Elenco 2018: a barca, quem fica, os reforços, os emprestados e a base (parte II)

Dando sequência ao exercício iniciado ontem, seguimos com a análise do elenco do Palmeiras e as modificações que poderiam ser feitas para 2018.

Depois de iniciar o panorama abordando goleiros, laterais e zagueiros, hoje trataremos dos volantes, meias e atacantes. E vai dar tretinha!

VOLANTES

Felipe Melo
Divulgação

Quando Felipe Melo foi anunciado, parecia ser uma das melhores contratações que o Palmeiras poderia fazer. Volante raçudo que trata a bola com intimidade, experiente e acostumado a pressões. Perfeito para um time cuja maior aspiração era a Libertadores.

Infelizmente deu errado. Felipe Melo mostrou-se um grande ególatra, mais preocupado em suas promoções pessoais que lhe garantem a simpatia da maior parte da torcida – nem que isso custe um conflito com o treinador. Todo esse pacote veio com a contrapartida de um futebol apenas ok, que nem de longe justifica sua cara presença no elenco.

Moisés
Fabio Menotti/Ag.Palmeiras

Arouca é outro jogador com vencimentos altos que pode ter seu ciclo no clube encerrado depois de três anos, sendo um 2015 muito interessante e dois anos de infortúnio no Departamento Médico.

Com Thiago Santos, Bruno Henrique e Tchê Tchê, além de Moisés que poderia ser aproveitado na posição onde mais rende, o time segue bem servido – mas ainda dispõe de pelo menos mais um lugar que pode ser ocupado por um menino da base – Matheus Neris vem fazendo uma boa temporada no sub-20 e Gabriel Furtado chegou a ter chances no time de cima este ano com Cuca –isso sem mencionar Matheus Sales, que voltará a ficar disponível após empréstimo para o Bahia.

MEIAS

A iminente vinda de Lucas Lima complica a situação de Guerra no elenco. É pouco provável que os dois sejam escalados ao mesmo tempo, e manter os altos vencimentos do venezuelano, que por vários motivos não fez uma boa temporada, para que ele seja um coadjuvante, parece um luxo, ainda mais porque ocuparia o espaço necessário para o crescimento de Hyoran e Raphael Veiga.

ATACANTES

Depois de dois anos de bastante esforço, Erik não convenceu. Chances não lhe faltaram, mas hoje fica claro que trouxemos o cara errado daquele bom ataque do Goiás de 2015. Já Roger Guedes é um caso complicado: tem números muito bons em participações em gols; seu individualismo em determinados lances é algo que pode ser corrigido sem maiores problemas, mas sua postura dentro e fora de campo incomoda demais. Tem um potencial gigante, mas está na hora de virar dinheiro.

Cesar Greco / Ag.Palmeiras

Para os lados, Keno e Dudu são atletas que não devem a ninguém no país, além de Willian Bigode – que também pode servir como opção para o homem de referência, posição que será de Borja, tendo Deyverson como reserva – Léo Passos, da base, poderia ser efetivado como terceira opção.

Para completar o elenco, cabe ainda uma contratação para as pontas, mesmo com o menino Artur, que fez uma grande Série B pelo Londrina, sendo efetivado, ao lado de Fernando, destaque do Sub-20. David, do Vitória, tem sido comentado nas especulações da imprensa e parece ser um reforço interessante.

RESUMO:
Barca: Felipe Melo, Arouca, Guerra, Erik e Roger Guedes
Ficam: Thiago Santos, Bruno Henrique, Tchê Tchê, Moisés, Hyoran, Raphael Veiga, Keno, Dudu, Willian Bigode, Borja e Deyverson
Chegam: Lucas Lima e um atacante de lado (especulado: David)
Voltam de empréstimo: Artur e talvez Matheus Sales
A base vem forte: Matheus Neris ou Gabriel Furtado, Fernando e Léo Passos

VOLANTES: Thiago Santos, Bruno Henrique, Tchê Tchê, Moisés e (Matheus Sales ou Matheus Neris ou Gabriel Furtado)
MEIAS: Lucas Lima, Hyoran e Raphael Veiga
ATACANTES: Keno, Dudu, Willian Bigode, (?)David(?), Artur, Fernando, Borja, Deyverson e Léo Passos

Reveja o exercício para a defesa, publicado ontem, clicando aqui.

