1
X
1

19/02/2021 - 21:30

SPFC x PalmeirasCesar Greco

O Palmeiras arrancou um empate no Morumbi, contra o SPFC, com um gol aos 48 minutos do segundo tempo e eliminou o inimigo da competição. Considerando que os principais jogadores do elenco estiveram em campo e ninguém se lesionou, o saldo da noite foi extremamente positivo.

A pouco mais de uma semana da final da Copa do Brasil, o Verdão vai chegando ao fim da temporada com praticamente todas as metas alcançadas e todos os palmeirenses felizes, para desespero dos rivais e “daquela” ala da imprensa.

Primeiro tempo

8'

Gonzalo Carneiro sentiu um choque com Luan e precisou dar lugar a Pablo, complicando o plano de jogo original do time da casa.

15'
Palmeiras

Viña lançou para Luiz Adriano na área; Bruno Alves fez o contato com falta com o camisa 10 e matou a jogada. O lance foi revisto pelo VAR que sequer chamou o árbitro para o monitor.

22'
Palmeiras

Raphael Veiga lançou na área, para a infiltração de Patrick de Paula, que deu o toquinho para trás, para a chegada de Willian, que estava inteiro no lance, engatilhou mas furou de forma bisonha.

23'
Palmeiras

Rony recebeu na direita e cruzou; Luiz Adriano atacou a bola no primeiro pau e testou por cima do gol de Volpi.

39'
Palmeiras

Patrick de Paula arriscou de longe, mas pegou mal na bola, que saiu à esquerda do gol, sem nenhum perigo.

47'
SPFC

Juanfran cruzou da direita; Pablo disputou pelo alto com Luan, que desviou a bola, que acabou caindo no segundo pau para Igor Gomes, que ajeitou com o peito e emendou o tiro, forte, mas pelo alto.

48'

Leandro Vuaden, que já devia ter encerrado a carreira, encerrou o amarrado primeiro tempo da partida.


Segundo tempo

Os dois times voltaram para o gramado da mesma forma que desceram para os vestiários.

10'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu escanteio da direita; Reinaldo raspou no primeiro pau e a bola foi na direção de Felie Melo na marca do pênalti – ele pegou de primeira, mas mandou a bola na direção de Thiago Volpi, que pegou sem problemas.

11'
SPFC

Willian errou na saída de bola e perdeu para Luan; ele ligou com Tchê Tchê, que se aproximou da área e tentou bater de chapa no canto direito de Weverton, mas errou o alvo.

15'

Breno Lopes entrou no lugar de Willian.

16'
Palmeiras

Weverton lançou longo para Rony; Volpi saiu na meia-lua e afastou de cabeça; Patrick de Paula pegou a sobra e, da intermediária, tentou fazer o gol de cabeça POR COBERTURA, mas mandou a bola por cima do travessão, por pouco.

26'

Mayke disputou com Luciano dentro da área e sofreu falta, que Leandro Vuaden não quis marcar; Toró pegou a sobra e tentou o cruzamento da esquerda; a bola bateu no braço de Mayke, caracterizando o pênalti, confirmado após consulta no monitor do VAR.

29'
SPFC

Gol do SPFC – Luciano bateu no ângulo direito de Weverton e abriu o placar.

30'
Palmeiras

Luan conseguiu um belo passe enfiado para Veiga, que enquadrou o corpo e bateu forte, buscando o canto esquerdo de Volpi, mas a bola saiu por pouco.

35'
SPFC

Luciano foi lançado por trás de Mayke, quase sem ângulo ele tentou surpreender Weverton, que fechou bem o ângulo e evitou o gol.

36'
Palmeiras

Rony foi lançado por Luiz Adriano; livre, ele ficou frente a frente com Thiago Volpi mas se enrolou e facilitou para o goleiro do SPFC. No rebote, Breno Lopes tentou o gol de fora da área, sem goleiro, só com zagueiros sob as traves, mas a bola triscou a trave e saiu. O lance seria invalidado pelo VAR, porque Rony estava impedido no início do lance.

36'

Gustavo Scarpa e Lucas Lima entraram nos lugares de Patrick de Paula e Raphael Veiga.

48'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Scarpa inverteu para Rony, que encarou Juanfran, puxou para dentro e bateu forte de dentro da área – a bola desviou em Luan e matou Thiago Volpi.

51'
Palmeiras

Breno Lopes cruzou, a defesa afastou e Scarpa pegou a sobra do outro lado e cruzou; Viña chegou como um centroavante e testou firme, mas a bola desviou em Bruno Alves e saiu a escanteio.

