Eduardo Baptista zerou o saldo com a torcida ao conceder coletiva épica

Eduardo Baptista concedeu uma entrevista coletiva pós-jogo tão épica quanto tudo o que aconteceu no gramado do estádio Campeón Del Siglo. Bastou uma pergunta, sobre a condição de jogo de Willian Bigode, que marcou dois gols na partida, para desencadear uma reação que já começou irritada e cujo tom só foi subindo à medida que as palavras pulavam de sua boca como balas de uma metralhadora. Eduardo estava muito puto.

O responsável por isso foi Juca Kfouri, que nesta matéria em seu blog no UOL acusou o treinador de ser “maleável” e de ceder a pressões de Alexandre Mattos para escalar Roger Guedes no lugar de Willian na partida de sábado passado. Atribuiu a informação a fontes que não querem ser reveladas.

É muito fácil ser jornalista. Basta invocar o direito garantido por lei de preservar a fonte e escrever absolutamente o que quiser. No caso, o articulista descreveu nosso treinador como uma pessoa manipulável e sem pulso, justamente num momento em que vinha sendo fortemente cobrado pela eliminação no Paulistão.

Eduardo reagiu. Veja o vídeo abaixo, publicado na página “Mídia Palmeirense”do Facebook.

Zerado

A virada histórica em campo, seguida desta declaração épica, praticamente zerou o saldo de Eduardo Baptista com a torcida e o treinador ganhou bastante fôlego para remontar o time para a conclusão da fase de grupos da Libertadores e para os inícios do Brasileiro e da Copa do Brasil.

Dentro de campo, ele continua tentando achar saídas para a crise tática do time. No primeiro tempo, tentou aprimorar o esquema ensaiado no sábado contra a Ponte, e foi um retumbante fracasso. No segundo tempo, na base da tentativa e erro, parece ter encontrado um encaixe interessantíssimo com Michel Bastos na lateral esquerda; Tchê Tchê inspirado é sempre uma ajuda indispensável, e Willian Bigode quando joga como segundo centroavante ao lado de Borja é letal. Pode ser um caminho a ser seguido – resta saber o que fará com Dudu.

Fora de campo, uma das maiores queixas da parte da torcida que se mostrava mais insatisfeita com o treinador era a de sua suposta apatia e frouxidão. Talvez animado por esse falatório é que o blogueiro do UOL decidiu acreditar em suas desinteressadas fontes e soltou o veneno. Pois levou uma invertida que ninguém esperava.

Ao mesmo tempo, o episódio serviu também para unir ainda mais o grupo em torno dos objetivos do ano. As pequenas e corriqueiras desavenças que aconteceram durante esta trajetória, se já não estavam perfeitamente contornadas, agora estão. Nada como uma treta!

Não se pode confiar na imprensa

Nossa torcida precisa aprender de uma vez por todas a não confiar na imprensa quando as fontes são ocultas – normalmente “um diretor”, “um conselheiro” ou “pessoas próximas” a alguém. A prerrogativa de proteger a fonte é usada de forma torpe por jornalistas esportivos que têm por único objetivo praticar o clubismo. Uma falsa imagem de nosso treinador foi cuidadosa e gradativamente pintada por esses péssimos profissionais; nossa torcida, ingênua, comprou, e se surpreendeu ao conhecer o verdadeiro Eduardo.

Não alimentem boatos maldosos plantados por esses caras. Não proliferem textos, áudios e vídeos sacanas desses maus profissionais. Quando eles aparecerem em suas telas, desliguem a TV. Não visitem mais seus sites ou blogs. Prefiram prestigiar a mídia palmeirense, assumidamente parcial: sempre ao lado do Palmeiras.

(Abrem-se parênteses aqui para sustentar o respeito aos setoristas, que defendem seus salários no dia-a-dia da Academia de Futebol e nem que quisessem poderiam ser sacanas com o Palmeiras: afinal, eles estão lá todo dia e numa dessas podem se vir sozinhos com o Felipe Melo numa alameda qualquer, e aí experimentariam a responsabilidade de nosso camisa 30.)

Parabéns professor Eduardo. Estamos a seu lado. Até os cornetas que querem o bem do Palmeiras estão – ou passaram a estar.

Já aqueles cornetinhas que só querem ter razão e que casaram com suas próprias opiniões, que sentem ao lado do jornalista que não revela suas fontes no bonde que vai para o quinto círculo do inferno.


O Verdazzo é patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Aqui, o link para se tornar um padrinho do site: https://www.padrim.com.br/verdazzo

  • Vou direto ao ponto: técnico escalar por ordem de alguém, por “incentivo” de empresário, é praxe no futebol. E o EB vem de um time que é declaradamente, barriga de aluguel de empresários (Ponte).

