3
X
3

28/06/2017 - 21:45

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Cruzeiro

Na noite de hoje, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Cruzeiro, no jogo de ida das quartas-de-finais da Copa do Brasil. O Verdão segue em busca do tetracampeonato contra um adversário que luta para reencontrar o bom futebol e que já foi rival em três campanhas.

Em 1996, perdemos na final; devolvemos na mesma moeda em 1998; e em 2015 passamos à frente no confronto, em duelo penas oitavas-de-finais. Como se pode ver, quem avança nesse confronto costuma ser campeão – fato que também ocorre no confronto entre Palmeiras x Inter.

Palmeiras

DESFALQUES
Recuperação física:
Thiago Martins, Felipe Melo, Moisés, Arouca e Michel Bastos
Não inscritos
: Mayke, Juninho, Luan e Bruno Henrique

Cuca deixou em aberto algumas peças na escalação. Na lateral esquerda, Egídio deve aparecer se Edu Dracena ficar encarregado do lado esquerdo; mas Antônio Carlos pode aparecer se o escolhido for Zé Roberto – já parece claro que os dois veteranos não devem mais jogar juntos.

Thiago Santos fez testes no início da semana e pode aparecer. Jean é outro que luta com um desgaste no joelho e tem chances. Caso ambos ainda não reúnam condições, Gabriel Furtado seguirá no time, depois das ótimas participações em treino e na partida contra a Ponte Preta.

Na frente, Borja pode ser a surpresa, mas o favorito para sair jogando no comando do ataque é mesmo Willian Bigode. O provável time é Fernando Prass; Fabiano, Mina, Edu Dracena (Antônio Carlos) e Egídio (Zé Roberto); Gabriel Furtado (Jean ou Thiago Santos) e Tchê Tchê; Roger Guedes, Guerra e Dudu; Willian Bigode (Borja).

Cruzeiro

O técnico Mano Menezes também tem desfalques: Sassá e Rafael Marques não podem jogar a competição e o DM ainda tem Manoel, Dedé, Judivan e De Arrascaeta. Mesmo assim, o time que vem para o jogo é forte, já que os titulares mais importantes foram poupados nos últimos jogos visando esta partida.

A única dúvida de Mano é Lucas Romero, que volta de uma torção no joelho direito – se não puder jogar, Henrique segue no time titular. Assim, o time que deve ir a campo é Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero (Henrique) e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sobis.

Lei do Ex

Meio time do Palmeiras já vestiu a camisa do Cruzeiro: Fabiano, Edu Dracena, Egídio, Dudu e Willian Bigode. Do lado de lá, Léo, Thiago Neves e Robinho já foram palmeirenses.

Retrospecto

Olho nesse juiz. É um dos piores retrospectos do Palmeiras com um apitador. É atrapalhado e confuso.

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Cruzeiro
Cruzeiro
Allianz Parque
Allianz Parque
Jailson Macedo Freitas
Jailson Macedo Freitas
Copa do Brasil
Copa do Brasil

 

Parpite

O Palmeiras deve usar e abusar das bolas aéreas, o grande ponto fraco da defesa do Cruzeiro – talvez até por isso Borja tenha algumas chances de sair jogando. Mesmo que o colombiano comece no banco, o Verdão deve tomar a iniciativa do jogo, para não permitir que o habilidoso meio-campo mineiro ganhe a disputa pelo espaço. É jogo de Copa, e a torcida vai jogar junto. E eles tem o Léo, um dos piores zagueiros da História do Palmeiras. Dá Verdão: 2 a 0, com gols de Fabiano e Willian Bigode, para 34.567 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

TV GloboGlobo, para MG (menos Juiz de Fora)

SportvSporTV

PFCPFCI

 

Pós-Jogo

Palmeiras 3x3 CruzeiroCesar Greco/Ag.Palmeiras

Que jogaço! Depois de tomar três gols no primeiro tempo, o Verdão reagiu e buscou o empate por 3 a 3 contra o Cruzeiro no Allianz Parque. A sensacional reação manteve nosso time invicto há mais de onze meses em casa e faz com que uma vitória por qualquer placar no Mineirão nos permita avançar na Copa do Brasil. Ou um empate por 4 a 4, 5 a 5… Vai que…

PRIMEIRO TEMPO

Cuca escalou a defesa com Zé Roberto e Edu Dracena do lado esquerdo, o que já trouxe alguma desconfiança para o torcedormais atento. Na proteção à zaga, Thiago Santos, seu homem de confiança, readquiriu condições físicas e foi para o jogo. Na direita, sem escolhas, entrou Fabiano – um combo que depois se mostraria trágico.

Mas o Verdão foi para a pressão logo de cara, como de praxe, e logo com 30 segundos veio a primeira chance: Willian Bigode recebeu dentro da área, girou, mas com pouco ângulo finalizou na rede pelo lado de fora.

Aos 4, mais uma finalização, e pelo alto – o ponto fraco da defesa do Cruzeiro a ser explorado:  escanteio da esquerda, Edu Dracena cabeceou no meio do gol, para boa defesa de Fábio. Um minuto depois, Guerra enfileirou 4 adversários depois de partir do campo de defesa; se aproximou da área e bateu forte – Fábio fez ótima defesa mandando a escanteio.

Após a cobrança, o Cruzeiro mostrou a que viria: um contra-ataque rapidíssimo puxado por Alisson, Diogo Barbosa foi acionado na esquerda marcado por Roger Guedes; o cruzamento veio por baixo e Thiago Neves, sem marcação, só escorou para o gol – Zé Roberto não conseguiu acompanhar o lance.

O Palmeiras sentiu o gol e passou a errar muitos passes – isso quando não era o juiz quem atrapalhava nossas progressões. O Cruzeiro passou a se sentir confortável em campo e aos 18 fizeram o segundo gol, após bela trama pelo lado direito do ataque, envolvendo nosso sistema defensivo – a bola passou por Thiago Neves, Sóbis, Lucas Romero, até chegar em Robinho, mais uma vez livre, e foi só tocar para o gol.

O Palmeiras colocou a bola no chão e tentou reagir. Aos 21, Fabiano abriu para Roger Guedes, que cruzou por baixo – a bola passou por toda a área mas ninguém apareceu para finalizar. Aos 28, Tchê Tchê tentou uma finalização de fora, mas Fábio encaixou bem.

E quando parecia que o Palmeiras estava voltando para o jogo, veio o terceiro gol, em mais um contra-ataque, aos 30: Thiago Neves lançou para Alisson, que fez o facão em cima de Fabiano e tocou na saída de Prass. Ato contínuo, Cuca trocou Fabiano por Egídio, deslocou Zé Roberto para o meio e Tchê Tchê para a lateral-direita. Fabiano levou uma vaia de grau 8 na escala Wesley.

A substituição aparentemente funcionou e nosso time, três gols atrás no placar, conseguiu recuperar a calma e passou a articular novas chances com alguma consciência, aproveitando bastante os arranques de Dudu em cima de Ezequiel. Aos 34, após falta ensaiada, Roger Guedes bateu mal, por cima. Aos 37, outra falta, agora no bico da área – Roger Guedes bateu novamente, mas fraco, para fácil defesa de Fábio. Um minuto depois, Egídio cruzou, Mina escorou para o meio da área e Guerra tentou o voleio, mas a bola subiu.

Aos 43, Mina subiu ao ataque e tocou para Willian; o camisa 29 foi desarmado mas Guerra pegou a sobra e abriu para Mina, que bateu forte – Fábio pegou firme. Os quinze minutos finais do primeiro tempo deram alguma esperança à torcida. Era só acreditar.

SEGUNDO TEMPO

Quando o Verdão voltou a campo, uma notícia ruim: Guerra sentiu lesão e precisou ser substituído. Borja foi para o jogo; Dudu foi para o meio e Willian caiu pela esquerda. Ninguém poderia imaginar que daria tão certo.

Depois de uma boa pressão inicial, o Verdão chegou ao primeiro gol aos sete minutos: Borja buscou a bola fora da área e iniciou a jogada na direita; ele rolou para Dudu, que estava como um centroavante e fez o pivô para Zé Roberto, que chegou de trás batendo; Ariel Cabral se atirou na bola que sobrou para Dudu, que girou rápido e bateu debaixo para cima, estufando a rede do gol Sul.

O Verdão então iniciou uma blitz absurda em cima do Cruzeiro e depois de mais um cruzamento da direita, a bola ficou viva na área e Willian ajeitou no peito para dar uma linda bicicleta; Fábio conseguiu espalmar. No rebote, Mina recuperou e tocou para Egídio, que cruzou na risca da pequena área para Borja, que cabeceou para fora. Que lance!

Aos 15, mais um bombardeio na área mineira e Borja, de novo fora da área, conseguiu um belo passe para Dudu, por trás de Léo, e aí foi só tocar na saída de Fábio, diminuindo para 3 a 2. O Allianz Parque é firme, mas balançou, num urro ensurdecedor seguido de uma onda ensandecida em todos os setores do estádio, pulando e berrando, cantando e vibrando.

Podia vir o Barcelona, a Juventus, o Real Madrid: naquele instante, ninguém segurava o Verdão e aos 19 veio o empate: Egídio bateu falta de longe, mais uma vez a bola ficou viva na área azul e Willian pegou um belo voleio de primeira; a bola ainda desviou em Caicedo e matou Fábio, indo para o fundo do gol. Que momento fantástico!

