1
X
2

02/09/2018 - 19:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Chapecoense x Palmeiras

Na noite deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão. Em ótima fase, o Verdão busca quebrar o tabu de nunca ter vencido o time catarinense em sua casa, além de se manter no pelotão de cima do campeonato – para se manter no G4, precisa vencer por dois gols de diferença.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Gustavo Scarpa e Marcos Rocha
Transição física: Guerra

Pendurados: Marcos Rocha, Mayke, Luan, Thiago Santos, Diogo Barbosa, Hyoran, Willian Bigode e Deyverson.

Como é de costume, Felipão deve mandar a campo no Brasileirão um time alternativo. Mayke pode seguir como titular, já que Marcos Rocha se recupera de dores no joelho, mas a tendência é que Jean faça a função, abrindo vaga entre os volantes. O time que deve enfrentara Chape é Weverton; Mayke (Jean), Luan, Gómez e Victor Luis; Thiago Santos (Felipe Melo) e Jean (Bruno Henrique); Hyoran, Lucas Lima e Willian Bigode (Artur); Deyverson.

Chapecoense

A Chape vive dias tumultuados devido ao afastamento sem explicação do atacante Wellington Paulista, um dos atletas que está no elenco há mais tempo, desde o início da reconstrução do time após a tragédia na Colômbia. O técnico Guto Ferreira conta com Leandro Pereira para comandar o ataque catarinense esta tarde.

Com o time em péssima fase e na zona de rebaixamento, Gordiola promove mais mudanças além do comando do ataque: o zagueiro Nery Bareiro e o lateral Roberto devem ser as novidades no time que deve alinhar com Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Roberto; Elicarlos e Márcio Araújo; Bruno Silva, Diego Torres e Osman; Leandro Pereira.

Lei do Ex

Hyoran chegou ao Verdão por se destacar na Chapecoense. Do lado de lá, Márcio Araújo e Leandro Banana, minha nossa!

Retrospecto

Nunca vencemos na Arena Condá: tá na hora, mesmo com o Margarida no apito. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Chapecoense
Chapecoense
Arena Condá
Arena Condá
Ricardo Marques Ribeiro
Ricardo Marques Ribeiro
Campeonato Brasileiro
Campeonato Brasileiro

 

Parpite

O tabu será quebrado. O time alternativo vem mostrando força e os jogadores querem mostrar que podem ganhar a posição no time principal. Além de tudo, estão cheios de confiança: Palmeiras 2 a 0, com gols de Hyoran e Deyverson, para 10.345 pagantes.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Acompanhe o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC e PFCI

 

O Palmeiras venceu a Chapecoense por 2 a 1 na Arena Condá e diminuiu a diferença para o SPFC para seis pontos e de quabra acabou com o tabu de jamais ter vencido no estádio de Chapecó. Mesmo enfrentando dificuldades para segurar o placar, nosso time resistiu à pressão final do time da casa, que afundou ainda mais na zona do rebaixamento.

Primeiro tempo

Felipão armou o time com Borja na frente, e uma dupla de volantes forte, com Thiago Santos e Felipe Melo. Assim, era de se esperar que Victor Luis e Mayke tivessem bastante liberdade para o apoio. O gramado estava muito pesado, resultado de uma forte chuva que caiu na cidade antes da partida.

1'
Palmeiras

Victor Luis bateu falta da intermediária, forte, rasante; a bola quicou no gramado molhado e assustou Jandrei, mas saiu à esquerda do gol.

7'
Palmeiras

Hyoran bateu escanteio da esquerda; a bola passou por Gustavo Gómez mas Felipe Melo conseguiu o cabeceio sem precisar sair muito do chão; Jandrei estava batido e viu a bola bater no pé da trave esquerda.

14'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Felipe Melo apoiou pela direita, percebeu a infilrração de Hyoran na área e alçou a bola com precisão; o camisa 28 testou firme e mandou a bola na parte interna da trave direita de Jandrei, que a viu morrer na bochecha esquerda das redes de sua meta.

via GIPHY

16'
Palmeiras

Willian Bigode explorou o gramado liso e arriscou mais um chute de fora, mas a bola saiu à direita de Jandrei.

20'
Palmeiras

Lucas Lima, sumido, conseguiu uma boa jogada e acionou Willian, que mais uma vez tentou de fora – Jandrei defendeu sem maiores problemas.

Só dava Palmeiras e o gol foi merecido. Depois da vantagem, no entanto, o Verdão recolheu os laterais, dando espaço ao time da casa, que passou a dominar o jogo.

24'
Chapecoense

Após escanteio pelo lado direito, Leandro Pereira subiu no segundo pau e cabeceou no pé da trave de Weverton – o Banana havia feito falta clara em Luan para subir, mas a arbitragem nada marcou.

30'
Palmeiras

O Palmeiras só chegava nos chutes de fora – desta vez foi a vez de Thiago Santos arriscar, mas mandou à direita do gol.

31'
Chapecoense

A Chape respondeu rápido: Eduardo cruzou para Leandro Pereira, que cabeceou com muito perigo – a bola saiu à direita de Weverton, batido.

36'
Chapecoense

Eduardo ganhou a disputa com Victor Luis, entrou na área sem marcação e bateu cruzado, mal, desperdiçando ótima chance de gol.

Victor Luis voltou a apoiar o ataque e o Palmeiras reequilibrou a partida, mandando nos minutos finais do primeiro tempo.

41'
Palmeiras

Victor Luis brigou no ataque e conseguiu um ótimo cruzamento; a bol quase sobra limpa para Borja na pequena área mas a zaga afastou; Felipe Melo aparou a bola na meia-lua sem marcação e bateu colocado, mas errou o alvo.

