Raphael Veiga termina o primeiro turno do Brasileirão com destaque e já sonha com Seleção

Maior goleador na temporada, Raphael Veiga está próximo de subir mais uma posição no ranking de artilheiros pelo Palmeiras no século XXI

Raphael Veiga, do Palmeiras
Cesar Greco

Um dos principais nomes do Palmeiras nas conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil de 2020, Raphael Veiga manteve o bom rendimento na atual temporada e cada vez mais vem se tornando uma peça fundamental no time comandado por Abel Ferreira.

Aos 26 anos, o meia, eleito o melhor jogador da última edição da Copa do Brasil, está conseguindo afastar as desconfianças da torcida. Contratado em 2017 como revelação do Coritiba, Veiga não engrenou em seu primeiro ano de clube e acabou sendo emprestado ao Athletico-PR.

No retorno ao Verdão, em 2019, o camisa 23 teve dificuldades em repetir a boa performance que teve no Furacão e, no começo de 2020, quase deixou o clube.

Sua trajetória no Palmeiras começou a mudar a partir da chegada de Abel Ferreira. Veiga anotou 20 gols em 64 partidas desde a estreia do atual treinador – é o artilheiro do time neste recorte.

Além da facilidade em ir às redes, o meia mostra também versatilidade. Com Abel, foi bastante utilizado como meia central e, desde o começo do Brasileirão, vem atuando mais pelos lados do campo, fazendo a diagonal para o meio.

“Foi um processo um pouco demorado, de treinamentos, desde a minha chegada em 2017. Mas tudo valeu a pena. O Abel é um cara muito vencedor, embora seja novo no futebol. É um cara muito inteligente e detalhista. Faz a gente entender o jogo e jogar futebol de um jeito mais fácil. Hoje, me sinto muito mais evoluído depois da chegada dele”, disse em entrevista à Rádio Band News FM.

“Extrai o máximo de cada jogador, independentemente da posição, todo mundo sabe o que ele pede, isso facilita o nosso trabalho dentro de campo. É um cara que com certeza vai ser um dos nomes do futebol mundial” acrescentou.

Mesmo com a ascensão de Scarpa e com o recente retorno de Dudu, o jogador não perdeu a condição de titular e terminou o primeiro turno do Brasileirão como um dos pilares da equipe. Nos 18 jogos que o Palmeiras fez na competição, Veiga participou de 17 e tem seis participações diretas em gols (3 tentos e 3 assistências).

Raphael Veiga está a um gol de subir mais uma posição no ranking dos artilheiros do clube no século XXI

Artilheiro do time na atual temporada com 10 gols (empatado com Willian), Raphael Veiga está próximo de escalar mais uma posição na lista dos maiores goleadores do Palmeiras no século XXI.

Raphael Veiga e William em jogo-treino do Palmeiras no Allianz Parque.
Cesar Greco

Atualmente, o camisa 23, que foi às redes adversárias 35 vezes, está na nona posição, um gol atrás do colombiano Borja, que anotou 36. Ainda a sua frente nessa lista estão Dudu (71), Willian (66), Vágner Love (54), Valdivia (41), Kleber Gladiador (39), Diego Souza (38) e Alex Mineiro (37).

A boa fase faz com que o jogador sonhe em ser convocado para a Seleção Brasileira. “Este ano tem sido melhor porque estou mais maduro. Tenho uma expectativa de anotar mais gols, dar mais assistências. Tenho um sonho muito grande de vestir a camisa da Seleção Brasileira e vejo que está próximo”, declarou.