Eleito melhor da partida, Dudu fala sobre classificação à final: “É um sonho”

Dudu comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-MG, durante segunda partida válida pelas semifinais da Libertadores 2021, no Mineirão.
Cesar Greco

Autor do gol que deu a classificação ao Palmeiras, Dudu ultrapassou Vavá na lista dos maiores artilheiros da História do Palmeiras

Mais uma vez Dudu decidiu um jogo a favor do Palmeiras. Na noite desta terça-feira, o ‘Baixola’ foi o autor do gol que deu ao Verdão a classificação à final da Copa Libertadores – o tento ocorreu aos 22 minutos do segundo tempo, após passe de Gabriel Veron.

Importante para o clube desde a contratação, Dudu participou de apenas dois jogos da campanha do bicampeonato conquistado na temporada passada. Ele foi emprestado ao Al-Duhail e, por isso, não esteve em campo na decisão contra o Santos.

De volta ao clube, o atacante, eleito pela Conmebol como o melhor jogador da partida, participará pela primeira vez na carreira de uma final da Libertadores.

“É um sonho [disputar a final da Libertadores pelo Palmeiras]. Estou aqui desde 2015, vivi grandes momentos. Infelizmente tive que sair por conta de alguns problemas fora de campo, mas o torcedor sabe do carinho e amor que tenho pelo Palmeiras. Espero que dia 27 eu represente essa camisa bem novamente e a gente faça um grande jogo no Uruguai”, disse ao final da partida.

Já sobre a partida, Dudu destacou a estratégia adotada pela comissão técnica por todo os 180 minutos do duelo.

“No jogo no Allianz, eu saí bravo porque sabia que a gente podia dar mais, eu também poderia ter rendido mais. A gente sabe que tínhamos que ter jogado um pouco mais. Mas tudo é estratégia do Abel, tudo é pensado. Fizemos um jogo perfeito na marcação e não sofremos gols. Aqui nós jogamos mais, criamos oportunidades. As melhores chances da partida foram nossas. Mesmo sofrendo um gol não nos desesperamos, porque sabíamos que precisávamos de apenas um gol. Tudo foi estrategicamente pensado. Graças a Deus fomos recompensados”, contou.

“O Atlético tem um grande time e está brigando pelos títulos Brasileiro e da Copa do Brasil. Mas nós temos o nosso valor, somos o atual campeão da Libertadores. O Palmeiras cresce em jogo grande. Temos um elenco forte e pessoas sérias trabalhando diariamente no clube”, acrescentou.

Dudu ultrapassa Vavá em números de gols e sobe no ranking de maiores artilheiros

Dudu comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-MG, durante segunda partida válida pelas semifinais da Libertadores 2021, no Mineirão.
Cesar Greco

Com o gol contra o Atlético-MG, Dudu subiu mais uma posição no ranking dos maiores artilheiros da História do Palmeiras e, atualmente, ocupa a 30ª colocação, com 72 gols marcados – o camisa 4+3 ultrapassou o ex-atacante Vavá, campeão do Mundo pelo Brasil em 1962.

Além dos gols, Dudu tem 76 assistências e cinco títulos conquistados: Copa do Brasil 2015; Campeonato Brasileiro 2016; Campeonato Brasileiro 2018; Campeonato Paulista 2020 e Libertadores da América 2020.

“Deixo para torcida [ser considerado ídolo do clube]. Sou muito ‘pé no chão’. Tenho ciência de que faço um bom trabalho desde quando cheguei. Meu objetivo é sempre ajudar o clube dentro de campo”, contou.