Mantenham a classe habitual e comecem a treta nos comentários!

  • Francamente, não é uma questão de luxo, não, mas acho que o Verdão deveria investir uma boa grana num atacante fera, daqueles que deixam a defesa adversária com os cabelos em pé. Keno foi muito bem em parte dos jogos do período-Valentim, mas foi irregular ao longo do ano todo, só conseguiu se firmar como titular agora. Willian, nosso artilheiro, não terminou o ano como solução nem titular absoluto. Borja e Deyverson… francamente, nunca engrenaram. Tirando o Dudu, nosso melhor jogador, os outros do ataque não passam confiança para um time que quer ganhar a Libertadores. Seria o mesmo ataque de 2017, quando não ganhamos nada. Pode ser que, sob a batuta do Roger, esses caras se entrosem e tudo mude, claro. Mas falta chegar um cara forte aí – e esse cara não é o atacante do Vitória (que acho dispensável).
    O Guerra foi tão mal este ano que o Palmeiras precisou adiantar o Moisés para a função de articulador – onde ele não foi bem. Então a diretoria e o Roger precisam logo decidir se o Raphael Veiga merece a confiança de ser o reserva imediato do Lucas Lima. Para, quando o titular não puder jogar, não precisarmos usar de novo o Moisés numa posição em que ele parece desconfortável e lento. Moisés é excelente segundo volante. Deveria ser usado nessa posição e pronto.

  • Bruno Henrique não jogou nada e o Felipe Melo quando entrou mostrou um bom futebol.. Talvez eu tiraria o Felipe Melo da barca e colocaria o Bruno Henrique. Para o meia-armador, deixaria o Guerra como reserva imediato visto que as competições são longas e lesões e cartões amarelos podem tirar o Lucas Lima, Emprestaria o Raphael Veiga ou Hyoran. No ataque, Roger Guedes e Erik ok! podem sair, Trazer o David do Vitoria como opção é uma boa para as pontas, pois temos o Michel Bastos que faz o lado direito também além da lateral esquerda.

  • Pablo, o ex zagueiro dos gambás, está dando sopa aí… dinheiro para contratar tem!!!
    seria uma ótima opção para a zaga

  • o borja melhorou nessa reta final, mas não quer dizer que ele não seja um jogadorzinho ridículo e pretensioso do mesmo jeito.. aquela bola no fim do jogo era pra ele ter tocado pro keno, ter feito o simples. como eu disse, não acho que ele estava tão ruim como antes, mas william bigode joga mais que ele. bem mais aliás…. eu tenho pra mim que no começo dele aqui, se queimou com o elenco pq queria finalizar muitas bolas, como essa de ontem….o time é keno, felipe melo, dudu, moisés e mais 7… eu manteria o valentim fácil, simplesmente pq o elenco quer… espero que não inflem o elenco com muitas contratações e mantenham o máximo possível dos que já estão… independente de qualquer coisa, o palmeiras ontem mandou no jogo e deixou o bota completamente intimidado… somos muito superiores a média nacional, não precisamos de muitos reforços… talvez um lucas lima, david do vitória, já temos a chegada do diogo barbosa, e precisamos de um zagueiro…. mayke ta bem na lateral, não muito bem, mas não tem outro muito melhor. talvez o zeca, que é destro e foi campeão olímpico por ali.

    • Espero que o RM faça o Borja entender que é possível um atacante jogar bem mesmo sem fazer gols.
      Esse lance de ontem me deu muita raiva.

  • Se fosse tão simples assim….

    Tem alguma proposta pelo Felipe Melo? Pelo Guerra? Erik? Não é tarefa fácil transformar essa barca em realidade. O melhor seria não contratar o Lucas Lima, nem o David, e continuar com Erik e Guerra. Creio que a barca apontada pelo Verdazzo andará longe de ser concretizada nesta janela de transferências.

  • Guerra era nosso melhor jogador até o acidente com o filho, eu o manteria.

    Eu dispensaria Arouca e Erik. Os dois, nestes quase 3 anos, nunca corresponderam.

    Roger Guedes negociaria caso houvesse uma boa proposta.

