1
X
3

Pré-Jogo

Arena do Grêmio

Na tarde deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Grêmio, em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em paz, o Verdão busca a quarta vitória consecutiva para seguir num caminho tranquilo até Montevideo e para comemorar um ano sob o comando de Abel Ferreira com estilo.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionado:
Jorge
Transição física: Mayke

Pendurados: Kuscevic, Gustavo Scarpa, Rony e Deyverson

O homenageado Abel Ferreira terá os retornos de Gabriel Menino, recuperado de lesão, e de Zé Rafael, voltando de suspensão. Os dois deixam a escalação para esta tarde em dúvida, já que Menino pode começar a ser usado visando a final da Libertadores e Marcos Rocha está suspenso, e Zé Rafael briga com Felipe Melo e Danilo por duas vagas

Uma alternativa que começou a ser ensaiada para o flanco direito é uma defesa com três, com Gustavo Gómez mais aberto e soltando o lateral, que pode até ser um ponta. Uma provável escalação para esta tarde é Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo e Zé Rafael (Danilo); Rony, Raphael Veiga e Dudu; Luiz Adriano.

Grêmio

No Grêmio, não bastassem os problemas típicos de uma luta contra o rebaixamento, o técnico Vagner Mancini ainda tem que lutar contra a enorme lista de desfalques. Luis Fernando, Ferreira, Rafinha e Paulo Miranda estão suspensos e Borja tem a questão contratual.

A boa notícia para Mancini são as voltas de Geromel, depois de longo período em recuperação de lesão. A dúvida é entre um time mais ofensivo, com Jean Pyerre, ou mais cauteloso, com Lucas Silva. O provável time para esta tarde é Brenno; Vanderson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Thiago Santos e Villasanti; Douglas Costa, Jean Pyerre (Lucas Silva) e Alisson; Diego Souza.

Números

  • Em 102 jogos desde 1936, o Palmeiras venceu o Grêmio 44 vezes e permitiu apenas 21 vitórias ao time gaúcho; houve ainda 37 empates;
  • Jogando no Sul, o Grêmio tem uma pequena vantagem: são 17 vitórias do time da casa contra 14 do Verdão, mais 23 empates;
  • O Palmeiras tem vantagem na nova arena do adversário: em 9 jogos na Arena do Grêmio, ganhamos 4 vezes contra 2 do time da casa, mais 3 empates;
  • Em campeonatos brasileiros, a vantagem do Palmeiras também é enorme: 34 vitórias, 25 empates e apenas 15 derrotas;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

Odds

O histórico e principalmente as fases atuais dão favoritismo ao Palmeiras. Os principais sites de aposta pagarão, em média, para cada real aplicado:

Grêmio: R$ 2,87
Empate: R$ 3,21
PalmeirasPalmeiras: R$ 2,45

No calendário

O Palmeiras já disputou 12 jogos no dia 31 de outubro e ganhou metade. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Diogo Barbosa, Thiago Santos e Diego Souza, em períodos distintos, já vestiram a camisa do Verdão – além deles, Paulo Miranda e Borja, que estão fora do jogo, também são ex-palmeirenses.

Arbitragem

Sávio Pereira SampaioÁrbitro Principal:
Sávio Pereira Sampaio

Igor Junio BenevenutoVAR:
Igor Junio Benevenuto

Parpite

As condições normais apontam para uma vitória do Palmeiras, o que praticamente fecharia a tampa do caixão gremista rumo a mais um rebaixamento.

Cada um com seus problemas. Esta tarde, dá Verdão: 2 a 1, com gols de Piquerez e Zé Rafael, para 16.987 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

GloboGlobo (menos RJ, MG, ES, CE, SE, PB, RN, PI, AM, AC, AP, RO e RR)

Premiere FCPFC

Pós-Jogo

Grêmio x Palmeiras

O Palmeiras venceu o Grêmio em Porto Alegre por 3 a 1 e emendou a quarta vitória consecutiva no Brasileirão, sepultando de vez a oscilação por que o time passou entre os meses de setembro e outubro.

O triunfo veio mais uma vez de virada, e o time, além de mostrar maturidade, exerceu muita autoridade na construção do placar, embora tenha passado um grande susto a cinco minutos do fim.

Com o resultado, o Verdão fica a sete pontos do Atlético, ainda muito longe de uma posição que permita sonhar com o 11° título brasileiro. O foco segue na preparação para a final da Libertadores.

Primeiro tempo

5'
Grêmio

Douglas Costa ganhou de Veiga, serviu Jean Pyerre que bateu de fora, fácil para Weverton.

