2
X
2

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Linense

O Palmeiras recebe o Linense esta noite no Allianz Parque em busca da manutenção dos 100% de aproveitamento e da sétima vitória seguida, já pensando em abrir pelo menos oito pontos do segundo colocado na classificação geral. Quem chegar ao mata-mata com 9 pontos de frente terá sempre a vantagem de decidir em casa até as finais, mesmo se classificando nas quartas e nas semis com dois empates mais pênaltis. Abrir esta margem é o objetivo neste momento.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Jean, Artur e Deyverson
Trabalho físico:
Edu Dracena, Diogo Barbosa e Moisés
Não inscritos:
Fabiano, Emerson Santos, Jean, Pedrão e Hyoran

Pendurado: Victor Luis

Roger Machado sinalizou na entrevista desta tarde que Guerra deve ter uma chance no lugar de Willian Bigode. Outro que ganhou a posição por enquanto é Michel Bastos – pelo menos até Diogo Barbosa ser liberado para jogo.

Nosso treinador ganhou um desfalque esta semana: Artur, que lesionou o tornozelo direito, vai operar e fica dois meses fora.  No mais, time deve ser o mesmo que vem começando os jogos em todas as partidas deste ano: Jailson; Marcos Rocha; Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo; Guerra, Tchê Tchê, Lucas Lima e Dudu; Borja.

Linense

O técnico Marcio Fernandes estreou na rodada passada e seu time arrancou um empate em Sorocaba, contra o São Bento, no último minuto. Nesse jogo, perdeu Ytalo, lesionado. Outra mudança, esta de ordem técnica, é a entrada do eterno Thiago Humberto no lugar de Murilo Henrique na meia.

Kauê é da nossa base e só jogará se o time do interior pagar uma gorda multa – não deve acontecer e Wilson faz a dupla de ataque com Giovani. O provável time é Victor Golas; Reginaldo, Leandro Silva, Adalberto e Eduardo; Bileu, Marcão Silva, Berguinho e Thiago Humberto; Wilson e Giovani.

Lei do Ex

O lateral-esquerdo Eduardo é aquele mesmo de 2010, que tinha como grande qualidade ser “ambidestro”. Estão no elenco do Linense e podem ficar no banco o goleiro Pegorari e o lateral Fernandinho, aquele que veio do Oeste junto com o Messi Black.

Do nosso lado, Thiago Santos já defendeu o time de Lins.

Retrospecto

Mesmo sendo um freguês VIP, o Linense já aprontou no Allianz Parque. Outra curiosidade é o juiz, que nunca apitou um jogo do Palmeiras.

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Linense
Linense
Allianz Parque
Allianz Parque
Lucas Canetto Bellote
Lucas Canetto Bellote
Taça Campeonato Paulista
Campeonato Paulista

 

Parpite

Antes desta rodada, o Linense estaria rebaixado junto com o São Caetano.  O mau desempenho precipitou uma troca de técnico, e o time reagiu. Mesmo assim, tende a ser um dos jogos mais fáceis do ano e não pode haver outro parpite que não seja a de vitória: 3 a 1, com gols de Borja, Lucas Lima e Felipe Melo, para 26.789 pagantes no Allianz Parque. E ninguém machucado! VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

PFCPFC e PFCI

Pós-Jogo

Palmeiras 2x2 LinenseCesar Greco / Ag.Palmeiras

O Palmeiras empatou por 2 a 2 com o Linense no Allianz Parque, após estar vencendo o jogo duas vezes, e perdeu a campanha perfeita que fazia na temporada. A folga na tabela, no entanto, continua larga e a pontuação não preocupa. O time agora volta as atenções para a Ponte Preta, adversário do próximo domingo em Campinas.

PRIMEIRO TEMPO

Roger Machado mais uma vez cumpriu o prometido e escalou a mesma formação que vinha jogando, a não ser pela escalação de Guerra pelo lado direito, no lugar de Willian, algo já adiantado na véspera.

O Verdão começou avassalador, trocando passes de forma envolvente – o Linense conseguiu trocar dois passes só depois de 2 minutos e meio decorridos. E logo que perdeu essa posse de bola, tomou o gol: Guerra deu um lindo passe por elevação, de trivela, buscando a infiltração de Borja, que pelo lado direito da área fuzilou Victor Golas e abriu o placar.

A imensa diferença técnica entre os times era nítida e o Palmeiras seguiu dominando completamente as ações, fazendo linha de passe e envolvendo a defesa do Linense – sendo parado no último toque ou pela arbitragem, que inventou algumas marcações e nos atrapalhou. Mas aos dez, Marcos Rocha fez excelente jogada de fundo e cruzou na cabeça de Dudu – faltaram-lhe 2 ou 3 centímetros para testar a bola com força.

Passados os 20 minutos, o Palmeiras perdeu a fome de gols e passou a cadenciar o jogo, dando chances ao Linense de se aproximar de nossa área – as finalizações do visitante até saíam, mas sempre pressionadas e sem levar perigo ao gol de Jailson.

Guerra passou a se sentir atraído pela faixa central do campo e fechava naturalmente, embolando um pouco com Lucas Lima, mas trazendo com ele um marcador – o que abria espaços para Marcos Rocha explorar. Aos 26, nosso lateral fez boa tabela com Lucas Lima e cruzou do fundo, por baixo, para Borja, que esperava na pequena área mas a zaga aliviou.

Aos 28,o primeiro susto: Bileu abriu para Eduardo na esquerda, o centro veio pelo alto e Thiago Martins rebateu para fora da área; Marcão emendou o rebote de primeira e exigiu uma boa defesa de Jailson no canto esquerdo. Dois minutos depois, Jailson sentiu algum problema e o jogo parou para seu atendimento – Roger aproveitou para passar instruções para Dudu e Borja.

