palmeiras, tudo ganha ares superlativos. De qq forma, ele tem 19 anos e o ER, 28, quer dizer, mesmo q o Palmeiras investisse 11 mi de euros a chance de retorno seria bem maior do q os 6 q o flamerda botou no ER. Mas não é isso q me preocupa, e sim os boatos q estariamos sondando os gambás petros e bruno henrique! Pelo amor de Deus!

    • Se for verdade, a diretoria enlouqueceu… Já gastamos 16 milhões no Erik e 35 no Borja. Agora 40 nesse cara aí é o fim…

  • Esperamos que dna. Leila tenha a mesma lucidez no cargo de conselheira do VERDÃO que tem na direção da patrocinadora. Nada tenho contra pessoa de idade mas sim com IDEIAS retrógradas, manipulações nos bastidores e sede de poder mas que recentemente se utilizou do bordão “bom e barato” e destruiu o time levando a 2 rebaixamentos. Se o presidente adotar o maldito “politicamente correto” e quiser contentar a certos manipuladores poderá levar novamente a novos rebaixamentos, e penso que o clube é a instituição mas gostem ou não é o FUTEBOL que eleva o nome do clube. Penso …

  • Quando será que esses velhos vagabundos vão parar de atrapalhar? Não dá pra acreditar o quanto torcem contra. O Futebol Palmeiras é nosso, é da torcida.

  • nao e a torcida que precisa dar apoio ao time, e so voce ver o quanto de bilheteria o palmeiras arrecada, e jogador ter vergonha na cara e correr mais, o tche tche esqueceu o que e jogar bola, ano passado nao figurava em nada no futebol, este ano ele esconde da bola e muita grana e pouco futebol

  • Tia Leila foi nota DEZ, deu um chega pra lá nos vagabundos que querem queimar e limar o Mattos. Excelente!! Fora o $$$, foi a melhor coisa que ela fez pelo Palmeiras, talvez nem ela saiba…
    Ela fez o que o Galiotte deveria fazer. Obrigado Dona Leila Pereira! As vezes uma atitude é mais importante do que um cheque.

  • Concordo com o Conrado , ele nao citou mas e o Mustafa sapo gordo q vive atrasando um lado no verdao…mas q nosso presidente e um banana isso sem duvida…mas estou esperando o Cuca escalar um time decente…

    • Tomara que eu esteja pensando errado, mas às vezes o presidente só não cedeu à pressão de demitir o Mattos por conta do patrocínio.

  • Uma coisa e certa esta sendo contratado jogador a baciada e sem muito critério. contrataram 4 laterais sendo que os melhores continuam sendo nossos victor luis e joao Pedro. e o mattos tem que parar com esse fetiche de trazer refulgo do cruzeiro ( Fabiano, Fabricio, mayke, Willian, egidio, felipe melo, edu dracena)

  • Eu estou com o Cuca e Mattos e não abro, pode perder libertadores, copa do brasil e ainda não se classificar para a liberta. O time fazendo uma pré-temporada com o Cuca e contratando o reforços que ele pedir o time vai vingar. E só pra não deixar passar, meu time hoje seria:
    Prass; Myke; Mina e Juninho; M. Bastos; F. Melo e Tche Tche; Guerra; Dudu, William e Borja. Acho que todos querem ver este time em campo.

  • O elenco do Palmeiras tem potencial pra ser bom mas tem uma falha grande. Pro elenco funcionar o coletivo tem que funcionar muito bem porque não tem jogadores que desequilibrem um jogo (só Dudu e Borja) e os dois estão mal. O craque do ano passado (Cuca) não vem bem tbem, tá muito medroso, eu me assustei último jogo(pondo 3 volantes sem nenhum meia de criação). Tem muito jogador com lugar cativo no time. Não interessa se o jogador já nos ajudou, eu sou palmeirense, nao torço por jogador, torço pelo clube. Meu time hoje seria Jailson, Jean, Mina, Juninho, Egidio,Thiago Santos, Felipe Melo, Guerra, M. Bastos, Dudu, Borja (4-4-2).

