1
X
1

29/08/2020 - 19:00

Bahia x Palmeiras

O Palmeiras empatou com o Bahia por 1 a 1 no Estádio de Pituaçu, em Salvador, e segue no comboio dos líderes. Mas o time perdeu a chance de conseguir a terceira vitória consecutiva ao ceder o empate a um minuto do fim, já nos acréscimos, num lance infeliz de Weverton.

Luxa entrou com uma escalação estranha, sacando justo Luiz Adriano do time, mas mesmo assim fez uma boa leitura no segundo tempo e fez o time chegar ao gol que daria a vitória. Zé Rafael ainda perdeu um gol feito, que definiria o placar, e o futebol nos castigou com o empate no fim.

Primeiro tempo

5'
Bahia

Rossi passou pela direita, recebeu de Nino Paraíba e cruzou por baixo; Rodriguinho bateu de primeira mas a bola desviou na defesa e saiu em escanteio.

14'
Palmeiras

O Verdão trabalhou bem a bola, que chegou a Lucas Lima por dentro, com liberdade; o camisa 20 deu dois passos e arriscou, mas pegou mal na bola e ela saiu à esquerda do gol, sem força.

22'
Palmeiras

Rony desceu em velocidade e arriscou de fora, mas mandou no meio do gol, fácil para Anderson.

29'
Palmeiras

Virada de bola da esquerda para a direita na direção de Gabriel Menino, que ganhou por cima e escorou para a meia-lua, onde Willian girou o corpo e emendou um belo voleio, mas a bola saiu sobre o travessão.

31'
Bahia

Após troca rápida de passes, Gilberto tentou de fora e a bola passou perto da trave esquerda, após desvio na zaga.

44'
Bahia

Rossi tabelou com Daniel, entrou na área e cruzou forte por baixo, mas Weverton estava atento.

48'
Bahia

Daniel passou por Gustavo Gómez e acionou ROdriguinho, que tentou o arremate mas foi travado.

48'

Não houve tempo para a cobrança do escanteio; Bruno Arleu encerrou o primeiro tempo que foi muito travado. Os jogadores do Bahia abusaram de cair no chão a qualquer contato e picotar o ritmo do jogo. Nossos jogadores voltaram a se posicionar de forma distante e o jogo não fluiu.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem alterações.

2'
Bahia

Rossi recebeu em impedimento nas costas de Diogo Barbosa e cruzou; Gilberto testou para o gol mas o auxiliar marcou o fora de jogo corretamente.

5'
Bahia

Gilberto recebeu dentro da área, ficou no mano a mano com Gustavo Gómez, que foi perfeito no cerco e evitou a finalização.

8'
Palmeiras

Rony cruzou com o pé trocado; Lucas Lima chegou um pouquinho atrasado e a bola passou à frente do gol.

9'
Palmeiras

Diogo Barbosa enfiou para Rony por trás do lateral; o camisa 11 poderia ter batido para o gol mas preferiu rolar para o meio onde não havia ninguém e a zaga aliviou em escanteio.

17'
Bahia

Élber recebeu na direita e arriscou de longe, mas a bola saiu por muito.

22'

Luiz Adriano, Ramires e Wesley entraram nos lugares de Willian, Bruno Henrique e Rony.

28'

Entraram Gustavo Scarpa e Zé Rafael; saíram Lucas Lima e Gabriel Menino.

30'
Palmeiras

Linda enfiada de Zé Rafael para Wesley nas costas de Nino Paraíba; Wesley entrou em diagonal e bateu no canto do goleiro, quase surpreendendo Anderson, que voltou a tempo.

31'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Na saída errada do Bahia, Luiz Ariano acionou Gustavo Scarpa, que mesmo com o pé trocado conseguiu cruzar para o meio, onde Zé Rafael fechou para escorar para as redes.

38'
Bahia

Clayson tentou bater da entrada da área mas a zaga travou e a bola chegou macia para Weverton.

39'
Palmeiras

Gustavo Scarpa foi lançado em velocidade; estava sozinho no ataque então cortou para dentro e tentou o chute de curva, mas Anderson defendeu sem problemas.

45'
Palmeiras

Zé Rafael foi lançado por Scarpa, ganhou de Juninho e saiu na cara de Anderson; a finalização saiu rasteira, no canto esquerdo, mas Anderson fechou o ângulo e defendeu com o pé; no Rebote Luiz Adriano tentou escorar para o gol mas a zaga travou a jogada.