Aos 34, após tentativa de ataque pela direita com Guerra, a zaga do Linense interceptou a bola e tentou sair jogando; Dudu e Borja apertaram a saída e Tchê Tchê teve duas chances para finalizar – na primeira, a bola deu na zaga, e na segunda ela subiu demais.

Aos 43, com o jogo aparentemente sob controle, o Palmeiras sofreu o empate na bola parada: Após cobrança de falta da direita, Adalberto subiu muito para escorar com a nuca, meio sem querer, no canto oposto de Jailson, encobrindo nosso goleiro e empatando a partida. O Verdão chegou a fazer o segundo gol nos acréscimos, mas Borja estava um pouco adiantado depois de ótima jogada de todo o sistema ofensivo do Verdão. O primeiro tempo terminou empatado, o que projetava uma postura mais agressiva do Palmeiras no segundo tempo

SEGUNDO TEMPO

Sem mudanças, o Verdão começou o segundo tempo com mais dificuldades para armar as jogadas, diante de um adversário que voltou bem mais compactado. O Linense descia rápido e arriscava chutes longos e perigosos contra Jailson, enquanto o Palmeiras tentava trocar passes mas esbarrava no cerco do adversário.

O problema se resolveu na qualidade técnica: aos seis minutos, Marcos Rocha deu um passe cirúrgico para Borja, que disparou em direção à área, tirou do goleiro e, mesmo sem ângulo, colocou no único grau em que a bola entraria – e ela beijou a rede do ladinho da trave direita do Linense, de mansinho. A igualdade no placar durou exatos dez minutos.

O gol desmontou o plano do visitante de tentar armar seus contra-ataques; o Linense passou a sair para o ataque de forma pouco ordenada e deixava mais espaços ao Verdão. Aos 16, Marcos Rocha fez linda jogada pelo meio e sofreu falta; Lucas Lima bateu muito bem e a bola saiu lambendo a forquilha direita de Victor Golas.

Sob uma chuva fina que passou a cair na Zona Oeste da capital paulista, o Palmeiras voltou a cadenciar o jogo, mesmo com apenas um gol de vantagem. Aos 23, um susto: Murilo bateu de fora, com muito efeito; Jailson rebateu para a frente e Wilson empurrou para as redes, mas estava impedido no momento do primeiro chute. Roger então mandou Gustavo Scarpa a campo, no lugar de Guerra.

Aos 26, em jogada parecida com a do segundo gol, Marcos Rocha lançou Scarpa pela direita; com o goleiro bem postado, o camisa 14 tentou o centro por baixo para Borja, mas a defesa cortou. O Linense respondeu aos 29, em chute de Giovanni da meia-lua, que assustou Jailson, mas saiu à direita.

Aos 30, o Palmeiras sofreu o inesperado empate: em jogada em que a defesa estava bem postada, o cruzamento veio da direita e Thiago Martins rebateu para a frente; Murilo emendou de primeira e teve a sorte de ver a bola desviar no próprio Thiago Martins e morrer no canto direito de Jailson, quando Willian Bigode já esperava à beira do gramado para substituir Dudu. Aos 34, Gustavo Scarpa fez um cruzamento magnífico achando Borja na risca da pequena área, mas o colombiano testou sem muita força bem onde estava o goleiro. Roger então mandou Keno a campo, no lugar de Lucas Lima, e Scarpa assumiu o jogo por dentro.

Aos 38, Scarpa teve uma sequência de três bolas paradas – uma falta e dois escanteios, mas o Palmeiras não conseguiu a finalização. Virou ataque contra defesa e o Linense, claro, usava a catimba para fazer o relógio andar. Aos 42, boa trama pela direita entre Gustavo Scarpa e Tchê Tchê, que cruzou bem, mas Reginaldo se antecipou a Borja e recuou com força para o goleiro. Nos minutos finais, o Palmeiras não mostrou a força que se esperava do time, e mesmo empurrado pela torcida, teve que engolir o empate ao apito final do juiz.

FIM DE JOGO

Apesar do mau resultado, o time mostrou novas tentativas de variar o jogo e deu novos elementos para Roger Machado seguir o desenvolvimento da dinâmica de jogo. Além de poder observar jogadores como Guerra e Gustavo Scarpa por mais tempo, Roger vai poder avaliar como o time se portou buscando ficar mais com a bola no pé e trocar passes curtos e rápidos para envolver o adversário, em detrimento aos lançamentos longos e às conduções de bola dos primeiros jogos da temporada.

Provavelmente veremos gente tentando sensacionalizar o placar. Cabe à nossa torcida compreender o momento da temporada, sublimar a frustração pela perda dos 100% e dos eventuais recordes e seguir projetando a temporada, passo a passo. A cabeça já está na Ponte. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Linense

