O caminho de Felipe e o caminho de Fernando

Tchê Tchê comemora seu gol contra o SPFC - 11/03/2017
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

O Palmeiras vai encaixando o jogo cada vez mais e a torcida aparentemente recuperou a confiança, bastante abalada após a derrota no Derby. Felipe Melo, insatisfeito com o banco, deu declarações desastradas e foi afastado do grupo. O ambiente parece estar 100% em harmonia.

Uma notinha do portal UOL, no entanto, acusa Tchê Tchê de estar insatisfeito com a reserva, condição a que foi relegado com a ascensão de Bruno Henrique e com a afirmação de Thiago Santos.

Não existe ninguém insaível

Nem Tchê Tchê, nem Felipe Melo, e provavelmente nenhum jogador do elenco do Palmeiras é um craque extra-classe – o que tínhamos no ano passado seguiu para o bilionário mercado europeu. Ninguém é insaível , como o próprio Tchê Tchê já foi chamado aqui como forma de elogio. O projeto do Palmeiras prevê um elenco forte e equilibrado, com peças de reposição à altura para combater os efeitos de um calendário tão puxado; apenas onze jogam e quem quiser estar nesse grupo precisa se provar constantemente, jogo após jogo.

Fernando Prass, convocado para a Seleção no ano passado, foi superado por Jailson e não fez biquinho. Pode estar descontente e frustrado – e é ótimo que esteja mesmo e que não se acomode. Faz o certo ao não demonstrar em público, respeitando o colega, o treinador e o grupo. Segue treinando forte e terá, no próximo domingo, uma chance de mostrar que merece a titularidade de volta.

Dois caminhos

Fernando Prass e Felipe Melo
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

Nosso camisa 8 jamais demonstrou um perfil individualista e parece ser bem pouco provável que esteja realmente contrariado com sua condição de reserva. Merece um voto de confiança.

De qualquer forma, não se pode levar muito a sério esses “relatos de observações sobre o que o jogadores estão pensando”, para não dar outro nome.

Mas se Tchê Tchê – ou qualquer outro jogador – estiver realmente com um acesso de prima donna, precisa ser chamado num canto para uma conversa. Cícero Souza, nosso gerente de futebol, vinha acertando sempre nesse tipo de situação – Felipe Melo foi o primeiro caso em que a situação saiu do controle.

Como bem mencionou um dos padrinhos do Verdazzo no grupo de Whatsapp: pela bola que vinha jogando, Tchê Tchê deveria estar é grato, por estar sendo relacionado para o banco.

O Palmeiras tem dois exemplos recentes de como agir em ocasiões de chá de banco. Os reservas podem decidir entre seguir o caminho de Felipe ou o de Fernando. A escolha certa parece muito óbvia.


O Verdazzo é patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Aqui, o link para se tornar um padrinho deste site: https://www.padrim.com.br/verdazzo

  • Acho pouco provável que o TTChe esteja realmente demonstrando sua insatisfação na forma como o tal site tenta fazer crer..

    Até porque a conversa com ele seria bem simples, pega as estatísticas dele do ano passado e as desse ano e mostra pra ele.. se tiver vergonha na cara é capaz de pedir desculpas! hahaha

    Segue o jogo!

  • Gambás devem até as calças por aí, pro elenco, pro time que ganhou o BR-15 até hoje, mas como fazem uma boa campanha no BR-17 esses fatos não tem tanta visibilidade. É melhor informar sobre o copo meio cheio deles.

    Bambis, devem pra ex-jogador, ex-técnico, ambiente horrível, zona de rebaixamento, porém o que se vê na imprensa é a “força da torcida” (hahahahahahaha) que põe 50k no estádio com ingresso a 5,00… o poder de recuperação com o novo técnico…

    O Palmeiras? Ah, o Palmeiras não interessa que esteja se recuperando no BR-17, invicto a tantos jogos, líder das últimas 11 rodadas, com um jogo importantíssimo pelas oitavas da Libertadores pela frente (enquanto os outros dois não passaram nem das oitavas da CdoB). Agora que o boca aberta do FM saiu, é necessário encontrar outro fator de crise. Tentaram com o Prass e não conseguiram. Tche Tche foi o escolhido da vez. Que tenha a mesma cabeça.

