Palmeiras coloca estrela vermelha na camisa para celebrar o Mundial de 1951

Em sessão ordinária do Conselho Deliberativo do clube, a diretoria do Palmeiras apresentou uma mudança discreta, porém importante na camisa a ser usada pelos jogadores nas partidas: a introdução da estrela vermelha logo acima do escudo do clube – ou, no caso, do “P” – para fazer referência à conquista da Copa Rio, em 1951.

A divulgação da mudança imediatamente provocou uma enorme discussão na torcida; a maioria se posicionou contrária ao adereço.

Estrela VermelhaA estrela está prevista em nosso estatuto há muito tempo. É bem possível que a Copa Rio não fosse tão contestada pelos ignorantes de plantão se o Palmeiras a tivesse valorizado como merecido desde o dia seguinte à conquista. Mas o Palmeiras conquistava tantos campeonatos que o Mundial de Clubes Campeões acabou ficando em segundo plano e esquecido por muitos anos.

Muitas das críticas da torcida se baseiam na ideia de que a colocação da estrela seria como passar recibo às provocações dos adversários. “Não precisamos de estrelinha para afirmar nossa grandeza”, dizem, com boa dose de razão.

Existe também uma corrente bem menos razoável que repudia o símbolo, pois a relaciona com o PT, partido que vem sendo um dos esteios da bipolarização política irracional por que passa o país. A mera visualização de uma figura vermelha com cinco pontas dispara um gatilho mental e o sujeito começa a hiperventilar de ódio com as pupilas dilatadas.

Para esses, mais radicais, vale a pena lembrar que o símbolo do comunismo é a foice e o martelo. Uma estrela vermelha é um símbolo universal; um partido político não pode se sobrepor a isso. Quanto ao argumento do desprezo à autoafirmação, pode até ser válido, desde que se dê ao fato mais importância do que ele realmente tem.

Desnecessária, mas inofensiva

Estrela VermelhaA colocação da estrela vermelha sobre o escudo não é novidade. No final da década de 80 e início de 90,o Palmeiras chegou a exibi-la em seu uniforme, junto a mais duas estrelas brancas, que celebravam os Brasileiros de 72 e 73.

A decisão da diretoria é apenas uma correção histórica, feita com décadas de atraso. Diante de tamanho intervalo de tempo, é desnecessária, mas também é inofensiva, não arranca pedaço nenhum. Não merece mais que um ou dois tweets de revolta.

No longo prazo, ela tende até a acabar com essa provocação de outras torcidas a respeito de “não ter mundial”. Daqui a dez ou quinze anos, se o adereço permanecer em nossa camisa, qualquer torcedor saberá que o Palmeiras venceu um Mundial em 1951 desde que conheceu nossa camisa e não terá força para contestar nada. Terão que procurar outra coisa para tentar nos provocar. Se é que alguém em nossa torcida ainda se preocupa com isso.

Conselho ocioso

As reuniões do Conselho Deliberativo têm sido muito pouco produtivas. Debatem as piscinas, a bocha, ou estrelinhas, quando poderiam estar discutindo pautas muito mais relevantes – por exemplo, as mudanças no estatuto que realmente trarão avanço ao clube, ou a apuração de responsabilidades na escandalosa contratação de Wesley, em 2012.

Mas as pautas do Conselho Deliberativo, sabemos, obedecem às vontades de um certo cacique que acha que o marketing do Palmeiras seria bom se batesse na porta da Vulcabrás, entre outros conceitos brilhantes.

É com isso que nossa torcida deveria se revoltar.

  • Tipo ok, se não ok tbém, um pouco mais a favor de ter, se nós não reconhecermos …
    Achei normal e não gastei nenhum twitter, rs

  • Entendo que a questão da estrela vermelha é puramente estética. Se fosse na cor branca ficaria sem graça. E o vermelho é, historicamente, a terceira cor utilizada no nosso uniforme. Achei que houve bom gosto.

    Há algo na diagramação desta camisa que a deixa bastante harmoniosa, na minha opinião. Não sei descrever exatamente quais são os pontos que a torna mais equilibrada do que a anterior.

    É evidente que o cuidado com a harmonia nas camisas dos grandes europeus é muito maior do que por aqui, mesmo quando há muitos patrocinadores. As camisas dos grandes brasileiros normalmente parecem ser fruto do improviso, com adesivos colados de qualquer jeito. Basicamente… são feias.