Victor Golas
GOL
Reginaldo
LAD
Leandro Silva
ZAG
Adalberto
ZAE
Fernandinho
LAE
Berguinho
ATA
Marcão Silva
VOL
Bileu
VOL
Eduardo
MEI
Murilo
MEI
Kadu
VOL
Danielzinho
MEI
Giovanni
ATA
Wilson
ATA
Márcio Fernandes
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Jailson
Teve três bolas marotíssimas: numa, rebateu para a frente, nas outras duas, não teve chances.
6
Marcos Rocha
Seu melhor jogo no ano, bastante solto e arriscando passes mais complicados - num deles, deu em gol.
8
Antônio Carlos
Apesar da disputa perdida no lance do primeiro gol, não dá para colocar-lhe culpa na jogada - pareceu mais mérito e sorte do adversário. Segue consistente.
6.5
Thiago Martins
Ainda precisa dosar o reflexo de rebater todas as bolas - e quando o for fazer, ser decisivo. Mesmo assim, sua rebatida teria poucas consequências não fosse o desvio infeliz, do qual não teve culpa.
5.5
Michel Bastos
Teve uma excelente chance de ganhar a disputa com Victor Luis pela reserva imediata de Diogo Barbosa, que mesmo sem jogar, parece cada vez mais titular.
5.5
Felipe Melo
Sem os vistosos lançamentos longos, limitou-se a marcar, disputar bolas e das passes de lado - e não foi mal.
6
Guerra
Começou a milhão, fez um lindo passe para gol, mas aí foi embolando com Lucas Lima e teve pouca efetividade.
7
Gustavo Scarpa
Se movimentou pelas três posições da meia e comandou o time na parte final do jogo.
7.5
Tchê Tchê
Desta vez o desempenho tático não compensou a baixa produtividade com a bola no pé.
5.5
Lucas Lima
Segue arredondando as jogadas e sendo cada vez mais a cara do time.
7.5
Keno
Pouco mais de dez minutos inócuos em campo. Só ciscou.
s/n
Dudu
Fraco, ainda parece não compreender seu papel ofensivo e por vezes se confundiu na recomposição defensiva.
5
Willian
Mal tocou na bola.
s/n
Borja
Dois gols de centroavante confiante - mas perdeu a bola do jogo numa cabeçada a dez minutos do fim, inteiro no lance.
8.5
Roger Machado
Roger Machado
Talvez Tchê Tchê fosse o nome mais adequado a ser sacado para a entrada de Keno a dez minutos do fim, quando se poderia priorizar o resultado em vez do desenvolvimento do time. Mas o pensamento segue coerente e passa firmeza.
7





  • Honestamente, esse jogo foi daqueles em que um dos times simplesmente “acha gols”.

    Por mais que nosso time não tenha sido tão contundente, que por ter havido os testes de escalação e de variações de jogo, a fluência tenha caído em relação aos anteriores, eu não vi no adversário volume que pudesse ser refletido no placar.

    O empate final, inclusive, foi num lance bem bizarro, de uma rebatida meio esquisita e do cara acertar de primeira um chute bem improvável.

    A leve apreensão que o jogo deixa pra mim está expressa no comentário da nota-Verdazzo dada ao Dudu:

    “Fraco, ainda parece não compreender seu papel ofensivo e por vezes se confundiu na recomposição defensiva”.

    Confesso que, desda a estreia do Lucas Lima, tinha tido a impressão que o Dudu estava meio perdido, como

  • Típico jogo em que “faltou a perna”. Empatar contra o atual time do PALMEIRAS é como ganhar um título para os times do interior. A imprensa gambá se encarrega de dar o troféu. Olê, olê, olá, o Borja vem aí e o bicho vai pegar…

  • Guardiola, Tite, Renato, o que tem em comum, sempre tres jogadores por setor, no ataque triangulando, dando opçao de passe, na defesa pra sufocar quem ta com a bola, tudo coordenado por setores do campo. Os outros setores se aproximam do setor onde esta sendo disputado o lance. Pq sera que e tao dificil jogar assim, sera que e pedir demais pro jogadores entenderem o sistema…o futebol de hoje com os caras super preparados fisicamente exige movimentaçao conjunta ensaiada e constante, tabelas rapidas e pressao continua no adversario. Dar a bola pro rival esperando contra ataque e coisa de preguiçoso no minimo.

  • O Gremio jogava exatamente igual, time plantado na defesa, so atacava na boa, saiu Roger entrou Renato e deu no que deu. Nao vou reclamar do tecnico, mais um do time do Parreira, garante atras que na frente o time se garante na qualidade tecnica dos jogadores, uma hora o gol sai…ou nao…em jogos grandes essa tatica vai se mostrar ineficaz e vai ser o show de desculpas de sempre. Muita decepçao e com o Mattos por de novo contratar um tecnico menor que o clube, o Roger nao tem culpa de nada, seu trabalho no Gremio e no Galo todos viram como foi, nao e por ter melhores jogadores que ele ia deixar de ser ele mesmo.

    • A temporada tá começando e até agora não tivemos um jogo de peso, pegado, então não dá pra dizer como vai ser.
      Vamos aguardar, no Verdão acontece de tudo.

      • Por isso que estou desapontado, jogamos contra ninguem e o time com uma preguiça danada. O E.Batista teve um inicio de temporada bem mais promissor em 2017. Se nao consegue pressionar um time pequeno imagina um grande. Repito, isso de jogar no erro do adversario apos fazer 1×0 e coisa de time e tecnico preguiçosos. O perfil do time esta sendo montado visando jogos de Copas, no brasileiro o time vai penar pra segurar resultado.

  • Os resultados são excepcionais e estamos folgados na lliderança. Somos favoritos em qualquer competição e vou ficar feliz em ser campeão em qualquer campeonato. Mas, não me peça para me empolgar com o futebol de nosso time que não empolga… Sabe aquele filme que você ouviu muito bem da critica, fica ansioso para ver, mas no final das contas você fica com sono porque o enredo não empolga, e o que salva são os fundamentos técnicos? Esse é o Palmeiras! Espero ver outro filme no jogo contra os gambás e Boca, porque são jogos que ao meu ver exigem inteligência e INTENSIDADE.

    • irmão… discordo um pouco!
      parece… e realmente é difícil de cravar, mas ter o time titular definido ajuda e muito… RM tá muito bem no comando e nas entrevistas… (Cuca falhou demais nos 2 ano passado)
      o time ontem lava tabelando com toques de primeira e algumas jogadas de efeito mas não tem jeito, jogador brasileiro de time grande faz 1×0 no pequeno e cadencia….

  • Sofremos dois gols cagados, no primeiro o cara subiu pra cabecear e bola pego nas costas e encobriu o Jailson, no segundo a bola desviou , se o Linense tivesse a mesma sorte que teve contra o Palmeiras em outros jogos seria o líder do campeonato

  • O Barcelona a 2 semanas atrás empatou de 1×1 com o Espanhol.
    O Real Madrid a 1 semana atrás empatou de 2×2 com o Celta de Vigo.
    O Manchester City a 1 semana atrás empatou de 1×1 com o Burnley.
    A Internazionale de Milão a 1 semana atrás empatou de 1×1 com o Crotone.
    O Bayer de Munique perdeu de 2×1 para o Monchengladbach…

    …mas o Palmeiras depois de 6 vitórias não pode empatar que já tem torcedor que acha que está tudo errado, que jogador já não presta mais, que o técnico errou na escalação e nas substituições…

    AFF.