    Se vc é palmeirense de verdade, não embarque nessas maldades da imprensa e em fofoca de conselheiro que se vende pra jornaleiro por 100,00. Dê ouvidos à mídia Palestrina que sabe o que fala e não precisa de cliques e fofocas pra sobreviver.

  • UOL?
    Não sei nem por que está se discutindo isso…
    Já tem torcedor desdenhando e mandando o cara que destruiu em 2016 ir embora.

    É isso que o UOL quer!

  • Na boa, quem?? O cara é bom jogador, veio do Red Bull, virou titular por merecimento, mas quem é ele para reclamar de estar no banco. SE FOR verdade manda o cara pra PQP pois nao precisamos de elementos assim no elenco…mas como mencionou o Conrado no post vamos dar um credito para ele pois pode ser pura invençao da imprensa, o que nao seria novidade.

    • Veio do Audax. Não temos motivos pra ficar debatendo isso. Esse assunto foi plantado pelo UOL, daquelas matérias “corre pelas alamedas da Barra Funda a insatisfação do atleta, blablabla”, pq a “BOMBA” do FM não vingou. Agora, como estamos à beira do “jogo do ano”, querem tumultuar de novo. Essa imprensinha vai chorar alto no fim do ano com nossa Liberta e nosso DECA!!!

      • Boa, Saulo!

        Os próprios palmeirenses ficam dando trela pra essas notícias que só intencionam desestabilizar o Palmeiras.

        Ainda que seja verdade (pq acredito que ninguém goste de ficar na reserva), isso existe em todos os times. Até no time da várzea do seu bairro.

        Porque só noticiar isso do Palmeiras?

        Vão à merd#@ essa litle press!

        • Tem toda razao mas estamos debatendo isto aqui no Verdazzo porque foi tema do post, nao porque acredito ou alguns palmeirenses dao trela pra essa little press!

  • Time pra domingo : Prass , Jean , Juninho ,Dracena e Bastos , TT , Moises , Ze , Keno , Borja e Guedes .

  • Se um jogador ficar satisfeito e acomodado no banco, demita-o imediatamente.
    E qual a probabilidade do UOL estar distorcendo os fatos para tentar criar mais um problema entre o time e a torcida? Para mim, 99,99%.

      • É uma expressão retórica, Gustavo.
        É óbvio que não se dispensa um jogador como se faz com um funcionário “celetista”. No futebol, esse processo acontece de outra forma, como no caso do FM, por exemplo.

  • Na hora que li a manchete do uol pensei: a imprensinha quer por fogo no verdao. Quando li o texto vi que o Tche Tche nao disse nada demais. Ficar reverberando esse tipo de materia nao ajuda nada…sem embargo de que o que o Tche Tche merece é o banco mesmo! Vamos em frente!!!!

  • Tche tche não pode reclamar alias já tinha passado o tempo de sentar no banco pois seu futebol ficou em 2016…. Volta a jogar bem e ponto , sem mimimi… ok!

  • Bela matéria. Gosto muito do Verdazzo, o considero o melhor local para falar de Palmeiras. Tchê-Tchê vai dar a volta por cima. Tem plenas condições de lutar pela titularidade com o Bruno Henrique. São poucas as posições que estão abertas nesse momento. Quem sabe quando voltar o Moisés o encaixe fique melhor com ele.

    • Se formos falar de maldição de camisas e utilizarmos como base a década de 80 e uns 11-12 anos dos anos 2000, teríamos que aposentar todas as camisas kkkkk. Prefiro a Maldição da 8 que já foi envergada por Dudu, Sampaio, Flavio Conceição e outros… Copo meio cheio!

  • Fofoquinha do Uol eu nem dou bola. Além do mais é muito bom se está insatisfeito com a reserva. Jogador não pode se acomodar com reserva mesmo. O negócio é treinar, recuperar a confiança e dar a volta por cima.

    Tchê-Tchê tem o meu respeito. Jogou muito no nosso Enea-Campeonato. Confio muito no potencial dele.

    FORZA TCHÊ-TCHÊ!!!!