    Esse é o parágrafo realista e deprê.

    Mas não importa, esse jogo de quarta, foi incrivelmente épico, e definitivamente, uniu o time demais. Então, mesmo que o EB esteja fazendo tipo ou não, não interessa. Criamos uma força descomunal que não estávamos tendo, para o restante do campeonato.

    Impusemos respeito no campo, na porrada, e na imprensa em apenas uma partida! Eu, particularmente, estou sentindo que nos tornamos invencíveis! E não me importa mais se o que a imprensa comum fala, pareça ser lógico, quero o Palmeiras esmagando tudo por bem ou por mal! Quero que o F. Melo escape de punição, quero que ele quebre a cara do Fagner no próximo derby, e quero ganhar a Liberta em final contra uruguaio ou argentino com gol impedido, e quero os jogadores, mandando a imprensa a merda nas entrevistas!

    Deu no saco a canalhice que nos cerca por todos os lados!

  • Pessoal, lembrei de algo espetacular. A 4as de finais da Libertadores, era apenas em Setembro. Teremos o tremendo reforco de Moises, que deveria estar voltando aos gramados no mes de Agosto, e possivelmente com um mes de prazo de recuperacao. Que grande reforco, ainda mais considerando, que se dermos sorte no sorteio da Oitavas, podemos escapar de pegar um pedreria logo de cara.

  • Juca Kfoury sempre foi nojento e sarcastico. O Eduardo Baptista vinha em baixa. O jornalista quis bater em bebado… E aquilo.. Kfoury passou vexame em nivel nacional!!! Continuamos com a midia palestrina…o resto é lixo…

  • Espn não tenho. Tenho vontade de pegar um pacote mais barato e ficar apenas com o esporte interativo, mas já vi que não existe nenhuma opção nesse sentido de nenhuma operadora. O que pega também são os jogos exclusivos da libertadores Na fox sports, que foi um canal em enganou direitinho: achei que ia ser um diferencial para bater de frente com a ESPORTV, mas não passa de uma band da tv a cabo.

    • Parceiro, va ao centro de SP ou pela internet e compre um aparelho que libere todos os canais a cabo sem valores mensais. acho um absurdo o valor exacerbado que eh cobrado para ter uma televisão que em maioria do tempo não tem programação que preste. assim quem sabe respeitem mais nosso dinheiro.

  • Faço um apelo a nossa torcida: Parem de pegar no pé do Eduardo, no pé do Borja, do guedes, vitor hugo e etc. Vocês devem pegar no pé dos clubistas de microfone na mão. Temos que nos unir. Não é a primeira vez que no dia de jogo importante os clubistas de plantão inventam e soltam um matéria qualquer para tumultuar o ambiente. E o Eduardo depois dessa ganhou o meu respeito. Estou com ele até o fim.

  • Faltou mencionar o nome do individuo, fazer passar vergonha em rede nacional única e exclusivamente para isso, vergonha, e pra faze-lo pedir desculpas pra não ficar feio pra imagem dele. Igual aquele cantor que ninguém conhece que foi ao Allianz Parque.

    Mas agora chegou o técnico contratado pra temporada, mudou a cara do time com as alterações, mudou o esquema de jogo, eh isso que faz o time ser imprevisível e fazer o que fez. Espero ver mais desse técnico e desse time que joga junto, que abre espaço, que da opção. Vamos ver mais jogos pra podermos analisar e ter uma opinião mais concreta sobre ele.

  • Perfeito o seu texto Conrado,
    Kfuri falou m*** e si fu.
    EB realmente saiu zerado, apesar de sair de -10 para zero pra vc, e pra mim sair de -6354 para zero, a premissa foi correta
    Não confiar na imprensa é algo que palmeirense de verdade nunca fez.

    Mandou bem!!!

  • Sou um ferrenho defensor do Eduardo Baptista desde que ele chegou. Nenhum dos argumentos do tipo ‘o time já estava pronto, era só manter o que o Cuca já vinha fazendo’ ou ‘o time não tem padrão tático’, me convencem que ele deve ser demitido.

    Primeiro, manter o que o Cuca vinha fazendo? Pera lá, são pessoas diferentes, com perfis e métodos diferentes, não se pode esperar que trabalhem igual. É óbvio e absolutamente compreensível que o Eduardo queira implantar a filosofia dele. Ele é o Eduardo, não o Cuca.

    Em relação aos que dizem que o time não tem padrão tático… desconfio que metade dos que falam nem sabem o que é o tal do padrão tático. Mais uma vez, o Eduardo Baptista vai implementar o que ele acredita ser o melhor, e isso leva tempo. O time não deveria estar voando como alguns gostam de falar, são apenas quatro meses de trabalho, com muitos jogadores diferentes em relação ao ano passado.