49'
Bahia

Gol do Bahia – no cruzamento de longe, Weverton socou para o lado, mas caiu nos pés de Marco Antônio, que conseguiu dominar e tocou para o gol vazio.

52'

Bruno Arleu de Araújo encerrou a partida.



Ficha Técnica

Bahia

Anderson
Nino Paraíba
Lucas Fonseca
Juninho
Juninho Capixaba
Gregore
Daniel
Marco Antônio
Rodriguinho
Clayson
Rossi
Ronaldo
Gilberto
Saldanha
Élber
Roger Machado
TÉCNICO


Fim de jogo

O Palmeiras talvez não merecesse a vitória, já que jogou bem apenas por 20 minutos. Mas o Bahia certamente não merecia o empate, já que não ameaçou o gol de Weverton nenhuma vez e só chegou ao gol num lance de infelicidade.

A nova mudança de atitude do time, voltando a se comportar de forma apática, sobretudo no primeiro tempo, foi tão frustrante quanto tomar um gol aos 48 do segundo tempo. Depois de uma semana cheia para treinamentos, a atuação como um todo foi decepcionante.

Ainda assim, o time foi capaz de, usando as peças do banco, envolver o Bahia e chegar a um gol e ter a bola do jogo à disposição. Uma pena.

Nossa dupla de zaga segue impecável. O encaixe de Luan e Gustavo Gómez parece difícil de ser batido.

Wesley se mostrou muito mais útil do que Rony, o garoto fez até Diogo Barbosa render mais.

Lucas Lima e Scarpa seguem respondendo na bola às críticas, justas, que receberam. Mas Lucas Lima precisa ser mais decisivo, menos burocrático. Se o time jogar mais agrupado, não se preocupando tanto com a amplitude, isso pode acontecer.

Luxa entende demais de futebol e vai achar a melhor combinação. Mas é inegável que diante do cenário, esperávamos mais e o domingo não vai ser dos melhores para nossa torcida.

Não há tempo para lamentos, já que quarta-feira teremos um dos jogos mais importantes do campeonato: o time receberá o Inter, no Allianz Parque, e não pode desperdiçar a chance de tirar três pontos da diferença. Então VAMOS PALMEIRAS!

 





  • Esta difícil ser otimista. Me parece que iremos ficar o campeonato nesse chove não molha. O time joga bem um jogo e engana em outros quatro. Não temos um elenco fraco, e também não temos o melhor elenco, mas com os jogadores disponíveis, o time deveria apresentar um mínimo de futebol. Para não ficar somente baseado em um jogo, vamos pensar quantas chances claras de gol o time criou em todo o campeonato? Quantos chutes de fora da área? Quantas faltas bem cobradas? Eu vejo pouca ou nenhuma evolução desde o campeonato paulista. O time não engrena. Mas vamos tentar manter o otimismo por mais alguns meses, afinal é o que temos.

  • Ver o BH e o William de titulares é de doer. Nenhum dos dois está jogando absolutamente nada este ano.
    Sacanagem tirar o melhor atacante do elenco, mas o Rony segue absoluto.

    PK e Menino na volância; LL e Zé Rafael no meio e Wesley e L. Adriano no ataque. Sem inventar moda!

  • Primeiro, era pelo campeonato que valia título etc
    Depois, que estava voltando da pandemia
    Agora é porque faltou “malandragem”

    Qual será a próxima desculpa por esse time jogar essa bolinha e não apresentar um futebol convincente?

    • Era só jogar bola, que não precisaria de “malandragem”.

      Mas como jogar bola se em 5 partidas fez 1 boa e 4 ruins ?

      Como jogar bola se é o 17° time que cria oportunidades, se é o 20° time que acerta a bola no gol ?

      Eu não gosto das estatísticas no futebol, mas taí para quem leva os números em consideração…

  • Acredito que existe uma qualidade melhor do que a malandragem para um jogador de futebol: inteligência.

  • Jogando assim as derrotas virão e aí vai ficar insustentável a permanência do Luxa, e aí depois vai falar que foi demitido injustamente, parece que esses jogadores nunca treinaram juntos e ele insisti em nomes que não tem justificativa, e improvisar jogadores que claramente não estão rendendo na posição.

  • Time que entraria proporciono jogo: Weverton, Mike, Luan e GG, Vina, Patrick e Menino (volante), Scarpa (meia), Wesley, LA, Zé Rafael.

  • Palmeiras continua com o padrão defensivo de 18, por isso ainda consegue bons resultados, vitórias com contagem mínima ou empates fora de casa.

    Com um elenco recheado de bons jogadores e podendo alterar até 5 jogadores poderá, “jogando futebol” desta forma, até ser campeão novamente…

    Mas é só isso mesmo que importa ?

  • Acho que o Palmeiras merecia a vitoria, o Bahia quase não atacou, o Weverton não fez nenhuma defesa difícil, as mexidas deixaram o Palmeiras mais rápido e em alguns momentos do jogo estava muito superior , o gol era questão de tempo e saiu, e por muito pouco num contra ataque tbm não saiu o segundo, empate injusto.

    O Palmeiras tem que aprender a segurar resultados, fica muito nervoso no final dos jogos, e toma sufoco desnecessário, contra o santos eles fizeram pressão no final tbm, na correria, e o Palmeiras la fechadinho, o Bahia fez mesma coisa e dessa vez saiu o gol, mas não é de hoje, todo mundo lembra o que aconteceu na final do estadual, por pouco não perdemos o titulo para aquela merda, por causa de um penalti aos 50 do segundo tempo, e hoje o gol foi mais ou menos nesse tempo tbm, numa falha do goleiro.

    Em tempo, ohh Luxa…Wesley no Rony, Zé Rafael no Lucas Lima e Luiz Adriano no Willian, pra ontem!

  • Será que esse time treina alguma jogada ofensiva durante a semana? parece que não importa o tempo que esse time fique parado treinando, não evolui em absolutamente nada

  • Será que esse time treina alguma jogada ofensiva durante a semana? parece que não importa o tempo que esse time fique parado treinando, não evolui em absolutamente nada

  • Bigode “numa função que não é a sua melhor”; Menino “não está à vontade nessa função”; Rony “O que falta acontecer para o Luxa dar um chá de banco para esse rapaz?”. Temos treinador?
    Para fechar, Luan “Vai ser difícil pro Felipe Melo voltar”, aposto que o FM volta de titular. Pra não conturbar o ambiente, sabe….

    • Não temos, mas como Luxemburgo tem um nome forte não é cornetado. Mesmo que o time jogue igual o Palmeiras do Marcelo Oliveira

  • Wesley não pode ser reserva do Rony. Próxima partida eu entraria com Zé Rafael no lugar do Bruno Henrique e Scarpa no lugar do Lucas Lima.

    O pofexô disse na entrevista que está faltando malandragem ao time para garantir as vitórias. O que ele está esperando para ensinar isso aos jogadores? Já são cinco ou seis jogos que cedemos o empate para times fracos.

  • Pessoal pelo jeito insatisfeito, mas não vejo assim não, acho que o time não jogou mal, se comportou bem e vem mostrando que esse esquema é o correto no momento (3 volantes e 1 meia, c/ 2 atacantes). Bahia é um bom time e vai ganhar de muitos concorrentes em casa, uma pena que a vitória escapou por um erro individual, mas que acontece. Bola pra frente.

  • Algumas coisinhas óbvias:

    – O Palmeiras pode ganhar muitos jogos no segundo tempo mesmo jogando mal porque tem, DISPARADO, o banco mais forte da série A

    – Não adianta defesa forte com ataque fraco. Perder chances bizarras de aumentar o placar é pedir para tomar gols

    – Por mais fraco que seja o adversário, o time aceita bovinamente a pressão logo que consegue uma vantagem, cometendo faltas bestas, correndo atrás do rabo e sem articular contra ataques

  • É impressionante como todo jogo o adversário vem pra cima no final do jogo e o Palmeiras se apavora, já é o segundo jogo que toma gol aos 50 do segundo tempo, domina o jogo mas passa dos 40 se encolhe e fica fazendo faltinhas perto da área , perdemos dois pontos, isso não pode acontecer !!

  • É impressão minha ou o Gustavo Gomez mostrou o saco para o jogador do Bahia depois daquele pedido (ridículo) de pênalti?

  • Bom dia, hoje vai ser 2 x 0. Um gol do meu conterrâneo Gustavo Gomez de cabeça e outro gol do Lucas Lima!!!

  • Ja passou da hora do Bigode reencontrar o bom futebol, ele sempre foi um jogador importantíssimo que marcava gols decisivos, no ultimo jogo ja deu uma assistência perfeita no gol do Patrick, hoje ele guarda um golaço! 2×0, Willian e Luiz Adriano

  • Ronny vai desencanta , venceremos por 2×1 gol de Ronny e Lucas Lima, o problema vai ser ver na TNT a imagem é bem ruinzinha, e não tenho PFC…=/