      • Quem mais? Um lateral de 40 anos? Usar o MB como lateral esquerdo é um desperdício. Lateral esquerda é a posição mais carente do time.

    • Jogamos vários jogos ano passado sem um meia de criação e há varios times na europa que jogam dessa forma, como o Chelsea. Na minha opinião, Cuca ñ está sendo nem um pouco covarde e sim teimoso, ele quer fazer esse time jogar no estilo do ano passado com um elenco diferente. E no estilo de jogo reativo do ano passado infelizmente Tchê Tchê tem vaga cativa por ter características únicas. Se for pra romper com isso, ja colocaria 3 zagueiros. Fomos sólidos contra o SP, até a falha do nosso goleiro. Problema ficou somente no ataque.

      • Não adianta encher o time de volante ou zagueiro e não dar um chute pro gol. Contra o SP o time mal chutou pro gol. O problema principal não vem sendo a defesa e sim o ataque.

        • Um tim começa pela defesa e nossa partida mais sólida defensivamente, querendo ou ñ, foi contra o SP. Depois Prass tomou gol e Cuca desmontou o esquema. Problema ficou no último terço pq estava sem referência e algumas escolhas equivocadas, era um esquema para o Borja, que quando entrou, teve o esquema totalmente modificado, além de atuar fora da área. Dito isso, acho incrível como a maioria tem uma tara por meias de criação. Oras, o time todo cria, há excelentes jogadores com bom passe e ñ precisa de um criador. Cade o criador do time d Grêmio? E ningué contesta que é o melhor futebol da américa. Ñ tem nd de covardia nisso.

  • Palmeiras precisa relegar a CB ao esquecimento e focar no Brasileirão e Libertas; com menos jogos e mais dias de treino, o Cuca vai acertar este time rapidamente, da mesma forma que vimos em 2016. O cara não esqueceu como se faz…e, convenhamos, dizer q o Mittos é o culpado pela nossa má fase beira o absurdo!!!
    Um bom centroavante reserva vem bem a calhar, mas já temos um ótimo plantel, mas não bom “time”.
    FORA MUSGAMBÁ, AVANTI PALESTRA!

    • Discordo. Se for pra escolher entre Copa e Br, melhor disputar o segundo. No Br sabemos que o time não cai, basta uma forçadinha a mais e ficamos entre os 10 primeiros. Já o mata-mata sim precisamos de força total.

  • Quem lê meus comentários, observará que desde a sabatina do mumu da Folha de S. Paulo demonstrei grande preocupação com a presença nefasta deste gambá em nosso clube. A Torcida têm que se manifestar: faixas no estádio, camisas do tipo FORA SAPO BOI, etc. Vejam o que fizeram com o locutor. Passaram-lhe um belo cala a boca. Preocupante…… Não sou torcedor modinha, torço independentemente de títulos, mas sempre meu pai falou: O Palmeiras tem inimigos dentro do próprio Palmeiras. Triste sina…

  • Eu tenho certeza que Mattos não fica pra além de 2018! Esta valorizado, muitos clubes o querem (menos os conselheiros do Palmeiras que querem a porteira livre pra passar a mão no dinheiro) não precisa ficar em lugar que é desprestigiado, desvalorizado. Saindo daqui na hora surgem propostas do Cruzeiro, Flamengo etc.. Estou muito preocupado pro que vem por aí!!! E o que parece há mais gente com más intenções do que boas! E não há outro Paulo Nobre que irá resgatar o clube em um próximo descenso

  • Agora pergunto qual o critério para contratar, vejam só, o Barrios foi contratado por ter sido o melhor atacante na Copa América, o Borja foi contratado por ser o melhor atacante da Libertadores,e agora me digam se isso é o correto para contratar sem ter nenhuma outra avaliação em relação ao conjunto do time, e para comprovar que o Palmeiras é o clube que mais contrata mal já ficou comprovado através dos anos. Hoje o Barrios está jogando bem no Gremio por que os laterais conseguem o objetivo de passar a bola na área sabendo onde o Barrios se posiciona, e o mesmo acontecia com o Borja no Atlético Nacional que tinha bons laterais, e infelizmente o Palmeiras há muito tempo não tem laterais com bom desempenho como já foi amplamente contestado.E assim outras contratações são feitas sem o menor critério é que já está esgotando a tolerância de uma torcida a qual sempre prestigiou o time e logo mais se não houver um acerto podem acreditar que as rendas despencarão.