    Borja e Deyverson, que são limitados tecnicamente, negociaria caso houvessem boas propostas mesmo abaixo do que pagamos e, com isso, contraria um novo centro avante…

    • Concordo sobre o Guerra. É um jogador que pensa e enxerga o jogo de forma diferenciada e além disso é polivalente, podendo atuar mais recuado, como “meia-meia” ou até mesmo pelas beiradas, fazendo o jogo correr sem necessariamente precisar se matar na corrida (característica de jogador inteligente/diferente). Concordo tbm sobre Arouca e PELerikkkkk e Roger Guedes, mas não sobre Borja e Deyverson. O meu ataque titular seria Dudu – Borja(Willian) – Keno, a depender do adversário, variando o substituto de acordo com cada partida, mas no geral penso como vc. Agora, se aparecessem oportunidades lucrativas, nem pensaria, venderia os 2 + RG. Abs

      • Eu enxergo da seguinte forma Lorenzo, imagine se tivéssemos um centro avante técnico o que aconteceria com nosso ataque.

        Imagine se Diego Tardeli ou Luan estivessem no comando de ataque…

  • David do Vitória é interessante, mas prefiro investir no Artur e no Leo Passos, que também mostram muito potencial.

    Goleiros: Prass, Jaílson, Vinicius, Fuzato
    Laterais direito: Mayke, João Pedro, Jean
    Zagueiros direito: Mina, Luan, Emerson Santos
    Zagueiros esquerdo: Edu Dracena, Thiago Martins, Juninho
    Laterais esquerdo: Diogo Barbosa, Victor Luiz, Zeca
    Volante central: Tchê Tchê, Felipe Melo, Thiago Santos
    Meia direita: Moisés, Bruno Henrique, Arouca
    Meia esquerda: Guerra, Lucas Lima, Raphael Veiga
    Ponta direita: William, Keno, Artur
    Ponta esquerda: Dudu, Scarpa, Hyoran
    Centroavante: Borja, Deyverson, Leo Passos

  • Se manter o Guerra no banco seria luxo, dispensá-lo seria mais luxo ainda. É um craque. Aí o Lucas Lima se machuca, e quem vai pro lugar dele? Moisés sacrificado de novo? Dudu?

        • Tanto o Guerra quanto o Scarpa podem jogar pelos lados tbm, mas ainda tem o Hyoran que pode fazer essa função, negocia o RG e o Erick e continua com o Guerra.

          • Roger Guedes inclusive, tem que ser nossa grande negociação dessa janela. Joga demais e vender ou usar como moeda de troca com algum clube do Brasil seria reforçar um rival, como fizemos com o Barrios.

        • Scarpa é um bom jogador, mas está de contrato novo e duvido que as bibas cariocax o liberariam sem pedir um caminhão de dinheiro. Ainda mais na situação pela qual estamos passando. Iam enfiar a faca e girar! Ou seja: deixa ele lá rsss

  • Depois do derby em que o Bruno Henrique ficou dando risadinha e foi o ÚNICO a trocar camisa com adversário, seria o primeiro na lista de dispensa; aliás, teria dispensado no intervalo daquele jogo.

    Eu ainda manteria o F. Melo, apesar dos pesares, acho o melhor primeiro volante que temos.

  • Pra mim barca: F.Melo, Arouca, Erik, R.Guedes, B.Henrique, R.Veiga, Deyverson, Jean, Fabiano, Zé Roberto, Egídio, Luan, Juninho, E.Dracena, J.Pedro.

  • Acho q deveria trocar o Bruno Henrique por alguém util (acho absurdo imaginar uma dispensa do F.Mello e manter um jogador sem um pingo de vontade de jogar no Palmeiras como esse B.Henrique). Lucas Lima não tem perfil para jogar no Palmeiras, eu o enxergo como um novo Weslley e estamos exatamente na posição do São Paulo qdo fizeram a besteira de levar o vagabundo. Guerra é um grande jogador e deve ficar! Eu trocaria, venderia ou dispensaria Bruno Henrique e Arouca. Com o espaço salarial q abriria eu contrataria o De Arrascaeta ou o Yimmi Chará do Jr Barranquilla. O ataque é questão de ajuste, pois funcionou em condições piores. Quanto ao Erik tenho a mesma opinião, não vingou.

    • Pra mim, a grande diferença é que o LL vem para um elenco recheado e já mostrou qualidade jogando ao lado de bons jogadores e é um meia ofensivo no meio de grandes jogadores/estrutura.

