Dudu chega a 75 gols pelo Palmeiras e ultrapassa Jair Rosa Pinto no ranking dos maiores artilheiros

Dudu do Palmeiras em disputa com jogador do Novorizontino, durante partida válida pela fase de grupos do Paulistão 2022, no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biase.
Cesar Greco

Envergando novamente a camisa 7, Dudu marcou o segundo gol palmeirense na vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino

Vestindo novamente a camisa 7 do Palmeiras, Dudu foi às redes na vitória do Verdão sobre o Novorizontino por 2 a 0, na tarde de ontem, e ultrapassou Jair Rosa Pinto, capitão da equipe na Copa Rio de 1951, na lista dos maiores artilheiros da História do Verdão.

O ‘Baixola’ chegou ao seu 75º gol com a camisa do Verdão, em 334 partidas, e alcançou a 29ª posição. Dudu tem no momento a mesma quantidade de gols marcados que Edu Bala, atacante da Segunda Academia do Palmeiras.

Eleito pela Federação Paulista de Futebol o melhor jogador do confronto entre Palmeiras e Novorizontino, Dudu enalteceu o desempenho da equipe, apesar do forte calor e do gramado seco.

“A equipe está de parabéns por hoje [domingo]. Estamos focados, temos grandes objetivos. Estava muito quente no primeiro tempo. A equipe conseguiu suportar, fazer um jogo controlado, tranquilo”, disse o jogador que, assim como o técnico Abel Ferreira, também afirmou que o Verdão usará as primeiras partidas do estadual para se preparar para o Mundial de Clubes.

“Foi o primeiro jogo da temporada, da competição. Temos muito o que evoluir. Acho que vamos estar bem preparados para o Mundial. É nesses jogos do Paulista que nos preparamos para, no Mundial, estarmos bem, 100%”, acrescentou o Baixola.

Dudu engrossa torcida pelo Palmeiras na final da Copinha

Além de comentar sobre o triunfo palmeirense, Dudu aproveitou para elogiar a performance da equipe Sub-20 do Verdão na Copinha, que está na final contra o Santos, e reafirmar a torcida pelas Crias da Academia.

“Estamos na torcida pelo time da Copinha, ficamos felizes. Vamos estar na torcida. Não só o Endrick [merece destaque], mas outros jogadores que já vieram aqui treinar conosco e jogaram no final do Brasileiro. Eles têm muita qualidade e competência para estarem aqui nesse ano, que o Abel possa escolher os jogadores para ajudarem a gente”, finalizou.

O time Sub-20 do Verdão jogará a final da Copa São Paulo nesta terça-feira, no Allianz Parque, às 10h. A equipe profissional, por sua vez, volta a campo na quarta-feira, também na arena palmeirense, para encarar a Ponte Preta.

Palmeiras vence Novorizontino e mantém escrita de 27 anos sem derrota em estreias no Paulistão

Dudu do Palmeiras comemora seu gol contra o Novorizontino, durante partida válida pela fase de grupos do Paulistão 2022 no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biase.
Cesar Greco

Dudu e Zé Rafael foram às redes para o Palmeiras, que enfrentará a Ponte Preta no próximo jogo

O Palmeiras realizou seu primeiro jogo oficial na temporada 2022 na tarde deste domingo, contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte. Em partida que Atuesta, Murilo e Navarro estrearam e que Zé Rafael e Dudu foram às redes, o Verdão venceu o duelo por 2 a 0.

“Gostei da seriedade da equipe. Eles estiveram 100% focados, competitivos e unidos, levando principalmente em conta todo o contexto do jogo, o forte calor e o gramado seco. Para nós, todos jogos são testes [para o Mundial], temos a obrigação de sempre jogar para ganhar e os atletas demonstraram muito comprometimento”, comentou Abel Ferreira sobre o confronto.

Com isso, o Palmeiras manteve uma escrita de 27 anos sem saber o que é perder em uma estreia de Campeonato Paulista. O último revés aconteceu para a Portuguesa, em 29 de janeiro de 1995, quando o time palmeirense perdeu por 2 a 1, no Canindé.

Palmeiras posa para foto em jogo contra o Novorizontino, durante partida válida pela fase de grupos do Paulistão 2022, no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biase.
Cesar Greco

Desde então, foram 26 jogos, com 16 vitórias, sendo quatro goleadas, e dez empates. A estatística não computa os dados de 2002, quando o Verdão não jogou o Paulistão e, sim, o Supercampeonato Paulista.

23 vezes campeão Estadual, o Palmeiras enfrentará na sequência da competição a Ponte Preta; a partida acontece quarta-feira no Allianz Parque, às 21h35.