    Gostar ou não gostar do Eduardo Baptista é direito de cada um, mas a pressão que estão colocando em cima dele é surreal, e pode ser prejudicial ao próprio Palmeiras. Vamos apoiar!

  • Não assino nada disso, ESPN, FOX, SPORTV nada! Ou seja nunca assisto. Não dou pageview para nenhum blog canalha do tipo Cosme Rímole ou Kfouri. Simples assim

  • Vamos deixar de dar Ibope para programinhas da Band, ESPN E FOX , cheio de jornalistas clubistas, sempre querendo divulgar notícias mentirosas, e tb EI um tal de Ricardinho, o anão santista, que vomita informações maldosas contra o Palmeiras.

    • Ontem o Roger Flores se manisfestou a favor do EB, disse que também foi vítima do mesmo jornalista de quinta categoria. Agora, você lembrou bem, inclusive o EB citou os técnicos dos bambis e gambás, se referindo ao “bolão” que a imprensa faz para ver qual deles vai cair primeiro.
      A propósito, aproveitando seu gancho, alguém viu se a CBF ou a FPF se manisfestou sobre o que aconteceu ontem com o Palmeiras?

  • Sempre fui um feroz crítico do EB neste espaço desde sua contratação, por acha lo inexperiente e muito passivo pá ser treinador dá Sociedade Esportiva Palmeiras.
    Creio que experiência se adquire com o tempo, mas o Palmeiras não é lugar para ganhar experiência, é lugar para exerce lá em sua plenitude.
    Isto posto EB deu tapa na mesa contra a imprenssinha e mandou um belo cala boca, perdeu assim, para mim o incômodo rótulo dá passividade e mostrou sangue nos olhos, elemento que se bem aproveitado traz vivência experiência e principalmente respeito.

  • Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

    Havia palmeirenses que chamavam o EB de pusilânime, frouxo, covarde.
    Ontem ele mostrou que não tem sangue de barata.
    Peitou um dos caras mais renomados da imprensa esportiva.
    Palmas para ele, surpreendeu a todos positivamente.

    Quanto ao trabalho de técnico, as críticas foram e continuam pertinentes.
    Lembrem-se que ele pegou o time montado e campeão.
    E ainda recebeu reforços.
    Era pro time estar voando, não ganhando jogo nos acréscimos, na raça pura e simples.

    Quando houver motivos para elogiar, vamos elogiar, aliás, temos que elogiar.
    Somos adultos e não crianças birrentas.
    Simplesmente queremos o melhor para o Verdão, um time gigante e cheio de história, não um time mediano pra servir de laboratório.

    • Antes que me massacrem: Juquinha, para mim, não vale o que o gato enterra.
      No entanto, para o público geral, é um dos mais renomados, infelizmente.

  • EB ontem na entrevista fincou a marretadas o seu marco para pelo menos ser respeitado. A imprensa ouviu caladinha o desabafo! No fundo, eu diria que se EU for interpretar pelo lado “maleável” ele disse em alto e bom som “os cães ladram e a carruagem passa”! E como o exemplo vem de cima, a imprensa se utiliza da mesma ferramenta que os políticos brasileiros: a constituição (em minúsculo mesmo) ou cantam o hino nacional (também em minúsculo) pois são 2 coisas que eles são indignos de utilizar mas utilizam desavergonhadamente. Quanto ao direito de sigilo da “fonte”, eu diria que no meu linguajar coloquial corriqueiro e do dia a dia, trata-se do fofoqueiro, linguarudo, boca mole que se esconde para espalhar “informações duvidosas”. E qual seria o palavra para designar quem usa essas “informações” para publicar na mídia? Não consigo achar um adjetivo justo. Não estou dizendo que EB se tornou o melhor técnico da Libertadores mas o meu respeito com certeza conquistou. Avanti VERDÃO!!!

  • Todo grande treinador um dia foi apenas uma promessa. Ninguém nasce estrela. O “maleável” que deveria lhe caber seria no sentido de ouvir os jogadores, e não o que tentaram lhe impor. Não fazer as loucuras que tentou fazer no primeiro tempo de ontem. Fora isso, não vejo problemas dele à frente do Palmeiras. Mas uma coisa é certa: é preciso TER UM PLANO. Ninguém nesse mundo vence por acaso. É preciso ter convicção de que caminho trilhar. E como trilhar.

  • O que eu espero, do fundo do coração, é que o Verdão deixe de ser bipolar, como muitos palestrinos ( eu incluso) e, se não jogar todos os jogos de forma épica, que aprenda a vencer a apatia que em muitos momentos tem demonstrado… Amém.

