Versatilidade e seriedade: Jailson é elogiado por Abel e ganha pontos para estar no Mundial

Jailson do Palmeiras disputa bola com o jogador Rodrigo Souza do São Bernardo, durante partida válida pela segunda rodada do Paulistão, no Estádio Municipal Primeiro de Maio.
Cesar Greco

Contratado para suprir a saída de Danilo Barbosa, Jailson fez seu primeiro jogo como titular contra o São Bernardo

Contratado para a temporada 2022 pelo Palmeiras, o volante Jailson fez sua estreia como titular no duelo diante do São Bernardo, no último sábado, e recebeu elogios do técnico Abel Ferreira. Em entrevista coletiva após o empate em 1 a 1, o comandante enalteceu, principalmente, a seriedade do atleta.

“O Jailson foi muito bem, teve muita vontade; por muitas vezes perguntam porque joga um e não joga o outro. Assim como ele, o Atuesta também foi bem. São jogadores que brincam pouco e entregam muito. Isso tem muito a ver com a mentalidade: se pensarem que são reservas, serão reservas. Os que pensam que podem estar entre os 11, jogarão”, relatou o comandante.

A partida contra o São Bernardo foi a primeira em que Jailson atuou por 90 minutos desde o dia 10 de novembro de 2020, quando ainda jogava na China.

“Muito feliz de poder estrear como titular, ter a oportunidade de jogar 90 minutos. Vinha de um tempo parado, então é importante para mim ter minutagem e mostrar um pouco do que eu tenho para agregar ao grupo. Muito feliz com meus companheiros, que estão me ajudando na adaptação, então é aproveitar as oportunidades e trabalhar no dia a dia para estar 100% e ajudar quando o professor precisar”, contou o atleta.

De acordo com o aplicativo de estatísticas SofaScore, o camisa 30 foi perfeito nos lançamentos (7/7), fez quatro ações defensivas (desarmes + interceptações) e não levou nenhum drible, além da precisão de 96% nos passes (64/67).

Jailson mostra versatilidade

Jailson cumprimenta Wesley após gol em jogo do Palmeiras contra o São Bernardo, durante partida válida pela segunda rodada do Paulistão, no Estádio Municipal Primeiro de Maio.
Cesar Greco

Contratado para suprir a saída de Danilo Barbosa, Jailson mostra a mesma versatilidade que o antigo número 18. Apesar de ser meio-campista de origem, atuou por alguns minutos nas duas partidas da temporada como zagueiro pelo lado esquerdo.

“O futebol hoje está muito moderno, jogadores jogando em diversas posições. Quando tive a oportunidade de jogar de zagueiro procurei aproveitar o máximo possível e aprender. Estou preparado, se o professor precisar vou estar à disposição sempre”, completou.

Revelado pelo Grêmio, Jailson teve passagens por Fenerbahçe e Dalian Pro, da China, antes de chegar ao Verdão. Aos 26 anos de idade, o jogador assinou por uma temporada.