Jorge sofre ataque aos arredores da Academia de Futebol; Palmeiras repudia episódio e emite comunicado

Jorge do Palmeiras em disputa com Bruno Tubarão do Red Bull Bragantino, durante partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

De acordo com o clube, Jorge sofreu ameaças verbais e teve o vidro do carro danificado

Na manhã desta terça-feira, o lateral-esquerdo Jorge foi vítima de um ataque aos arredores da Academia de Futebol. De acordo com o Palmeiras, o jogador foi abordado por dois homens, teve o vidro do carro danificado e sofreu ameaças verbais.  

O Palmeiras emitiu um comunicado sobre o caso e condenou o episódio, afirmando em nota oficial, assinada pela presidente Leila Pereira, que medidas serão tomadas e que os agressores não representam a torcida palmeirense.

Confira a nota oficial do Palmeiras sobre o episódio envolvendo Jorge

O lateral-esquerdo Jorge foi vítima, na manhã desta terça-feira (17), de um inaceitável episódio de violência praticado por dois indivíduos nas cercanias da Academia de Futebol. O jogador teve o vidro do carro danificado e sofreu ameaças verbais.

A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente este ataque covarde contra o nosso atleta e tomará todas as providências jurídicas e criminais para que os infratores sejam identificados e punidos com o rigor da lei.

Sabemos que este ato não representa a torcida palmeirense. É inadmissível, contudo, que casos de agressão tenham se tornado rotina no futebol brasileiro nos últimos tempos.

A violência não pode ser normalizada; ao contrário, precisa ser combatida com a união de todos os envolvidos no ambiente esportivo.

Somos uma família: a Família Palmeiras! Quando um dos nossos é agredido, todos também somos!

Leila Pereira

  • o MÍNIMO que se espera (mas estamos infelizmente acostumados a não alcançar) é que os indivíduos sejam identificados e penalizados por conta do que causaram – material e psicologicamente ao atleta.

    Também penso que esta ‘ação’ seja parte de um resultado prático do tanto de asneiras que parte da torcida fala nas redes sociais – para o mundo atual não existem mais palavras inofensivas, sempre tem algum maluco disposto a colocá-las em prática.

    Tem gente que realmente não sabe ser feliz, nem com o momento espetacular que a Sociedade Esportiva atravessa.