  • Passei a respeitar o estagiário, que ontem foi promovido a trainee. Não mais o tratarei com desdém ou desrespeito, pois o homem Eduardo Baptista merece ser respeitado demais. Palmas.

  • Está mais do que claro que a crise palmeirense é tática.

    E, talvez, técnica de alguns jogadores, casos de Egídio, ZR, Jean e Tchetche.

    Um primeiro tempo de se esquecer de Jean, Guerra, MB e RG.

    Após a mudança tática e com ótima partida de Tchetche, por mais incrível que possa parecer, os 3 primeiros jogadores mudaram “da água para o vinho” e o time conseguiu uma virada histórica. E se o 4º jogador tivesse melhorado também viraria goleada de 4 gols ou mais.

    O EB é um técnico inteligente, mas lhe falta uma coisa primordial aos grandes técnicos: a experiência que lhes trazem a maturidade.

    O ponto positivo é que ele sabe que errou e vem errando em alguns jogos, é inteligente e tenta corrigir o seu esquema preferido.

    A partir de ontem eu, particularmente, acredito que o episódio possa ser um “marco” para a comissão técnica e para todo o elenco.

    É o que esperamos.

  • Tem muita gente aqui dizendo que quem critica o Eduardo Batista segue o próprio Ego e vai contra o Palmeiras. Isso não é verdade(pode ser em algumas exceções). Nos últimos dias eu e vários colegas aqui expusemos vários argumentos racionais do porque o Palmeiras está rendendo muito abaixo do que pode com este treinador. A vitória épica de ontem não pode mascara os problemas do Palmeiras. Pelo contrário, ela os evidencia. O segundo tempo do Palmeiras ontem mostrou do que este elenco é capaz se estiver bem posicionado, motivado e orientado em campo. E isso depende fundamentalmente do treinador. Eduardo Batista não pode viver de lampejos como o do ontem. Este time precisa de consistência, de jogar bem o jogo todo e não apenas um dos tempos. Primeiro tempo de ontem: Sofrível. Primeiro tempo contra o Penarol no Allianz Parque: Sofrível. Jogo Inteiro contra a Ponte em Campinas: Sofrível. Um time que quer ser campeão não pode se dar ao Luxo de ter tantas quedas de rendimento assim. Não é sempre que vamos ter viradas espetaculares assim. Contra a Ponte que é um time mais forte que o Penarol já não foi possível.
    Enfim, eu não torço contra o Palmeiras nunca. Gostaria que o Palmeiras ontem tivesse enfiando 7 x1 nos Fdps Racistas do Penarol. Mas o Eduardo Batista precisa mostrar a que veio.

    • EB tem seus erros, talvez realmente não seja o melhor pro Palmeiras, mas isso teria que ser visto em dezembro/2016, não agora.

      HOJE não tem ninguém a disposição que vá fazer um trabalho melhor do que o EB, ele conhece o elenco e pode fazer esse time render mais. Da mesma forma que vc evidenciou as caídas do time, podemos evidenciar os ápices do time! Se jogou bem no segundo tempo, pode jogar bem sempre.

      Defender a manutenção do técnico, não quer dizer que aplaudo tudo o que ele faz, acho que essa é a grande questão! Da mesma forma que quando critico, não quer dizer que quero sua demissão!

      Abçs.

  • Jogo de ontem com o Peñarol é que nem teste de dna do ratinho. Não importa o resultado, alguém tinha que apanhar.

  • Falando em trabalho, ta na hora do EB fazer alguma coisa para acabar essa montanha russa de desempenho:
    Uma hora goleia Bambis outra toma um baile da ponte;
    1° tempo Peñarol(sim esse time bosta) só não enfiou uma goleada porque realmente é muito inferior, 2° tempo melhor equipe da libertadores.
    Assim fica difícil. Resultado não pode mascarar o trabalho(vide Sr. Gargamel)

    • OK a ponte foi um desastre, mas no geral os 5 meses de trabalho deram a melhor campanha no paulista e na libertadores. Então acho que o credencia a continuar.

      • mas nao se engane apenas vendo resultados, paulista eh nivelado por baixo, de nível técnico baixíssimo e as ultimas vitorias na libertadores foi na base do coração na ponta da chuteira (tem mto valor, não entenda mal), mas apenas “sorte” e coração não ganha Libertas, vamos esperar, o técnico chegou.

  • Muito bom ver o Eduardo se impondo. Tecnico do Verdao nao pode ficar acuado. Tem que ter coragem, ousadia e nao abaixar a cabeca pra reporter algum. Se por algum motivo correr o risco de uma demissao, sai de cabeca erguida.

