Copa Sul-Americana 2011

A Copa Sul-Americana de 2011 foi disputada por 39 equipes. Inicialmente, 16 equipes sul-americanas de oito países disputaram um mata-mata após sorteio. As equipes eram as segundas e terceiras mais bem-colocadas de cada país dentre os inscritos do Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador e Venezuela. Estas oito equipes se juntaram aos mais bem colocados destes oito países, mais aos seis argentinos e oito brasileiros, na segunda fase.

Estas 30 equipes foram emparelhadas em mais um mata-mata, e os quinze vencedores se juntaram ao Independiente, da Argentina - campeão da edição anterior, para a chave final. Na segunda fase, o sorteio emparelhou Palmeiras e Vasco. No primeiro jogo, o time carioca, que conseguiu montar um time competitivo e brigava pelo título do Brasileirão, venceu por 2 a 0 em São Januário.

A partida da volta aconteceu no Pacaembu e o Palmeiras, na base da superação, abriu o placar com Luan no primeiro tempo (a comemoração é mais lembrada do que o gol em si) e chegou ao segundo gol com Kleber aos 8 do segundo tempo, provocando a decisão nos pênaltis.

Com o estádio botando pressão, tudo apontava para uma virada palmeirense, mas aos 12, o volante vascaíno Jumar, de péssima passagem pelo Verdão, acertou uma bomba de fora, mandando uma bola cheia de veneno que enganou Marcos e morreu nas redes do gol do tobogã. Precisando de dois gols, o Palmeiras se lançou à frente, até conseguiu o terceiro, com Marcos Assunção, mas já era tarde. Com os 3 a 1, o Vasco avançou até as semifinais, quando foi derrotado pela Universidad de Chile, que acabou vencendo o torneio.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores