Eduardo Baptista tem um belo quebra-cabeças para resolver

Eduardo Baptista comanda treino
César Greco / Ag.Palmeiras

Eduardo Baptista, mesmo com um elenco recheado, tem um difícil quebra-cabeças para resolver a partir desta semana. Após passar por uma dura sequência com dois clássicos e dois jogos pela Libertadores, o Verdão tem agora pela frente três partidas com um nível de exigência menor: entre a noite de amanhã e a quarta-feira seguinte, enfrentaremos o Mirassol e Audax, em casa, e Ponte Preta, em Campinas – partida que encerra a fase de classificação do Campeonato Paulista. Líder geral, já classificado, o Verdão tem como missão abrir alguma vantagem em relação ao segundo colocado para assim ter o mando das partidas de volta das semifinais e finais.

Nosso treinador, que a cada semana mostra mais domínio sobre as características de cada atleta, também poderia usar essas partidas como laboratório para esquemas alternativos a serem usados na temporada. O 4-1-4-1, com Tchê Tchê em plena forma, parece encaixado. O 4-2-3-1 também já se mostrou eficiente, seja com Thiago Santos ao lado de Felipe Melo, ou até com Zé Roberto – no último domingo, entretanto, a cobertura para as descidas de Egídio deixou bastante a desejar e precisa ser aprimorada.

A grande fase de Edu Dracena sugere até uma alternativa com três zagueiros; um 3-5-2 ou mesmo um 3-4-3 pode ser cogitado, com dois volantes marcadores (obviamente, Felipe Melo e Thiago Santos) soltando os extremos sem dó – Michel Bastos e Roger Guedes têm todas as características para fazer essa função.

Para esses três jogos, no entanto, não existe a menor chance de pensar numa viagem como essa. Além das lesões, que já estão atormentando nossa comissão técnica, os jogos de seleções pelas Eliminatórias da Copa fizeram estrago em nosso elenco. Nada menos que quatro titulares (Mina, Guerra, Dudu e Borja) servirão a seus países.

Para piorar, o Departamento Médico ganhou um novo hóspede: Jean, que sofreu uma fissura no pé no clássico contra o Santos, pára por pelo menos duas semanas e junta-se a Moisés e Thiago Martins, que encaram longas recuperações – no mínimo, até agosto. Acrescente a esse bolo uma pitada de suspensão (Vitor Hugo cumpre a última partida imposta pelo STJD) e de imposições do regulamento (Hyoran ficou sem vaga) e temos uma bela sacola de desfalques.

Resolvendo o quebra-cabeças

Como vimos, Eduardo Baptista ficou com um leque bem reduzido de opções para armar o time para amanhã. Na lateral direita, Fabiano é a opção imediata – o camisa 22 sofreu há cinco semanas uma lesão séria no posterior da coxa direita e ainda não está completamente condicionado para uma partida – talvez vá para o sacrifício. Caso não tenha condições, Tchê Tchê deve fazer a função, o que representa um sério desfalque em todas as outras áreas do campo onde o camisa 8 preenche os espaços. Outra alternativa seria Michel Bastos, que já fez essa função no Figueirense. Toda essa ginástica é necessária porque a terceira opção para a lateral, o zagueiro Thiago Martins, também está fora.

Notem que o Palmeiras está com o elenco bem coberto para todas as posições, e nem um bombardeio de desfalques como o que enfrentamos esta semana torna fraco o time que entrará em campo amanhã no Allianz Parque. Um possível time para entrar em campo é Fernando Prass; Fabiano (Tchê Tchê), Edu Dracena, Antônio Carlos e Zé Roberto; Felipe Melo; Michel Bastos, Tchê Tchê (Roger Guedes), Raphael Veiga e Keno; Willian Bigode (Alecsandro).

Com essa formação, cheia de atletas que tendem a ser reservas durante a temporada, fica difícil fazer maiores testes na formação tática. Mas segue sendo um time bastante competitivo, principalmente no Allianz Parque. VAMOS PALMEIRAS!

  • Andre

    Fabiano jogou quase a partida toda já contra os Bambys

  • Renan B. Baroni

    Cadê a imprensa falando do elenco inchado agora, não é mesmo? Esse time alternativo faz frente pra qualquer outro do Brasil!