    Posso falar, vejo tanto corneta do EB por aqui. Verdao ja ta classificado para as 8as. Ja consigo ver nosso time nas 4as ou na semi da Libertadores e muito neguinho virando a casaca e mudando o discurso.

    Como nao sou de ficar em cima do muro, minha opiniao eh a seguinte. EB comete erros como qualquer tecnico, mas o resultado do trabalho dele nestes 4 meses tem sido muito bom:

    1. Melhor campanha do Paulista
    2. Lider com folga na Liebrtadores
    3. Boa performance em classicos (lembrando que destruimos o SPFW e batemos os Sardinhas na Vila).

    Ponto negativo, pior performance do EB realmente foi o jogo de ida contra a Ponte. Tomar de 3 x 0 la eh inadmissivel. No entanto, eh um jogo muito ruim (no campeonato aonde podiamos falhar) vs. uma performance muito solida aonde realmente importa.

    Lembrando, o Framengo, que considero nosso maior concorrente na Libertadores, tambem com elenco recheado ja tem 2 derrotas na Liberta e nao esta bem na tabela.

    Pra cima Verdao. Vamos EB.

    • Falta consistência, EB tem que se firmar AGORA!, e fazer o time ser consistente. Caso contrario vai acontecer igual o que aconteceu com Sr. Gargamel.

  • Felipe Melo sairá tranquilo dos problemas da agressão demonstrada nas câmeras.

    “A porrada foi com responsabilidade.
    Os uruguaios vieram pra cima e dei soco na cara deles, glória a Deus por isso”.
    MELO, Felipe.

    kkkkkk

  • Com o desempenho que o time apresentou no segundo tempo, onde colocar o Dudu? Deveria ser reserva pelo futebol que vem apresentando…

    • Discordo cabalmente. Dudu tem demonstrado, isto sim, um excessivo descontrole emocional ultimamente, que deve ser corrigido, no mais, ficou devendo nos dois jogos contra a Ponte, assim como vários jogadores também ficaram. Ele nos foi muito importante em vários jogos do Paulista, assim como nos dois jogos em casa pela Libertadores (não lembro mais da atuação dele na estréia contra o Tucúman).

      Pelo futebol que vêm apresentando, Eu escalaria Dudu, Borja e William na frente. Guedes e Keno no banco. Fixaria de vez o Michel Bastos na LE, até prova em contrário de que ele é o melhor que temos pra posição.

      • André, eu lembro. Ele foi o melhor em campo contra o Tucumán. Correu mto, deu passes incríveis para o Borja (infelizmente estava numa noite ruim) e até bola de cabeça em escanteio tirou.

        Keno e Guedes ótimas opções vindo do banco, pra mim o Keno ainda é mais jogador e tem mais controle da bola, concordam?

    • Pensei a mesma coisa que vc é creio que tem um lugar: Roger Guedes

      Desta forma ficaria:

      Prass
      Jean Mina Dracena M. B
      Pitbull
      Willian Guerra Tche² Dudu
      Borja
      Ontem o Willian e o Guedes trocaram muito de posição,creio que daria certo. Outro detalhe o Bigode rendeu muito toda vez que entrou no segundo tempo, assim como o Guedes e o Keno.
      Ainda não vi nenhum dos 3 iniciar o jogo e fazer uma bela partida.

  • Legal o EB desabafar e tudo mais.
    Faz tempo alguém já deveria ter feito isso com esses jornalistas imundos.
    Mas se prepare, entrou no jogo deles, comprou uma briga quase impossivel de se ganhar.
    E mesmo que tenha um desempenho bom/ótimo, a corja vai arrumar coisas para desestabilizar seu trabalho.

  • Achei que a formação do primeiro tempo foi boa para pelo menos uma coisa: constatar que o Egídio não tem a mínima condição de vestir a camisa do Palmeiras. O cara foi patético! Não há Luiz Pereira que dê jeito na cobertura desse inseto!

  • Tenho asco do Juca Kfouri. Foi nojento o texto que deu e muito pior a declaração posterior. Invocar direito constitucional para queimar um treinador? Cadê as provas do que disse?! O direito à honra do EB fica no saco? Esse cara é nojento. Nem a torcida do SCCP tolera esse imbecil.