    • hhahaha só rindo mesmo! Barrios vivia bixado aqui por conta da merda de departamento médico que teve que ser todo reformulado. Departamento esse que os velhotes imbecis do clube sempre julgaram um GASTO DESNECESSÁRIO.

      Estamos falando de futebol PROFISSIONAL, não de um clube de bairro, caralho!!!

      Alexandre Mattos é o melhor dirigente de futebol do Brasil há 3 anos consecutivos, só não vê quem não quer!!!

    • Deve ser piada né! Contrata mal era o que o Palmeiras fazia antes, 30 anos sem ganhar nada, me diga onde isso é contratar bem!!! Jogadores vinham aqui e não rendia dinheiro nenhum ao clube. Ao contrário de agora que muitos saem trazendo o retorno tanto técnico como financeiro, exemplo é o Vitor Hugo que veio custando 3mi de reais e saiu custando 30 milhões! Como você mesmo citou o Barrios, não para de fazer gols no Grêmio, o que prova que era sim uma contratação certa, mas aqui não deu certo por razões extra campo que não sei!

    • exato! adianta comprar os melhores ingredientes para uma refeição se o cozinheiro é incompetente?

  • EXCELENTE texto, muito mais um manifesto que um artigo.

    De cima pra baixo, se não tiver tranquilidade pra trabalhar não vai. Não existe ambiente bom e vencedor se todas as áreas não estiverem pacificadas e focadas em fazer o CLUBE (não o elenco, nem o time) ser campeão.

    Além disso temos uma evidente desconstrução de valores na hierarquia, que causa ruído e contamina a cadeia inteira:

    Como deveria ser (2013-2016):
    Presidente > Diretoria de futebol > Comissão Técnica > Atletas

    Como é (2017):
    Patrocinadora > Conselho (+ organizada e imprensa predatória) > Presidente > Diretoria de futebol > Comissão Técnica = Atletas

  • Bem diante de tudo isso, que ao menos a campanha do time nos salve da Série B. Não tenho mais idade para ver um 3o. rebaixamento do clube. Se os esperador títulos possivelmente não virão, POR FAVOR, nos salve da Série B e prepare o time para 2018!!!!!!!!

  • Penso que está sendo muito difícil para o Cuca consertar os estragos deixados pelo estagiário. O ex-treinador conseguiu fazer com que TODO o elenco esteja mal até agora.

    • Diante disso, o foco deve ser o BR para fazer os pontos necessários para salvar o time e escalar mistões nas Copas, que com essa bolinha, até o Strongest nos elimina com um pé nas costas.

  • Se jailson continuar na reserva vai ser uma baita falta de respeito com ele.
    Tche tchê tem que ir para o banco imediatamente, entraria com esse time sábado: jailson; jean, dracena, juninho, zé; t.santos, f.melo, r.veiga; keno, michel, william.

  • Não acho q o Tio Chico vai ser idiota o suficiente para ceder a pressões e tirar o dirigente q foi escolhido por 4 anos consecutivos como o melhor dirigente esportivo do Brasil, mas o q pode acontecer é o clima ficar tão ruim q o próprio Mattos canse e caia fora, o q seria a maior burrice dos últimos tempos no futebol brasileiro.

  • Não tenho dúvidas que o Cuca irá arrumar o time, mas mais do que arrumar o time taticamente, precisamos de uma mudança de postura. E essa mudança tem que partir desde os dirigentes até os jogadores.

    Mauricio Galiotte precisa começar a se preocupar em blindar o elenco, acabar com o vazamento de informações. Hoje já saiu na imprensa que o Palmeiras está atrás de dois centroavantes. Quando isso vai acabar?