    • Não sei se concorda comigo. Não conheço todas as torcidas do mundo e estou longe de conhecer. E nem quero. Mas, ô torcidinha chata essa nossa. Adora dar audiência para quem diz odiar. Aí ficam repetindo conversa de Kfouris, Buenos, Arnaldos e tantos outros cocôs. Sinceramente, dá um nó no cérebro tentar entender isso!

    • Um empate, somos os únicos invictos, em 7 jogos temos 7 pontos a mais que a segunda melhor campanha do torneio, o artilheiro é do nosso time, temos o melhor ataque e a melhor defesa, ganhamos um clássico mesmo tomando um gol irregular e sem nos dar um pênalti absurdo, aí tomamos dois gols cagados, um de NUCA e o nosso time não serve mais!! HAHAHAHAH

      Tem galera que já tá falando que não vê nada de evolução no nosso futebol, que não temos nem jogadas ensaiadas (é que sair de trás da zaga e receber a bola na velocidade não é ensaiado, é só sorte mesmo..)..

    • Isto prova que, quando um time superior tecnicamente joga contra outro tecnicamente inferior, a tendência é o relaxamento dos jogadores e com isso não cumpram taticamente o combinado.
      Quando o Palmeiras pegar times de camisa ou tecnicamente do mesmo nível a tendência será jogar em alto nível o tempo todo,
      Contra o Santos, por exemplo, jogamos assim, sem dar chances reais para que eles pudessem empatar aquele jogo…

    • Veja a entrevista coletiva do RM, tem aqui no Verdazzo mesmo, dura uns 13 minutos só.. Ele explica direitinho o que aconteceu, acho que jogo que vem teremos VLuís e Bigode de novo.. hehe

  • Ontem o Palmeiras abusou dos torcedores, não pelo resultado mas pelo que não vem apresentando nesses jogos, em nenhum jogo até agora o Palmeiras convenceu que é um time ainda, não temos um padrão de jogo, não se vê uma jogada ensaiada, não joga verticalmente, só para trás e pro lado, estamos ganhando mais pela qualidade dos jogadores do que apresentando um bom futebol, nosso técnico precisa parar com a titibilidade e mostrar mais, até agora pra mim particularmente não apresentou nada de mais em relação ao ano passado, ontem por exemplo ele ficou passivo a beira do campo vendo os jogadores tocar a bola de um lado para o outro sem criatividade nenhuma, querendo fazer jogadas de efeito tipo Felipe Mello, sem responsabilidade tipo Dudu e na minha opinião só dois jogadores jogaram pra vencer Jaílson e Borja, o resto só enrolou fazendo firula, chegamos ao cúmulo de ter apenas uma finalização em todo o primeiro tempo, que foi o gol do Borja no mais não se criou nada, e com jogadores do quilate de Lucas Lima, Guerra, Scarpa até mesmo do Dudu, no mínimo em cada jogo teríamos que criar de 5 a 10 chances de gol, mas o que se viu foi o poderoso Linense criar as melhores chances, com todo respeito ao time do interior mas ontem era jogo pra no mínimo uns 5 a 0, quero ver o jogo contra a Ponte domingo se vai mudar alguma coisa, vão ter que apresentar mais futebol, porque esse esta bem fraquinho.

    • Não sei qual é o seu conhecimento sobre futebol, mais o que você falou não tem muito lógica, o time apresenta evolução jogo a jogo, o estilo de futebol do Roger Machado é bem complexo, e sem pré temporada fica muito difícil ter uma fluidez de jogo… O jogo coletivo irá melhorar com o tempo.

      Foi citado que o time não joga verticalmente… como um time que não joga verticalmente faz 2 gols, o que não temos mais é estilo “porco doido” do Cuca, o estilo do Roger é um futebol mais estilo academia de posse de bola.

      O que vejo nos jogos do campeonato paulista é o Roger treinando diferentes situações dentro do jogo, já que não teve tempo hábil para treino.

      • Concordo, a questão é que o time ataca na boa trocando passes atrás, com o LL voltando para pegar a bola e armar juntamente com o TT. É um estilo de jogar contra times fechados que não agridem o Palmeiras.

        Na verdade no futebol brasileiro é difícil um time que vem para atacar o palmeiras, mas seria interessante encontrar um assim. Tlz os Gambas no nosso salao de festas tentem atacar. Esse sim vai ser um teste para Libertadores.

        • Ontem eu vi o “glorioso” Linense atacando o Verdão em pleno Allianz, tanto que qdo saiu o gol do empate, eu já tava torcendo pro relógio andar, pois estava claro que era questão de tempo. Agora fica uma pergunta: se o “glorioso” Linense ousou, por que não outros times? A mentalidade que entrarão em campo contra a gente será diferente de agora em diante. Só espero que a nossa tbm seja. Se não…

          • Todos os times atacaram o Palmeiras depois de tomarem o gol, pois não tem muito a perder. Veja o Santos que teoricamente é mais forte do que qualquer outro time que o Palmeiras enfrentou.

            O Santos não se lançou ao ataque pq se tomasse 3 ou 4 teria mais problemas para o resto do ano (o Palmeiras não foi ameacado). O linense não tinha o que perder, pelo contrário somente teria o que ganhar (zona de rebaixamento).

            Por merecimento ou por midia, os times vem com receio sim, devidas proporções como os times menores entram contra o Barcelona.

          • Entendo, mas a maneira como o Verdão reagiu ao Linense se lançando ao ataque é que me preocupa. Espero que tenha sido exceção e não regra.