  • Desabafo de um cara acuado, a mesma fala dos depoentes da Lava jato.
    Nao consegui evitar o riso quando ele bateu na mesa da primeira vez, ele se empolgou com ele mesmo, faz parte. Seria mais adequado ele trazer o assunto do decadente juquinha nas entrevistas que vao lhe pedir amanha, hoje, mas nao, ele tem que soltar tudo que esta entalado e fica parecendo coisa ensaiada pra desviar o foco da ma escolha do esquema tatico e dos jogadores escalados. E louvavel e esperado que um tecnico tenha mais de um sistema de jogo ja pre definido, mas todo esquema precisa de ajustes, quer treinar esquema novo, blz, como rival usa os reservas que conhecem um ao outro e sao um otimo teste pros titulares, nao vem testar invençao em jogo importante ecom postura que o time fique esperando o adversario vir pra cima, o Palmeiras foi montado pra atacar, a filosofia de jogo e essa, para de ter medo de ganhar Seo Eduardo Batista, o Sr me parece ser bom tecnico, em pouco tempo deu padrao de jogo, escala os melhores, so peca em dar impressao de nao confiar no proprio trabalho quando começa um jogo segurando o time pra amansar o adversario, o Palmeiras nao precisa disso, eles que tem que nos segurar, sempre. Ter sorte e vez ou outra trocar um jogador e o resultado vir, isso ter acontecido em varias partidas mostra que nao e sorte, o EB sabe mesmo ler um jogo e cirurgico numa alteraçao, o cara entende futebol,ja que entende aproveite o tempo escasso de treinos e treine o time titular pra jpgar como gosta, pra cima desde o inicio do prelio.

  • A coletiva foi epica, um verdadeiro desabafo de quem carrega um fardo gigante sobre as costas (treinar o maior campeão nacional), agora, continuo com a mesma opinião que Eduardo não deveria ter vindo, colocou o time em situações desconfortáveis de maneira desnecessária, comigo seu saldo continua negativo, bem negativo!

  • O PVC, no comentário do jogo em seu blog, revelou a tal “fonte” do Kfouri: o grupo de whatssapp dos conselheiros do Palmeiras, grupo q o PVC tb tem acesso. E ainda deu uma estocada no Kfouri, disse q leu a informação, pensou bem, não achou crível e não publicou. Chuuuuupa JK!

    • Mas aí que está: depois que a casa caiu pro Juquinha e todas as torcidas caíram de pau em cima dele, é fácil dizer que a fonte era podre. O certo era a imprensa cobrar seus pares na hora que fazem merda, coibir publicações de “pessoas ligadas à diretoria” e outras pataquadas.

      • Aí, companheiro, é mais fácil acreditar em papai noel e coelhinho da páscoa! A mídia brasileira é uma das instituições mais nojentas q existe, sempre manipuladora, com ética seletiva, divulgando informações no mínimo duvidosas sem o menor pudor… E não só no âmbito esportivo.

  • A “imparcial imprensa esportiva” vai ter assunto para alguns programas e venda de jornais, se ainda existem, por um bom tempo !!!!!!!!!!!!!’.

    • Com certeza!! E já começaram, por sinal. Recebi print de matéria falando de punições que o Palmeiras poderia receber por causa do tumulto de ontem.

      • Perfeito Fernando já estão trabalhando para isto, como sempre, ou seja, o Palmeiras está em evidência???, vamos criticar, tumultuar o ambiente interno, etc.

  • Ah, que dó do juquinha.

    Se ainda restava uma gota de credibilidade em sua carreira, acabou de secar.

    Como é bom ver o imbecil ser ridicularizado por todos os lados, até pelo Roger chinelinho.

    Mas o que deve ter doído insuportavelmente foi a virada.

    Coitadinho…

  • Confesso que sempre achei esse negócio de fonte um tema muito intrigante. Sei que é capaz de trazer informações relevantes, mas por outro lado fica a questão, o sujeito é cobrado pela informação que passa? Tem um cara aí que disse que o Cuca tinha contrato assinado com um time chinês – o Cuca saiu e nada – qual o problema que isso gera pro cidadão que joga a notícia no ar alegando ter vindo de uma fonte(e olha que estou considerando que a fonte existe e realmente disse isso)?

    • A questão não é o sigilo da fonte, garantido pela Constituição, mas o caráter do jornalista. Se vc recebe uma informação bombástica, a obrigação de todo jornalista sério é confrontar essa informação com outras fontes antes de publicar. Mas esperar o q do jornalismo brasileiro?

      • Exatamente! Se vc recebe uma informação relevante, mas com potencial destruidor, TEM que checar com mais uma ou duas fontes para confirma-la antes de publicar. Até porque cabe processo por difamação, caso fique comprovado que a notícia era falsa.

        • Isso mesmo, a fonte é importante para o trabalho jornalístico a questão é que a difamação também é crime no Brasil, o problema é que dificilmente um jornalista é punido por isso, eles podem assassinar reputações das pessoas e quando tudo que “revelaram” se demonstra mentira, fica tudo por isso mesmo.

  • Todo Palmeirense, aquele com P maiúsculo, tem que ver esse vídeo..

    Errar é humano, o cara errou mesmo, merece críticas, mas sem esse mimimi chato do caraleo de briguinha interna, de elenco rachado..

