1
X
0

12/10/2019 - 21:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Botafogo

Na noite deste sábado, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Botafogo, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A enormes oito pontos do Flamengo, o time joga pela vitória para manter o sonho vivo. Na prática, é jogo para bater cartão e depois secar, para aí ver o que acontece.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Mayke, Ramires e Luiz Adriano
Suspensos: Felipe Melo e Willian
Convocados: Weverton e Gustavo Gómez

Pendurados: Antônio Carlos, Thiago Santos, Lucas Lima e Carlos Eduardo

A lesão de Luiz Adriano e as suspensões de Felipe Melo e Willian forçarão Mano Menezes a mexer bastante no time, e não há nenhum candidato destacado. Para a vaga de Felipe Melo, tanto Matheus Fernandes quanto Thiago Santos podem surgir entre os titulares. Até Jean corre por fora.

Para jogar na frente, ao lado de Dudu, temos Gustavo Scarpa, Lucas Lima, Zé Rafael e Hyoran brigando por duas vagas. E na frente, Borja e Henrique Ceifador, que ainda não reestreou, disputam um lugar entre os onze, mas Deyverson, que volta de suspensão, também é uma possibilidade.

Com todas essas dúvidas, um possível time para esta noite é Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Matheus Fernandes e Bruno Henrique; Dudu, Lucas Lima e Gustavo Scarpa; Borja.

Botafogo

BotafogoAlberto Valentim volta ao Botafogo no lugar de Eduardo Barroca, mas quem comanda o time esta noite é o auxiliar Bruno Lazaroni, que está cheio de desfalques: Gatito Fernandez está servindo à seleção paraguaia; Marcinho está com a seleção da CBF; Alex Santana segue no DM e estão suspensos Marcelo, Cícero, Diego Souza e Rodrigo Pimpão.

Entre tantos problemas, Lazaroni terá a volta de Carli e Gilson, que cumpriram suspensão na vitória sobre o Goiás. Assim, o time provável para a partida é Diego Cavalieri; Fernando, Carli, Gabriel e Gilson; Alan Santos e Gustavo Bochecha; Léo Valencia, João Paulo e Luiz Fernando; Vinicius Tanque.

Números

  • Desde 1922, já houve 118 jogos entre Palmeiras e Botafogo, e o Verdão tem grande vantagem: 47 vitórias contra 34, além de 37 empates.
  • Foram três títulos conquistados em partidas contra o time de General Severiano: Rio-São Paulo de 1965, Brasileiro (Robertão) de 1969 e o Brasileirão de 1972.
  • Como mandante, o Palmeiras massacra: 35 vitórias, 17 empates e apenas 11 derrotas.
  • No Pacaembu, foram 21 jogos, com 9 vitórias do Palmeiras, 7 empates e 5 vitórias do Botafogo.
  • A última vez que os dois times se encontraram no Municipal foi em 2010; a penúltima, em 1987.

No calendário

O Palmeiras já disputou 26  jogos no Dia das Crianças, e venceu metade deles. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Arbitragem

Anderson DaroncoÁrbitro Principal:
Anderson Daronco

Jean Pierre Gonçalves LimaVAR:
Jean Pierre Gonçalves Lima

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos feita antes do início do campeonato, estamos quatro pontos abaixo. Mas a campanha do Flamengo já nos obriga a vencer de qualquer maneira.

Parpite

Muita gente já jogou a toalha, e com isso a pressão diminuiu. O Pacaembu tem um gramado excelente e o Botafogo vem todo esbagaçado e sem treinador. Mesmo vivendo um momento difícil na temporada, é jogo para o Verdão se recuperar e ganhar sobrevida: 3 a 0, com gols de Dudu, Bruno Henrique e Vitor Hugo, para 19.876 pagantes.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Sintonize no PFC e sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC

Pós-Jogo

Palmeiras 1x0 BotafogoCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras derrotou o Botafogo por 1 a 0 no Pacaembu e interrompeu uma série de três jogos sem vitórias. O golaço de Thiago Santos poderia não ter sido o único do jogo, já que Diego Cavalieri foi o grande nome do time carioca, fazendo várias defesas cara a cara com nossos atacantes.

A partida foi disputada sob uma atmosfera morna no Municipal. Apenas 19 mil pagantes compareceram ao estádio, desanimados com a falta de perspectivas de conquistas. Relaxados, os jogadores tiveram mais tranquilidade para construir as jogadas – principalmente após os 14 minutos, que foi quando saiu o gol. Mas muitas vezes mostraram relaxamento em excesso, mostrando até um certo desinteresse em certos pontos da partida.