          • Entendo o seu posicionamento, Claudinei. Mas devemos nos lembrar que o Linense não tinha nada a perder e qdo piscou já estava perdendo mais um jogo. Com uma correria danada (e nossos jogadores num pós carnaval daqueles), conseguiram 2 golzinhos mandrakes, que valeram exatamente o mesmo que os nossos dois gols, e jogadas muito bem trabalhadas. Basta lembrar praticamente TODOS os jogos no Allianz no ano passado, qdo os times, até considerados “grandes” jogaram fechados esperando nosso erro e sair em velocidade.

          • Vamos torcer pra que meus receios só sejam “cornetice infundada”. Rsrs

  • O time jogou como nos demais jogos, com um desempenho inferior de Felipe Melo, para mim o TT voltou à média dele (para mim ele é um ótimo reserva). Acho que o elenco qualificado tem um problema que não é de bastidor, aqueles que tem uma sombra no banco tendem a tentar resolver a jogada sozinhos em algumas oportunidades, especialmente quando o placar está favorável.

    Pelo que notei, enquanto está 0x0 o time joga bem (conjunto), quando está na frente tende a prevalecer algumas jogadas individuais que não necessariamente é e melhor solução, chutes de TT, dribles do Guerra, etc, talvez o motivo por não termos resultados elásticos.

    Não é cornetar mas teorizar.

  • Pontos positivos: melhor perder esse tal 100% num empate contra um pequeno e acabar com essa empolgação de torcida e mídia pra entrar com mais seriedade nos jogos.
    E nosso time tocando a bola é lindo de ver, são muitos jogadores de qualidade e as tabelas e triangulações vão começando a amadurecer, daqui alguns meses com mais entrosamento serão letais!

    Pontos negativos: mais uma vez, a gente fica a frente no placar e abdica do jogo, dando a bola pro adversário e esperando um contra-ataque fatal pra aniquilar o jogo. Isso está incomodando. Poderíamos tentar forçar um pouco mais e matar o jogo antes. Mesmo estando em início de temporada, como muitos gostam de usar como desculpa…
    F. Melo e Tchê² estavam andando em campo no segundo tempo, era pra ter sacado um dos dois pelo menos. E os três que entraram, infelizmente erraram tudo que tentaram.

    De qualquer maneira, nenhum time tem dado show, e nós seguimos invictos e com a melhor campanha.
    Acho que próximo jogo poderíamos começar com o Scarpa de titular, pra ver se ele aproveita a oportunidade, porque entrando só no segundo tempo não tem dado muito certo. O Guerra hoje foi muito bem e participou bastante do jogo, quem sabe o Scarpa com a oportunidade também não vai bem!

    • O TT deveria entrar no “rodízio”no próximo jogo para tentar jogar mais equipe do que tentar chutar de qualquer lugar do campo.

  • Posso estar falando besteira, mas parece que o Palmeiras usou o jogo para treinar a saída em contra-ataque, parece que abdicamos na bola propositalmente.

  • Acho que o importante nesta fase do paulista é a classificação, não importa em qual posição .
    Já que estamos com uma boa folga de pontos, o RM deveria rodar mais o elenco, evita que os titulares se acomodem, além de dar oportunidade e ritmo de jogo pra todo mundo, e esta é a hora.
    Este é o único erro que estamos repetindo em relação ao ano passado.
    O principal problema do time no momento é a pegada na marcação do meio campo, isto o Roger tem que
    corrigir e com urgência, senão sofreremos contra os gambás .

  • Um jogo meio maçante, Palmeiras indo só na boa, com total controle do jogo, dois gols cagados e muito preciosismo no lance final do ataque, se fosse mais sério, mais focado, golearia, com certeza.

    Bom que tira um pouco a soberba do time e da torcida, mas nada de arrancar os cabelos ou já aparecer os profetas do apocalipse dizendo que “eu falei” “inadmissível empatar com o último do Paulista” e outros blábláblá..

    Seguimos líderes absolutos e a tentativa absurda dos repórteres, do comentarista e do narrador do jogo de minimizar a nossa superioridade beirou ao ridículo, mesmo puxando estatísticas pobres, como maior número de finalizações do Linense, sendo que 90% delas era puro desespero de tentar algo (inclusive os dois gols)..

    Segue o jogo (parafraseando o narrador)! hahahaha

  • Acho normal o time tirar o pé quando está ganhando em casa. É importante saber jogar pressionando, jogar cadenciando com a bola, e saber jogar deixando o adversario mais com a bola. Mas nessa ultima situação, não pode se tornar displicente, se desorganizar, principalmente do meio pra trás. E ontem vi isso. Felipe melo dando uns botes fora de hora e abrindo espaços no “entrelinhas”, os atacantes perseguindo os rivais em vez de deixarem os laterais darem combate de frente (a situação da falta do borja). Mas é bom pro time ter que correr atras da vitoria. Tenho certeza que esse empate vai ser muito útil pra melhora do time.

    • Dar a bola pro adversario e chamar o gol dele, odeio essa tatica preguiçosa, incute o medo no time. Um time se torna confiante jogando bem, goleando, encurralando o adversario, nao dando chance de ataque, so a partir dos 75 minutos e permitido relaxar um pouco, ate la o placar vai estar em pelo menos 2 gols pro, isso de rifar a bola e esperar contra ataque e coisa de time que nao se garante.

  • Pra mim o time estava claramente se poupando e tentando jogar na base da inteligência contra o Linense. Não gostei pois me pareceu soberba.
    Meu comentário positivo foi o lado direito com Marcos Rocha e Guerra. Não vi Guerra embolado com Lucas Lima como comentado nas notas. Achei que teve uma sinergia muito grande entre os dois e nosso lado direito ficou muito forte. O ponto negativo é que o lado esquerdo não acompanhou da mesma maneira.
    E joga mesmo demais o Marcos Rocha. Teve um determinado momento em que ele, Lucas Lima, Guerra e Michel Bastos faziam uma linha de 4 no campo e me peguei pensando: “caramba, 4 meias de armação em campo!”
    Borja também jogou muito de novo. Que bom.
    Não gostei do Dudu e do Scarpa, que acho está discreto demais e deve se soltar com o tempo. Dudu achei que se poupou. Eu o colocaria no banco neste momento e levaria Keno a campo.
    Espero que joguemos melhor contra a ponte preta.