      Weslixo era um volante meia boca que veio pra “resolver” um problema que jamais resolveria: fazer gols, ser meia e não ser mau caráter! Quando a coisa começou a apertar, mostrou realmente quem ele é. Fora que, jogando ao lado de Charles, Marcelo Oliveira, Luan, Ricardo Bueno, etc. tem que ser um ademir da Guia pra conseguir algo. Sendo Wesley, dispensa maiores comentários, não!? rs

  • O Guerra foi por meses no así Melhor jogador. O cara é diferenciado no toque da bola, no pensamento rápido. Ele é mais jogador que o L. Lima. Em vários lances falta os outros jogadores acompanharem o raciocínio dele. Não merece sair.

    Desse time, dispensaria, Egídio, Jean, Guedes, erick,Vega, Yohan, e Arouca. O resto, vamos que vamos.

    Chegamos nas semis no paulista, passamos em primeiro na fase de grupos da libertadores sendo eliminado nas oitavas pelo time semi finalista, estamos em terceiro no Brasileirão… esse time não é ruim não pra tanta dispensa

  • Só existem 3 dispensas indiscutíveis esse ano:
    Felipe Melo, Egídio e Erik.

    Todos os demais devem passar pela avaliação do Roger Machado.

    • Concordo com você, apenas adicionando o Roger Guedes. O moleque é bom, mas falta clima para ele. Mala demais e está longe de ser insubstituível.

      • O engraçado é que o cara me chega do CRICIÚMA se achando né? Deve ter chegado proposta da arábia ou Galatasaray, ou de algum pseudo-time e tá se achando melhor que os outros. Não aparecendo nada razoável, eu o manteria para treinar os meninos do atletismo! kkk

        • Ele chegou jogando bem, mas o Cuca encheu demais a bola dele, especialmente neste ano. Falta orientação, tipo o Keirrison.
          E sua medida é um tanto radical hahahhahahaha. É o tipo de coisa que ele tá merecendo.

    • Ce me desculpa, mas F. Melo não é indiscutível a dispensa… Aliás, a única dispensa 100% indiscutível é Egídio, que fica sem contrato.

  • O Palmeiras desse ano é apenas representação da mediocridade de sua torcida, ou melhor parte dela. Tal afirmação se torna evidente ao lermos um “fica borja” deste texto. Além disso, pasmem, Bigode como terceira opção.

  • Não colocaria o Guerra na barca. Ele só teve uma temporada e vários jogos no banco. Se o Lucas Lima não render ou se machucar, é necessário um cara que arme o jogo com qualidade, e isso ele tem. Antes do Moisés voltar e do Guerra ter o problema com o filho dele, ele era um dos melhores do palmeiras no campeonato brasileiro.

  • Excelente análise, mais uma né, do Verdazzo ! faria as mesmas movimentações, mas ainda traria um atacante de peso. Mas o grande reforço de 2018 será a saída do Mr. Champanhe !

  • Concordo com tudo!!!
    Só incluiria Bruno Henrique na lista de dispensa.
    Não jogou nada e é muito lento.
    Tchau B. Henrique.

  • Avaliar jogadores individualmente é muito complicado, e um erro, porque simplesmente não tivemos ‘TIME’ em nenhum momento na temporada, pense o seguinte, quantos bons jogos o Palmeiras fez no ano???

    Do elenco atual só tem dois jogadores que OBRIGATORIAMENTE tem que sair:

    Egídio – Poucas vezes vi um jogador com tanta dificuldade na tomada de decisão, a incapacidade de decidir pela jogada correta é algo inexplicável, isso que ficará marcado sempre que lembrar desse jogador;

    Erik: O MAIOR erro de avaliação já cometido pelo Alexandre MatosEquipe durante sua gestão. Não conseguir identificar que esse jogador só funciona em uma determinada característica de jogo é algo indesculpável, não conseguir visualizar que esse jogador só funciona quando a equipe joga reativamentecontra-ataque, e que precisa de espaçocampo para render é um erro que não pode ser cometido por uma equipe profissional de prospecção de jogadores.

    Obs. Até hoje me pergunto quem foi o “pai dessa criança”, quem foi a pessoa que avaliou, avalizou e sugeriu a contratação do mesmo.

  • Concordo com tudo, menos o Guerra na Barca. Ele pode ser útil em jogos pontuais assim como foi o Cleiton Xavier em 2016. TEM que ficar. Precisamos de alguns jogadores muito experientes e já vencedores no elenco.