  • Outro dia um.amigo gambá falou algo interessante: esta obsessão de todos os rivais insistirem que não temos mundial está causando o efeito contrário. Ou seja, só está legitimando o feito.

    Isto, para os palmeirenses, é óbvio.

    Mas nem mesmo os rivais estão vendo tanta graça nessa excrescência de ignorar um fato documentado.

  • Heineken? PT? depois de 66 anos? vão jogar bocha bando de a toas…tira essa po*** dessa estrela horroroza da camisa.

  • Além de ser uma ótima iniciativa, corrije o erro de não respeitar o estatuto do clube. E vendo ela na camisa da partida de hoje, ficou muito bonita!

    Quanto a odiar por causa de “pt”, sinceramente, opinião de pessoas ainda na infância (em termos de mentalidade política), não devem ser levadas em consideração. Odiar furiosamente o pt denota complacência com os partidos opostos a ele, quando na verdade, a corrupção e bandidagem são inerentes a nossa classe política, e não a partidos. Será que os mesmos ficariam furiosos se o palmeiras estampasse um simpático tucaninho nos números das costas? Duvido.

    A única coisa que realmente irrita da Copa Rio com a imprensa convencional, eh que eles tratam os ganhadores da Taça Jipe como campeões mundiais, mas quando falam da Copa Rio, fazem questão de mencionar “o titulo que os Palmeirenses (ou as vezes usam o termo “dirigentes Palmeirenses”) consideram o primeiro campeonato mundial”.

  • Não precisava de estrela nenhuma… Acho algo brega… E como o texto conclui, tem muito mais coisa importante a ser feita.

  • Toda essa celeuma em torno de nosso título mundial é muito interessante. Graças aos nossos adversários que falam muito mais nele do que nós mesmos, este é o título de qualquer campeonato e de qualquer time mais citado e conhecido entre as mais diversas torcidas.
    Já falei com bambis que sabem detalhes do nosso título, mas não se lembrava o ano que o próprio time ganhou.
    No grupo de amigos no Whatsapp, vire e mexe os pessoal vem com piadinhas e memes a respeito, quando eu percebo que ficam vários dias sem tocar no assunto, eu os cobro, digo para não deixarem nosso título cair no esquecimento, etc. Alguns até quiseram ignorar, claramente partindo para comentários que nada tinham a ver com zueira, É um bom antídoto contra esses xaropes. Experimentem fazer isso, os caras ficam putos.
    Quanto à estrela, para mim não faz a menor diferença, o que importa é que o título está registrado na nossa gloriosa história.

  • Na boa, pra que isso? O erro foi não ter valorizado durante anos e anos, não adianta tentar fazer os outros engolirem essa história agora. Os jogadores não foram valorizados, o próprio título ficou esquecido e pelo menos eu vou ter o mundial engasgado até vencer o campeão da Champions League e erguer a taça da FIFA; aí sim, todas as provocações e brincadeiras serão vingadas. Essa briga só não é mais chata que o título de 87 do Sport.

    Mas você resumiu bem, Conrado, o papel dos conselheiros do Palmeiras, discutir sobre bocha e inventar uma estrela absolutamente INÚTIL na camisa.

    Putz, e a cor ainda, sabem que vai dar mimimi… Não tem necessidade alguma. O Palmeiras é GIGANTE, sendo a Copa Rio um mundial ou não sendo. Somos o maior campeão nacional, tivemos academias e uma história linda, sem máculas como nossos rivais tem, não temos que provar nada pra ninguém…

  • Antes de iniciar um debate sobre a necessidade ou não do detalhe na camisa, uma pergunta:
    Antes do Palmeiras ter libertadores ou até mesmo pouco tempo depois, você sabia que o Palmeiras detinha o título do campeonato mundial interclubes mais importante da história?
    Eu sabia por causa do fanatismo do meu pai, mas poucos amigos meu há época tinham noção do fato. Menos ainda tratavam isto com orgulho.
    Caia entre nós – o mundial de 51 não se tornou tão público quanto é pelos nossos esforços, de palmeirenses, e sim pela piada que criaram após o título dos gambás.

    O estatuto vinha sendo quebrado há muito tempo e ninguém nem chiava. Pra mim, um absurdo. Um fato tão importante pra história não só do Palmeiras, mas do futebol como um todo, não deveria entrar em obsolência. Nunca é tarde para reparar um erro e ostentarmos no peito essa honraria exclusiva.