Experiente, o time do Cruzeiro esfriou o jogo com bastante catimba nos minutos seguintes e matou a sequência mágica que o Verdão construiu. O jogo voltou ao normal, mas com o Palmeiras sendo Palmeiras, em casa, mandando no jogo e o visitante encolhidinho, só esperando uma bola vadia para encaixar um contra-ataque.

A defesa do Cruzeiro se compactou. Foram necessários nove minutos para que o Verdão conseguisse mais uma finalização: depois de lançamento longo de Edu Dracena, a zaga rebateu e Willian emendou de fora, fraco – pegou mal na bola. Cuca então fez a última mexida e mandou Keno no lugar de Roger Guedes; Dudu ficou como meia, ajudado por Zé Roberto, e o time foi para o 4-3-3.

Na pressão final, Dudu fez de tudo. Aos 38, ele passou por meio time do Cruzeiro pelo flanco direito e cruzou por baixo – Keno se esticou mas não conseguiu alcançar o que seria gol certo. Um minuto depois foi a vez de Zé Roberto, pela direita, cruzar buscando Keno, que cabeceou cruzado, para fora. Três minutos depois, Dudu recebeu na direita e tentou enfiar pra Keno – Fábio se arrojou nos pés do camisa 27. Mas aí o Verdão sofreu um contra ataque perigosíssimo: Thiago Neves recebeu na área e rolou na pequena área, mas a bola passou entre Edu Dracena e Ábila e saiu do outro lado.

Aos 44, Tchê Tchê cruzou da direta buscando Borja, que foi empurrado por Henrique – Jailson Macedo, se quisesse, podia ter dado pênalti, mas cadê a coragem? Aos 47, a última chance – Keno enfiou pra Borja dentro da área em boas condições, mas o chute foi travado, saindo a escanteio. E com 49 minutos o juizão acabou com o jogaço.

FIM DE JOGO

Uma pena que um jogo desses precise acabar. O Allianz Parque viveu mais um momento mágico em sua curta História. O resultado, analisando friamente, não foi nada bom, mas perto do que poderia ter sido, caiu bem. Precisamos apenas de uma vitória simples daqui a quatro semanas, quando os times poderão estar em momentos bem distintos do atual.

Mas quando se busca um resultado como este, da forma como foi, acende uma fagulha que pode desencadear um fogo bem difícil de segurar. São jogos como esses que embalam. A energia que se viu nos primeiros 20 minutos do segundo tempo foi algo indescritível, que os jogadores vão guardar para sempre.

E pra virar a chavinha agora? Sábado tem o Grêmio, no Pacaembu. Os jogadores que se virem! Mas que saibam que podem contar conosco, estaremos junto. VAMOS PALMEIRAS!!!

Ficha Técnica

Cruzeiro

Fabio
GOL
Ezequiel
LAD
Caicedo
ZAG
Léo
ZAE
Diogo Barbosa
LAE
Lucas Romero
VOL
Hudson
VOL
Ariel Cabral
VOL
Henrique
VOL
Robinho
MEI
Ábila
ATA
Thiago Neves
MEI
Alisson
MEI
Rafael Sóbis
ATA
Mano Menezes
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Sem chances nos gols, todos à queima-roupa.
6
Fabiano
Falhou feio mesmo apenas no terceiro gol, mas pagou por todo o time. Estava mal, de qualquer forma.
3
Egídio
Entrou muito bem, ajudando a acender o time e participando de lances importantes.
7
Mina
Mais uma boa partida, sobretudo na saída de bola.
7.5
Edu Dracena
Envolvido em lances capitais junto com todo o lado esquerdo da zaga.
6
Zé Roberto
Depois de um péssimo primeiro tempo, deslocado como volante e depois meia, se recuperou e entrou na rotação do time.
6.5
Thiago Santos
Totalmente engolido pelo meio-campo do Cruzeiro no primeiro tempo, resistiu bem no segundo sem tomar o segundo amarelo.
6
Tchê Tchê
Outro que tomou um baile enquanto estava no meio, mas incorporou o espírito de raça do time na lateral direita e se salvou.
6.5
Roger Guedes
Discreto, não repetiu as boas atuações dos últimos jogos.
6
Keno
Entrou bem e foi um dos maiores responsáveis pela blitz final.
7
Guerra
Teve momentos brilhantes no início do jogo, mas caiu muito para a direita e sumiu - uma pena a lesão. Vamos torcer para que não seja nada.
6
Borja
Jogou fora da área e foi muito bem, construindo jogadas e confundindo a defesa mineira. Uma pena a cabeçada para fora.
8
Dudu
O melhor em campo, fez de tudo. Incendiou o jogo e meteu duas lá dentro. Bem-vindo de volta, capitão!
9
Willian
Depois de um primeiro tempo fraquíssimo, escondido, achou seu lugar caindo pelo flanco e entrando em diagonal. E mostrou estrela mais uma vez.
7
Cuca
Cuca
A escalação inicial não foi boa, acabou surpreendido por Mano Menezes, mas corrigiu com muita habilidade e rapidez. Ufa!
8





  • Uma das características de jogos como esse, é que ele forja campeões. Jogos assim definem o caráter de um time, une o elenco, traz a torcida para “dentro de Campo”. Espero que definitivamente, esse jogo tenha sido a virada de chave do time para o resto do ano.
    Outra vantagem, imagino que o jogo de ontem tenha oferecido ao Cuca uma oportunidade valiosa para tirar conclusões sobre a melhor formação para a defesa, bem como sobre o Borja. Não tenho dúvidas que ele vai tirar várias lições daí que serão determinantes para o sucesso do Palmeiras

  • Dudu é ídolo já faz tempo. É o maior clube de sua carreira, deve ter amor pelo Palmeiras, como a torcida tem por ele.

  • Bom , saímos de um vexame ( cheguei a pensar no 7×1) para um empate heróico , mas no final um bom resultado pelo que foi o jogo todo , mas ruim porque estavamos jogando em casa , mas algumas ponderações devem ser feitas :Não possuimos nenhum lateral que funcione , a coisa tá feia nessa posição…Tche Tche quando foi adiantado um pouco mais , rendeu mais , porque tava numa nhaca…Bigode não adianta ser utilizado de centroavante , não rende , alguém (Cuca ) notou que ele melhorou quando o Borja entrou ?!?! Aliás mais chances para o Borja , por favor…Cuca meu coração desse jeito não chega no final do ano…rs

  • O pessoal da rádio Band estava comentando durante o jogo que o Cuca não repete a formação do time por que não quer. Isto procede?

    • Não procede, Jack.
      Ele não repete a escalação porque existem jogadores que ainda não estão escritos na Libertadores, porque tem jogadores que nem sequer podem ser inscritos na Copa do Brasil, porque tem jogador que acabou de chegar e ainda não está bem fisicamente, porque temos vários problemas de lesão e desgaste muscular…

  • Quem aqui fez alguma mandiga, apelou pra alguma superstição quando estávamos perdendo? Tenho um boné que comprei num dia de jogo, e sempre que uso ele, o time não perde. No intervalo fui no quarto, peguei ele. Dito e feito, o empate é garantido quando uso ele.

  • Acho que o Keno demorou muito a entrar no jogo. Deveria ter entrado logo após o terceiro gol e no lugar do ZR. Com mais um na frente, na atmosfera mágica pós empate que estava, duvido não ter virado.

    Borja entrou bem. Mostrou muito mais vontade que nos jogos anteriores. Tá começando a entender como funciona.

    Dudu sem comentários. O cara faz em campo o que qualquer um de nós gostaríamos de fazer se estivéssemos lá. É raça pura e não foge da porrada. Aliás, desde que chegou, nunca vi ele fugir de nada. Chama a responsa e mata no peito.

    • O Dudu só precisa jogar todo jogo com o espirito que jogou o segundo tempo. Quando o jogo é morno, ele reclama de faltas, é marrento com o juiz. Quando a atmosfera do jogo é como a de ontem, ele sofre faltas violentas, levanta sem olhar para ninguém, cobra rapido e segue o jogo.

  • se o segundo jogo fosse na proxima quarta o Palmeiras ia com moral, mas é daqui um mês praticamente, sabe la como vai estar o Palmeiras até la

  • Quando eu vi a escalação que o Cuca mandou a campo, me veio na cabeça aquela brilhante frase: “vai dar merda”.

    Fabiano, Dracena e Ze JAMAIS podem jogar juntos na linha da zaga (ainda acho que Fabiano e Zé Roberto nem deviam jogar em posição nenhuma no Palmeiras). Todos são lentos, Edu tem 35 e Zé virou peça de museu.

    Enfim, uniu-se isso ao Guerra sem condições e o T. Santos voltando de lesão, resultou no baile que o Cruzeiro nos deu no primeiro tempo.

    No segundo, temos que reconhecer a atuação de jogadores como Dudu, Borja, Willian e Mina, mas ganhamos o jogo por que o Cuca é um MESTRE (é verdade que teve culpa na escalação, mas nenhum outra mudaria o time com tão pouco). Com as duas alterações e o intervalo, o Palmeiras se transformou, Mano fez suas Manisses e o resultado foi uma aula de futebol.