    • Fernando Castro

      Tão sem argumento. Tem time por aí com 40 jogadores no total e não vi críticas.

  • Carioca Verdão

    Não acho q seja o caso de entrar com um time completamente alternativo. Acho q os titulares q estiverem em condições, têm q jogar. Mas penso tb q é importante dar oportunidade para atletas q estão sem ritmo e q podem ser úteis no futuro próximo, tais como Arouca, Alec, RM.

    • fabio_pr

      Veiga

  • Hugo

    Acho que o Dracena merece uma folga nesta quarta, colocaria ao Thiago Santos na zaga ao lado do A.Carlos.
    Também acho que Arouca e Alec e Rafa Marques deve jogar pelo menos um jogo deste inteiro.
    Agora é a hora de rodar o elenco para todos estarem 100% na fase final do paulista e na Liberta.

    • Paulo Ponciano

      Concordo, é hora de rodar o elenco e dar chances pra alguns jogadores que não jogaram ainda.
      Sobre o Dracena, acho que vai jogar por obrigação por só termos dois zagueiros disponíveis pra amanhã, mas provavelmente no sábado será poupado pra que joguem V. Hugo e A. Carlos.

  • Guilherme Santana

    Eu consigo imaginar um Palmeiras a la Chelsea, com Fabiano, Mina e Victor Hugo; Tche², Felipe, Guerra, Egídio; Roger, Dudu e Borja.

    • Guilherme Santana

      Mas para esse fds, iria de Fabiano, Dracena, Antonio Carlos, Egidio, Felipe Melo, Tche, Veiga, Michel, Roger e Bigode.

    • Paulo Fontes

      É permitido mencionar o nome desse time medíocre aqui no site?

  • GOIANOPC

    Iria com força máxima, sem dó!! Olha que time ainda temos: PRASS – TCHE², EDU DRACENA E ANTONIO CARLOS, ZÉ ROBERTO – FELIPE MELO – KENO, MICHEL BASTOS, RAFAEL VEIGA E ROGER GUEDES – WILIAM BIGODE.

  • Marcelo Mussarelli Corghi

    eu preservaria o Zé Roberto nesses três jogos do Paulista. como não valem nada, em teoria, deixa o Egídio jogar.
    aqui acredito que foi um erro não ter segurado o Victor Luis.

  • Paulo Ponciano

    Fabiano voltou da lesão e jogou contra o SP! E foi bem… Depois ficou na reserva e provavelmente já deve estar 100%. Pra nossa sorte, esses desfalques vieram num momento mais tranquilo, com a gente já classificado e agora com jogos mais fáceis.
    Escalação pra amanhã: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Antônio Carlos e Zé Roberto; Felipe Melo; Tchê Tchê, Raphael
    Veiga, Michel Bastos (R. Guedes), e Keno; Willian Bigode (Alecsandro).

    EB ainda pode optar por poupar Zé Roberto e Tchê², escalando Egídio e dando ritmo à Arouca como segundo volante ao lado de F. Melo. Temos que usar esses jogos e rodar nosso numeroso elenco. Quem sabe Rafael Marques, Erik, Alecsandro e Arouca não ganham chances de mostrar que ainda podem ser úteis…

  • Marcelo Mussarelli Corghi

    outra coisa: Vitinho tá inscrito no paulista?
    deixa ele com o Veiga jogarem esses jogos, dá tempo de bola para os moleques.

    • Paulo Fontes

      Entendo sua opinião, mas botar dois garotos pra comandar o meio campo, mesmo num jogo de menor importância como esse. Acho que o EB não quer arriscar a confiança que conquistou nesses últimos jogos.

      • Marcelo Mussarelli Corghi

        não precisa colocar os dois ao mesmo tempo…mas tem que colocar eles pra jogar, precisam disso.

        • Paulo Fontes

          Boa, concordo contigo.

  • Luis Claudio Carrasco Garcia

    Adoro esses jogos semi-importantes (já classificado mas podendo garantir todas as decisões em casa), pois mantém uma motivação para ganhar, e podemos ver os reservas em ação. Ano passado o time reserva jogou muito contra o Grêmio, estava empolgante, até o Allione viajar na maionese!

    Acredito que o jogo amanhã o jogo será bem divertido!