43'
Palmeiras

Victor Luis puxou um excelente contra-ataque, invadiu a área e bateu forte, no canto do goleiro, que espalmou a escanteio.

Com os dois times equilibrados nas ações, o primeiro tempo terminou em 1 a 0 para o Palmeiras, que levou vantagem na qualidade técnica de seus jogadores.


Segundo tempo

Victor Luis, amarelado, deu lugar a Diogo Barbosa.

2'
Chapecoense

Leandro Pereira dominou bola viva na área e emendou bom chute de canhota; a bola passou à direita de Weverton, que estava na jogada.

6'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS!!! A Chapecoense estava melhor em campo mas Borja resolveu: ele ganhou de quatro defensores na entrada da área, saiu de frente para Jandrei e tocou por baixo do goleiro, marcando o segundo do Verdão. GOLAÇO!

via GIPHY

15'
Chapecoense

Gol da Chapecoense: após escanteio da direita, Thyere subiu muito para testar no canto direito de Weverton, diminuindo o placar.

O Palmeiras recuou demais após sofrer o gol, propondo-se a resistir aos ataques do time da casa por mais de meia hora e correndo riscos desnecessários. A Chape pressionava, mas parava nas linhas defensivas do Verdão.

28'
Palmeiras

Thiago Santos bateu da meia-lua, sem muita força, facilitando a defesa de Jandrei.

29'
Palmeiras

Grande contra-ataque do Palmeiras puxado por Hyoran; ele serviu a Willian Bigode, que bateu prensado, a sobra ficou com Hyoran que bateu para fora.

36'
Chapecoense

Doffo brigou de cabeça, depois de bate-rebate ele mesmo ficou com a  sobra, sozinho à frente de Weverton, mas chutou para fora. Talvez a única bobeira da zaga do Palmeiras em todo o jogo.

O Verdão não recorreu ao antijogo e resistiu bravamente aos ataques da Chape, até o apito final, aos 49 do segundo tempo.





Fim de jogo

Foi muito difícil, mas o Verdão conseguiu avitória. Após abrir 2 a 0 sem que a superioridade fosse tanta, o time abriu mão do controle do jogo e decidiu apenas resistir aos ataques do time da casa, que se não eram exatamente fulminantes, poderiam render um empate numa bola vadia qualquer. Felipão segue administrando o físico do elenco e chegou amais uma vitória.

A rodada foi excelente para Palmeiras e Grêmio, os únicos do pelotão da frente a vencerem seus jogos. O Verdão voltou a ficar a seis pontos do líder, que marcou apenas 5 pontos em três jogos fáceis, sendo dois em casa, enquanto que o Palmeiras marcou 7 passando por dois jogos fora de casa bem chatos. Parece apenas questão de tempo, mesmo com jogos de mata-mata nos obrigando a virar a chavinha toda hora.

O próximo adversário vem de quatro vitórias seguidas: o Atlético-PR vem ao Allianz Parque e promete endurecer areação do Verdão na tabela. Cabe a nosso time se impor frente ao time de Curitiba e, quem sabe, se aproximar ainda mais do líder, que vai ao Mineirão enfrentar o outro Atlético. Rodada boa para crescer ainda mais no retrovisor. VAMOS PALMEIRAS!


Acompanhe a transmissão ao vivo feita pelo Verdazzo, com a narração de Bruno Zanholo e comentários de Conrado Cacace.

Ficha Técnica

Chapecoense

GOL
Jandrei
LAD
Eduardo
ZAG
Rafael Thyere
ZAE
Nery Bareiro
LAE
Roberto
VOL
Elicarlos
MEI
Canteros
VOL
Marcio Araújo
MEI
Diego Torres
MEI
Yann
MEI
Bruno Silva
MEI
Osman
MEI
Doffo
ATA
Leandro Pereira
TÉCNICO
Guto Ferreira

Palmeiras

GOL
Weverton
LAD
Mayke
LAD
Jean
ZAG
Luan
ZAE
Gómez
LAE
Victor Luis
LAE
Diogo Barbosa
VOL
Thiago Santos
VOL
Felipe Melo
MEI
Willian Bigode
MEI
Lucas Lima
MEI
Bruno Henrique
MEI
Hyoran
ATA
Borja
TÉCNICO
Luiz Felipe Scolari

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Numa partida sóbria, falhou duas vezes em um de seus pontos fortes: a reposição de bola.
6.5
Mayke
Sumido, mal foi visto em campo.
5.5
Jean
Entrou perdido, errando botes fáceis e complicando as jogadas na pressão final da Chape.
4.5
Luan
Gigante, incorporou a fase do titular.
8
Gómez
Mais uma partida forte; sério e raçudo.
7.5
Victor Luis
Irregular, alternou grandes momentos com pixotadas.
6.5
Diogo Barbosa
Entrou pior que o reserva, um tanto desatento na marcação.
5.5
Thiago Santos
Mais uma partida espetacular do camisa 5, que não pode mais ficar fora do time.
8.5
Felipe Melo
Focado apenas em jogar, de crista baixa, foi muito bem, participando até de jogada de gol.
7.5
Willian Bigode
Estamos todos sentindo falta daquela fase brilhante pré-Copa.
6
Lucas Lima
Isolado, aceitou a situação passivamente e perdeu uma ótima chance de mostrar que pode brigar por uma vaga entre os titulares.
5
Bruno Henrique
Entrou bem, ajudando o meio-campo a ter mais consistência.
6.5
Hyoran
Além do gol, foi amelhor alternativa de escape para o ataque.
7.5
Borja
Estava sendo pouco acionado pelo time, mas aí resolveu o jogo numa jogada de pura força. Um tanque!
8
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Parece um bruxo que tem controle absoluto da situação, sempre chegando ao objetivo no limite, mas os lances de ataque da Chape no fim mostram que não é bem assim.
7