Primeiro tempo

5'
Botafogo-RJ

Léo Valencia bateu falta com força, mas a bola subiu demais.

8'
Palmeiras

Uma falta de longa distância foi batida rápido, e Bruno Henrique avançou três passos com ela e bateu forte – a bola encobriu o travessão de Diego Cavalieri.

12'
Palmeiras

Gustavo Scarpa fez sua primeira jogada individual da noite, trazendo para dentro e batendo de média distância – mais uma vez, a bola saiu pelo alto.

14'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Thiago Santos conduziu a partir do meio do campo, teve liberdade e avançou; quando chegou perto da área e receberia o combate, tocou em Gustavo Scarpa, que devolveu de cabeça; Thiago se antecipou à dupla de zaga, colocou na frente e, na saída de Diego, tocou no canto direito do gol botafoguense.

17'
Palmeiras

Thiago Santos abriu na direita para Marcos Rocha, que cruzou bem; Gabriel raspou de cabeça e atrapalhou Deyverson, que estava inteiro na jogada – a cabeçada do camisa 16 foi prejudicada e saiu torta, à direita da meta.

20'
Palmeiras

Deyverson aproveitou passe errado de Alan Santos, conduziu e abriu para Dudu em velocidade pela esquerda; o camisa 7 não quis bater de canhota e, no que enquadrou o corpo, perdeu tempo. Pressionado, bateu mal com a direita, em cima de Diego Cavalieri.

28'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta da direita com muito veneno – a bola passou pela barreira mas bateu na parte superior da rede.

37'
Palmeiras

Zé Rafael puxou contra-ataque, acionou Gustavo Scarpa na direita e o camisa 14 mais uma vez tentou de fora, após ver a brecha, e errou o alvo. Havia outras opções de jogada.

42'
Palmeiras

Diogo Barbosa fez lindo lançamento por baixo, pegando Zé Rafael em velocidade; o camisa 8 chegou frente a frente com Diego, que cresceu, fechou o ângulo e defendeu o arremate. Mas havia impedimento na jogada.

47'

Anderson Daronco, sem polêmicas, encerrou o primeiro tempo após dois minutos de acréscimo.


Segundo tempo

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo.

3'
Palmeiras

Dudu acionou Marcos Rocha, que fechava por dentro; o lateral recebeu na meia-lua, com um movimento saiu de dois marcadores e finalizou da risca da área – Diego defendeu sem dar rebote.

14'
Botafogo-RJ

O Botafogo ensaiou um contra-ataque, mas Alan Santos decidiu finalizar rápido e chutou de longe, por cima, sem perigo para Fernando Prass.

16'

Dudu fez grande jogada pela esquerda, deixou Fernando no chão e cruzou por baixo; Carli cortou na risca da pequena área e cedeu escanteio.

18'
Palmeiras

Diogo Barbosa construiu a jogada e rolou para Bruno Henrique, que recebeu dentro da área, girou e bateu firme – Diego Cavalieri fez mais uma grande defesa, rebatendo para o lado. Luan pegou a sobra na entrada da área e, com a bola pingando, bateu mal, torto, sem perigo para Diego.

25'
Palmeiras

Bruno Henrique recebeu em frente à área e, com liberdade, experimentou mais uma, mas pegou muito mal na bola, que saiu à direita de Diego, sem perigo.

25'

Tem reestreia no Palmeiras: Deyverson deixou o gramado para a entrada de Henrique Dourado.

30'

Zé Rafael, após boa partida, deixou o campo para a entrada de Lucas Lima.

As mudanças fizeram efeito. O posicionamento de Henrique empurrou a defesa do Botafogo para trás, começou a sobrar mais espaço para as trocas de passes entre Dudu, Scarpa e Lucas Lima, e o Palmeiras iniciou um bombardeio.

36'
Palmeiras

Agora jogando pela direita, Dudu levantou a cabeça e fez o cruzamento na medida para Henrique, que fez a pose, livre, mas cabeceou bisonhamente à direita de Diego Cavalieri.

36'

Thiago Santos, aplaudido de pé, teve o nome cantado nas arquibancadas do Municipal ao deixar o campo para a entrada de Matheus Fernandes.

38'
Botafogo-RJ

Luiz Fernando foi lançado em profundidade, mas a bola ficou mais para Fernando Prass, que saiu rasgando e afastou. Na disputa, os dois acabaram se chocando e o atacante levou a pior.

40'
Palmeiras

Dudu fez a jogada pela esquerda e colocou na área, com perigo; Diego rechaçou e Matheus Fernandes, no reflexo, emendou como pôde – Diego fez mais uma grande defesa.