    Sua postura reconciliadora é boa até certo ponto. Ser inflexível demais é ruim, mas ser flexível ao extremo é mais prejudicial ainda.

    Os jogadores precisam começar a sentir a derrota. Uma cobrança dura por parte da comissão técnica e diretoria precisa ser feita urgente.

    O Cuca é conhecido por ser ‘chato, e é melhor começar a mostrar essa face: acabar com rachão, afastar as laranjas podres, cobrar duramente dentro dos vestiários e exigir comprometimento por parte desses jogadores que ganham tão bem, tem a melhor estrutura do país à sua disposição, e não conseguem fazer UM GOL sequer há 4 rodadas do Brasileiro.

    Já passou da hora de se tomar uma atitude.

  • No dia 08/05 escrevi em um outro site da mídia palestrina:

    “O EB foi queimado para pegarem o Mattos. Vai rodar logo, logo. Eu não acho o EB o técnico ideal para o Palmeiras, provou que ainda não tem tamanho para tal. Mas o objetivo é eliminarem o Mattos. Espero estar errado. O cancer e suas metástases estão atuando forte para mandarem o Mattos embora.”

    Escrevi isso quando o EB foi demitido. O maior problema no Palmeiras não é o técnico, seja EB ou Cuca ou Guardiola, e nem o elenco. Ou o Galiotte assume o futebol como o PN fazia ou esqueçam, serão dois anos perdidos. Me parece que o Galiotte não tem esse perfil, quer ser amigo de todo mundo e não tem amigo nenhum.

  • Todo mundo fala que o mattos errou em liberar o Barrios, mas será que foi o Mattos que liberou mesmo? Será que não foi pressão do mumuzinho pra “economizar”? será que não foi pressão da patrocinadora como condição para trazer o Borja? sim porque todo mundo manda no Palmeiras hoje, menos o presidente. Pra mim o atual culpado desse momento é Maurício Galiote. É só ver gente: quando o Palmeiras contratava jogador com o Nobre, a gente ficava sabendo quando a contratação estava concretizada. Hoje, vaza tudo. E sr. mustafá ficava quietinho na gestão Nobre, hoje toda semana é uma entrevista.
    Alexandre Matos, junto com o Nobre foram as pessoas que recolocaram o palmeiras de volta as conquistas. Se o Mattos sair, adeus títulos.

    • Muito bom seu comentário, mas na questão do Barrios o cara tb não tava bem. Alguém comentou que ele tá fazendo bem o trabalho no grêmio por estar sendo bem servido. Aqui os laterais não estão ajudando nem o Borja, a bola não chega. O velho problema do Palmeiras é a ganância pelo poder: foda-se o futebol.

  • Muito bom esse post ! Pessoalmente acho que não há problemas tecnicos, nem mesmo de falta de centroavante ou de laterais. Nao acho sequer que houve liberação equivocada de jogadores. Para mim o problema e 100 % de diretoria. A coesão se foi. O presidente é fraquíssimo. Essa fraqueza desmanchou o nucleo duro formado pela comissão tecnica, o Mattos e o elenco. O Paulo Nobre tinha alguns principios que Galiotte nao tem. O Nobre nao admitia, por principio, o patrocinador pular etapas para se candidatar ao conselho, por exemplo. Muitos torcedores aplaudiram essa manobra de olho nos milhoes da parrocinadora. Ocorreram coisas emblematicas na administração anterior. O lateral Luis Felipe, Wesley e o zagueiro Henrique e sob um determinado aspecto ate mesmo o Kardec provaram da retaliação de um presidente que tem principios. O presidente do Sao Psulo tambem. O presidente do Flamengo tambem. Nós voltamos a ser grandes mais pela postura que pelo dinheiro. As questões da WTorre e a arbitragem foi mais um exemplo. Nao falta tecnico, nem jogador, nem Mattos…falta predidente!!.

  • Wikipedia diz que o Câncer tem 76 anos. De acordo com a tábua de mortalidade do IBGE, a expectativa média de sobrevida nesta idade é 10 anos. Mais 10 anos de Câncer. Que desespero.