    Espero que no próximo jogo o Palmeiras jogue desde o início, para não passarmos por esse sufoco.

  • O famoso tá ruim, mas tá bom!
    Alguns fatos já constatados à tempos por todos, menos pelo Cuca.

    – Fabiano não merece ser jogador do Palmeiras. Jean ou Tchê² tem que jogar pela lateral direita, em últimos casos o Mayke
    – Zé Roberto não pode mais jogar na lateral esquerda. Tem que ser o Egídio ou o Michel Bastos caso aceite…
    – Borja jamais pode ser reserva nesse time. Por mais que ele não jogue bem, o William também não joga nada enfiado no meio dos zagueiros, então pelo menos deixa o colombiado lá prendendo os zagueiros e ganhando confiança pra jogar o que todos esperamos dele.

  • “Mas quando se busca um resultado como este, da forma como foi, acende uma fagulha que pode desencadear um fogo bem difícil de segurar.”

    Não pude ver o jogo e, agora pouco, vi os melhores momentos. (quase enfartei)
    Quando vi o resultado ontem eu não gostei nenhum pouco mas depois que descobri o que houve no jogo……….

    AVANTI PALESTRA !!!

    • Tá machucado …. nem esta sendo relacionado nos últimos jogos .
      Parece que é tendinite no joelho …..

  • Grande partida, defesa lenta, a mexida ajudou a conter a velocidade deles pelas pontas, fora que pararam de atacar depois do 3 gol. Nosso calcanhar de Aquiles sao laterais lentos, JeanFabiano nao conseguem acompanhar atacante liso, so o Tche que da conta. Na esquerda e pior pq o Egidio e rapido mas nao sabe marcar, o MB ja foi lateral mas nao tem mais disposiçao para correr. O Ze so com esquema especial. O Cuca parece que ta fazendo o contrario com o Borja e ta dando certo…que passar mao na cabeça de novato que nada…estao seis meses sendo legal com o cara e nada, Cuca pos no banco, fez que esqueceu dele e cutucou o ego do atleta, senti o Borja mais calmo, menos afoito certou passes, so fiquei confuso na questao assistencia Borja-Dudu, nao era pra ser o contrario, ou nao, sei la, o Dudu precisa confiar mais no Borja, procurar mais o jogo com ele.

  • O problema é que o problema se repetiu no primeiro tempo. A história desse ano nos permite concluir que Moisés era o bi-motor do time o ano passado. Jogava e defendia por ele e mais um. Podiam jogar por ali, Jean ou Tche Tche, tanto fazia, nosso voluntarioso jogador se multiplicava em vários setores do campo, e mascarava falhas técnicas individuais. Vi bem isso quando fui ao Allianz ver Palmeiras e Sport ano passado, e vi dois jogadores se destacarem de todos os demais. Moisés, que corria e aparecia em todos os lugares, seja defendendo ou atacando, e Diego Souza, um craque, que fazia a bola quadrada dormir aos seus pés. Incrível como ninguém conseguia lhe roubá-la.
    Mas voltando ao jogo, Cuca, esperto, percebeu claramente onde eram as falhas, e numa só substituição, corrigiu 3 posições. Coisa de cara que entende mesmo do assunto. Como disse antes, espero que definitivamente Cuca tenha percebido que Tche Tche sem Moisés é um lateral direito de certa qualidade, nada mais.
    Outro que parece que perdeu seu jogo é Roger Guedes. Reuniu desligamento e ruindade ontem. Não passou a bola, parece que corre sempre com freio de mão puxado, seu drible não apareceu e chuta sempre pra touchdown.
    Em compensação, apareceu o Dudu do ano passsado. Aquele que joga verticalmente, com a cabeça virado para o gol adversário. Rápido, decisivo, onipresente, driblador e goleador. O time cresce muito como nosso velho Dudu.
    Por fim, tenho a impressão de que caminhos vão sendo pavimentados, à medida em que o conhecimento e o rendimento de cada jogador o qualificam para determinada função. O jogo de ontem serviu para um passe gigante na direção do time ideal.

  • Galera, o que aconteceu com o Michel Bastos? Ele faz tanta questão assim de jogar somente no meio de campo? Se for o caso, infelizmente só demonstra falta de vontade de jogar. O cara, quando tem fome de bola, joga em qualquer posição que o treinador quiser. Se aceitasse de boa a lateral, seria um dos melhores do país na posição. Não entendo…

    • Gente ontem ele não jogou. Tendinite no joelho. Ele não estava na lateral ONTEM pq nao queria, e sim pq não podia. Agora se ele gosta da posição, é outra conversa.

      • Bom saber disso. Gosto muito do futebol dele. Mesmo quando ele não brilha no apoio jogando na lateral, a postura defensiva dele é muito boa.

  • Resultado de ontem é uma garganta inflamada que nem uma carniça. Segundo resultado de ontem: muita gente com mais medo do Palmeiras.

  • Hoje ainda não entrei em nenhuma página de futebol.

    Estou apenas aqui lendo e comentando com os Palmeirenses que tem como propósito a melhoria do nosso time.

    Parabéns Conrado pela iniciativa e disponibilizar este espaço à nós…

  • texto emocionante. que jogo.
    q se foda quem errou, quem deveria ter jogado, qual formacao deveria ser. sao por jogos assim que chego as 17 horas, sao por jogos assim que pago avanti….q atmosfera. pqp o futebol é foda, o PALMEIRAS é fooooda.
    ESTAMOS JUNTOS RUMO AO TITULO, PALMEIRAS!!!!!!!!!!!!!

  • Mas eu não entendo até hoje por que o ZR foi pra lateral. Ele fez história no meio campo, na Alemanha, Seleção, inclusive pelo Santos quando ele foi o 10 e comandava. Acho que foi o Felipão no grêmio, por alguma situação específica e o resto da galera (técnicos) não se questionou mais se valia a pena. Pela técnica refinada, até que essa imagem dele de lateral durou bastante…

    O Fabiano acho que teve um jogo infeliz, acontece. Não vamos meter o pau que nem foi com o Prass. Ele tem sua utilidade, foi importante ano passado e ninguém diria que foi um mal negócio mantê-lo no início da temporada.

  • Ainda bem que conseguimos essa reação histórica e, buscamos o empate, caso contrário, seria uma tragédia total esse resultado.
    Cuca, eu te idolatro, inclusive comprei uma camisa e pôs o nome “CUCABOL” nas costas, tamanho admiração que eu tenho pelo seu feito no nosso Palestra!
    Mas por favor, vamos escalar o óbvio, a lógica, está tão claro que é impossível jogar com ED, ZR na mesma partida, os dois já possuem uma idade “considerável, né?” e não tem mais condições de cobrir esses contra ataques e até mesmo ataques de jogadores mais jovens e com explosão.
    O que acontece com o Michel Bastos? Eu não consigo ver ele pior que o ZR na lateral, eu não consigo, o que acontece com ele? Uma resposta, por favor.
    Tche Tche não esta rendendo no meio campo, faz algum tempo já, infelizmente, mas na lateral ele se mostra outro jogador, tem obrigação de correr, marcar, avançar, então pow! Bota ele pra jogar lá, na lateral direita.
    Meu time para Libertadores é; Prass, Tche Tche, Mina, Luan, Juninho / Felipe Melo, Guerra, Dudu / Bigode, Borja, Guedes. (Eu não consigo ver escalação hoje, melhor que essa)
    Meu time para Copa do Brasil é; Prass, Tche Tche, Mina, Dracena, Egídio (Michel Bastos) / Felipe Melo, Guerra, Dudu / Bigode, Borja, Guedes. (Na sequência, é os melhores disponíveis, na minha opinião)

    Avanti Palestra!
    Eu te amo Palmeiras, eu sempre vou apoiar o meu time e você tem minha TOTAL CONFIANÇA CUCABOL!

  • Apesar do alívio, e com todas as vênias de quem discorda, é por isso que acho um absurdo priorizar essas Copas (Liberta incluída!) em detrimento do Brasileiro. Se o jogo ontem fosse em BH (ou Guyaquil) a respectiva competição praticamente já era. Não conseguiríamos empatar sem a força da torcida. Aí, quando quiser o BR17, a distância pro líder vai estar a 7.584 pontos. Foca no BR e joga do jeito que dá nessas Copas, até poupando se for o caso. Com nosso elenco, campeonato longo como o BR, o título é quase certo. Já nessas Copas, vide ontem, é uma baita loteria. Eu não troco o (quase) certo pelo (muito) duvidoso.

    • Pra mim, o seguinte é esse: se o jogo é difícil e valioso (qualquer jogo que não seja amistoso), coloca sempre o que tiver de melhor à disposição (inclusive verificando as condições físicas do cara).

  • Porque nao jogar sempre com Tche Tche na LD e Michel Bastos na LE? É o melhor que temos no momento.
    E Deus, cadê o Moises, quando ele volta? Que falta esse cara faz hein

  • Primeiro tempo desse jogo fiquei completamente destruído, não acreditava no que estava acontecendo! Complicado essas “panes” em nosso time, porém a reação foi positiva, espero que o Palmeiras possa absorver esses erros grosseiros e evitá-los, custa caro demais um futebol horrível como a do primeiro tempo; Que venha a classificação, AVANTI !

  • Não acho que Dudu seja craque.

    Suas jogadas são imprecisas, seus chutes não tem um padrão, uma marca registrada.