42'
Palmeiras

Gustavo Scarpa foi ao fundo e cruzou por baixo; Carli tirou mais uma na risca da pequena área, quando o Ceifador se preparava para marcar.

43'
Palmeiras

Gol anulado do Palmeiras – Scarpa inverteu da direita pela esquerda, na direção de Dudu; ele foi pra cima de Yuri, pedalou, humilhou e rolou para trás; Bruno Henrique fechou por dentro e, da marca do pênalti, tocou no canto direito de Diego Cavalieri. Mas Dudu estava alguns centímetros adiantado na hora do lançamento de Scarpa.

47'
Palmeiras

Henrique disputou com Gabriel, que escorregou e deixou a bola à mercê do ceifador, que avançou, invadiu a área e soltou um petardo, buscando o canto esquerdo de Diego Cavalieri, que fez sua melhor defesa do jogo mandando a escanteio.

50'

Anderson Daronco, que quando quer apita certinho, terminou o jogo.





Fim de jogo

Com oito pontos de desvantagem, o Palmeiras não precisou ser prejudicado pela arbitragem e não foi pressionado pela torcida. Calmos, nossos atletas jogaram bola e fizeram o suficiente para vencer pela contagem mínima – e se não fosse a partidaça de Diego Cavalieri, teria sido de mais. O Botafogo não ameaçou Fernando Prass em nenhum momento do jogo.

Mano acertou a linha de criação com Zé Rafael por dentro e Scarpa aberto pela direita. O jogo fluiu bem. Resta saber como será a sequência, com a volta de Willian, que estava suspenso.

Falando em sequência, uma coisa é certa: Thiago Santos, o dono do jogo, imbuidaço, não poderá seguir no time, já que levou o terceiro amarelo. Uma pena.

O time volta a campo na quarta-feira, contra a Chapecoense, no Allianz Parque, cujo gramado recém-plantado estará se recuperando de dois shows. Que coisa.

No domingo, a torcida do verdão seca o Flamengo na Arena da Baixada. A diferença caiu para cinco pontos e o que resta a fazer é secar. Então, secaremos! VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Botafogo-RJ

GOL
Diego Cavalieri
LAD
Fernando
ZAG
Carli
ZAE
Gabriel
LAE
Gilson
ATA
Igor Cássio
VOL
Alan Santos
VOL
Gustavo Bochecha
MEI
Marcus Vinicius
MEI
Léo Valencia
MEI
João Paulo
LAE
Yuri
MEI
Luiz Fernando
ATA
Vinicius Tanque
TÉCNICO
Bruno Lazaroni

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Apenas orientou o posicionamento da defesa.
6.5
Marcos Rocha
Desta vez não teve falhas na marcação e apoiou bem como sempre.
7
Luan
Uma ou outra indecisão na hora de escolher quem marcar, mas não chegou a comprometer.
6
Vitor Hugo
Quase não teve trabalho, saiu-se bem nas poucas vezes em que precisou ser acionado.
6
Diogo Barbosa
Levou a melhor contra Luiz Fernando quase todo o jogo, e ainda encaixou um belíssimo lançamento para Zé Rafael.
7
Thiago Santos
Estava imbuído. Desde os minutos iniciais do jogo mostrou que ia acabar com o jogo, e cumpriu, com marcação perfeita e um golaço na tabela com Scarpa.
10
Matheus Fernandes
Entrou fazendo a mesma do Thiago Santos, e fez bem - até uma chegada à frente com perigo conseguiu.
7
Bruno Henrique
Foi o único contraponto do meio-campo, onde todos foram bem. Disperso, sem tempo de bola, foi muito irregular.
6
Gustavo Scarpa
Jogando no flanco, rendeu tudo o que pode, com passes, tabelas e chutes de fora.
7.5
Zé Rafael
Muita força física nas arrancadas pelo meio, com ótima visão de jogo. Uma pena o gol desperdiçado no primeiro tempo.
7.5
Lucas Lima
Entrou bem, pegando a defesa cansada. Não teve muito tempo para concretizar as jogadas.
s/n
Dudu
Incansável, tentava o tempo todo. Errava, e tentava de novo - aí começou a acertar e virou um perigo para o Botafogo.
7.5
Deyverson
As velhas deficiências técnicas de sempre - mas pelo menos desta vez não atrapalhou tanto.
6
Henrique Dourado
Taticamente foi muito bem, empurrando a defesa adversária para a área; mas tecnicamente foi mal, visivelmente sem tempo de bola e com problemas de mobilidade.
6
Mano Menezes
Mano Menezes
Acertou na composição da linha de criação, mas por ter escalado o Deyverson, leva só 7.
7