    Nos anos 90, no elenco multi campeão, jogadores nem se olhavam na cara, nem pra se xingar.. e ganhamos tudo.. então vamos para de fofoquinha babaca e vamos focar no futebol!

    Parabéns ao EB pela declaração!

  • Muito bom seu texto!
    Até dias atrás, eu falava que apesar de muito inteligente e dedicado que é, Eduardo Batista era muito bonzinho. Para dar certo no verdão​, técnico tem que ser chato e até certo ponto ignorante! Pois bem amigos, ontem vendo ao vivo a entrevista do mesmo, fiquei surpreso e feliz, muito feliz, ao mesmo tempo! Ele mostrou um lado que não tínhamos visto! Que ele tem uma enorme capacidade tática, de leitura de jogo e de técnica, e vibra junto com o time isso já vimos várias vezes!
    Vamos dar mais um tempo a ele, aquele jogo em Campinas foi falta de apetite de ganhar, e isso eh muito parte dos jogadores. Eduardo sabe o que está fazendo e mostra que tem enorme potencial para crescer junto com a equipe! E o melhor de tudo, agora ele tá chato kkkkkkkkk
    Avanti Palestra

  • Hahaha o mais legal é que, nem uma hora após a entrevista, o gambazinho já tinha um post estilo carapuça vestida!

    Deve doer demais ficar acordado até 01h da manhã pra secar um rival e no fim das contas acabar indo dormir com a cabeça inchada…

  • Confesso que nunca gostei muito de assistir as entrevistas pós jogo, tanto de treinadores quanto de jogadores, mas ontem estava tão eufórico que resolvi acompanhar tudo e, olha que coisa boa, fui “premiado” com a entrevista ÉPICA do Eduardo. SENSACIONAL, totalmente SENSACIONAL, se todos os profissionais, principalmente do Palmeiras, reagissem assim a cada babaquice perguntada seríamos mais respeitados pela imprensa clubista!!! Faltou apenas ele dizer quem era o jornalista, mas era óbvio que era o gambá do Juca Kfouri, imbecil “profissional” que está em nítida decadência. O que acho engraçado é que esses “furos” de notícias chegam sempre em momentos oportunos, tipo no dia de um jogo importantíssimo como o de ontem. Só quem é muito ingênuo que não percebe que isso é plantado né, pelo amor de Deus!!!! Ontem meu pai estava vendo um desses programas esportivos ridículos a noite e ouvi algum desses babacas, do meu quarto claro, dizer que o Palmeiras teve quase um tempo inteiro de prorrogação já nessa Libertadores! Porra, que fdp maldito né, quase um tempo foi pouco ainda, em nenhum momento depois ouvi alguém falar de alguma apuração de quanto tempo roubaram do Palmeiras em cera, nos jogos contra o JW e Penãrol. É um ódio contra nós que dá muita raiva, mas novamente se ferraram porque aqui é Palmeiras, o maior campeão do Brasil! Chupem jornalistas otários…

  • Eu já tinha pego o controle pra desligar a TV quando ele começou a subir o tom e a cada palavra eu comemorava como se fosse outro gol!

  • Acho que o EB estava merecendo críticas pelos jogos anteriores, inclusive pelo 1ºT ontem, mas a nível de esquema tático (não críticas covardes da imprensa). Se o elenco que temos jogar igual no 2ºT, ele terá todo apoio dos palmeirenses de verdade.

    Hoje fiquei sabendo que o desabafo dele foi para o Juca Kfdp, então ontem o EB está triplamente de parabéns:
    – pela mudança/reação no 2ºT
    – por ter lutado contra os vermes (não dá pra chamar de ser humano nem de animal) após o jogo
    – pela resposta ao Juca K.

    Tomara que o jogo de ontem tenha sido um divisor de águas para o EB ganhar a confiança necessária que um técnico precisa para comandar um gigante que tem o melhor elenco do Brasil, e logicamente a expectativa criada em função disso.

  • Fiquei positivamente surpreso com a reação do Eduardo. Lembrou muito o Cuca ainda no Cruzeiro, inclusive com os socos na mesa. Ele também tinha fama de bonzinho à época.

    Engraçado também como a imprensa não aprende que está sempre nos dando munição. “Santos já é campeão”, “Cucabol”, “cheirinho” e agora com essa do “maleável”… bom pra nós.

    Tenho minhas ressalvas com o Eduardo. Como bem disse um cara no fórum do PTD, “demitiria hoje e recontrataria amanhã”. O time tem feito primeiros tempos péssimos em vários jogos, mas quase sempre volta melhor do intervalo. Mostra, portanto, boa leitura de jogo, mas alguma lentidão pra arrumar o time, além de começar errado.