    Mas quando o bicho pega, ele comparece.

    Não foge da bola, nem da briga, nem da responsabilidade.

    Vai pra cima sem medo.

    E o adversário não vê mais aquele moleque de um metro e meio de altura. Vê um gigante.

    • Diria que pode ser considerado ‘craque’ pelo conjunto da obra;

      …mas concordo, tecnicamente (em termos de precisão) e até na tomada de decisões na maioria dos lances deixa a desejar. Mas compensa de forma espetacular na determinação e quando ‘acerta’.

    • Realmente não é craque.

      Atualmente não temos nenhum craque atuando aqui no Brasil.

      O último que passou por aqui foi Neymar…

  • Cuca escalou um time questionável mas era o que tínhamos de melhor.
    Não pode um time chegar pra jogar aqui já sabendo a escalação que vai enfrentar.

    Jogamos muito melhor que eles, é só olhar os números da partida, mas o que ganha jogo são os gols…

    Vamos a eles:
    1° T:
    1° Guerra poderia ter feito uma falta para matar a jogada.
    2° Alem da já conhecida avenida Zé Edu, o Edu da um bote muito errado.
    3° Fabiano e sua marcação/arrancada pífias.
    Tudo isso combinado com a defesa mal postada e um time atacando ao melhor estilo “PorcoDoido” de Cuca deu merda. Assim que o Bruxo/Mandingueiro começou mexer na grama (igual no filme Gladiator) eu sabia que uma correção seria feita e nossa defesa melhoraria.
    Foi o que aconteceu, mantivemos nosso impeto, mas agora com a defesa mais segura e Egídio e Tchê² bem nas laterais. Mas não deu tempo de fazer nenhum.

    2°T:
    1° Borja buscando jogo, Zé se apresentando no ataque, bola sobra para Dudu.
    2° Borja toca para Dudu.
    3° Bola sobra, Willian acerta um belo chute.
    Egídio ou seria “Egideus”? Jogou muito ontem, pelo menos pelo que vinha jogando foi muito.
    Borja ótima partida, foi colocado na fogueira e correspondeu ao que se espera, tem que ter mais chances para mostrar que pode ser o cara do nosso ataque.
    Dudu monstro, o melhor do time, quando tomamos o 2° ele pegou o time e tentou carregar nas costas, parece que deu uma animada nos caras.
    Apesar do domínio nosso os nossos gols saíram em bolas que sobraram e mais na vontade que em um futebol bonito, com exceção do 1° que esse foi maneiro.

    Fica a lição de tomar cuidado com as coisas que vazam no nosso clube.
    Zé Edu pela LE não da mais, alias não vem dando faz tempo.

  • Em termos de CB a situação atual é parecida daquela que o time passou quando tomou o segundo gol do Inter: faltava um golzinho fora. Deu certo. Agora, com mais tempo e mais time (o Cuca era recém-chegado) vai dar outra vez.

  • Mano matou o Cruzeiro quando retirou o Robinho e colocou o Ábila. Não que o Robinho seja um primor de jogador, mas após a substituição o meio campo ficou muito mais nosso, e a subidas foram consequência.

    • Os cruzeirenses nas páginas do cruzeiro nos sites esportivos da vida, estão putos com ele. Pelo visto ele não é tão amado la na terra do pão de queijo.

  • Destaque para Dudu que como a torcida fica muito irritado com o resultado negativo no primeiro tempo!
    Voltou pro segundo tempo pilhado e com sangue nos olhos!

    Foi o motor do time para a reação!

  • Temos que dar o mérito também para o Mano Menezes. Percebeu o “combo” terrível a que o Conrado se referiu no início do post e entrou com um ataque rápido, sem um centro-avante de referência. Fabiano, Zé Roberto e Edu Dracena, apesar de eu gostar muito desde último, não podem jogar mais juntos. Aliás, Fabiano e Zé Roberto não podem jogar mais…e ponto.
    É difícil de constatar isso em um profissional tão correto como o Zé Roberto, mas, na boa, não dá mais. O cara pega na bola e é certeza que o passe será para trás, fez isso 385 vezes ontem.

  • Se o juizinho não deu o pênalti no primeiro lance do 2º tempo em que o Borja tomou um soco na cara na pequena área e fez vista grossa pra simulação do Sóbis que lhe daria o 2º amarelo não ia ser aos 44 que ele daria o pênalti. Em resumo: tá ruim mas tá bom. Esse jogo vai ser um divisor de águas, segura esse time agora.

  • Jogaço! Resultado ruim em termos de mata-mata, mas espetacular dadas as circunstancias. Só espero q não seja mais um “me engana q eu gosto”, como foi a virada pra cima do Peñarol com o EB.

  • Agora o Dudu jogou muito no segundo tempo.. e o Guerra no começo do jogo.. Dois monstros, espero que a lesão do Guerra não seja séria.

    Foi muito bom ver o Dudu com sangue nos olhos de novo!! haha

  • Por causa da escalação ruim tomamos o maior sufoco.. aí com o time levando 3 a 0 colocar o Egídio?? Deu certo, mas foi de dar nos nervos, porra estamos perdendo, pra essa bosta??

    Cuca escalou mal e na saída do Fabiano, que era bem vinda, não precisava por o Egídio, o que tava faltando era posicionamento, podia muito bem ter tirado o Fabiano, puxado TTChe pra direita e ter colocado o Borja, segurava mais o TSantos e os laterais, ia ter um jogador alto na área pra aproveitar os cruzamentos..

    No primeiro gol só o RGuedes, ZR e TTChe acompanharam o arranque do ataque deles, 5 contra 3, o resto ficou olhando.. aí é óbvio que os dois não iam conseguir impedir o gol.. Essa é a hora dos volantes voltarem com sangue nos olhos, mas não se vê TS ou os zagueiros voltando.. único que sai da área desesperado é o Fabiano, que por se alto e só termos atacantes baixos tava na área..

    Culpar quem voltou pra dar o combate é um erro, se o ZR marca o cara que fez o gol, era só cruzar pros 2 que tavam pra trás livres.. ele não tinha o que fzr.. total erro de posicionamento do time!

    No segundo gol TTche fica olhando, Dracena sai pra dar o bote e toma bola nas costas, TS parecia jogando bobinho.. Robinho entra entre Mina e Fabiano e faz o gol..

    No terceiro de novo, Mina sai pra dar o bote no meio e deixa a zaga aberta.. cadê os volantes???

    Cuca ajeitou o time quando colocou o Borja, ou seja, não foi uma opção precisou por causa da lesão do Guerra..

    E se depois dessa partida do Borja o Cuca não vê ele como titular, que vendam o cara, vale uma fortuna e vai desvalorizar no banco, com a grana dele compra um atacante veloz q o Cuca tanto ama..

    Pra mim pode por todo o sofrimento do jogo na conta do Treineiro!

  • Cara, o que me animou muito ontem (além do poder de reação do time, claro), foi ver o Dudu voltar a ser decisivo. E mais importante que isso, foi ver a melhor partida do Borja desde a sua chegada… voltando até o campo de defesa para marcar, raçudo ao extremo, entendendo o espírito do time. Eu torci demais por um gol dele ontem, porque ele merecia demais…
    É uma pena não poder contar com o Luan e o Juninho na CdB… os dois são mais velozes e encaixaram muito bem no time. Edu e Zé do mesmo lado é pedir pra escancarar a porra toda

  • para libertadores, contando com a volta do melo para o segundo jogo:

    prass, mike, mina, luan, egídio, felipe melo, bruno henrique, guerra, bigode, borja e dudu!

    • Perfeito !!! quase na verdade… Ninguem é perfeito escalando Egidio… Michel Bastos na esquerda !!!!

  • Agora que praticamente a CdB já foi, tem que priorizar o BR sem dúvida nenhuma!!! e que sirva de lição essa quase eliminação para a Libertadores, não pode haver cochilos e também ver que priorizar Copas é de risco muito, mas muito alto. Escale reservas na volta e força máxima no BR também!!

    • Oo loco amigão…eu não jogo a toalha da copa do brasil não. Tá muito longe de ser impossível ganharmos do cruzeiro em minas, já ganhamos no título de 2015. Esse ano,até os bambis venceram lá.

    • Já foi? Eu disse isso depois que tava 3 x 0, mas agora a disputa tá aberta. É impossível vencer as marias lá em Minas?

    • Não foi, não.

      Tudo bem, podia ser melhor.

      Mas nem meus colegas gambás e bambis acreditam que o Cruzeiro vai passar.

    • O Mano e seus jogadores estavam envergonhados nas entrevistas, ficaram muito abalados com certeza. O jogo la vai ser o Cruzeiro morrendo de medo de levar o primeiro gol, o Cruzeiro ta jogando mal em casa e nosso time quase sempre faz um gol fora.

  • O Cuca foi surpreendido mesmo! ele admitiu na entrevista que esperava o Cruzeiro com um centro avante, e não veio. escalou um sistema defensivo lento, e o Palmeiras acabou caindo na tática do rival. Identificou o problema colocou Tche Tche e Egideo nas laterais, o problema foi ter tomado 3 gols antes disso.

    • engraçado que a escalação vazou antes de novo e acabamos o primeiro tempo perdendo de 3.
      mas tem gente que diz que esconder escalação não ganha jogo.

