Vem aí o Derby do Século

Marcos - 2000À luz da História, não é exagero: o Derby que será disputado no próximo domingo, no Entulhão, é o confronto mais importante entre os dois maiores rivais do futebol brasileiro neste século.

O jogo recente mais importante entre Palmeiras e SCCP que se tem registro foi a semifinal da Libertadores de 2000, quando Marcos defendeu o pênalti batido por Belzebu na disputa final e decretou a vitória palmeirense por 5 a 4 – o Verdão forçou a decisão após vencer o jogo, de virada, por 3 a 2, após um 3 a 4 na primeira partida. Foram confrontos épicos; os dois clubes tinham times fortíssimos e dominavam o futebol brasileiro entre 1998 e 2000. Mas nos confrontos diretos, sempre dava Palmeiras.

No século 21

Fernando Prass - 2015Um Derby sempre agita a cidade e o país, mas a partir de 2001 o clássico deixou um tanto a desejar em termos de relevância para os campeonatos por que valiam.

Tivemos alguns confrontos eliminatórios pelo Campeonato Paulista, como em 2015, quando Fernando Prass defendeu pênaltis no Itaquerão. Em 2011, também nos pênaltis, um erro de João Vítor definiu a classificação do rival à final. Em 2003 os times também se encontraram e o Palmeiras, com um elenco de série B, levou a pior. Três semifinais de Paulistão foi o máximo que os rivais proporcionaram em disputas por troféus nos últimos 17 anos.

É claro que houve jogos que, mesmo não tão significativos em termos de campeonato, entraram para a História diante da rivalidade e da forma com que foram disputados. Nos confrontos recentes, o último Derby disputado no Pacaembu foi espetacular – o Palmeiras venceu por 1 a 0, num gol marcado por Dudu, um minuto depois de Fernando Prass defender um pênalti cobrado por Lucca. O Verdão comemora muito uma vitória por 2 a 0 em 2016, no Itaquerão, que representou o início da arrancada para o eneacampeonato, enquanto o rival ainda celebra a vitória marcante no Allianz Parque, no último encontro entre os dois clubes.

Os 3 a 0 de 2009, com três gols de Obina no Prudentão, vão demorar para sair da memória dos palmeirenses. O rival, por sua vez, comemora um Derby disputado naquele mesmo ano, no mesmo estádio, com gol de Ronaldo, em que o alambrado não resistiu a seu peso – o jogo terminou empatado.

Obina - 2009Esses jogos no Prudentão iniciaram uma era em que os dois clubes sabiamente decidiram nunca mais disputar um Derby no Morumbi – postura que marcou, coincidentemente, a decadência do SPFC. O último Derby no Jardim Leonor foi disputado em março de 2008, ano que marcou o último título relevante do dono do estádio.

Os últimos Derbies disputados no Morumbi tiveram predominância palmeirense – em 2007, com show de Valdivia e Edmundo, aplicamos um sonoro 3 a 0 e os veríamos cair para a série B ao final do ano. Os 4 a 0 de 2004, com direito a gol contra de Rincón, foi saborosíssimo e marcou a última grande goleada do confronto.

O Derby do Século

Palmeiras e SCCP têm hoje estádios que lhes proporcionam grandes públicos e rendas – é verdade que o estádio deles foi erguido em situações suspeitas, num modelo econômico que não lhes permite desfrutar das grandes rendas e está cercado por investigações de corrupção. Mas isso fica em segundo plano diante do jogo que se aproxima.

Os dois rivais ponteiam o Brasileirão e a evolução de pontos dos dois clubes no campeonato sugere uma partida épica, cercada de muito nervosismo.

O Verdão chega para o jogo exibindo um futebol em franca evolução que está satisfazendo nossa exigente torcida e até a imprensa. Já o SCCP enfrenta uma decadência em relação ao time que liderou quase todo o campeonato, após uma fase exuberante que teve início exatamente no Derby do Campeonato Paulista – jogo que pode ser considerado um grande ponto de inflexão nas trajetórias dos dois times no início de 2017.

Sabemos que fase técnica e pontuação são fatores pouco ou nada importantes quando essas duas equipes entram em campo. Mas não deixa de ser interessantíssimo, quase poético, perceber que em caso de vitória do Palmeiras, o Derby do próximo domingo tende a representar outro ponto de inflexão para os dois rivais, mas em sentido oposto ao do Derby de fevereiro disputado no mesmo palco.

Felipão 2000Todos esses ingredientes fazem com que o jogaço do dia 5 seja encarado como O DERBY DO SÉCULO.

Como ensinou Felipão, tem que ter raiva dessa porra de cur%$*&#ntia. Pra cima deles, com tudo! VAMOS PALMEIRAS!


Verdazzo é patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Aqui, o link para se tornar um padrinho deste site: https://www.padrim.com.br/verdazzo