6'
Palmeiras

Gustavo Scarpa arrancou por dentro e sofreu falta de Thiago Santos. Ele mesmo bateu e acertou a trave direita de Brenno.

11'
Grêmio

Gol do Grêmio. Douglas Costa fez carga em Marcos Rocha, fez a jogada pela esquerda e rolou para a entrada de Diego Souza que escorou para o gol. O VAR não recomendou a falta e o gol foi validado.

15'
Palmeiras

Raphael Veiga Brigou com Thiago Santos; a bola sobrou para Gustavo Scarpa que bateu de curva do bico da área  mas errou o alvo.

18'
Palmeiras

Zé Rafael serviu para Scarpa dentro da área; ele tabelou com Veiga e chutou rasteiro, para boa defesa de Brenno.

25'
Palmeiras

Zé Rafael cobrou falta frontal sofrida por Gustavo Scarpa, mas mandou por cima do gol, com muito perigo.

29'
Grêmio

Alisson cruzou da direita; Diego Souza ganhou de Gustavo Gómez e testou forte; Weverton fez uma ddfesa gigantesca.

35'

Dudu trocou de posição com Gustavo Scarpa. Marcos Rocha voltou para a linha defensiva.

42'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Marcos Rocha entrou na área e levou um tranco nas costas de Thiago Santos. O juiz deixou seguir, mas o VAR chamou e corrigiu, sugerindo o pênalti – na checagem, o árbitro voltou atrás e assinalou. Raphael Veiga cobrou no meio do gol e empatou o jogo.

50'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa achou Veiga por dentro. o camisa 23 dominou e chutou forte no canto esquerdo de Brenno, virando o jogo.

50'

Logo após o gol, o primeiro tempo foi encerrado.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou sem alterações para o segundo tempo.

10'
Grêmio

Zé Rafael perdeu a bola na intermediária; ela ficou com Douglas Costa que bateu forte de fora, mas mandou pelo alto.

22'

Wesley entrou no lugar de Gustavo Scarpa.

25'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu falta de longe com força e direção; Brenno fez uma grande defesa e mandou a escanteio.

27'
Palmeiras

Rony foi lançado em velocidade por Luan, entrou na área, cortou para dentro mas na hora da conclusão foi travado. Na sequência ele ganhou a jogada, partiu de novo em direção à área mas foi derrubado por Thiago Santos, mas a arbitragem mandou seguir.

31'

Danilo entrou no lugar de Zé Rafael.

34'
Grêmio

Cortez entrou em diagonal e tentou surpreender Weverton, que foi bem no canto direito.

35'
Grêmio

Vanderson bateu forte da meia direita; Weverton defendeu em dois tempos.

39'

Breno Lopes, Danilo Barbosa e Luiz Adriano entraram nos lugares de Raphael Veiga, de Rony e de Dudu.

40'
Grêmio

Na triangulação, Cortez tocou com Campaz e a bola ficou com Elias Manoel, que bateu de chicotada por baixo, vencendo Weverton. O VAR anulou o tento apanhando impedimento no último toque.

48'
Palmeiras

Danilo Barbosa bateu falta da meia esquerda e ela saiu por centímetros, ao lado da forquilha direita.

49'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Breno Lopes aproveitou grande jogada de Danilo Barbosa, infiltrou pela direita e bateu cruzado, forte, enchendo a rede do Grêmio.

51'

Sávio Sampaio encerrou a partida e o Verdão chegou à quarta vitória seguida.





Fim de jogo

Foi mais uma partida muito satisfatória do Verdão, que saiu atrás, fez um ajuste tático importante e tomou o controle do jogo para construir o placar.

O adversário, muito pressionado pela situação dramática no fundo da tabela, não conseguiu segurar a vantagem desenhada após uma boa jogada de Douglas Costa – apesar da falta cometida em Marcos Rocha.

Abel redesenhou o time sem fazer substituições – recuou Marcos Rocha, compôs uma linha com 4 atrás e inverteu Dudu com Gustavo Scarpa. Foi o suficiente para virar o jogo ainda no primeiro tempo, contando com a perda total do controle emocional do time da casa.

No segundo tempo o Palmeiras tratou apenas de administrar o resultado, e o Grêmio, mesmo com muitos atletas experientes, não conseguiu jogar o jogo para buscar o empate.

Paradoxalmente, após uma breve pressão após os 30 minutos, quando Abel tinha acabado de fazer uma mexida tripla em que aumentou a força defensiva, montando uma linha de 5, o Grêmio encaixou uma rara triangulação e chegou ao empate, corrigido pelo VAR, que detectou o impedimento.