      • Nem sabia dessa história que tinha vazado, mas é fato MUITO grave isso. Precisa estancar essa sangria a qualquer custo.

  • Não vejo falha do Fabiano em nenhum gol. No terceiro o cara sai para corrida antes e é mais rápido, o problema é o meio que deixou o Thiago Neves livre, o Mina saiu para marcar o Thiago e deixou o espaço.

    Thiago Santos jogou muito mau no primeiro tempo, lento não consiga cobrir nada.

    Dudu jogou muito.

    William é esforçado, mas não da para ele ser titular em um time que tem Borja.

      • Primeiro Gol ele tava cumprindo sua função de estar na frente pra cabecear a bola em escanteio.

        Erro de quem deveria cobrir, não dele.

      • Na verdade primeiro gol, foi jogada de escanteio à nosso favor. No contra ataque eram 5 contra 3. Os 3 nossos eram Tche Tche, Zé Roberto e Roger Guedes.

        Sendo que Roger Guedes estava cobrindo Fabiano que foi para cabecear.

        Neste lance que foi pelo nosso lado direito, eram dois cruzeirenses contra um jogador nosso, Roger Guedes. Mas Roger Guedes não teve culpa nenhuma no lance.

        Fou um erro tático mesmo…

      • Segundo gol foi falha do Thiago que não acompanhou (e não é a primeira vez que ele para no lance, vide Coritiba)

  • Eu ainda acredito que um 4-4-2 (ou 4-2-2-2 como chamam hoje em dia) encaixaria bem no nosso time. Problema é que estamos há meses nesse esquema 4-3-3. Mudar agora poderia implodir todos nossos suados progressos.

    Mas, de qualquer forma, como técnico de sofa que sou, ainda acredito que 4-4-2 com Borja e Willian juntos nos traria grandes alegrias.

  • Rapaz, como de costume, havia preparado duas TV’s na sala, preu assistir o Palmeiras e a esposa ver o jogo do CRF. Depois de ter visto o grêmio enfiar 4 em seu adversário, e o Palmeiras tomar o terceiro em casa, fiquei chocado, desliguei a TV onde assistia ao vareio que estávamos sofrendo (e coloquei de volta na cozinha) e passei os próximos 30 minutos ou mais esfriando a cabeça, fazendo uma coisa ou outra pelo meio da casa.

    Quando o jogo do CRF tava com 4 minutos do 2º tempo, bateu aquela vontade de dar uma espiada no jogo do Verdão, então fui lá, liguei a TV na cozinha e voltei pra sala (de longe eu apenas escutaria os desdobramentos da partida). Logo em seguida, saiu o 1º de Dudu. Corri, vi o replay e voltei pro sofá da sala (em minha cabeça, eu tinha dado azar pro time no 1º tempo, então teria de abdicar de assistir a 2ª etapa pra ver no que dava), e assim foi, até sair o gol de empate.

    Depois do empate, não resisti e fui pra frente da TV de novo, torcer freneticamente pela virada. Uma coisa é certa, escapamos de um vexame e estamos vivos na competição, mas os reforços Juninho e Luan fizeram muita falta. Graças a Deus as mexidas de Cuca surtiram efeito, inclusive a entrada do Borja, que participou bem do jogo e, diretamente, de 2 gols. Não concordo com o tamanho do chá de banco que Cuca tá dando no Borja, definitivamente!

    • Já sei! Você nunca mais vai ver um jogo desses na sala, não é?

      Final de campeonato então… só na cozinha!

      E quando alguém disser que você está ficando maluco, vai soltar um categórico “não enche, eu sei o que estou fazendo!” kkkkk…

      Sei disso porque já me peguei fazendo coisas parecidas…

  • Tchê Tchê melhor lateral do elenco. Que fique por lá eternamente. Achei que o Zé Roberto no meio deu uma outra cara pro time, mas pq se dedicou ao maximo, correu como juvenil. Acho um bom reserva para a posição. Egidio na esquerda precisa ser abraçado pela torcida, ninguém é tricampeão brasileiro a toa. Dudu monstrasso, ele e Guerra precisam liderar o time juntos. Roger Guedes tinha que ter saído bem antes para o Keno entrar. Borja é grosso, mas ajudou demais. William é um Churry Gourmet, ajuda muito. Fabiano não dá mais, fim da linha para ele.

    • Incrível como o torcedor do Palmeiras tem uma má vontade com o Egídio. Ele jogou muito bem ontem. Acertou muito mais do que errou. Ele é um bom lateral. Não é um Marcelo, mas é um bom lateral. Só vejo má vontade da torcida com ele. E o cara trabalha calado, é humildade, esforçado. Deveria mesmo ser abraçado pela torcida.

  • “Ninguém poderia imaginar que daria tão certo.” – Desde as viradas na Libertadores todo mundo viu que era o melhor ataque possível Dudu + Borja + Willian. Não sei como o Cuca ainda não tinha testado isso em um jogo (ou tinha?). Todas as vezes que jogaram juntos, o Palmeiras fez um caminhão de gols.

  • Achei a vaia ao Fabiano desnecessária. O cara é ruim, é lento, mas não é dedicado, a culpa é de quem o contratou e de quem o escalou para marcar um velocista.

    Zé Roberto está proibido de jogar na lateral, no meio até que ainda vai para ele poder fazer parte do time campeão da Libertadores e Mundial, por consideração ao que fez por nós.

    • a nossa torcida é muito irritadiça, o fabiano que falhou em dois gols e mereceu sair, não seria perdoado naquele momento jamais… mas concordo que a torcida tem que abraçar o jogador, da mesma forma com o egídio.. tem que ter mais paciência

  • bom, ao inves de ficar repetindo as mesmas coisas (bla bla bla ZR e dracena nao pode, etc), na minha visao o palmeiras jogou muito bem e encurralou o cruzeiro o jogo inteiro. os caras deram uma aula de eficiencia e fizeram 3 gols em 3 chutes, nas nossas unicas 3 falhas defensivas. Se olharem a posse de bola e chances criadas no scout da partida será um massacre nosso. Infelizmente o jogo era de mata mata e ficou dificil, fazer o que. sao coisas do futebol… mas a demonstração de raça do time foi de encher os olhos.

  • Não vi nada de inesquecível, vi nosso técnico mais uma vez errar de maneira grosseira a formação inicial e quase nos eliminar de uma competição que estamos a 6 jogos da conquista!

    Dracena e Zé juntos, que isso nunca mais se repita!

    • perfeito, as mídias palestrinas tem que parar de tentar mascarar os nossos erros e fingir que está tudo bem!!! Amo o verdazzo, mas também amo uma opinião imparcial. Todavia, vejo um trabalho sério aqui, ao contrário do ptd que bloqueiam os frequentadores por não concordarem com a opinião que tentam enfiar goela abaixo…

        • blz, qual a finalidade de um blog, página? não seria discutir sobre o escopo do mesmo? acho que temos que apontar os erros sim, e como torcedores discutir sobre eles, isso não significa que sou menos palmeirense…

          • cada um define a finalidade de seu próprio site e como aborda cada questão.

            aqui o pós-jogo é mais descritivo do que tático, e busca captar a emoção do momento.
            os textos táticos costumam vir nos dias seguintes, com a cabeça mais fria.
            se você gostar desse formato, ótimo.

            quanto a ser “mais palmeirense”, acho que já passamos da quinta série.

            por fim, recomendo que releia as regras de comentários no rodapé do site.

        • Sobre sua parcialidade, entendo e até concordo, mas não mudo meu ponto de vista, uma comissão técnica de milhões de reais não pode cometer esses erros, ainda mais de maneira assídua, o Palmeiras inventa demais, as vezes o básico resolve, só o Cuca ainda não percebeu!

          • O Conrado faz a melhor síntese pós jogo da internet. Completa e justa.

            Quanto ao time ontem, começou bem, indo pra cima e dominando as ações.
            O gol de contra-ataque desestabilizou demais o time. E o Cruzeiro não é um Patriotas… tem um bom elenco com jogadores de qualidade e soube aproveitar que estávamos nas cordas.

            Sempre vai ter pontos a melhorar aqui e ali e jogadores que não rendem o esperado uma partida. Normal em jogos com seres humanos.

            Pra mim o primordial ontem foi o poder de reação. Mais uma vez (teve aquele jogo contra o Peñarol lá) revertemos uma situação bastante adversa com intensidade, vontade e garra. Isso prova que quando os caras querem, conseguem.

            Com esse espírito com certeza buscaremos pelo menos um título.

      • É como aquela virada de 4 a 3 que tomamos do Vasco. Não foi agradável, mas foi inesquecível. Juro que não procurei agora no google, mas lembro que o Romário fez 2 de pênalti (acho até que algum deles foi duvidoso) e o 4º gol foi do Baixinho de novo, numa assistência do Juninho Paulista. Tô certo?

