1
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Atlético-PR x Palmeiras

Na noite deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Athletico, em Curitiba, precisando da vitória a todo custo para se manter na briga pelo título nacional.

A oito pontos do Flamengo, um tropeço vai tornar a missão, que já é difícil, quase impossível – qualquer que seja o resultado do Fla-Flu, que começa uma hora antes.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Ramires e Luiz Adriano
Poupados: Marcos Rocha e Gustavo Scarpa
Suspenso: Victor Luis

Pendurados: Gustavo Gómez, Antônio Carlos, Lucas Lima e Carlos Eduardo

Marcos Rocha e Gustavo Scarpa não viajaram a Curitiba, poupados. Mayke, sem ritmo, ainda segue sem ser relacionado. Mano Menezes deve poder contar com Vitor Hugo, recuperado de um incômodo no abdome que o deixou de fora da vitória sobre a Chapecoense. O desfalque, no banco, é Victor Luis, expulso fora de campo.

Se decidir manter o centroavante, o time para esta noite deve ser Weverton; Jean, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Dudu, Raphael Veiga e Zé Rafael; Deyverson. Mas Henrique Dourado e Borja seguem com chances.

Athletico-PR

AthleticoTiago Nunes terá a volta de Thiago Heleno ao time do Athletico – o zagueiro cumpriu suspensão na virada sobre o Fluminense, na quinta-feira. Seguem de fora Camacho, Nikão, Jonathan e Lucas Halter

Assim, o CAP deve entrar em campo com Santos; Madson, Léo Pereira, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Rony, Thonny Anderson e Marcelo Cirino

Números

  • Em 56 partidas, o Palmeiras venceu o Athletico na metade delas: 28 vezes; ocorreram 17 empates e o time do Paraná nos venceu 11 vezes.
  • Como mandante, o Athletico nos bateu 8 vezes em 30 jogos. Ocorreram 11 empates e o Verdão ganhou 11 partidas.
  • As duas equipes já sem enfrentaram 42 vezes em Brasileiros e o Palmeiras venceu 19 vezes, com 13 empates e 10 vitórias do Athletico.
  • A Arena da Baixada já foi um grande problema, mas nas últimas dez partidas lá, só perdemos duas. No geral, são 18 jogos entre Athletico e Palmeiras no Joaquim Américo, com 4 vitórias do Palmeiras, 7 empates e 7 vitórias do time da casa.

No calendário

O Palmeiras só perdeu uma vez no dia 20 de outubro; faz mais de 70 anos e vendeu caro. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Arbitragem

Ricardo Marques RibeiroÁrbitro Principal:
Ricardo Marques Ribeiro

Emerson de Almeida FerreiraVAR:
Emerson de Almeida Ferreira

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos feita antes do início do campeonato, estamos quatro pontos abaixo, mas isso de nada serve se tem outro time fazendo uma campanha fora da curva. Vitória é a meta inegociável.

Parpite

Se o Athletico cometer erros e entregar a paçoca como fez há uma semana contra o Flamengo, será mais fácil. Mas o que deve acontecer é uma partida duríssima, como  Verdão conseguindo a vitória no segundo tempo com um gol para ser muito comemorado: 1 a 0 em chute de fora de Bruno Henrique, para 16.789 pagantes na Arena da Baixada.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Sintonize na TNT e sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

TNTTNT

Pós-Jogo

Athletico-PR 1x1 PalmeirasCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras empatou com o Athletico-PR na Arena da Baixada por 1 a 1 e viu a diferença para o Flamengo aumentar mais ainda. A 11 rodadas do fim do campeonato, a diferença chega a quase inalcançáveis dez pontos.

O que frustra a torcida não é o resultado em si, mas a forma como o time, mais uma vez, (não) tentou chegar à vitória. Apático, cometendo erros técnicos risíveis, espalhado pelo campo, nosso time parecia estar administrando o vice-campeonato, cozinhando um empate em Curitiba – que em outras circunstâncias, seria um bom placar.

Tudo isso depois de uma partida épica no meio da semana. Não dá para entender.

Primeiro tempo

5'
Palmeiras

Dudu tentou cruzar mas a zaga rebateu; Deyverson pegou a sobra e bateu com pouco ângulo, mal, para fora.

6'
Athletico-PR

Gol do Athletico – Adriano recebeu com liberdade na esquerda enquanto Jean marcava o Gaspar; Felipe Melo ainda tentou sair na marcação mas não deu tempo e o cruzamento veio no segundo pau, onde Marcelo Cirino fechou e testou firme, fuzilando Weverton, sob o olhar curioso de Zé Rafael.

11'
Palmeiras

Zé Rafael conduziu por dentro e abriu na esquerda para Willian, que tentou o chute mas foi travado por Léo Pereira.

14'
Athletico-PR

De fora, Rony arriscou, mas mandou por cima do travessão de Weverton.

23'
Palmeiras

Finalmente um grande lance: Dudu tentou acionar Deyverson, que dominou mal e deixou a bola escapar para o lado esquerdo; ele ainda ficou com ela e devolveu para Dudu, que vinha de trás; na jogada típica, ele cortou para dentro e bateu de direita, com curva, buscando o ângulo esquerdo de Léo, mas a bola saiu por muito pouco.