  • Time bom sem centroavante precisa estar muito bem treinado para funcionar, o que não é o caso do Palmeiras hoje. (Cuca chegou faz 20 dias)
    Temos apenas o Borja de centroavante.
    Alexandre Mattos é o melhor executivo de futebol do mercado e vai resolver esta questão do centroavante, mas errou em liberar todos os centroavantes que tínhamos, quase ao mesmo tempo saíram Barrios e Alecssandro, além do Leandro Pereira que pode ser caneludo e tudo mais, mas se estivesse no elenco teria jogado os últimos cinco jogos.
    O único problema é que quem está sendo queimado é o WiIlian bigode que é um bom segundo atacante e não centroavante, está jogando muito mal como centroavante.
    Contra o Fluminense continuaremos sem centroavante, ou seja, vamos sofrer pra c…
    Quanto ao Gailotte, lamento que nosso presidente se revele alguém sem pulso para o comando do Palmeiras, tomara que isso não atrapalhe no futebol, os erros são inúmeros: Mustafa e cia voltaram a ter influência no futebol; caso Leila Pereira; relação com a Mancha Verde; censurou o narrador do estádio.

  • Excelente texto, incluiria apenas a necessidade de mais um meia também. Cuca já deixou claro que não conta com Veiga e Hyoran de imediato, quer formar os jovens antes de soltá-los à jaula dos leões – e convenhamos, são garotos e precisam ser lançados com o time mais encaixado, assim como foi com Jesus. Guerra é um excelente meia armador, e de Moisés então nem preciso falar, mas a lesão do profeta deixou nosso meio de criação carente, e Tchê Tchê parece ainda não ter se adequado aos novos companheiros de meio – ou algo pessoal deve estar o assombrando, pois além do futebol irreconhecível desse ano, o vemos apático, sem vibração em campo.
    Sei que todos já opinaram acerca, mas se é para agradar a todos, porque não Valdívia? Está livre no mercado e talento todos sabemos que possui de sobra! É uma medida mais emergencial enquanto Moises se recupera e nada impede que seja feito um contrato curto com a famosa produtividade. Se acolhemos Felipe Melo, que todos diziam ser a destruição para o Palmeiras, porque não dar uma chance para aquele velho conhecido, que quando teve um time descente – 2008 – se destacou como poucos com nossa camisa. Posso estar sendo muito inocente e até de certa forma leviano pedindo isso, mas fazer o que?! As emoções de um Palmeirense não têm explicação, somos a prova de que não existe tempo ruim, e que estaremos juntos com o time tendo ele Max Pardalzinho ou o Rei da América. Dinheiro tem, profissionais competentes também, com ajustes e uma semana livre, nosso time voltará a voar em campo!
    (PS.: eu mandaria o sub-20 jogar a próxima rodada para o Cuca ter um tempo maior de arrumar a equipe, se é para o time ser misto, que seja todo de molecada cheia de vontade de mostrar futebol).

  • Pior q não há muito o q fazer, ficamos de mãos atadas nessa situação e não podemos contar em nada com as organizadas q, como todos sabemos, estão mais interessadas em política do q no time. Presidentes e diretores q facilitam suas vidas são apoiados independentemente do desempenho do time.

    • Exato, acender sinalizador e pixar muro é com eles! mas pressionar a diretoria no que interessa, nunca fizeram e nunca farão!

  • Infelizmente, parece que “B-3”, “GaLINHOte” e outras piores são alcunhas às quais o atual presidente está fazendo jus garbosamente.

    Que este POST de hoje torne-se a homilía de nossa torcida.

    Que o presidente lembre-se dos caminhos que o levaram à presidência, recorde O QUE PENSA e NO QUE ACREDITA a PESSOA que o fez presidente, encha-se de BRIOS e dê um MURRO na mesa. Que se percam patrocínios, jogadores e “governabilidade”, mas não se perca a consciência do que é certo e o que é errado.