Confira a relação completa das últimas estreias do Palmeiras no Paulista

  • 28/01/1996 – Palmeiras 6 x 1 Ferroviária;
  • 08/02/1997 – São José 1 x 1 Palmeiras;
  • 07/03/1998 – Palmeiras 2 x 2 Guarani;
  • 07/03/1999 – Palmeiras 1 x 1 Santos;
  • 08/03/2000 – Palmeiras 1 x 1 Guarani;
  • 21/01/2001 – Botafogo 3 x 3 Palmeiras;
  • 26/01/2003 – Palmeiras 2 x 1 Mogi Mirim;
  • 21/01/2004 – Palmeiras 5 x 2 Paulista de Jundiaí;
  • 19/01/2005 – Inter de Limeira 3 x 5 Palmeiras;
  • 12/01/2006 – Palmeiras 2 x 1 Ituano;
  • 18/01/2007 – Paulista de Jundiaí 2 x 4 Palmeiras;
  • 17/01/2008 – Palmeiras 3 x 1 Sertãozinho;
  • 21/01/2009 – Santo André 0 x 1 Palmeiras;
  • 16/01/2010 – Palmeiras 5 x 1 Mogi Mirim;
  • 15/01/2011 – Palmeiras 0 x 0 Botafogo;
  • 22/01/2012 – Bragantino 1 x 2 Palmeiras;
  • 20/01/2013 – Palmeiras 0 x 0 Bragantino;
  • 18/01/2014 – Palmeiras 2 x 1 Linense;
  • 31/01/2015 – Palmeiras 3 x 1 Audax;
  • 31/01/2016 – Botafogo 0 x 2 Palmeiras;
  • 05/02/2017 – Palmeiras 1 x 0 Botafogo;
  • 18/01/2018 – Palmeiras 3 x 1 Santo André;
  • 20/01/2019 – Red Bull Brasil 1 x 1 Palmeiras;
  • 22/01/2020 – Ituano 0 x 4 Palmeiras;
  • 03/03/2021 – SCCP 2 x 2 Palmeiras;
  • 23/01/2022 – Novorizontino 0 x 2 Palmeiras.

Símbolo de uma Era vitoriosa, Dudu era anunciado pelo Palmeiras há exatos 7 anos

Dudu nas comemorações do Palmeiras pela conquista da Copa Libertadores 2021.
Cesar Greco

Com 30 anos recentemente completados, Dudu soma 333 jogos no clube, com 74 gols marcados e 6 títulos conquistados

No dia 11 de janeiro de 2015, o Palmeiras surpreendia e, em suas redes sociais, anunciava a contratação do atacante Dudu. Em meio a uma enorme reformulação no elenco, o Verdão contratava um jogador que estava sendo disputado pelos rivais SCCP e SPFC e havia sido um dos destaques do Brasileirão de 2014.

Depois de sete anos, Dudu tornou-se ídolo de muitos palmeirenses e o símbolo de um período vitorioso do clube (que ainda perdura). Com ele em campo, o Verdão conquistou a Copa do Brasil (2015), dois campeonatos Brasileiros (2016 e 2018) e a Libertadores (2021). Além disso, participou do início da trajetória dos títulos Paulista (2020) e da Libertadores de 2020.

Com exceção das conquistas de 2020, em todas as outras Dudu foi um dos principais nomes do Palmeiras. Na final da Copa do Brasil contra o Santos, em 2015, anotou os dois gols da equipe na vitória por 2 a 1. Nas campanhas do enea e do decacampeonato brasileiros, foi o maior assistente do Verdão e decisivo nas rodadas finais.

Já no tri da Libertadores, mesmo fora de toda a primeira fase, anotou o segundo gol do triunfo sobre o SPFC nas quartas-de-final e levou o time à final contra o Flamengo ao marcar o tento diante do Atlético-MG, no Mineirão, nas semifinais.

Ao todo, o Baixola soma 333 partidas pelo Palmeiras, 74 gols marcados, 81 assistências e diversas marcas históricas atingidas:

  • Artilheiro do Palmeiras no século: 74 gols;
  • Jogador com mais vitórias no século: 189;
  • 25º jogador na História que mais vezes vestiu a camisa do Palmeiras: 333 jogos;
  • Artilheiro do Allianz Parque: 35 gols;
  • Mais vitórias no Allianz Parque: 98;
  • Mais jogos no Allianz Parque: 141.

Dudu e o retorno para a camisa 7

Na metade do ano passado, quando voltou ao Palmeiras após um ano jogando no Al Duhail, Dudu utilizou a camisa 4+3, já que a 7 – vestida por ele nos anos anteriores – estava com Rony. Para 2022, contudo, o atacante retornará para essa numeração, enquanto que seu companheiro de clube usará a camisa 10, que era de Luiz Adriano.

