Jogadores do Palmeiras ganham folga e voltam trabalhar na terça-feira visando Paulista e Recopa

Jogadores do Palmeiras em foto após partida contra o Chelsea, válida pela final do Mundial de Clubes da FIFA 2021, no Mohammed Bin Zayed Stadium, em Abu Dhabi-EAU.
Fabio Menotti

Palmeiras terá dois jogos do Paulista nos próximos dias e a partida de ida da Recopa Sul-Americana na semana que vem; serão 10 partidas em 33 dias

Com apoio da torcida, o Palmeiras chegou a São Paulo no começo da tarde de domingo, após 10 dias em Abu Dhabi, onde disputou o Mundial de Clubes. Por conta do desgaste físico e mental da viagem, a diretoria palmeirense decidiu liberar os jogadores nesta segunda-feira. O elenco se reapresenta amanhã, na Academia de Futebol; o treinamento está marcado para começar às 10h.

Após a folga, o Verdão direciona o foco para o Paulistão, Recopa Sul-Americana e toda a maratona de jogos que virá pela frente: serão dez partidas 33 dias.

Nesta semana, a equipe entra em campo já na quarta-feira para enfrentar a Ferroviária, fora de casa, em jogo válido pela sétima rodada do estadual. No domingo, o Palmeiras atuará no Allianz Parque diante do Santo André, às 18h30.

A situação do time na tabela de classificação do Campeonato Paulista é a mesma de quando viajou para os Emirados Árabes: líder do Grupo C, com 10 pontos. Mirassol, Ituano e Botafogo, embora tenham dois jogos a mais, não conseguiram ultrapassar o Verdão.

Depois dos dois duelos no estadual, o Palmeiras terá outra decisão pela frente. A equipe enfrenta o Athletico-PR, no jogo de ida da Recopa Sul-Americana, na quarta-feira da semana que vem, e faz o duelo decisivo no dia 2 de março. O confronto diante dos paranaenses será a oitava final do clube em pouco mais de um ano. Até o momento, o técnico Abel Ferreira não conta com nenhum desfalque e, portanto, poderá trabalhar com o que tem de melhor para os dois jogos.

Depois da Recopa, Palmeiras terá duelos de ‘Série A’ no Paulista

Após a decisão frente ao Furacão, o Verdão jogará contra o Guarani, no Allianz Parque, e em seguida terá confrontos de ‘Série A’ dentro do Campeonato Paulista. Serão três clássicos na sequência, SPFC (10 de março – fora de casa), Santos (dia 13 – em casa) e SCCP (dia 17 – em casa), e uma partida contra o Red Bull Bragantino para fechar a primeira fase do Estadual.

Sabendo da sequência que terá pela frente, o técnico Abel Ferreira, em entrevista coletiva em Abu Dhabi, voltou a criticar o calendário do futebol brasileiro. “Para terem uma ideia, eu, se ficar até o final do ano, não tenho uma semana limpa para trabalhar. A cada 2 ou 3 dias tem jogo. Quando treinadores da Europa reclamam, sobretudo na Inglaterra, se quiserem se desafiar, venham competir no Brasil e depois falamos”.