  • Empate excelente dentro das circunstâncias do jogo, mas não dá pra ficar comemorando. Mestre Cuca cometeu erros grosseiros, que não se repita! A importância do resultado, foi no sentido de evitar um vexame e consequentemente o fim da temporada, pois seria difícil classificar na libertadores depois de um resultado trágico. Acho que já está na hora de testar Bigode, Borja e Dudu! Fabiano errou oito passes em trinta minutos, muita coisa, até mesmo para um pereba!!! Dracena e Zé do mesmo lado é suicídio, ainda mais em uma decisão como essa! Assim como é arriscado colocar um volante de marcação baleado, voltando de lesão. Enfim, foram muitos erros que não podem ficar mascarados pelo segundo tempo, mas que esse empate dá uma moral para seguirmos embalados no brasileiro e consequentemente classificarmos na libertadores, isso dá. Outro ponto positivo foi zoar os secadores e afoitos e invejosos, chupaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! Avanti!!!

  • Agora com a cabeça mais fria…

    Espero que este jogo sirva de lição para o Cuca rever algumas teimosias.

    O pré jogo do Conrado já alertava, não dá pra jogar Dracena e Zé Roberto juntos, falta velocidade, sobretudo em contra-ataque.

    Fiquei puto com o Cuca quando ele colocou o Borja no segundo tempo. Não por ele ter colocado o Borja. Mas pelas circunstâncias do jogo. Foi algo assim ‘Borja, tá 3 a 0 para os caras, entra lá e resolve’. Por que raios não dá chance pro cara iniciar o jogo? Pela milésima vez, Borja e William precisam jogar juntos!

    Enfim, a virada veio em um jogaço do Dudu. Voltou a ser o Dudu que conhecemos. Outros jogadores também foram bem, como Borja, William, Egídio e Mina.

    Daqui um mês é o jogo da volta e estaremos ainda mais preparados, numa evolução maior, e com a volta do Felipe Melo. Aquele time ruim dos bambis quase complicou o cruzeiro lá. Dá pra ganhar.

    Vamos!

  • No Porcoembu tem que colocar Borja de Titular, dar sequencia pro cara, ontem no pós jogo eu percebi que Cuca não gosta muito dele, não sei de vocês mas eu percebi isso na entrevista, Cuca abre o olho olha o que o Lucas Barrios está fazendo no gremio, será que o cara era tão ruim assim mesmo, ontem deixou 2 gols.

    • Sim. Na entrevista ao ser perguntado pelo repórter sobre a entrada do colombiano, ele claramente ficou irritado e começou a elogiar o Dudu, o Willian… antes de dizer que ele foi bem.
      Definitivamente, ele NÃO DÁ MORAL pro cara.

  • Cuca deveria ganhar nota 5, que seria a média de 0 no 1º tempo e 10 no 2º tempo. Escalação inicial desastrosa.

  • Que jogo mesmo!! Concordo com o Cuca que poderiamos ter continuado com aquela pressao pelo menos mais uns 10 minutos para tentar virar o jogo…depois disso logico que teriamos que diminuir o ritmo, ninguem aguenta. Mas fui dormur muito orgulhoso, feliz e motivado com o nosso Verdao!!

  • Sou mineiro e no grupo da família foi uma festa no primeiro tempo, depois do final do jogo, começou a tremedeira!

    Vamos ganhar no Mineirão novamente, em 2015 foi o jogo do nascimento do G. Jesus, agora será a consagração do Borja.

    O fato do jogo ser daqui a 4 semanas é bom pq FM volta, mas o ideal seria ser semana que vem.

    Avante Palestra!!!!

  • Semana passada estavam chorando pq o Cuca “improvisava” L.D e deixava o Fabiano no banco, agora o Fabiano não tem condições. Escalam o Boleto.Henrique sem nem saber as condições do cara. RAPAZIADA FUTEBOL É O DIA A DIA, O CUCA ESCALA QUEM TA TREINANDO MELHOR, QUEM ENTRA NO JOGO E OCUPA OS ESPAÇOS QUE ELE ESPERA, NÃO VENHA COM ESSA DE “MEU TIME IDEAL”.

  • Muito feliz pela reação. Muita emoção hoje no Allianz. Mais uma noite inesquecível.

    Minhas observaçőes são as seguintes:

    – Já é o quarto ou quinto jogo neste ano que tomamos gol de contra ataque após um escanteio nosso. Inadmissível isto ainda estar ocorrendo.

    – Zé Roberto e Dracena juntos no mesmo lado torna nossa defesa muito lenta.

    – Fabiano não foi o único responsável pelos 3 gols que tomamos.

    – Melhor jogo do Borja com a camisa do Palmeiras, deu assistências e lutou muito pela posse da bola

    – Dudu, vale cada centavo que foi gasto em sua contratação. Nosso melhor jogador desde 2015…

    • Só dá pra colocar na conta do Fabiano o terceiro gol, e ainda não sei se outro atleta não seria driblado daquela forma. O primeiro foi um contra-ataque onde ele tava na frente e todo mundo sabe que ele é lento, e o segundo aconteceu inteirinho no lado do Zé.

      • No primeiro ele estava dentro da área ofensiva pra cabecear, como é a função dele em todo escanteio a nosso favor.

        Culpa ZERO!!!

        A falha foi de quem não fez a cobertura!!!

  • Palmeiras, supremo. O revés do primeiro tempo é do típico percalço que acontece. Nem sempre será possível correr atrás, mas dessa vez deu e a arrancada continua.

  • Para os próximos jogos, é mais do que óbvio que o Tchê Tchê não tem condições de jogar no meio campo, tem que ser deslocado para a lateral direita. O Borja não pode ser banco desse time e não aguento ver mais o Roger Guedes jogando.

    Meu time ideal seria:

    PRASS; TCHÊ TCHÊ, MINA, LUAN e JUNINHO (EGÍDIO); T. SANTOS (JEAN), BRUNO HENRIQUE, GUERRA, DUDU e WILLIAN (KENO); MIGUEL BORJA

    • Ano passado o Tchê Tchê foi um dos melhores jogadores do campeonato como volante. O problema é que agora não tem alguém tão dinâmico quanto o Moisés para jogar ao seu lado. Resumindo, eu concordo com você.

  • Eu vejo os analistas de resultado aí. Pelo visto tudim sabem mais que o Cuca . Não sei nem pq não tão no lugar no Tite na seleção. Ah, vão aprender ser gente. ¬¬

  • Pra mim, o problema não foi colocar o limitado do Fabiano na lateral (é o único, e nunca havia feito merda). O problema foi o Cuca achar que Zé, Edu e Fabiano pidem jogar um jogo imporante, todos ao mesmo tempo.
    Zé pode jogar, Edu pode jogar e Fabiano tbm… mas cada um em um jogo, ou dois em um jogo menos pegado.
    Não adianta bater em um ou dois jogadores, tem que bater no tecnico, porque TODO MUNDO sabe que os 3 juntos não dá.

    • Ressaltar sim, bater não. Eu vejo méritos importantes do Cuca (que sabe muito bem disputar mata-mata) pois conseguiu corrigir o próprio erro em uma situação desfavorável e ainda “dar uns tapas” no vestiário para reagirem. O resto a torcida fez e o próprio talento dos guerreiros.

      • Você entende que bater, foi no sebtido figurado né? Kkkk
        Não to organizando um tocaia pro Cucão da massa não. Kkkkk

        • Claro que não. Eu falei justamente em cima disso. De que apesar do erro o mérito dele de corrigi-lo com o carro andando foi muito maior, por isso não sei se caberia criticar ele excessivamente, como tem gente fazendo.

  • Muito, muito bom, conseguiram arrumar a tragédia do primeiro tempo…! Se não embalar de vez agora, ainda mais que o Diego Souza tá dando toda a ponta de que realmente vem, nada mais embala. Espero que o Cuca entenda seus erros e não os repita. Mesmo se cair em minas, hoje foi realmente um jogo especial. A única pena é que não viramos, após o terceiro gol, achei que alguns jogadores meio que desligaram o tico e o teco, mas é aceitável, após correr muito, o cérebro para de responder direito, e tem também o emocional, que viveu uma verdadeira montanha russa.

  • Pra mim hj o cara do jogo foi o Cuca, tanto pro bem quanto pro mal, entrou muito mal na escalação da defesa, principalmente lado esquerdo (fora que o Dudu pra marcar é nulo e tb estava na esquerda – no ataque no 2º tempo jogou demais ), depois consertou a “mer..”, ajeitou o time, mexeu c/ os brios e colocou o Borja de imediato, e pra nossa alegria, na minha visão hj ele foi bem e demonstrou muita vontade, que seja um jogo de aprendizado sobre erros e correções, pra engrenarmos de vez..Avanti Verdão!!!

  • Porra primeiro tempo foi sacanagem, até minha Avó Parmerista lá no céu sabe que não dá para jogar com Dracena e Zé Roberto juntos, apagão total da defesa, três ataques e três gols das Marias.

    Masssss…. Segundo tempo espetacular, no coração, no tudo ou nada, e para mim já passamos. A cara dos jogadores do Cruzeiro denuncia, acusaram o golpe.

    • Se o jogo fosse essa semanaa gente nem precisava do jogo de volta. O “problema” é que vai ser daqui 4 semanas… muita coisa vai rolar ainda.

      • Putz, 4 semanas?! Maldita CBF e seu calendário horrível, mas ainda acredito na classificação.

  • Legal por salvar-nos de mais uma vergonha, mas passou da hora de perceber que o jogo começou depois do Prass tirar a 3ª bola de nossa rede… Isto é, se o time que mesmo ir a algum lugar este ano…

  • Terminado o jogo em Campinas, eu não cansei de falar, que muito pior do que o 1o tempo desatento, foi não voltar pro 2o com sangue nos olhos pra ir em busca do empate, ou até da virada!!!