  • Empatou quando podia.

    Jogos contra a Ponte Preta costumam ser bucha, um novo empate não seria surpresa, e até a queda da invencibilidade não é alarmante.

    Agora pro Derby é ganhar ou ganhar, esse será o segundo jogo de verdade na temporada.

  • Até agora ainda estamos na “pré-temporada”. Importante essa sequencia no Paulista para dar tranquilidade ao início de trabalho do Roger, mas só vamos ter a verdadeira noção de como o time está qdo começarem os jogos pra valer, ou seja, a Libertadores, aonde os jogos são sempre pegados e tensos e qq vacilo em casa pode significar uma eliminação precoce. Aí sim vamos conseguir ver qto o time já assimilou da proposta do Roger.

  • Achei interessante a forma do time jogar com a entrada do Guerra. Para determinadas situações de jogo, sua entrada poderá ser importante. Na coletiva pós jogo, Roger Machado deixou claro que William é o titular e apenas quis testar novas situações de jogo.
    São 7 jogos com o Palmeiras jogando desta forma, controlando o jogo, dosando energia para jogar contra adversários inferiores. Um risco, sem dúvida, que poderia ser minimizado se os jogadores tivessem mais dedicação na recomposição defensiva.
    Quando jogamos em casa existe um certo relaxamento do time em não realizar as funções táticas que são necessárias para que a equipe tenha um bom rendimento.

    Minha única preocupação atualmente são os meninos do miolo da zaga, são ótimos jogadores e tem jogado bem, mas que por serem jovens ainda tem pouca experiência. O trabalho de recomposição das linhas quando o time estiver sem a bola será fundamental para o sucesso do time…

    • Concordo plenamente. Que o exemplo do PSG com o zagueiro argentino que fez um pênalti infantil num jogo importante sirva de exemplo também. O que acho estranho é que a diretoria já queria um zagueiro antes do Mina sair, com a saída deste então nem se fala…..precisamos urgente de alguém cascudo e com tarimba de Liberta na zaga.

  • Lucas Lima mais uma vez deu padrão de jogo ao time. É agudo e busca as jogadas em direção ao gol. Nesse setor de meio, Tche Tche é muito fraco defensivamente, não ocupa os espaços e não tem a característica do desarme. Talvez por isso quase todas as segundas bolas da nossa defesa eram do adversário.
    Michel Bastos é ruim demaIs, dá a impressão que ele tá com as pernas duras. A bola deu nele ontem. Num time galático para os padrões brasileiros, onde reservas se equivalem, Zeca tá dando sopa aí no mercado. É bom de bola. E joga tanto na direita como na esquerda.
    Dudu mais uma vez muito mal, parece que faz questão de matar as jogadas, ou atrasando a bola ou segurando-a para depois perdê-la.
    Scarpa não faz nem por merecer alguem questionar sua não titularidade. Quem é um fora de série já mostra de cara no contato com a bola, como Lucas Lima.
    De positivo mesmo só Borja, que inverteu completamente suas avaliações do ano passado. Merece a nove com louvor.
    Outra impressão que me dá é que nossa zaga ainda não foi testada. É visível que precisamos de um zagueiro para ser titular e dirimir quaisquer dúvidas.

    • Borja só não levou um 10 (meu) por conta do apagão com aquela falta boba e cartão amarelo. Muito lembrou o Borja de 2017

      • Quanto ao cartão realmente achei desnecessário chutar a bola para longe. Agora quanto a falta não achei erro dele. O Borja vem acossando o lateral-direito desde o meio-de-campo. Forçando este a perder o controle da bola ou adiantar a mesma. Faltou o Felipe Melo e o Michel Bastos terem dado o combate frontal para roubar a bola sem falta. No entanto, ambos ficaram só observando o colombiano até que este desse o bote lateral e cometesse a falta. No local onde o Eduardo estava, não havia mais o que esperar para dar o bote.

  • Ótimo resultado!!! Na hora certa!
    O time não pode se comportar como que fosse ganhar o jogo a hora que quiser.
    Resultado bom pra manter a humildade do elenco.

  • Achei o Scarpa perdido, matou vários ataques e errando tudo o que tentava. O Lucas Lima também esteve apagado. Estranhei as notas.

  • o felipe melo deu vários lançamentos. ele, lucas lima e borja, o único a incomodar o goleiro, foram os melhores… lucas lima parece que ofuscou o dudu, que não faz mais nada. guerra só deu a assistencia pro primeiro gol, de resto é um jogador fisicamente muito fraco, não ganha uma no corpo. qualquer trombada o derruba… o resto do time não fez nada demais, acho que o roger está certo quando critica a falta de intensidade… o palmeiras cometeu o mesmíssimo erro do ano passado, achou que resolveria o jogo a qualquer momento. nos tres jogos contra o sccp foi assim, inclusive. é um pouco de soberba, sim. jogo assim dá pra golear, é preciso ir pra cima e arriscar mais, jogar pra torcida.. mas temos que tomar cuidado com a cornetagem. não deixou de ser um resultado normal.

  • Tecnicamente o Palmeiras tem sobrado e até por isso o resultado de ontem foi ótimo, pois já estava começando a ver essa superioridade técnica se transformar em displicência. Temos um ótimo elenco, mas o time ainda está em formação e será normal dar umas osciladas dessas, porém gostaria de um pouquinho mais de sangue nos olhos. Tomara que venha contra ponte e gambás.