  • Felipe Melo joga mais que Bruno Henrique e Tchê Tchê juntos, isso é um fato, não faz sentido ele não permanecer.

  • Eu também colocaria FM na guilhotina. Sem pestanejar! Verdadeira laranja podre no elenco. Aquele áudio foi covarde…sem comentários. RUA!

  • – Guerra é muito bom, pena que ainda não deu certo. Manteria pro primeiro semestre do ano que vem antes de desistir dele.
    – Borja vai cansar de fazer gol ano que vem se o Roger Machado conseguir um encaixar o time.

    • DEZENAS de jogadores não deram certo, o que isso quer dizer??? O problema é coletivo e não individual.

  • Minha opinião sobre o que deveria ser:
    Barca: Felipe Melo, Tche, Erik, Deyverson e Roger Guedes
    Emprestar: Veiga e Hiorran
    Ficam: Thiago Santos, Bruno Henrique, Moisés, Keno, Dudu, Willian e Borja
    Chegam: Lucas Lima, um ponta-direito e um centroavante
    Voltam de empréstimo: Artur
    Base: Matheus Neris, Gabriel Furtado, Fernando e Léo Passos

  • BH; Erick e RG devem ser utilizados como moeda de troca, aproveitaria alguns meninos da base (sub 20) emprestaria outros e manteria o restante do elenco. Sobre FM é torcer pra receber uma proposta irrecusavel de qqer time e sumir do Palmeiras! LL vai jogar tudo o q sabe pra ir a copa do mundo.

  • Barca: cirúrgica, com exceção do Guerra. Um cara que virou meme jogando de terno não pode ser dispensado por não ter tido sequência na reta final do ano. Tem bola, tem personalidade, tem caráter e se treinar direitinho dá pra jogar junto com o LL.

    Contratações: se tem $$ em caixa, exerce essa supremacia e busca o Gustavo Scarpa. E se reclamar traz o Zé Rafael também. Quero ver imprensinha gambá chorar sangue.

    Empréstimos: Matheus Sales, Raphael Veiga, Hyoran e os meninos da frente poderiam ser todos emprestados pra ganhar experiência em outros times e voltarem mais cascudos em 2019.

    Base: até pelo argumento dado acima, eu subiria o Alanzinho (que se não me engano tem 17). Tem muita bola, pode passar uma temporada de ambientação e ser nossa maior revelação (na posição) em muitos anos. Não é à toa que o Real Madrid acenou com um caminhão de $$ por ele.

  • Lucas Lima é o rei dos cartões amarelos, e Guerra não consegue jogar todas as partidas desde quando atuava na Colômbia.
    Eu manteria o venezuelano, pois fatalmente haveria necessidade de revezamento entre ele e o Lucas Lima.

    Erik, Roger Guedes e Bruno Henrique deveriam ser envolvidos em uma troca com SFC pelo Zeca.

  • Dispensaria fácil o Bruno Henrique para manter o Arouca ou o Sales ou outra opção. Detesto jogador sonolento ainda mais volante!

    • Arouca – Sequencia de contusões;
      Matheus Sales – Reserva do Reserva no Bahia.

      Ainda bem que vc é ‘só’ um torcedor.

      • Sim sou somente um torcedor, mas que assiste a 95% dos jogos do Palmeiras no campo da capital.
        Lembro muito bem do Mateus Sales arrumando o meio e botando o LL no bolso, um dos maiores responsáveis por nosso título de 2015. É prata da casa!
        O Palmeiras não teve um “time” em 2017 por falta de rendimento de alguns jogadores aos quais se esperava muito mais, o BH ao meu ver junto com o Jean foram o ápice deste acontecimento.
        O Arouca alem das contusões teve um problema crônico que parece ter sido resolvido agora, é um jogador de alto nível deveria ter mais uma oportunidade, principalmente para dispensarmos o FM e para pro o Tchê Tchê no banco por enquanto.
        Junto com a dispensa do departamento medico no final do ano passado, inauguramos o maior e mais moderno departamento de fisiologia e medicina esportiva do Brasil além de celebrarmos um convenio com a equipe do sírio Libanês.
        O Arouca seria exatamente o controle que precisamos para saber se mais este pioneirismo está dando certo.