Salvo por centímetros, o Palmeiras executou o adversário com o terceiro gol, marcado por Breno Lopes, empurrando os gaúchos para a beira do abismo. A jogada toda foi construída pelos jogadores que Abel mandou a campo no segundo tempo.

Com quase todo o elenco à disposição, Abel conseguiu mais uma vez montar um esquema vencedor, com posse de bola e ataque propositivo. O contra-ataque foi apenas mais uma das armas e foi usado circunstancialmente.

No funil da temporada, o Palmeiras atingiu uma maturidade tática bastante rara para os padrões do futebol brasileiro, tendo em seu arsenal várias maneiras igualmente desenvolvidas de chegar ao gol adversário. O Verdão hoje sabe jogar com ataques posicionais, com contra-ataques e com bolas paradas. E sabe ler o jogo e usar as melhores armas para cada situação.

O trabalho de Abel, que completou um ano neste final de semana, vai dando frutos bastante saborosos; resta saber se este desenvolvimento será recompensado com o maior título do ano. Faltam menos de quatro semanas. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Grêmio

Brenno
Vanderson
Geromel
Kannemann
Bruno Cortez
Thiago Santos
Lucas Silva
Villasanti
Campaz
Douglas Costa
Jean Pyerre
Jhonata Robert
Alisson
Diego Churín
Diego Souza
Elias Manoel
Vágner Mancini
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Uma boa defesa quando estava 0x1; mas tomou um gol defensável que acabou anulado.
6
Marcos Rocha
Sofreu falta no lance do primeiro gol mas o juiz não deu; minutos depois sofreu o pênalti em lance semelhante. Fez funções táticas importantes na dinâmica do jogo.
7.5
Gustavo Gómez
Mais uma partida OK. Seguro e confiável.
6.5
Luan
Já vem sendo o zagueiro mais importante do time há algumas rodadas, mas vem sendo pouco reconhecido.
8
Piquerez
Cada vez mais ambientado, vai enfileirando boas atuações.
7.5
Felipe Melo
Precisou ativar o modo pitbull algumas vezes sem desligar o modo boleiro. E fez as duas coisas bem.
7.5
Zé Rafael
Força física e técnica em doses corretas o tempo todo. Quase guardou mais um de falta.
7
Danilo
Sua técnica é indiscutível, mas o poder de marcação do time cai sensivelmente com ele em campo. Precisa evoluir.
5.5
Raphael Veiga
Vai atingindo uma maturidade como atleta que pode lhe render muitos anos ainda em nosso meio de campo.
8.5
Breno Lopes
Com poucos minutos em campo mostrou mais uma vez seu poder de decisão.
8
Gustavo Scarpa
A dupla com Raphael Veiga jamais poderia ter sido desfeita. Estamos de volta!
8
Wesley
É sempre uma excelente alternativa para dar largura e quebrar linhas.
6.5
Rony
Foi elogiado por Abel pela capacidade de jogar sem bola - mas não fez nada que Luiz Adriano ou mesmo Willlian não fizessem melhor. Não dá liga nesta função.
6
Danilo Barbosa
Uma cobrança de falta belíssima e uma jogadaça no lance do terceiro gol. Respondeu às (justas) críticas jogando bola.
7.5
Dudu
Uma partida abaixo da sua média é uma partida acima da média geral.
7
Luiz Adriano
Entrou com o time mais preocupado em fazer o tempo passar.
6
Abel Ferreira
Abel Ferreira
A vitória tem claramente seu dedo. A mudança tática no meio do primeiro tempo transformou o jogo. Segue com a dura missão de preparar o time e despistar Renato Portaluppi.
8





  • Entendo o motivo da dupla Veiga / Scarpa não ter sido escalada mais vezes. Um anulava o outro. Era sempre um protagonista e o outro acabava invisível, somente esperando uma sobra. Não tinha liga. Abel deve ter ficado irritado consigo mesmo por não saber como explorar esta opção.

    Deve ter rolado muito treino e, principalmente, muita conversa entre os três. O potencial dessa dupla para decidir jogos é enorme e acredito que atualmente só está em uns 40%. Pode – e deve – melhorar muito.

  • Jogo com muita maturidade, de time cascudo. Discordo do lance do gol deles… só vi ingenuidade do Marcos Rocha no lance. Felipe Melo jogando o fino da bola, dando a sustentação que faltava na marcação, para Veiga e Scarpa brilharem

  • Com a diferença atual entre os dois times, achei estranha essa pouca diferença no favoritismo dos sites de apostas..