    Taí o que deveria ter sido feito naquela ocasião. Voltar pro jogo e mostrar FORÇA!!!

  • ZR na lateral não da mais. ZR e Dracena do lado esquerdo é suicídio. Fabiano é um jogador limitado q serve pra compor elenco e pra entrar em determinados tipos de jogo, não dá pra botar o cara contra um adversário q joga em contra-ataque com ZR na outra lateral. Borja prende os zagueiros, incomoda o tempo todo, tem q ser titular.

  • Acho que vale a pena comentar a vibração do Borja com as respectivas participações nos gols. Acho que foi uma partida pra dar confiança para ele.

  • Insistências a se pensar:
    LD sem Tche
    LE sem MB
    William na referência
    ZR e Dracena juntos
    Dudu na bola parada
    Mina subindo toda hora
    Borja voltando para marcar

  • Na RGT daqui de Minas, o comentarista bob faria disse no 1º tempo que o Palmeiras parecia um lutador de boxe praticamente nocauteado, esperando o gongo para não cair. Ainda bem que esse time definitivamente não tem queixo de vidro. Vamos Palmeiras !!!

  • Não há problema em se colocar o Fabiano na lateral direita, desde que o time jogue no contra ataque sem se expor. Se o time tem que tomar a iniciativa do jogo, ele é ruim, porque além de não apoiar bem, ele é lento na recomposição.

      • Com certeza! Não serve… mas digo que se vc quer usar ele, vc jamais deve colocar ele tendo que tomar a iniciativa do jogo. Se vc quiser um zagueiro fechando a lateral, vc pode usar ele. Assim como o Cuca usou o Juninho na lateral esquerda no jogo contra a ponte!

    • Concordo. O tecnico tem que saber usar. Hoje o Cuca escalou mal.
      Por exemplo: Egídio, é bom? Depende.
      Pra atacar, o cara é fera, as vezes parece um atacante pela esquerda, o problema dele é marcação. Nesse quesito, tem que por o Zé, que é melhor que ele, mad com Zé, nào pode por o dracena… se eu sei disso, o Cuca tem que saber de traz pra frente.

      • E se tiver de ser o Dracena, o lateral tem que ser o Juninho ou até o Egídio. (Juninho n joga a copa, então seria Egídip desde o começo, ou qualquer zagueiro, menos Edu).

  • Vendo os jogos que fizemos esse ano, todo o sofrimento e angústia que pairam durante as partidas… se o Palmeiras for campeão da Libertadores, será lá na Argentina, virando um placar de 5 a 0 pra 5 a 6, fazendo o gol do título com o Cuquinha, de nuca, aos 73 do segundo tempo

  • Algumas coisas não se pode errar mais:

    1- Zé Roberto e Edu Dracena não podem jogar juntos pelo lado esquerdo;
    2- Tchê-Tchê titular da lateral-direito;
    3- Chega de frescura e vamos dar seqüência de jogos para o Borja.

  • Depois que empatamos o juiz começou a apitar uma falta atrás da outra. Fdp. Freou um pouco nosso time

  • Comentaristas do SporTV considerando a reação do Verdao mais improvável que os 3 do Cruzeiro. Ora bolas, avisem a esses senhores que estamos quase um ano invictos na nossa casa. Palmeiras amassar adversários no Allianz não eh nada improvável!

  • Mais uma vez se insiste no erro de colocar Zé Roberto na esquerda cobrindo o Edu Dracena, é tragédia anunciada. E depois de hoje espero que Fabiano só volte ao time quando não tiver mais nenhuma opção, e olhe lá.
    Tchê tchê mais uma vez melhorou seu rendimento quando puxado pra lateral, é uma alternativa a se considerar.
    E, assim como na libertadores, as melhores partidas do Borja foram ao lado do Willian.

  • Roger Guedes tem que esquentar banco. William Borja Dudu.
    Guerra B. Henrique F Melo
    Ze Luan Mina Tche tche
    Prass

  • Nem vou comentar sobre o jogo agora, não tenho condições. Só queria saber uma coisa:

    Quantas vezes a SporTV reprisou o impedimento no gol do Palmeiras? Quantas vezes reprisou o soco que o Borja recebeu dentro da área?

    • Jogou bem, também achei. Ele participou de dois gols, um deles com uma assistência diretamente!

    • Acho q pq ano passado ele jogou mt pelo meio qnd tínhamos o Jean bem pela direita (hoje n temos ambas situações). Mas concordo com vc, Tche2 hj tem que ficar com a lateral direita.

  • Estou esperando até agora um vermelho pro Caicedo pelo soco na cara do Borja dentro da área que seria um pênalti, um segundo amarelo pro Sóbis pela simulação e um segundo amarelo pro Hudson quando ele chuta um jogador que eu acho q foi o Dudu.
    Sobre o jogo, não consigo comentar.

  • Palmeiras jogou bem durante todo o jogo. As bolas do Cruzeiro entraram…agora tem cara que adora ficar cornetando. Quem tem torcedor assim nao precisa de adversário.

    • Pode crer, que esse jogo sirva de lição pra corneteiro furingo. Pedi muito a Deus por esse jogo, e quando saiu o segundo gol comecei a chorar igual aquele garotinho de 9 anos que chorou muito na sala da minha casa quando o Zapata chutou o pênalti pra fora. Toda honra e toda a glória ao nosso senhor Jesus Cristo.

  • E conseguimos manter a invencibilidade no Allianz Parque!!!! Valeu demais pela reacao incrivel do time!!!! Gostei muito de ver a vontade do Borja!!! Se entregando 100%!!!!

  • Ta difici…agora o Borja foi pra fogueira…parei vou ver outra coisa…Cuca precisa definir qual campeonato ele vai prorizar pra eu poder torcer… Copa do brasil ja foi…

  • Q vergonha… Laterais ridiculos..
    Tche tche uma nhaca danada… Bigode de centroavante nao da… Cuca ta errando demais… Copa do brasil esquece… tranca esse time pra nao tomar mais…

  • O que será que acontece com esse time? Sério… Não é possível que, taticamente e tecnicamente, todos os times façam a partida do ano contra a gente.

  • Não adianta virmos aqui, no calor do jogo, ainda no intervalo, e metermos o pau em todo mundo.

    O time é bom, mas já discuti com alguns aqui que costumam dizer que o elenco é ‘sensacional’…

    Está LONGE de ser sensacional. Não temos laterais, o elenco é deficiente.

    E o Cuca errou feio hoje. Thiago Santos visivelmente não está 100%, William enfiado mais uma vez, Dracena e Ze Roberto pela esquerda… contra um bom time do cruzeiro. Fica dificil mesmo.

  • Segundo mata mata do ano e já estamos eliminados denovo na ida, dessa vez no Allianz.
    E o pior é que o Guerra não volta.

  • Fiz bem em não assistir a mais esse jogo, só tenho acompanhado mesmo os resultados pra não passar mais raiva. Um planejamento que começou errado só tende a um fracasso. Imaginem o papelão no mata-mata da Libertadores.

  • O time parece que entrou numa vibe errada. Sem proteção na defesa, reclamando de tudo… E o Cruzeiro hein… Fazendo a partida do ano. A troca de passes do segundo gol era algo que os nossos deveriam fazer com mais frequência.

  • Torço muito pra que o Cuca finalmente tire as seguintes conclusões a partir de hoje:
    1) A zaga tem que ser formada por dois zagueiros rápidos (Podia ter posto o Antonio Carlos hoje)
    2) O melhor lateral esquerdo (infelizmente) é o Egidio, o Zé não tem velocidade pra ser lateral
    3) Tche Tche tem que jogar de lateral direito
    4) Tem que ter uma referência no ataque. Não temos mais um jogador espetacular que corre pra tudo quanto é lado, é habilidoso, marca e faz gol (igual esse só o G. Jesus). O que o Cuca tem contra o Borja? Deixa o cara jogar na característica dele (será que ele viu o Barrios hoje no Grêmio?) O Borja vai ter que ir embora pra provar que é bom também?

    • Pode mudar meio time. O problema é sistêmico. Esse coletivo ñ funciona jogando nesse estilo de jogo.

  • É entrar bem fechadinho o 2º pra ficar só nos 3 e mandar um time alternativo (sic) pra BH…

  • galera na boa não vamos nos iludir com o palmeiras. infelizmente estamos apostando as fichas no nosso time ,que já não e mais o mesmo.. acredito que desta forma que esta jogando não vai longe…. cara o nosso time e muito ruim….. nao vo fica sofrendo com essa poha nao…

  • Uma vergonha esse time ai. Se nao quer brigar pela CB que entregasse o jogo pro Inter que ficava menos feio.