    Opinião pessoal: ser contra a estrela vermelha acima do símbolo é, de forma ou outra, desmerecer o título em si. Acontece que o próprio torcedor, inconscientemente, cai nas artimanhas dos que tentam tirar valor dele.
    Isto nada tem nada ver com “querer afirmação”, e sim uma maneira de homenagear os heróis da conquista e engrandecer a pátria. Qualquer time estrangeiro que ver nossa estrela vão se perguntar o porquê dela e, provavelmente, pesquisar sobre. O mundo do futebol deveria conhecer essa história MUITO mais do que reconhecem hoje.

    Termino com outra pergunta: quanto você sabe do campeonato de 51?

    • Claro que, concordo que a maioria realmente não sabia.

      Mas no meu caso, um primo meu, em 92 mais ou menos, tinha uma placar com o ranking dos clubes brasileiros pelos títulos acumulados, e comentavam que a Copa Rio ” havia sido uma espécie de mundial em sua época”, portanto, eu já sabia dessa história há muito tempo!

      E eu sou obcecado com esse título, tenho em pdf o scan da revista periquito verde da época do título (em que o termo campeão mundial é dito várias vezes na edição), já li e reli o site ranking de clubes na seção “história dos mundiais”, o artigo da Wikipédia, tenho scan do documento da Fifa de 2014 reconhecendo o titulo, scan da ata da reunião onde se decidiu pelo reconhecimento, prints de matéria com fatos e curiosidades sobre o torneio, e um mp3 com a narração das rádios da final contra a Juve.

      Comigo, gamba não tem argumento que se sustente!

  • Lembrando que a cerveja preferida da nossa torcida é a Heineken, que também tem sua estrela vermelha…vai cair bem no nosso uniforme.

  • Avanti nosso querido palestra , pois com estrela ou sem ;;;;;SOMOS A CONSTELAÇÃO DO FUTEBOL !!!! PALLLLLLMMMMMEEEEEEEIIIIIIRRRRRRAAAAASSSSSSS

  • Desnecessária, fora de hora.. Não entendo como correção de um erro que foi feito há décadas. Aposto que 90% dos palmeirenses nem sabiam que estava no estatuto há tanto tempo. Logo, a decisão mais inteligente seria não cavucar isso! Se nem a própria torcida gostou, como tomar uma decisão tão importante? O Palmeiras sofreu muito com a sua identidade visual na década de 2000. Várias cores de camisa, símbolos diferentes no calção e em outros artigos, etc. Eu aposto que logo a estrela vai sair.

    E só retrata que o conselho não representa a massa da torcida. Sem necessidade!

  • Só espero que doravante seja a única coisa vermelha na camisa do Palmeiras . E na verdade , gostei da referência ao Mundial .

  • Eu particularmente acho bastante desnecessário e sou da turma dos que acham que isso é passar recibo para os rivais, parece uma forma de se auto afirmar. Na realidade eu mesmo contesto a real validade de nosso título mundial, já que se tratava de um campeonato amistoso, comparável ao mundial de 2000 conquistado pelos gambás. Tenho muitas esperanças com relação ao time neste ano, mas visualmente estou bem decepcionado com as decisões tomadas pela diretoria, achei a camisa muito feia, a escolha do P no lugar de nosso escudo é lamentável e essa estrela desnecessária, enfim… vamos Palmeiras! Mesmo com camisa feia rs!

  • Acho mais desnecessária que inofensiva, vez que está causando muito por estar 66 anos atrasada. Mas enfim…..

  • Coisas que vejo ultimamente por aí:
    Nazismo era de esquerda
    A Terra é plana
    Palmeiras não tem mundial
    Entre outras idiotices…
    Nunca tanta gente ignorante fez tanto barulho…

  • Gostei da estrela. Só de ver os rivais enlouquecidos já valeu.
    Se tem uma coisa que o Palmeirense faz bem é tirar proveito das provocações dos rivais. O porco que hoje tanto gostamos se consolidou dessa forma e nossa conquista mundial caminha na mesma direção. Os torcedores rivais, na ânsia de contra argumentar, sabem hoje da história completa sobre como o conquistamos e isso é tudo que precisamos. Até mesmo o papo do 51 é pinga que eles falam é pra nos encher de orgulho, pois a cachaça citada é mesmo uma homenagem à nossa conquista.
    Em tempo: pra quem teve a mesma ideia que eu, desistam pois já patenteei a caninha 2017. 😀

  • penso que, em relação à referida inserção da estrela, na maioria, a torcida terá o mesmo padrão de reação às mais recentes camisas feitas pela Adidas: “que m&$#@, de perto até que não é tão feia, comprei em 10 vezes no cartão”.