    #VoltaPresidaPN

  • Qualquer coisa é melhor que retroceder administrativamente. É bom a gente REZAR pro nobre voltar em 2019, se ainda sobrar alguma coisa do Palmeiras vencedor dos últimos 2 anos.

  • Muito triste esse lado político-bostense do Palmeiras. Quando é que um time brasileiro nessa draga que vivemos teria coragem de peitar (e ainda USAR) o Barcelona para manter uma peça chave do elenco, como fez no caso o Mina? O Mattos é um gênio em sua área, e já veio de excelente trabalho no Cruzeiro. Seria uma burrice tremenda perder um profissional desse quilate!

  • Era o meu maior temor qdo o Galiotte se afastou do Nobre e se aproximou da turma do sapo boi. Essa turma pode botar tudo a perder, mais uma vez.

  • Galliote é um imbecil, não tem estrutura para assumir uma empresa deste porte. Paulo Nobre se esqueceu apenas de eliminar essa máfia asquerosa que vive dentro do Palmeiras.

  • Ótimo texto! Na minha opinião o que há de pior esse ano no Palmeiras é a blindagem ao elenco e departamento de futebol, coisa que no ano passado era muito boa.
    Infelizmente temos visto um retrocesso muito grande nesse sentido, bem como uma fritura dos diretores de futebol do Palmeiras pela imprensa.
    Claro que eles cometem erros, mas dispensá-los seria o maior erro de todos.
    Seria a “amadorização” do futebol do Palmeiras!
    Time que quer se manter no topo por anos não pode fazer isso.

  • Fico realmente muito preocupado com esta fritura que tentam fazer com o Mattos. E isso já vem desde 2015, quando houve a necessidade de se contratar mais de 20 jogadores.

    Conselheiros retrógrados, com a ajuda da imprensa, como sempre, queriam derrubá-lo a qualquer custo. Sorte a nossa que conquistamos a Copa do Brasil neste ano e desta forma o óleo esfriou.

    No ano passado, novamente tentaram fritar ele, mas com a conquista do Campeonato Brasileiro, novamente o plano deles afundou.

    Mattos foi e é peça fundamental para o sucesso do Palmeiras nestes últimos anos.

    A perda deste profissional nos custaria muito, mas muito caro. Seria um retorno a um passado recente e muito triste na nossa história…

  • Conrado, creio que a torcida do Palmeiras deveria fazer uma mega manifestação pedindo a exclusão do Mustafá. Não é possível esse senhor ainda ter poder. O pessoal dele não entendeu que o mundo mudou. E parabéns pelo comentário.

    • Só se matarem, sequestrarem, esse tipo de coisa, por que nosso estatuto é retrógrado, ultrapassado e dá força pra essas múmias velhas.

  • Depois de dias como o de ontem, não é legal ficar dando espetáculo em rede social nem ficar zapeando nos canais esportivos. Pra que, pra ficar passando raiva?

  • Pior é nossa torcida fazendo o jogo do sapo boi. Tem de monte ae, que na raiva dos maus resultados, entram em pilha de jornalista e comentarista de sofá, com suas fontes seguras de dentro do clube. Bando de cretino clubista com acesso a gente escrota que tá cagando pro time.

  • O meu medo é de que os problemas causados pela falta de pulso do nosso presidente seja maior que a falta de sintonia dentro de campo.

    Caso não seja esse o problema, poxa vida, tudo o que temos que fazer é apoiar, porque o Cuca tem capacidade de sobra para achar o encaixe desse elenco, que, alias, é sim um dos melhores do país.

    Mais uma vez lembrando que o Cuca não teve a pré-temporada para trabalhar enquanto Roger (Galo) e Zé Ricardo (Fra) e mesmo o Carrile (SCCP) tiveram.

    Vamos dar tempo ao tempo, e o tempo dirá quem tem razão.

  • Infelizmente estamos pagando por termos um presidente fraco que se curva frente às pressões das raposas que só querem uma vaga no COF. Estão mais preocupados com a Bocha e com as vagas de estacionamento do que com o Futebol. Retrocesso e retorno aos tempos do B1 e B2