  • faz parte… não vamos ganhar todas. o time entrou acomodado e já começo a pensar que devemos rodar mais o elenco, tem gente ali sentindo desgaste (totalmente normal). já o linense é aquele time nojento onde sua estratégia é: passou o meio de campo? cava falta (juiz prontamente marca)…. na cobrança de falta, chuveirinho na área… zaga deu rebote? bicuda de fora da área… os caras não entraram uma vez na área em trocas de passe, só chuveirinho. foram abençoados de fazerem 2 gols, aqueles tipos de gol ridiculo que só palmeiras toma..um de nuca e um com desvio na zaga (esse é classico). E o mais intrigante é que eles poderiam tentar uma virada pois tinham mais físico no final do jogo, mas se contentaram com empate… ficam ainda na zona de rebaixamento mas saem de campo com sorriso no rosto pq tiraram 100% do palmeiras. que isso tenha sido uma ressaca do carnaval onde fomos displicentes e tiramos o pé, pq dava para ter feito 4×0 frouxo nesses caras

  • É melhor empatar agora e perder o 100% pro Linense do que isso acontecer contra o SCCP e depois ficarem falando que só estávamos 100% porque só pegamos time pequeno (eu sei, jogamos contra o SAN, mas ele é pequeno também, kkk). Não que eu esteja dizendo que vamos perder pra eles ou empatar, é apenas uma observação do ponto de vista da imprensa marrom.

    Além do mais, sistemas sendo testados, esquemas postos à provas, para fazermos os devidos ajustes antes do Derby, que a meu ver, é o jogo que precisamos ganhar pra valer.

    Uma observação que quero fazer: jogadores estão confiantes demais, porque temos jogado bem e conseguido as vitórias. Mas é sabido que boa parte dos acidentes de trabalho acontecem por excesso de confiança do trabalhador. Há de se ter confiança, mas sem soberba, por favor!

  • FM extrapolou o nível de confiança ontem, sendo por diversas vezes displicente. Sou grande admirador dos seus passes longos e até de algumas jogadas de efeito no meio campo, mas tentar “fazer graça” na frente da área é uma das primeiras aulas da escolinha de futebol e ele não tem mais idade pra ser comparado com “fraldinhas”

  • Borja marca 2 pra mim tá ficando mais leve, e só para não esquecer tá: Juiz de Rio Grande do Sul cobra 400 milhões que roubaram da caixa, abriram uma empresa de fachada que tinha 1 mil reais de rendimentos mensais e pegaram 400 milhões de empréstimo, será que se eu abrir um MEI consigo um empréstimo deste? Devolve o dinheiro publico galinhada.
    E Parabéns a ótima gestão do Palmeiras

  • Resultado bom para mudar a mentalidade de fazer um gol e manter o jogo controlado. Precisamos manter o apetite e abrir boa vantagem para daí tentar controlar o jogo. Destaque para o Borja. Muito motivado e “leve”, fazendo o que dele se espera. Guerra foi bem, mas tenho a impressão que o físico dele é para 45 min. depois cai de rendimento. Eu já voltaria com o Dracena na zaga para ganharmos experiência e entrosamento já visando os jogos da libertadores. Era legal ficar 100%, mas a imprensa fica jogando muita pressão

  • Uma pergunta. Não séria bom ter um zagueiro mais rodado na nossa zaga?!
    Quando enfrentamos atacantes mais experientes será q os dois vão dar conta?!

  • Sera que é cedo p se preocupar com Dudu?
    Parece desconcentrado..
    O lado bom é que sempre quando é criticado ele responde bem

  • Corneta on…
    Pelo comentário, e pela partida também, o Jaílson merecia uma nota melhor!!
    Corneta off

    TM está pedindo para perder a vaga..

    No mais, análise prefeita, MAIS UMA VEZ, do jogo. E com menos de 30′ após o término!

    Só não entendo o pq de tamanha corneta! O time está bem. Teve uma noite “infeliz”. Embora eu concorde que falte mais gana. Não podemos recuar e se contentar com a vantagem MÍNIMA!!

    Belíssimo trabalho/analise Conras!!

    Contagem regressiva para os 1000…

  • O que não dá é ver palmeirense entrando na pilha de canais clubistas como a ESPN, que na chamada colocou a seguinte frase “LINENSE EMPATA, E PALMEIRAS PERDE A PRIMEIRA”….os caras nem escondem mais que estavam torcendo por uma derrota pra empurrar toda crise dos rivais pra cima da gente. Não caiam na conversinha da imprensa de merda. Vocês já estão aqui no Verdazzo, continuem prestigiando a midia palestrina, e torçam a favor do time e da continuidade do bom trabalho do Roger.

    • Milton-babaca-Leite conseguiu comparar e relativizar a derrota dos lixos para o poderoso São Bento, dizendo que nosso empate foi mais “significativo” que a derrota do time estatal um dia antes. Não tenho mais adjetivos sujos pra direcionar pra esse cara!

  • Guardem as cornetas. É até bom empatar num jogo de meio de Paulista, contra time irrelevante. Da pra aprender coisas de jogos assim, mais do que de vitórias.

    O trabalho do Roger continua sendo bom, e tende a melhorar.

    • Também penso que este empate veio num bom momento, antecedendo o jogo contra um time que sempre incomoda e um clássico. Retomar a concentração pra mais uma boa sequência de jogos

  • Pra mim foram bem, Jailson, Marcos Rocha, Antonio Carlos e Miguel Borja.
    Regulares, Tche-Tche, Guerra e Lucas Lima.
    Mal, Thiago Martins, Michel Bastos, Felipe Melo e Dudu.
    Os 3 que entraram também foram mal. O único acerto foi um cruzamento do Scarpa que quase o Borja guarda de cabeça.
    De modo geral o time mostrou falta de ambição para abrir 2, 3 gols e depois administrar. Menosprezou o adversário, achou que ganharia o jogo quando quisesse e pagou o preço.