  • Vaza tchê tchê, só pq jogou bem uma temporada, está se achando um shuvainistailá ou o candira, é bem melhor da chance pro gabriel furtado.

  • Domingo TT terá mais uma oportunidade de mostrar que pode voltar a ser titular,agora, se continuar andando e errando passes de meio metro ai o banco de reservas será habita te.

  • ta putinho ? ta passando fome ? ta recebendo em dia tudo direitinho ta jogando nada tem que ir pro banco mesmo.

  • Acho que o TT tem que estar descontente sim, mas com ele mesmo .
    Teve oitocentas oportunidades este ano, com EB e agora com o Cuca, mas não foi o mesmo do ano passado.
    Com certeza vai ter outra oportunidade contra o Atlético-PR …. basta jogar bem .
    Será que o Moisés vai pro jogo, mesmo que por alguns minutos ?????

  • O que eu acho irritante é que, PARA A IMPRENSA, essas coisas só acontecem no Palmeiras.

    Ao invés da imprensa focar nos dois grotescos erros de arbitragens ontem contra o Palmeiras (os dois impedimentos não marcados) e o cartão amarelo para o Egídio (que nem falta foi), ficam noticiando o que pensam que o jogador acha que está pensando.

    Tem coisas que só acontecem com o Palmeiras.

    • esqueceu da pisada criminosa no calcanhar do ;guedes, que se avermelhasse não seria exagero, e nem amarelo teve…

      • Na frente do juiz e do bandeira! Jogamos SEMPRE contra o adversário e ganhamos o combo Juiz, bandeiras, auxiliares, 4º árbitro e imprensa! Sempre foi assim e sempre que temos bons times, os calamos! Essa imprensa é a mesma que enxergava “problemas” no ataque Rivaldo-Djalma-Muller-Luizão. #lixos

  • Esse talvez seja o principal problema de qualquer clube que tenha um grupo qualificado. Por mais que o jogador não esteja em boa fase, ele não consegue se ver no banco e começa a reclamar de “falta de oportunidades” pra mostrar serviço. O técnico faz o certo, escala quem está em melhor momento, mas o jogador que fica no banco, por ter nome, acredita que de alguma maneira está sendo “injustiçado”. É um problema difícil de se resolver, porque o técnico também não pode tirar o cara que está em melhor fase pra dar oportunidade para outro que está mal. O Michel Bastos também já está reclamando por ficar reserva… É o preço que se paga por ter um dos melhores elencos do país.

    • É o problema da nossa ‘cultura’ de time titular fixo e reservas. Na Europa os dois estariam de boa. É muito culpa da imprensa e da torcida que ainda não entendem direito o conceito de ELENCO!!

  • Só uma reflexão para quem reclamou do título ou de “dar ibope pro uol”.

    No Facebook mais de 119mil seguem o Verdazzo. No twitter são mais de 50mil.

    Agora imaginem o cenário: saiu uma fofoca na uol, terra, fofox, espn ou o catso que for. Apenas o Conrado abre o link, lê a matéria.

    Se for algo que não mereça um post, ele só posta algo no twitter falando mal do portal e ponto.

    Se for algo que mereça um post, vamos ler a mesma fofoca só que filtrada por alguém que pensa no Palmeiras.

    Ao invés do portal ganhar quase 200mil cliques, ganhou um só. E nós lemos um texto bacana, mostrando algo simples mas que muita gente não entende – jogador tem direito de ficar incomodado com banco. O ponto do texto, é apontar duas coisas:
    1 – temos que lidar isso de forma interna. Com o Cicero, o Mattos ou o Cuca.
    2 – temos exemplos da forma correta de lidar com insatisfação. Os jogadores podem se espelhar no Prass ou no ZR, e pensar no grupo. Ou se comportam como o FM e fazem bosta.

    Faz sim todo sentido o Conrado ter feito um post por causa de uma fofoca do UOL. O que não faz sentido, é a nossa torcida acreditar no UOL e querer pedir a saída do Tche2.

    Desculpa o comentário longo, mas li muita merda no Twitter e achei que seria bacana falar isso, sem depender de sei lá quantos comentários seguidos de 140 caracteres.