        • Se o MS é prata casa, isso não interessa…, importante é desempenhoqualidade, uma partida com com caraterísticas totalmente atípicas e com uma função especifica não servem como parâmetro, se ele não conseguiu se destacar no Bahia, não vai ser no Palmeiras que isso vai acontecer, esse é o tipico jogador, a exemplo do Leandro, para tentar fazer dinheiro.
          Quem mostrou que merece chances é o Arthur, esse sim teve destaque.

          Com relação ao BH não adianta ficar discutindo, pq ele vai ficar, isso já está definido(pode cobrar futuramente),
          Obs. Ele foi o melhor primeiro-volante do BR – 2015, então é só ter um time, q ele vai render.

          Dispensar o FM, isso não vai acontecer(não q eu não queira), por um motivo simples, NÃO TEM MERCADO, foi cometido um erro grave, agora vamos ter que dar um jeito de utilizar ele da melhor maneira possível.

          Sobre o Arouca eu não correria o risco de continuar pagando uma ‘bala’ para um cara com o histórico de contusões dele, inclusive já apareceram noticias que ele já foi avisado a procurar clubes, isso só não vai acontecer se o Roger bater o pé e pedir a permanência dele.

          Obs. Agora, depois de muito tempo, temos realmente um técnico de verdade, então a tendência é que tudo comece a se ajustar e o desempenho individual de todos os atletas se eleve, inclusive dos dois bons zagueiros contratados esse ano, que por entrarem em um contexto totalmente adverso já ficaram marcados como jogadores ruins, o que não é verdade.

  • Felipe Melo, Guerra e Arouca não saem nesse ano de jeito nenhum.
    David vem para o lugar de Roger Guedes que vai para o Santos junto com Erick na troca pelo Zeca. Santos quer Erick e Bruno Henrique ano que vem.
    Guerra fica porque é excelente jogador quando bem utilizado. Qual o sentido de trazer Lucas Lima para ser titular no lugar do melhor jogador da Libertadores do ano passado? Tem espaço para os dois.
    Hyoran e Rafael Veiga não justificam toda essa paciência.
    E mais: Balotelli vem aí…rs

    O time que vai ganhar tudo ano que vem é:
    Prass, Rafinha, Mina, Dracena, Barbosa, Felipe Melo, Moisés, Guerra, Lucas Lima, Dudu e Borja.

  • Elenco fortíssimo!!!! agora é ver se Roger Machado terá estofo para gerir e dar padrão ao time!!

  • Apenas para dizer que sou contra a vinda do Lucas Lima (apesar de iminente) e não tenho nenhuma intenção de apoiá-lo, apenas de ajudar que sua passagem seja breve. Pode ser bom tecnicamente, mas pela sua própria postura no Santos para cavar sua saída, mostra-se um Judas. Além disso, já teve muitos problemas com o Palmeiras e não tem nenhuma identificação. Com as devidas diferenças, me lembra a vinda do Muricy (que é mil vezes mais sério que ele). Jogadores ou são identificados (Dudu, p. ex.) ou neutros (Bruno Henrique, para citar alguém que jogou no lixo). O resto é Gabriel.

        • O que eu fiquei pensando, o que vc poderia fazer pra ‘ajudar’ que a passagem seja rápida.

          Quem vai definir como vai ser a sua passagem pelo clube, vai ser o próprio LL, através do seu DESEMPENHOPERFORMACE.

          • Como torcedor, só posso cornetá-lo desde a primeira vez que coloque o pé vestindo o manto. É a “minha contribuição”.

          • A bom, o tratamento dado a ele vai ser como qualquer outro jogador, e que dependem de fatores bem simples:
            – DesempenhoPerformace,
            – Profissionalismo;
            Isso que vai ditar como será a sua trajetória no clube.

            O que é INACEITÁVEL é que antes do jogador atuar algumas partidas se criar um clima de animosidade, isso é de uma burrice até difícil de descrever.

          • Inaceitável para você. Aja como achar melhor e não cague regra pro coleguinha. Abraços.

          • Inclusive chamar quem não se conhece de burro apenas porque vai contra sua douta opinião.

  • O Guerra até acontecer o acidente com o filho estava jogando muito,depois do acidente acho que abalou ele e nunca mais foi o mesmo,mas se o LM vier ele vai perder espaço!