    Para o próximo jogo, manteria a formação que terminou o jogo, mas com Dudu no lugar do Willian, que entraria no segundo tempo (penso que dois centroavantes é coisa situacional). E mais importante que a formação: Tchê Tchê só do lado direito!!! Quando ele ia pra esquerda a jogada morria. De resto, já comentei em outros posts: não sei o que pensar do Eduardo, se é bom técnico ou não. Criou pontos bem positivos no time, fez o time perder outros pontos bem fortes. É torcer pra que, com um pouco mais de tempo pra treinar, a coisa engrene.

    • Sua resposta é lúcida quanto às criticas ao Eduardo. Entendo que parte da torcida fique meio frustrada ao não conseguir enxergar neste time características que o time demonstrava ano passado – no qual se sagrou campeão. Contudo, acredito que a forma de jogar de Eduardo é mais moderna e adaptada às características dos jogadores que temos hoje, com o benefício de ter o melhor elenco do Brasil – o que lhe permite alternâncias e situações que acredito que ainda serão mais trabalhadas… De toda forma, precisa dar tempo: para que Eduardo coloque tudo que pode na mesa; e também para que a torcida entenda e valorize estes aspectos positivos. Que pena não termos passado pela Ponte! Acredito que com um título isso seria facilmente resolvido.

      • Pois é. O título paulista tava na mão e daria uma tranquilidade gigantesca pra ele trabalhar.

        Quanto à adaptação às características dos jogadores, isso é discutível. O tal 4-1-4-1 deixa o Felipe Melo muitas vezes sozinho, e ele não é um jogador rápido. Os laterais ficam bastante expostos porque os pontas voltam pouco (e temos MUITOS pontas no elenco, daria pra usar isso um pouco melhor). Contra a Ponte no segundo jogo foi só cruzamento, pra Borja e depois Willian, dois jogadores relativamente baixos.

        Isso posto, vamos ver no que dá. Triunfar sobre esse tipo de jogo, porradaria, imprensa tripudiando e afins dão uma casca grossa pro time que é imprescindível em mata-mata. Se Eduardo fizer bom uso desse ganho de moral gigantesco, passa o trator em todo mundo.

  • Parabéns pelo texto e parabéns pelo texto o dia 24, dando bons argumentos para a permanência do treinador.
    Eu, sinceramente, só vou cobrá-lo taticamente quando esquecer o quão F*DA foram suas palavras e a quem foram dirigidas ontem.
    Alma lavada, meu.

  • Conheço um (que bate no peito e se diz palmeirense) que estava torcendo contra só pra ter razão em pedir a cabeça do EB. O cara mandou 500 mensagens em um grupo de Whatsapp que participo durante o primeiro tempo. Depois da virada, mandou umas 5 pra falar que EB não serve pro Palmeiras, deu boa noite e foi dormir sustentando o que defende desde o começo do ano. Esse casou com as opiniões dos Jucas, Trajanos, MCP, Sormanis, Netos, entre outros da imprensa marrom e só a morte os separam. Acho que o cara tá vendo muita televisão ultimamente, kkkkkkkkk… Lamento define meu sentimento.

  • Estou com o Eduardo e não abro mais. Ele nos representou, toda entrevista que alguém do palmeiras participava eu ficava esperando um dia esse tipo de reação e chutarem o balde com essa imprensa lixo, eu ficava engasgado por não poder fazer nada. Eis que o gladiador Eduardo Batista e lava nossa alma.

  • “Já aqueles cornetinhas que só querem ter razão e que casaram com suas próprias opiniões, que sentem ao lado do jornalista que não revela suas fontes no bonde que vai para o quinto círculo do inferno.” kkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkk é isso aí.

  • Reagiu em campo e fora dele. Mostrou pulso e personalidade. Jornalista não precisa revelar a fonte, realmente, mas o recado está dado. No intervalo estava pedindo a cabeça dele, tenho que reconhecer que ele conseguiu sair do buraco e dar a volta por cima. Tomara que seja mesmo um divisor de águas e que sirva para que ele ache o esquema tático e a formação ideal.

  • Que bela esfregada na cara da imprensa! Gostei demais! Eduardo nos representou! Foi muito bom mesmo! Parabéns Eduardo! Tem que esculachar esses caluniadores nojentos da imprensa mesmo

  • acabei de ver a entrevista: sensacional! e o que ele disse vale pra imprensa em geral, não somente o jornalismo esportivo.

  • Posso me precipitar mas o jogo de ontem foi o divisor de águas pro time.
    Foi o jogo que uniu a torcida com o grupo e o E. Baptista, que mostrou que é técnico do Palmeiras.

    Vamos embalar daqui pra frente e dane-se essa imprensa de gambás.