    • Excelente argumentação! Mudou minha forma de enxergar a “divulgação dentro de casa” de vdd. Concordo plenamente. Idiotas existirão em todo lugar. No twitter e até aqui mesmo já li gente pedindo até pra demitir o cara! rsrs

  • O problema é que hoje em dia, tá na mídia? Então é verdade!!! Pense num lugar que está mais vazado que peneira velha!!

  • Conrado, é proibido postar links nos comentários?
    já fiz isso duas vezes e vi que eles não foram publicados.

  • Gozado né ninguem fala que os marginais estão com salarios, luvas,arena e o caral…atrasado, que a fazendinha deles ta sendo penhorada, agora encher o saco do nosso time isso ele sabem fazer. Imprensa maldita, pra começar, empresa que emprega ex jogador como comentarista e não jornalistas, não tem credito nenhum

      • Você escreve um Blog particular. Cuja finalidade e parcialidade é ainda por cima extremamente bem explícita.

        Não trabalha em uma grande empresa de Comunicação que infelizmente ainda penetra nos lares e mentes de muitos que não tem a noção da lavagem cerebral que estão sofrendo. O cuidado em quem pode ou não trabalhar nessas empresas deveria ser BEM mais rigoroso. Embora passar por uma faculdade não garanta que o cara vá de fato aderir aos princípios de ética ensinados na mesma, pelo menos faz com que ele saiba e pense a respeito.

        Nada contra ex-jogadores virarem comentaristas de Tv, mas deveriam ser obrigados a fazer, se não os 4 anos de comunicação pelo menos um curso profissionalizante da área.

  • Gosto de jogador insatisfeito com o banco, demonstra vontade de vencer! Quer jogar entre os onze? Faz por merecer, futebol tem de sobra!

  • Não acesso o portal Terra faz mais de 5 anos, UOL faz mais de 2 anos. Depois do Derby parei de ver FoFox, Linha de passe, mesa redonda, quadrada, retangular. Acesso apenas o site do Verdazzo e acompanho o twitter, que na maioria sigo torcedores do Palmeiras, Conrado, Santa Vicca, Raul Bianchi, Renan Barreiros, Pomerense. Sigo os periodistas também, sigo até alguns desafetos, mas NÃO CLICO NOS links deles. Não dou audiência, não dou pageview pra ninguém. Podem falar mau do Palmeiras, mas se depender de mim morrem de fome.

  • Jogador no banco sempre vai estar insatisfeito. O problema é plantar notícia na imprensinha que pode ser coisa só do empresário ou com o aval do jogador. Jogador e empresário tem que ser cobrados, mesmo que seja pra desmentir. Até porque se for mentira é calúnia.

    • Imprensa vive de infernizar. Tche Tche tem um semblante mais sério e qualquer idiota pode chegar a conclusão que ele está de cara feia. Mas é o jeito dele. Ele sabe que precisa melhorar e tenho certeza que terá a oportunidade de mostrar isso. Quando ao portal UOL, não há nada que se possa fazer, a não ser deixar ela no máximo abandono possível.

  • Mais óbvia impossível. Conrado eu virei padrinho uns tempos atrás. Gostaria de participar do grupo do Whatsapp.

  • Em seus portais, UOL e Terra tratam o futebol da mesma forma que tratam a seção de fofocas e celebridades. Muita conversinha fiada e nenhuma credibilidade.

  • “De qualquer forma, não se pode levar muito a sério esses “relatos de observações sobre o que o jogadores estão pensando”, para não dar outro nome.” – isso resume o que pensar dessas “matérias” nos tais “portais”.

    Cara tá no Palmeiras, ganhando em dia, tem que fazer parte do elenco e pronto. Vejam o ZR, um baita profissional, exemplar!

  • Gosto muito da postura a favor do PALMEIRAS, jogando PELO e PARA o time. Temos excelentes exemplos de conduta profissional dentro desse mesmo elenco: Jailson, Prass, Thiago Santos, Egídio, Zé Roberto, Willian Bigode e – ainda que seja precoce falar – o esforçado, carismático e incrivelmente boa praça (fui escrever gente boa e bati na mesa 3x) Deyverson.