    #AvantiPalmeiras

  • Isso explica muito:

    A estrela está prevista em nosso estatuto há muito tempo. É bem possível que a Copa Rio não fosse tão contestada pelos ignorantes de plantão se o Palmeiras a tivesse valorizado como merecido desde o dia seguinte à conquista. Mas o Palmeiras conquistava tantos campeonatos que o Mundial de Clubes Campeões acabou ficando em segundo plano e esquecido por muitos anos.

    Gosto da estrela.

    • Palmeirense, vou responder aqui sua dúvida sobre o PSDB, pq parece que o Barata cansou da discussão no Flatout. Na paz, só para eu tentar esclarecer o ponto:

      O Partido da Social Democracia Brasileria é defensor do liberalismo no eixo econômico e do socialismo moderado no eixo social. Isso significa que prega que o Estado deve ser responsável por dar algum nível assistência no campo social, mas que para isso, a economia deve desenvolver-se sem as amarras do Estado (incentiva a livre disputa e que o Estado detenha menos empresas, por exemplo).
      Quem acha que o PSDB é “de direita”, faltou na escola.
      Aliás, no Brasil não existem partidos de expressão de direita ou de esquerda. O PT, na prática, também não é um partido de esquerda. Na Europa também seria taxado como esquerda moderada.

      Agora, se você me explicar como que o Nazismo original, que é diferente do NEO-nazismo contemporâneo (o prefixo NEO justamente explica que é uma distorção do nazismo, uma vez que na prática eles copiam apenas o antissemitismo e a xenofobia, e não a teoria social e econômica) coloca-se à direita nos eixos social e econômico, parabéns, você é um gênio e acabou de criar o primeiro regime socialista de direita da história.

      Seu discurso assemelha-se com o do sujeito que vai em manifestações carregando bandeiras do anarquismo, ao lado da CUT e do PSTU, mas que não tem ideia do que se trata o anarquismo, que justamente por ser uma corrente que propõe o fim do Estado, é um movimento radical de DIREITA.

      • Se vc acha que um partido anti – semita e anti – marxista nao e’ de Extrema direita, eu penso que vc tem aviasr todos os cientistas politicos e historiadores, para comecar. O PT e o PSDB e a maioria dos Partidos no Br sao de centro, so’ querem o poder, Talvez o PSTU tente ser esquerda, mas se chegar ao poder ‘abre as pernas’ penso eu.

        • Antissemitismo não tem nada a ver com esquerda e direita, cara. Você está misturando as coisas.

          Tanto um governo de esquerda quanto um governo de direita podem ser xenófobos. Vou dar dois exemplos atuais: Coréia do Norte e EUA.
          Atualmente os governos desses dois países são contra a entrada para permanência de novos estrangeiros nos seus países, por motivos diferentes. No caso dos EUA, porque estão adotando um protecionismo econômico (o que por incrível que pareça, determina um ponto à esquerda no eixo econômico, tal qual a Dilma tentou fazer) e no caso da Coréia porque não concordam com o posicionamento ideológico do resto do mundo.
          Um obviamente posiciona-se à direita e o outro obviamente é a ponta final da esquerda.

          Antissemitismo é um termo que refere-se exclusivamente ao povo hebreu. E se fossemos encaminhar a conversa para as razões históricas dos atritos entre diversos povos com o povo judeu, ela não terminaria jamais. Os motivos passam por religião, geografia, etc.

          Vou dar uma cutucada final; Os judeus, são historicamente um dos povos mais capitalistas que existem (não à toa, têm quase que o monopólio dos bancos mundiais). Isso não seria um dos motivos para um líder estadista e protecionista como Hitler, não gostar muito deles? Já que sempre foram negociantes nômades e atualmente detêm uma das sociedades sabidamente mais liberais que existem no mundo?