  • Faço minha uma explicação do Carlos Alberto Parreira. Um jogador que atua na frente tem de fazer pelo menos duas das três coisas abaixo:
    – Marcar gols
    – Dar assistências para os gols
    – Marcar

    Acredito que o Guerra tenha ficado de fora com o Cuca e com o Valentim justamente por não conseguir fazer nenhuma das três, alem do que, gastamos 3 milhões de dólares num jogador que não tem idade para ser negociado e que ainda não consegue fazer mais do que 32 partidas por ano devido a problemas físicos.

    • Até pouco tempo atrás era o artilheiro e jogador com mais assistências do time no campeonato. Parou de entrar e foi superado pelo Dudu em ambos, além de Borja e Deyverson (centroavantes) terem igualado o número de gols. O problema dele não é técnico, não é falta de efetividade, é fragilidade física e concorrência desleal se o Lucas Lima acertar mesmo.

      • Ele é o elo fraco da corrente, ou seja, onde começam contra ataques.
        Quando ele recebe uma bola de costas e esta marcado, ao invés de passar, ele tenta fazer o giro e “sempre” perde a bola.

        • Isso é um problema mesmo, o Valdivia – desculpe o palavrão – era fantástico protegendo a bola, mesmo sendo pequeno. O Moisés, quando atua avançado, como 10, também tem muita dificuldade nesse tipo de jogada. Lento e SEMPRE perde a bola. Por isso acho que ele tem que jogar de volante e ter um meia mais dinâmico (Lucas Lima) com ele.

  • um sonho: meio campo composto de Matheus Sales, Gabriel Furtado e Veiga; com Hyoran numa das pontas-meias. Acho o máximo um time composto de gente que tem raízes de identificação com a camisa e que tem juventude pra entregar muito empenho.

    • Se viesse uma proposta igual ao valor que o Palmeiras pagou pelo colombiano, seria uma boa, mas as chances são remotas.

      Por outro lado penso que se ele sair vai vir outro atleta que carregará a pecha do “jogador caro que tem que ser titular e dar retorno pra ontem”. Daí recomeçamos aquela novela de 2017.

      O elenco é bom e o treinador tbm. Se dermos tempo ao tempo (e ao Roger e o time) vai dar tudo certo.

      • O alerta é pertinente.

        Ressalvo apenas que, pra ser “um sonho” e não um pesadelo, os quatro teriam de estar desempenhando melhor que todas as outras opções e o time teria de estar liderando/competindo com sobras etc.

        Abrazzo.

        • Essa questão de pratas da casajogadores jovens nós temos um exemplo muito bom, Fluminense, não caiu por detalhes, isso considerando que tem bons jogadores já provados, como Wendel, Scarpa e Douglas, por isso volto a dizer a ‘TEORIA’ é sempre muito bonita, quando se trata desse tipo de jogador.

          • eu concordo 100% que o que tem de determinar a escalação é o desempenho e não a origem.

            Por isso é que me referi à escalação hipotetisada como “um sonho”.

            Imagine o Palmeiras sendo campeão mundial de 2020 com:

            Daniel Fuzzato, João Pedro, Pedro, Vitão e Mateus Müller; Matheus Sales, Gabriel Furtado e Alanzinho; Hioran, Leo Passos e Fernando (do sub-20 que matou a ORCRIM lá em Barueri).

            Não estou pregando que se dê preferência aos atletas da base, estou “day-dreaming” o quando seria genial ter um timaço jogando pra caramba composto quase exclusivamente de atletas da base.

            Improvável? muito provavelmente, mas ainda assim, muito desejável.

            Concorda?

          • Nesse caso, vc trabalhando como uma utopia q nem compensa discutir, o futuro do palmeiras a partir de 2019 com a relação a base, é passar a fornecer para elenco profissional peças de reposição (2 e 3 opções), e só contratar jogadores com qualidade comprovada.

  • Manteria o Guerra, até porque acho que na primeira pipocada Lucas Lima desce a ladeira… rs

  • Acho que o Matheus da base em questão é o Neris. O Matheus Bahia, se não me engano, é lateral-esquerdo.