30'
Athletico-PR

Madson foi ao fundo pela direita e cruzou; Marco Ruben subiu sozinho e testou forte, por cima do travessão.

39'
Palmeiras

Zé Rafael tentou a individual por dentro, levou dois defensores e bateu firme; Thiago Heleno meteu o cabeção na bola e desviou a escanteio – a bola tinha o endereço.

40'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Willian cruzou da direita, por baixo; Léo cravou os pés no chão para encaixar a bola e Deyverson se antecipou, esticando o pernão e desviando no cantinho direito do gol do time da casa.

48'

Após três minutos de acréscimo, o juiz, que apitou daquele jeito, encerrou o primeiro tempo. Ele é ruim demais.


Segundo tempo

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo.

10'
Athletico-PR

Rony tentou mais uma de fora, para fácil defesa de Weverton.

11'

Mano Menezes fez a primeira mexida, trocando Zé Rafael por Lucas Lima. Na teoria, boa mexida; na prática, Lucas Lima se posicionou no corredor direito e foi como se o time tivesse ficado com um a menos.

12'
Palmeiras

Willian recebeu na leia lua, de costas, e girou para fazer o arremate – Léo fez defesa tranquila.

21'

Sentindo a perna direita, Jean deixou o campo. Luan, improvisado, assumiu a lateral direita.

28'
Athletico-PR

Rony acionou Léo Cittadini do lado esquerdo; ele balançou e bateu cruzado, para fácil defesa de Weverton.

32'
Palmeiras

Após cruzamento de Willian, a bola ficou viva e Bruno Henrique tentou dominar coma  cabeça para o arremate, mas Léo chegou socando tudo e afastou o perigo.

34'
Palmeiras

Willian recebeu dentro da área em boas condições, enquadrou o corpo e bateu chapado – a bola saiu por muito.

37'
Palmeiras

Em sua última mexida, Mano mandou Raphael Veiga a campo no lugar de Willian.

Foram 12 minutos de tortura. Precisando do gol, o Palmeiras nada fez para chegar à virada. Nem parecia o mesmo time que suou sangue quatro dias antes para vencer no último segundo.

Após quatro minutos de acréscimo, Margarida encerrou a partida.





Fim de jogo

São onze jogos, incluindo um confronto direto. São dez pontos para tirar. Alguém podia dar uma entrevista dizendo que estão satisfeitos com o segundo lugar  pra torcida não ficar torcendo como idiotas.

A postura do time, tanto tática quanto tecnicamente, foi risível. Incompatível com um grupo que quer brigar pelo título e, principalmente, com nossas tradições e nossa História. Nós merecemos uma boa explicação, para dizer o mínimo. QUE VERGONHA, PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Athletico-PR

GOL
Léo
LAD
Madson
ZAG
Léo Pereira
ZAE
Thiago Heleno
LAE
Adriano
VOL
Welington
MEI
Bruno Guimarães
MEI
Bruno Nazario
MEI
Léo Cittadini
ATA
Rony
ATA
Marco Ruben
ATA
Thonny Anderson
ATA
Marcelo Cirino
ATA
Pedrinho
TÉCNICO
Tiago Nunes

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Vendido no gol, não precisou trabalhar muito mais.
6
Jean
Sem ritmo, marcou mal e permitiu que Rony fizesse uma festa.
4.5
Luan
Entrou na roubada e nos fez imaginar como teria sido o jogo se tivesse entrado de titular, mesmo improvisado.
7
Gustavo Gómez
Xerifou o jogo todo, mesmo mancando e com uma tatuagem de cravo de chuteira na canela.
7
Vitor Hugo
Forte por cima, como sempre, ótima presença.
7
Diogo Barbosa
Bastante atento na marcação do segundo pau. Um ótimo exemplo para o Marcos Rocha se espelhar.
7
Felipe Melo
Mal tecnicamente, preocupou-se demais em xerifar e em apitar o jogo.
6
Bruno Henrique
Muito preso, sobretudo quando o time mais precisou de seu apoio no ataque, no segundo tempo. Tinha que ter subido mais.
5
Dudu
Noite tecnicamente esquecível. E errando tudo, não conseguia contagiar o resto do time.
5
Zé Rafael
Seu jogo de condução de bola não casou bem com o desenho do jogo.
4.5
Lucas Lima
Entrou para jogar aberto pela direita e não rendeu nada. Incompreensível.
5
Willian
Outro que errou quase tudo o que tentou - a que acertou, Deyverson colocou pra dentro.
4
Raphael Veiga
Jogou pouco.
s/n
Deyverson
Não desperdiçou tantos ataques e ainda conseguiu colocar uma pra dentro. Reagiu como se fosse um injustiçado e estivesse comendo a bola. O mais curioso, no entanto, foram seus papos animados com o juiz. Os dois falam a mesma língua.
6
Mano Menezes
Mano Menezes
Errou na montagem do time, nas substituições e na pilhagem do time. Já começa a merecer uma corneta.
5