          • Respondendo a sua ultima pergunta, nao. Culpar ricos peal pobreza dos pobres sempre funciaona, na hora de maniuplar as massas, como o PT fez no Br. Anti -semitismo e Anti – marxismo definen o que e’ extrema direita, nao sou eu que estou dizendo, nao e’ aminha opniao, como escrevi antes, sao definicoes historicas e sociologicas, E sim xenofobia, tambem e’ uma caractreristica de partidos de extrema direita como a Front national da Marine Le Pen na Franca.
            Porque vc nao usa o seu verdadeiro nome? Vergonha? Covardia?

          • Quem falou em culpar os ricos pela pobreza? Bebeu?
            O que eu mencionei foi uma questão ideológica da época da segunda guerra.

            Eu não sou defensor da esquerda. Tampouco da direita. Se fosse para definir minha posição, eu seria centro-direita no eixo econômico e centro-esquerda no eixo social. Defendo o liberalismo mas acredito que o estado deve sim dar alguma espécie de amparo social aos mais necessitados. E que para isso a economia deve crescer sem a supervisão de um estado maternal.

            Sobre o meu nome, não te dou porque sou heterossexual. E não tenho o menor interesse em saber quem é você também. Nossa conversa resume-se à um simples ato de filantropia da minha parte.

            Abs

          • Se esconde atras de um pseudonimo, que covardao, ou sera’ que vc tem 12 de idade?

          • Culpar os ricos – usar os judeus como bode expiatorio para mobilizar a massa, vc sabe disso po.

          • Saio com a sensação de dever cumprido.
            Ensinei mais um necessitado que quando você não tem conteúdo suficiente para alimentar uma discussão, ela termina.

            Um grande abraço.

          • Abraco e boa sorte, pois como o Lula, vc vai precisar. E va’ pela sombra.

          • Profile locked? Vc ta’ com medo de que? E essa vontade de escrever que e’ heterosexual e’ uma necessidade se afirmar?? Sera’ (nao precisa responder, vc como o Lula tem instrucao) tem tripex tambem? ) Hahahaha

  • BRILHOU! EXCELENTE OBSERVAÇÃO! TA FORTE A ONDA CONTRA-REFORMISTA E OS TITULOS TENDEM A DEIXAR A TORCIDA MENOS ATUANTE NA POLITICA. MAS DEVE TER MUITO PILANTRA DE OLHO NUMA RECEITA DE MEIO BILHÃO DE REAIS. O PALMEIRAS PRECISA CONTINUAR SUA POLITICA DE VALORIZAÇÃO DO SOCIO AVANTI. TEMOS QUE VOTAR PARA PRESIDENTE! FIM DOS CONSELHEIROS VITALICIOS! ABAIXO MUSTAFA

  • Qualquer Reconhecimento e Valorização da HISTÓRIA é valido!!! Independente do que os outros pensem ou falem!!
    Agora esteticamente, a princípio não me agradou. Talvez pudéssemos achar outra forma de ostentar essa conquista em nossa camisa. Se bem que também sou sempre a favor de se respeitar o estatuto, portanto, se fosse achar outra forma de colocar a conquista em nossa camisa, teria que ser feito primeiro a alteração estatutária.
    Mas é aquele lance de qualquer camisa do Palmeiras de design, digamos duvidoso: Na primeira olhada pode doer nos olhos, na segunda já não arde tanto, após ver as redes sendo balançada por ela algumas vezes, passa a ser a coisa mais linda do mundo…

  • Pra mim, estrela em cima de escudo é coisa de time pequeno querendo auto afirmação. Não gosto. Porém, se os conselheiros querem assim, vamos colocar a segunda no final do ano.

    P.S.: Engraçado ver a reação das outras torcidas a essa notícia nos diversos veículos de comunicação pela internet. Pelos comentários postados percebe-se claramente o ranço despertado e o quanto uma simples estrela bordada na camisa incomoda muito, assim como nossa grandeza e história.

    • Não vejo isso como coisa de time pequeno. Aidar também achou que o Palmeiras estava se apequenando, quando na verdade eram eles que estavam. Só não tinha chegado o dia certo ainda.

      • Pra vc ver como é coisa de time pequeno, tanto que eles colocam até estrela na camisa que foi conquistada por um atleta olímpico e não pelo futebol. Isso sim é tentar auto afirmação. E não tem como se apequenar mais aquilo que já nasceu minúsculo e rasteiro assim como o time do Jd. Leonor.