“Agradeço ao Rony porque ele me deixou usar de novo a camisa 7, uma camisa que sempre me senti bem. Tenho a história com o Mattos que falei que eu viria com a camisa 7. Eu agradeço mesmo o Rony por ter tido a compreensão. Nosso time não tem vaidade, nada disso. Acho que agora ele está com a camisa 10, uma grande camisa”, disse Dudu ao SporTV, na noite passada.

Com Dudu no elenco, o Verdão tem no próximo mês a disputa do Mundial de Clubes. A equipe estreará no torneio no dia 8, contra Monterrey-MEX ou Al Ahly-EGI.

5 jogadores do Palmeiras entram na seleção da Libertadores

O elenco do Palmeiras, em foto oficial no jogo contra o Flamengo, durante partida final da Copa Libertadores 2021, no Estádio Centenário.
Cesar Greco

Weverton, Gustavo Gómez, Raphael Veiga, Dudu e Rony são os representantes do Palmeiras

A Conmebol divulgou em suas redes sociais na noite de quinta-feira a seleção dos 11 melhores da Libertadores de 2021, conquistada pelo Palmeiras no último sábado sobre o Flamengo por 2 a 1, na prorrogação.

Tricampeão, o Verdão dominou a lista com cinco jogadores. Foram eles: Weverton, Gustavo Gómez, Raphael Veiga, Dudu e Rony. Confira:

De todos os palmeirenses presentes, apenas Raphael Veiga foi eleito pela primeira vez. Gómez, Weverton e Rony estiveram na seleção da temporada passada e Dudu foi escolhido para os onze melhores da Libertadores de 2018 – o atacante, na ocasião, foi o único representante brasileiro.

Veja também as jogadas do Palmeiras na Libertadores selecionadas pela Conmebol

Além da divulgação da seleção do campeonato, a Conmebol soltou também em seu Instagram as melhores jogadas do Palmeiras na Libertadores. A combinação de lances conta com dribles e passes de efeito de Danilo, Dudu (duas vezes), Raphael Veiga (duas vezes) e Rony.

Em 2022, o Palmeiras disputará a Libertadores pela 22ª vez e será a sétima de forma consecutiva, número recorde na História do clube.

Dudu revela que jogadores voltarão antecipadamente das férias em janeiro

Dudu no vôo de volta em meio as comemorações do Palmeiras pela conquista da Copa Libertadores 2021.
Cesar Greco

De acordo com Dudu, retorno antes do previsto é pensando no Mundial de Clubes

Campeão da Libertadores pela terceira vez em sua História, o Palmeiras já começa a trabalhar visando o Mundial de Clubes, que será disputado em fevereiro do ano que vem nos Emirados Árabes Unidos.

Sem mais nenhuma pretensão no Campeonato Brasileiro, o clube decidiu por antecipar as férias de boa parte do elenco e, por consequência, os atletas retornarão antes do previsto, em janeiro. A informação foi revelada pelo atacante Dudu, que na tarde desta terça-feira concedeu entrevista à ESPN Brasil.

“Dois meses antes da final [da Libertadores], o Abel reuniu a gente no vestiário, porque tinha muito desgaste. A gente estava forçando umas folgas, e ele falou: ‘vamos trabalhar, focar. Depois a gente dá até o dia 12 de janeiro [de férias] pra vocês, não importa o que aconteça’”, contou.

“Mas, entramos em um acordo com todos os jogadores. A princípio, a gente voltaria no dia 11 ou 12 [de janeiro]. Conversamos ontem no CT e vimos que tínhamos que voltar no dia 5, para trabalhar e focar nesse Mundial”, completou Dudu.

Dudu fala sobre o Mundial de Clubes

A Fifa realizou ontem o sorteio dos chaveamentos do Mundial de Clubes. O Palmeiras, representante da América do Sul, jogará a semifinal contra o vencedor do duelo entre Al Ahly (EGI) e Monterrey (MEX). O torneio terá início no dia 3 de fevereiro e a grande final está prevista para o dia 12.

“Sempre falta a cereja. Antes de ganhar a Libertadores, faltava a Libertadores. Agora, falta um Mundial. Sabemos que é uma competição difícil, contra um grande clube. A gente ainda nem tem que pensar no Chelsea, mas no Monterrey ou no Al Ahly”, disse o camisa 4+3.

“O Palmeiras foi lá ano passado e perdeu nessa fase, então temos que focar na semifinal e, depois, a gente pensa na final. Se pensarmos na final sem ganhar a semifinal, não vamos nem disputar a decisão. A gente tem que descansar agora, curtir as férias, esse momento”, finalizou.

Símbolo de uma reconstrução do Palmeiras, Dudu chegou a seis títulos no clube com a conquista da Libertadores sobre o Flamengo. Ao todo, são 333 jogos com a camisa palmeirense e 74 gols marcados.