51'

Leandro Vuaden não deixou o Palmeiras cobrar o escanteio e encerrou o jogo.



Ficha Técnica

SPFC

Thiago Volpi
Juanfran
Arboleda
Bruno Alves
Reinaldo
Luan
Tchê Tchê
Daniel Alves
Igor Gomes
Toró
Luciano
Hernanes
Gonzalo Carneiro
Pablo
Marcos Vizolli
TÉCNICO


Fim de jogo

O Palmeiras jogou melhor que o SPFC. A superioridade não foi convertida em gols por erros técnicos na parte final das jogadas. Nossa defesa esteve muito firme e Weverton praticamente não teve trabalho durante todo o jogo.

Rony e Willian fizeram partidas muito ruins e complicaram a construção de nossas jogadas. O primeiro ainda salvou sua atuação com um gol no final. Mas se ficaram devendo na técnica, ambos esbanjaram suor e dedicação, como sempre.

Mayke ficou um pouco preso diante da boa partida de Igor Gomes que ocupava o lado esquerdo do ataque adversário. Assim, coube apenas a Viña apoiar pelos flancos para tentar compensar a apatia de nossos extremos. Por isso, nosso volume de oportunidades acabou não sendo muito alto.

O que sobrou em Raphael Veiga, arriscando passes rápidos e enfiados para quebrar as linhas dos marcadores, faltou em Patrick de Paula, que amarrou demais o jogo, segurando a bola e dando tempo para que a defesa adversária se recompusesse. Às vezes vale a pena sacrificar um pouco a qualidade na saída de bola e acelerar o jogo, mesmo arriscando perder a posse.

No segundo tempo, a entrada de Breno Lopes ajudou a tornar o time mais presente no ataque. Abel demorou um pouco pra colocar Gustavo Scarpa – já Lucas Lima, poderia ter entrado mais no final – lá pelos 51 minutos, estaria bom. Talvez Wesley fosse uma boa, mas aí provavelmente quem teria saído seria Rony, que fez o gol.

No final, manteve-se o tabu de não perder no Morumbi desde maio de 2017 e o inimigo foi eliminado por nossas mãos, com a crueldade de um gol nos acréscimos. Ninguém se machucou, os principais jogadores se mantiveram em ritmo de jogo e daqui a pouco mais de uma semana estaremos disputando mais um troféu.

Alguém tem motivos para estar bem pistola, e não é o Verdão. VAMOS PALMEIRAS!

 





  • É engraçado. A impren$inha gambambi fica nervosa com o passe do Abel e não fala nada do penalti escandaloso no Luis Adriano em que nem o VAR foi chamado. E ainda tem “palmeirense” que vem questionar o passe do Abel aqui Verdazzo. É o fim da picada!

  • Eu vi o lance que o Abel chutou a bola pro jogador do Palmeiras na hora que saiu pra lateral. Nunca vi isso. O juiz não deve ter visto pq mandou seguir. Mas o auxiliar viu e não disse nada? Pode isso? O técnico colocar a bola em jogo, e com os pés ainda?

    • Ele não pôs a bola em jogo, ele “devolveu” para o cobrador da falta colocá-la no jogo. O gandula poderia ter feito a mesma coisa — talvez não com a mesma classe, claro.

      Sobre o auxiliar não falar nada, bom… Isso é relativo de cada plantel de arbitragem. Não é função de auxiliar dar pitaco se a uma falta pode ser cobrada rapidamente ou por tiro livre. E o regulamento fala de punições apenas no retardo do jogo, a exemplo do que o Cuca fez na final da Libertadores.

  • O Abel merecia uma nota maior por ter iniciado a jogasa do gol com um rápido e ótimo passe para o Luiz Adriano.

  • Arbitragens bem prejudiciais contra nós nas últimas rodadas do brasileiro. Ontem foi a pior delas.

    Palmeiras tem que tomar muito cuidado nas finais da Copa do Brasil, irão nos prejudicar…

  • Valeu por pregar o último prego no caixão do Bambi, mas jogamos com o time completo esperava mais…agora é foco total na Copa do Brasil, rumo ao Tetra.

  • Tirar o título deles terá um sabor muito parecido com ganhar o Paulista do gambá.

    Vamos Verdão!

  • Vendo esse Tche² jogar pelo time dos cara, irreconhecível. Em 2016 acompanhei 5 jogos daquele meio de campo do Cuca, Thiago Santos, Moises e Tche², que time!