Patricio Loustau será o árbitro da primeira partida entre Palmeiras e Atlético-MG

Patricio Loustau foi o árbitro da final da Libertadores 2020 entre Palmeiras e Santos, no Maracanã.
Cesar Greco

Loustau foi o árbitro principal na decisão da Libertadores 2020, entre Palmeiras e Santos

Na noite de ontem, a Conmebol divulgou a equipe de arbitragem do primeiro jogo da semifinal da Libertadores entre Palmeiras e Atlético-MG, que acontecerá na próxima terça-feira, no Allianz Parque.

Arbitragem das primeiras partidas das semi-finais da Libertadores 2021.
Reprodução: Conmebol

O argentino Patricio Loustau, de 46 anos, foi escalado como juiz principal. Para auxiliá-lo, foram designados seus conterrâneos Diego Bonfa (assistente 1) e Gabriel Chade (assistente 2), além do venezuelano Alexis Herrera, como quarto árbitro.

Na cabine do VAR, o encarregado será o também argentino Mauro Vigliano, de 46 anos. O paraguaio Ubaldo Aquino, velho conhecido da torcida palmeirense, será o Assessor de Vídeo – cargo responsável por analisar o árbitro de vídeo.

O árbitro Patricio Loustau apitou a final da Libertadores 2020

Presente no quadro de arbitragem da Fifa desde 2011, Loustau foi o juiz da final da Libertadores de 2020, vencida pelo Palmeiras por 1 a 0 sobre o Santos. O VAR, Mauro Vigliano, também estava no Maracanã neste jogo.

Além de apitar a conquista do bicampeonato, o argentino também atuou como árbitro principal em outros três jogos do Palmeiras – o retrospecto é de duas vitórias e uma derrota. Clique aqui e confira todo o histórico do juiz em jogos do Verdão.

Por ter feito a segunda melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, ficando atrás justamente do Atlético-MG, o Palmeiras fará o jogo de ida no Allianz Parque – a volta ocorrerá no Mineirão, dia 28. Antes da primeira partida, porém, a equipe terá um compromisso pelo Campeonato Brasileiro contra a Chapecoense, no sábado, às 17h.