    • Diz que isso é “auto afirmação” para um dos jogadores e comissão técnica daquele time de 51…No mínimo, merecem respeito.

      • E quem aqui está desrespeitando ou diminuindo a conquista? Somos sim o primeiro clube campeão do mundo, mas não acho que seja necessário estrela na camisa nem pra essa e nem pras demais conquistas. O Palmeiras é muito vencedor na sua história. Imaginou uma estrela na camisa pra cada conquista? Como o amigo disse aí anteriormente, teríamos estrela até no sovaco da camisa.

        • Mas não vai ser uma estrela para cada conquista, a estrela é para esta conquista em especial por tudo que ela representou, não só para o Palmeiras como também, para o futebol nacional naquela época. É como disseram em um comentário aí pra baixo: “O Palmeiras foi campeão mundial antes mesmo da seleção brasileira!”. 😀

          Abraço!

          • Então espero que daqui 5 anos o Conrado crie outro post com a pergunta: “Quatro vezes campeão mundial. É necessária tanta estrela na camisa?”, kkkkkkkkkk….

            Abraços!

  • Disse tudo Conrado : desnecessário mas inofensivo.
    Quem vai se preocupar com essa estrela é quem cai na pilha do “não tem mundial”.
    A estrela, o uniforme, escudo e etc é para o clube e sua torcida, os outros que se preocupem com seus clubes, temos outras coisas mais importantes na política da SEP que merecem mais nossa revolta.

  • Particularmente acho bem feia, gosto mais do nosso escudo limpo no lado esquerdo do peito.

    Estão tentando corrigir um erro de 66 anos, na boa, agora é tarde.

    Se daqui a 15, ou 20 anos tivermos ganho 5 mundiais, vamos ter nosso escudo abraçado por estrelas vermelhas? Bem estranho..

    E o pior de tudo é que essa estrela deve sumir na próxima reunião do conselho, na próxima eleição de presidente, no próximo uniforme.. Ou seja, só vamos pagar recibo mesmo.

    • Da maneira que você diz, parece que não conhece a história e a importância por trás desta “estrela feia”…

      • EU conheço a história desse título e considero mundial sim!

        A questão é que essa estrela feia, que destoa do uniforme, não representa a grandeza daquele título e reduzi-lo a isso é passar recibo!

        Justamente quando a única “piada” contra nós é a do “Palmeiras não tem mundial” resolvemos cumprir o estatuto??

        Passamos recibo sim, infelizmente, só espero que essa estrela agora fique de uma vez por todas, pois conhecendo um pouco da política palmeirense, tenho quase certeza que em breve essa estrela some.. e aí vai ficar mais ridículo ainda!

  • Infelizmente o Palmeiras só passou a dar importância para o mundial conquistado em 1951 depois que nossos rivais conquistaram, isso já devia ter sido feito há muito tempo atrás…mas nunca é tarde.

  • Eu fico revoltado com o fato do próprio Palmeiras ter desvalorizado esse título durante tanto tempo. Essas zoações de hoje são muito por causa disso. Tem muito ignorante que não sabe da relevância desse torneio e de como ele foi importante não só para o Palmeiras, mas também pro futebol nacional e internacional. Mas eu sou a favor da colocação da estrela, antes tarde do que nunca. Deixe que os outros digam. Estamos só valorizando nossa história e preparando o espaço pra segunda estrela esse ano.

  • Realmente esta estrela chegou muito atrasado, deveriam ter posta a muitos anos, porem antes tarde do que nunca.

  • A própria foto do escudo com as três estrelas desperta outra polêmica: as linhas atrás do P estilizado deveriam ser em número de 26.

    O Palmeiras tem seu aniversário de fundação colocado de maneira subliminar no escudo, as 26 linhas e as 8 estrelas.
    Mas a dificuldade de bordar ou desenhar 26 linhas num pequeno espaço faz com que muitas vezes o escudo apareça simplificado como na foto.

    Isso já aconteceu em muitos produtos oficiais e licenciados.
    Por exemplo, tenho uma toalha de banho, vendida como produto oficial, com um escudo não-oficial.
    Muito embora não falte espaço para se desenhar as 26 linhas.

    Por conta disso achei muito positivo o P sozinho na camisa.
    Símbolo inconfundível e histórico do nosso amado Verdão.