  • Pode parecer uma loucura, mas manteria o Guerra. Não é segredo que o Fluminense passa por séria crise financeira, uma parceria poderia ser bem interessante. Há necessidade do Palmeiras desinchar o elenco e também dar rodagem a jovens promissores e recuperar outros jovens. Nosso estágio é hoje contratar a excelência, e o nome seria o Scarpa. O Flu poderia receber em troca: Lucas, Thiago Martins e Allione – todos em definitivo. E o empréstimo (tem de renovar com os atletas antes, é claro): Juninho, Mateus Sales, Veiga, Hyoran e Erik – Palmeiras pagando o salário até o final do empréstimo, em 2018. Entendo um negócio bom para todo mundo.

    • Caramba, só para ter o Scarpa, montaríamos um time para um rival e ainda pagaríamos salários destes jogadores?
      Se fizerem isto, cancelo meu avanti.

    • Faria exatamente isso, mesmo tendo o LL junto com o Scarpa que eu prefiro, somente a baciada e que eu mudaria, não abriria de T Martins.

    • como isso ai pode ser bom negocio? Scarpa que no geral é um bom batedor de bola parada e tecnica nota 6 no max por 3 jogadores em def e fora 5 empr. com salario pago. acho que vc nao fez a conta disso ai direito. Scarpa não é o novo Alex nao viu kkkkk

  • Concordo com quase toda a Barca, mas Felipe Melo deve ficar por falta de propostas e deixaria o Guerra até o final de 2018, o cara passou por um problema seríssimo este ano.
    E digo mais, não traria ninguém do meio pra frente .
    Lucas Lima não me agrada, o Scarpa seria bem mais interessante, o único no Brasil que valeria a pena.
    E ficou provado que elenco muito cheio de ” estrelas ” não funciona, vamos dar chance pra base neste Paulistão Cazzo !!!!!

  • Dos meias, apenas Lucas Lima é uma “certeza”… É bom manter o Guerra, para evitar de usar Dudu e Moisés por dentro…

  • Espero que você acerte nessa Barca. Só deixaria mais um período o Guerra. Os demais podem voar.

  • Ótimo post! Mas pelo que estamos vendo o Felipe Melo vai acabar ficando mesmo, infelizmente!

  • Concordo com a Barca, Felipe Melo, Arouca, Guerra e (infelizmente) Guedes já estão na hora de vazar.

    Meu medo é Hyoran e Rafael Veiga não mostrarem a que vieram e morrermos na praia. E pq não allione?

    Acho tbm que o volante com mais velocidade e pegada seria necessário com exceção a Thiago, Moisés, tchê tchê e Bruno Henrique só cercam.

    E pensando nos inscritos no Paulista não traria o David e daria reais chances para o Fernando e Arthurzinho.

    E ficaria de olho no mercado para um excelente reserva para Dudu pra colocar uma pulga atrás da orelha e se preparar para uma possível saída, pois somos dependente da criação dele.

  • Nunca gostei do Felipe Melo antes de vir jogar no Palmeiras e depois que veio pra cá só provou que todas as impressões ruins sobre ele estavam certas.Joga muito pouco pelo que ganha e ainda é daqueles jogadores que desagregam o ambiente, deveria ser prioridade da diretoria se livrar dele.

    Quanto ao Lucas Lima fica um pé atrás pq o cara vai vir com um super salário (será que vai ter vontade de jogar ou vai ser Valdivia 2?). Entre o Lucas Lima e o Scarpa eu escolheria mil vezes o Gustavo Scarpa. Até acho que mesmo que o Lucas Lima venha a diretoria deveria ir atrás do Scarpa (primeiro pq é o melhor meia do futebol brasileiro e segundo pq pelas notícias dos últimos dias existe um risco dele reforçar os gambás).

      • Os gambás vão se aproveitar da situação financeira caótica do Fluminense e vão dar um jeito de trazer ele. Se o Palmeiras tem bala na agulha deveria trazer o Scarpa, em primeiro lugar pq ele é o melhor meia do futebol brasileiro e em segundo pq não podemos de jeito nenhum deixar um rival se reforçar com um jogador desse nível.

        • O futebol dele me parece está ladeira abaixo. Bem como o do tal Lucas Lima. Esse último muito por conta do corpo mole que vem fazendo. Por isso eu manteria o Guerra no elenco. Pois se o Cruyff e Viega não vingar pode dar merda e ter que corrigir no meio do ano.

          • Kkkkkk Cruyff ….. O pior é que é este mesmo o motivo do nome do garoto.