  • Eu avisei várias vezes, várias! Alguns me chamaram de corneta, mas esse jogo só escancarou o que ando dizendo há vários jogos: Esse time ñ tem organização alguma, é Guerra e mais 10. Qualquer time com mínimo de qualidade consegue por o Palmeiras na roda. Mas a culpa ñ era do Borja? A culpa ñ era do Zé Roberto? O sistema defensivo desse time é uma piada de mau gosto. O time no último terço do ataque ñ existe, como a bola chega com qualidade? Como Borja fará o que faz de melhor?
    Repito o que venho dizendo: Se continuar insistindo nesse futebol reativo do ano passado com um elenco que sugere outro modelo, será isso. Ñ consigo ver perspectiva positiva jogando dessa forma. A bola pune e espero que nunca mais façamos essa de “Preparação para as copas”. E espero que parem de falar em evolução se baseando em vitórias mentirosas. Brasil chegou na semi da copa do mhndo jogando mal, e deu no que deu. Foi o que houve hoje. Uma hora iria acontecer, inevitavelmente.

  • Engraçado que o Palmeiras nao está jogando uma má partida. O que de fato aconteceu foi que as bolas entraram. O Prass nao fez sequer uma defesa

  • Segundo mata-mata no ano q o time simplesmente MORRE em campo… Vai aguentar mata-mata de Libertadores desse jeito?

  • Com tudo que foi gasto ver Fabiano, Ze Roberto e Tiago Santos de titular não dá . Volante que só bate não serve para um time que quer ser campeão.

  • ” Na lateral esquerda, Egídio deve aparecer se Edu Dracena ficar encarregado do lado esquerdo; mas Antônio Carlos pode aparecer se o escolhido for Zé Roberto – já parece claro que os dois veteranos não devem mais jogar juntos.”

    Parece que só o Cuca que ainda não se convenceu disso…

  • Metade da cota do vexame de hoje pode por na conta do Cuca (que deu a louca hoje e pos o Zé na lateral junto com o Dracena – dois lerdos na defesa). Se ele quiser diminuir o desastre tem que tirar o Zé o por o Borja no lugar.

  • Acabar assim melhor nem ir pra BH. Da logo W.O de uma vez pra economizar a viagem d nao desgastar os jogadores. Que vergonha…

  • Será que o Cuca não vem vendo os jogos do Barrios que ele queimou ano passado? Vai queimando o Borja, que em 2018 vamos ver ele arrebentar em outro time.

  • Palmeiras entrou em campo? E esse lado esquerdo? Vai por o Egídio pra cruzar bola pra quem? Ultimo ataque com Fabiano ele jogou a bola pro alto e foda-se. Poe o Borja porra.

  • Bato palmas de pé pro Cruzeiro. Explorou muito bem o fato de ter dois idosos na nossa zaga (Dracena e Zé Roberto). É só fazer correria pra cima desses dois que é gol, simples e óbvio! Será que o Cuca vai aprender depois desse jogo?

  • Se sair gol só vai sair em chute de fora da área. Jogada em velocidade não vai funcionar pq o Cruzeiro ta bem fechadinho e cruzamento muito menos visto que todos nossos atacantes tem meio metro de altura.

  • Pelo menos a cagada foi feita na Copa do Brasil e não na Libertadores. Que esse seja o último jogo que vemos o Ze na lateral esquerda (no meio tudo bem mas na lateral nem pensar).

  • Um cara de 40 anos de idade na lateral não dá (com todo respeito pelo que já fez). No primeiro gol deu um carrinho pifio no meio da area pra tentar cortar uma bola (não teve velocidade pra chegar). No segundo gol onde estava ele (toda a jogada na lateral esquerda). As vezes não entendo o Cuca. Quero ver fazer gol num time fechadinho sem nenhum atacante de referencia na área também.

    • Foda o ataque com meio metro. Dudu, Bigode, Guedes, Guerra. Tudo baixinho. Vai por Egídio agora pra cruzar pra quem?

  • Esta mais ou menos na cara que precisaremos atropelar esse juiz junto com o Cruzeiro. Se conseguirmos um começo avassalador como fazíamos o ano passado…tenho muita esperança de resolvermos o jogo ainda no primeiro tempo. O adversário é ideal. O Cruzeiro é inconstante e grande o bastante para imaginar ganhar aqui. Vamos fazer uma exibição de gala…. VAMOS PALMEiRAS!!!!

  • Esse juiz é horrível. Lembro como se fosse hoje o primeiro jogo nosso que ele apitou, em 2008, tamanha a raiva que fiquei. Gosta de parar o jogo e sempre contra o Palmeiras.

    Mas hoje nem com juiz eles serão páreo pra gente!

    Pra ficar tranquilo, uma vitória por três gols de diferença. Se for por dois já acho que será satisfatório. Sofremos muito no Beira-Rio depois de vencer só por 1 a 0 aqui. Hoje o momento do time é outro, concordo, mas é melhor não dar sorte para o azar.

    Vamos!

  • Hoje o Cuca vai de Borja ja no começo pra prender 2 zagueiros e deixar o Dudu e RG mais abertos, só temos que cuidar um pouco das laterais qdo eles atacarem

  • Jogo díficíl. Cruzeiro fechado. Palmeiras com a posse de bola, mas com dificuldades de infiltração.
    30 minutos do 2º tempo e Cuca manda Miguel Borja para campo. Aos 36 minutos da etapa final o colombiano recebe na entrada da área, gira e solta sua potente perna destra enxendo a rede de Fábio.

    RUMO AO TETRA, MEU VERDÃO!!!

  • Vitória sem tomar gols hoje é classificação garantida.

    2×0 hoje:
    Róger Guedes aos 36 do primeiro tempo, após bela jogada de Guerra e leve vacilo da zaga Mariense.
    Após muito sufoco por boa parte restante do jogo, Borja sela a vitória e sepulta as esperanças dos mineiros aos 41′ da segunda etapa em lance truncado, demonstrando seu vigor físico e justificando a titularidade.
    Por fim, Fernando Prass salva a meta em lance perigoso, mantendo a vantagem em 2 gols.

  • Seria sensacional resolver o confronto no jogo de hj. Daria uma boa folga para focarmos na recuperação no BR.

  • Matamos o confronto hoje!
    Dudu (2) e Willian Bigode, no primeiro tempo.

    Na etapa final, o Palmeiras cadencia e apenas conduz o baile, com gol e dança de Mina, fechando 4×0 e selando a classificação!

  • 3×0. Primeiro gol de Borja, no começo do jogo, com passe azeitado do Guerra deixando o Borja na cara do gol. Segundo gol do Thiago Santos, de cabeça, depois de falta em dudu pela intermediaria esquerda. Isso lá pelos 37 do primeiro tempo. O ultimo, nos 30 do segundo tempo, vai ser do dudu, depois do roger guedes passar por dois marias, ir ate a linha de fundo ja dentro da area, e tocar pro meio, a bola vai encontrar dudu livre chegando no segundo pau.

  • Tomara que comece com o Gabriel Furtado. Imagine a vontade de mostrar bom futebol que esse moleque tá. 2×0, um gol de cabeça e outro de falta (pra tirar a zica de não fazermos gol de falta).

    • Não entendi esse comentário sobre o Gabriel Furtado, ele foi títular contra a Ponte, foi bem e recebeu elogios do Cuca. Por que estaria tão afim assim de mostrar futebol?

  • Tá aí, o nome da zaga do cruzeiro pode ser um apelido para o Léo. Ficaria Léo Caicedo, afinal aqui ele era mestre em cair sozinho mesmo.

  • Cruzeiro tá num fase bem ruim e conhecendo o estilo do (errar é o) Mano, devem vir numa retranca ferronha, que será furada por Roger Guedes e Dudu. 2×0 Palmeiras, fora o show.

  • Na boa, se o Borja não jogar hoje é porque o Cuca entende que ele não tem lugar no time, que não se adapta ao seu sistema tático, nem do time reserva, ou qual o motivo de ter ficado no banco no jogo contra a Ponte? Até Erik jogou..

    Pelo jeito fazer gol não é o bastante pra atacante, espero que o DS saiba disso antes de aceitar a nossa proposta.

    Vamos ganhar, 2 a 0.. Não tenho a menor ideia quem joga, então nem vou palpitar quem vai fazer gol.. hahaha E por mim pode ser até gol contra, o que importa é a vitória!

    Vamos ganhar porcoooooo!!

  • E, quem diria, o Guerra calando a maioria dos comentaristas esportivos.

    Já fez mais jogos pelo Palmeiras até agora do que havia feito em 2015 e 2016 anteriormente pelo Atl. Nacional.

    E já fez 6 gols.

    Grande jogador. Inteligente e, hoje, fundamental para o Palmeiras.

  • Linda foto noturna no Allianz Parque — 1a Maravilha do Mundo Contemporâneo.

    Que esse moleque — Gabriel Furtado — arrase, jogue pra caramba! Como é bom ver o time se renovando com molecada talentosa. (que o Mateus Salles volte e, juntos, ele e o Gabriel F, formem uma senhora dupla de volantes pra rivalizar Cesar Sampaio e Mazinho de 93/94).

    Um cara que não pode pegar na bola hoje é o tal de Thiago Neves: vagabundo, traíra.

    Vai ser legal rever o Robinho, que ele jogue bem, mas NÃO faça gol.

    3×0 pro verdão hoje vai ficar de bom tamanho (nem o árbirto vai nos atrapalhar!).

    #AvantiVerdão

  • No minimo 2 a 0 pra jogar la com tranquilidade, pois contra o inter perdemos muitos gols aqui e passamos sufoco lá. Mina e Dudu, para 35048

  • jogo durissimo e ainda com desfalques…1×0 será otimo já, nao podemos levar gol… quero só ver as vaias pro thiago neves hehehe