    E não, não estou propondo uma mudança no escudo do clube.

    • No caso do escudo na foto, se você contar certinho, risquinho por risquinho, verá que sua observação está equivocada… E talvez, inclusive nos seus produtos oficiais. 🙂

      • Não.
        O escudo da foto da matéria (com as 3 estrelas) tem 13 linhas.
        A minha toalha tem 15, se me lembro bem.
        O correto são 26 linhas verdes sobre fundo branco.

        É um pequeno exercício que faço sempre que vejo o escudo.
        Na imensa maioria das vezes, o escudo é não-oficial.

        Pra não deixar nenhuma dúvida:
        http://static.palmeiras.com.br/content/public/upload/imagem/times/imagem_20_original.png
        Conte as linhas do escudo oficial, são 26.

        • o escudo foi redesenhado em 2012, se não me engano, as letras foram arredondadas e simetrizadas, e o numero de linhas do escudo foi diminuído para se adequar às mídias digitais.
          Com muitas linhas a imagem sempre acabava borrada, em qualquer tela.

          • Conrado, coloquei o link do escudo oficial (no site do Palmeiras), continuam sendo 26.
            Não faz sentido mudar, é a data de aniversário do clube.

          • tem razão. Curioso, porque à época essas linhas foram diminuídas. tentarei descobrir algo a respeito.

        • Massa! É que neste caso, eu o detalhe é que as linhas não estão de fora a fora, e se você contar cada risco independente, tem 26! =D

  • Vulcabrás era a marca de sapato que eu usava nos anos 80, por absoluto desinteresse em ostentar alguma griffe em minhas vestimentas. Quero dizer que é uma marca sem valor agregado, não atribui prestígio a seu usuário. E é essa marca que o #BatráquioZumbiMalditoGolpistaDitador preferiria ver estampada na nossa camisa.

    vou parar de escrever, senão acabo me arrependendo depois.

  • Na minha opinião, o clube deveria ter adotado a estrela no ano seguinte a conquista do mundial! Mas, nunca é tarde para valorizar os guerreiros campeões do mundo!!! Ano que vem, vamos ter duas amarelas da libertadores, uma de cada lado, e no centro, duas vermelha representando o bi mundial!!!

  • acho q isso só da mais combustivel para os rivais tirarem sarro… nao adianta, sempre vao achar algo para tirar sarro, todo time tem algo que tiram sarro…mulambo nao tem estadio, sardinha nao tem torcida, spfc é bamby, etc etc…..se a gente ganhar outro mundial esse ano, vao começar a falar que somos bi-rebaixados…sempre vai ter alguma coisa. nao precisamos nos vangloriar q ganhamos o 1o mundial, a nossa torcida sabe o quanto a nossa historia é vitoriosa e não precisamos da concordância dos rivais…PNC deles.

  • Sou muito contra. Se formos colocar uma estrela pra cada conquista importante nossa, teríamos estrelas até no suvaco do uniforme.

    Estrela em cima de escudo é coisa do outro lado do muro. Grato.

    • Pesquise sobre a importância que este título representou pro Palmeiras e pro futebol nacional e pra todos os amantes do esporte naquela época, acho que se tu fizer isso, mudará sua opinião. 🙂

      • Dimple, eu conheço sim e sei a importância do mundial, o Brasil recuperou o orgulho depois do desastre de 1950, muita gente que é avô/avó dessa ‘geração mil grau’ de hoje deve ter comemorado o título. Mas confesso que não vale a pena usarmos estrela. Passamos tanto tempo sem, por negligência (talvez) da diretoria na época de não dar o valor do título que ele merece, e fazendo isso agora estamos é mais passando recibo pra zoação dos rivais, tendo que nos autoafirmar como campeões mundiais. Acho que somos maiores que tudo isso.

  • Na verdade o que espanta é o fato de a estrela estar nos estatutos do clube há tanto tempo e (quase) nunca ter sido colocada na camisa.

    Este título é um orgulho: o Palmeiras foi campeão do mundo ANTES de o Brasil ser campeão do mundo.
    Existe vanguarda maior?

    Por que o título de 51 não foi cantado e incensado pelo clube durante tanto tempo é um verdadeiro mistério para mim.

    • Infelizmente o Palmeiras não se importava com o marketing, ficou parado no tempo durante muitos anos, somente agora que se acordaram, e começaram a dar mais valor pra isso.