  • Bussa

    Gostaria de ver o Rafa Marques em campo novamente. Ele sempre demonstrou muita gana ao jogar pelo Verde e fez clássicos memoráveis em passado recente. EB poderia aproveitar este momento de tranquilidade no campeonato e de desfalques para deixar o RM jogar. Desta forma, poderíamos descobrir realmente se ele terá condições de continuar no elenco.

    • Marco

      Tambem acho que é a hora de dar chance pra ele o pro Erik, tentar meio/ataque com FM, Arouca, RVeiga,RG (Keno) Erik e RM, são jogadores que cabem em qquer time de serie A

      • Paulo Fontes

        Não entendo essa saudade pelo Rafael Marques. Já teve diversas oportunidades, mas não joga nada desde a saída do Oswaldo, está acomodado com o banco, só está no grupo ainda pelo carisma, o trabalho dele é manter o ambiente em harmonia.

    • Grão de Pimenta

      tambem gostaria de ver o Rafa Marques jogando

    • Danilo Diniz

      É a chance do Erik, RM, Alecsandro e Veiga mostrarem futebol

      • Francisco

        Veiga já mostrou bom futebol por várias vezes, não acha?

        • Danilo Diniz

          Nao acho que ele foi mal, mas agora ele tem a chance de mostrar que briga pra ser titular e nao opção

    • Rodrigo Marques Carvalho

      Quero ver é o vitinho no time.

  • Eduardo Jordão #SEP

    Eu gostaria muito de ver o Willian jogando pelas pontas, portanto iria com Prass; Fabiano, A. Carlos, Dracena e Egideo; F. Melo; Roger Guedes; Veiga, Tche Tche e Willian; Alecssandro.
    No 2° tempo colocaria Arouca, Erick e Rafael Marques, para rodar o elenco.

  • Minha sugestão de time para amanhã é: Prass. Fabiano, Antonio Carlos, Dracena e Egidio. Felipe Melo, Tche Tche, Veiga. Roger Guedes, William e Keno.
    Se tudo correr numa boa, troca os 3 do ataque depois dos 15 do segundo tempo por Erik, Alecsandro e Rafael Marques.

  • AlexTala

    Rodar elenco é importantissimo, lembrem-se do susto que o Prass nos deu no ultimo jogo. Alem disso dá mais forca ao time.
    Jailson, Fab, A.Carlos, Dracena, Egid, Arouca, T. Santos, Veiga, R.Guedes, M.Bastos e W.Bigode.
    No banco Prass, F.Melo, TT, Zé, R.Marques, Keno, Erick e Alecgol.

  • AlexTala

    É tanto jogador e tantas possibilidades que esqueci do Vitinho e coloquei 8 no banco, parece que no paulista são apenas sete?

    • Fernando Castro

      Na Libertadores são sete, no paulista podem mais.

  • Interessante essa ideia de 3 zagueiros… Não tinha pensado nisso:

    Fernando Prass;

    Fabiano (Thiago Santos), Edu Dracena, Antônio Carlos (3 Zageiros)

    Tchê Tchê; Felipe Melo; (Thiago Santos) ; Egidio ; (2 alas e 1 volante);

    Michel Bastos, Raphael Veiga (2 Meias)

    Keno(Roger Guedes); Willian Bigode (Alecsandro). (2 atacantes)

    3-3-2-2

  • greensemstress

    Mesmo com todos esses desfalques, ha uma certa dificuldade em montar a equipe, tantas sao as boas opçoes. So causa receio, Egidio, que mescla boas e pessimas performances e Erik que ainda nao mostrou nada, na minha opiniao. Avanti VERDAO!!!

  • Czar_SP

    O futebol brasileiro explora muito pouco a formação com 3 zagueiros.

    Quer jogar na retranca? 3-5-2 com dois volantes.

    Quer massacrar o adversário? 3-4-3 com um volante.

    Sem contar que todas estas variações resolvem a cobertura do Egídio.

  • Vitor Boccio

    Conrado, fugindo um pouco do tema do post, seria legal vc escrever um post sobre o trabalho que está sendo feito nos bastidores em relação a base do Palmeiras.
    Estamos contratando diversos destaques sub-17 e afins vindo de vários clubes (Paraná, Vitoria, etc).
    Será q algum deles tem potencial para ser mais um craque do nosso time profissional ?