  • Bons tempos esses em que a corneta soa num empate num jogo que não vale nada depois de 6 vitórias seguidas… espero que aconteça de novo, daqui sete jogos…

  • Prefiro perder os 100% num empate pro Linensr do que no entulhão. Bom pra jogador e técnico ficarem espertos e nós tbm

    • Exatamente o que eu disse para o meu amigo que estava assistindo comigo. Aprendemos as lições e bora pra cima! Os caras acharam 2 gols….

  • Melhor errar agora do que nos jogos importantes. Espero que esse empate sirva pra deixar o time esperto e não dar mole como deu hoje. Pode até dar a bola pro adversário quando está ganhando, mas tem que encaixar os contra-ataques e matar o jogo.

  • Guerra jogou bem na chance de ser titular, já Michel Bastos não acertou nada. Aliás, o lado esquerdo com Dudu e ele estava muito fraco hoje.

  • Está ruim, mas está bom.

    Acaba com o olho gordo da imprensa marrom e faz RM e o time ficarem espertos. Afinal ficamos o jogo inteiro na frente e esse era o cenário ideal. O resultado natural seria uma fácil goleada.

    Por que ela não veio?

    É a hora certa para ajustar a sintonia fina. Sem desespero.

    Minha corneta vai continuar dormindo.

  • O primeiro gol do Linense foi mole do Jailson. Ele tava adiantado, era pra ter ficado em cima da linha. O segundo gol foi infelicidade mesmo, não há quem culpar. Campeonato paulista é um estadual diferente dos outros, os grandes começam o jogo forte, fazendo valer sua maior qualidade técnica, mas em meados do segundo tempo costumam cansar pela falta de condicionamento e sofrem pressão dos times do interior, que se preparam bem antes para disputar o estadual. Essa situação muda no decorrer do campeonato. Por isso é que o ideal é que os times grandes metam logo muito gols no começo do jogo e se segurem no final. O Palmeiras foi preguiçoso e se acomodou com um curto placar, foi punido com um gol de empate – cagado é verdade – no fim do jogo. Com futebol não se pode dar bobeira, pois lances assim podem acontecer a qualquer momento.

  • Nao fizemos um bom jogo. Ja o Linense teve que correr…e correu! Talvez merecessem até um resultado melhor. Faz parte. Chamou a atenção o bom preparo fisico e alguns bons chutes do Linense. Borja jogou muito bem, mas nosso meio campo – dos volantes aos meias – muito abaixo. Pelas circunstâncias, nao temos do que nos queixar.

    • Esse também é um detalhe que, especialmente a imprensa, ignora: tem um adversário do outro lado. Pela aplicação do Linense mereceram chegar ao empate.

  • Resumo do jogo: Palmeiras preguiçoso e dois gols cagados do Linense. Uma cabeçada que desvia nas costas do zagueiro e um chute que desvia na perna do zagueiro. Parem de CORNETAR.

      • Concordo. No entanto, a mídia já vai cornetar como se tivéssemos sido goleados e como se tivéssemos que vencer todos os jogos do ano. Antes empatar com o Linense jogando com preguiça e tomando dois gols cágados agora, assim dá tempo de arrumar a casinha, do que chegar invicto em Itaquera, com saltinho alto e passar nervoso! O que a mídia quer é isso, que nós pressionemos o ambiente.

    • foi um jogo estranho, mas não achei tão grave como estão falando, meu único destaque negativo seria o FM, uma queda de rendimento em relação aos últimos jogos, mas nada para abalar tanto a confiança

    • Tive a impressão que o Borja melhorou na finalização, com uma ajustada no jogo aéreo teria deixado mais dois…e olha que não costumo prestigia-lo

      • look to the bright side of life…tivemos momentos interessantes nesse jogo
        esse é só o paulistinha, tem que entrar com tudo mesmo é na liberta e BR
        preguiçoso ou não, já esta bem melhor que o ano passado, quando fomos vice do BR

    • Este setor é o que preocupa mais. Antes do Conrado falar: não estou molhadinho pedindo contratações, mas é uma área que necessita de atenção, afinal teremos desafios na libertadores logo no início

      • Não sei se eles tiveram culpa direta nos gols, mas uma zaga foda e confiante não leva 2 do Linense em casa…A impressão minha é que os caras ficaram se sentindo ‘à vontade’ contra nossos inexperientes zagueiros…

        • Um gol de costas e um gol que desvia no zagueiro e entra. Mérito deles só pela correria, pq foi sorte, ou como chamam por aqui: cagada

  • Dudu já chega né…Ta jogando com o nome e acomodado. Nunca que um cara sem liderança pode ser o capitão de uma equipe. Ja tá na hora de ser cobrado.

  • resultado de hoje será bom para o time colocar os pés no chão e ver que ainda existe muito trabalho pela frente. Essa história de abrir o placar e controlar o jogo precisa ser revista. Time precisa ter intensidade por mais tempo e matar o jogo

    • acho que o empate hoje que foi atípico, e não as vitorias anteriores, FM não estava num bom dia, errou um monte de passes e deixou muito espaço, RM devia ter colocado o TS
      não tenho muita confiança no Borja, mas ele estava bem nesse jogo, o mais “incisivo” do ataque, tivemos lados positivos nessa partida

      • Não vi diferença nenhuma entre o jogo de hoje e os passados. Jogamos exatamente igual…sem criatividade e com alguma vulnerabilidade atrás. A diferença foi que o Jailson não fez nenhum milagre e nem o Lucas Lima salvou bola embaixo do gol. Enfim, semana que vem veremos que time esse

        • Não tô preocupado com dia 24. Estou preocupado com a regularidade e maturidade do time. O lado de lá tá mais preocupado que a gente. Aliás, mesmo tratando-se de derbi aquele time não assusta. Já tá torcendo contra?

          • Devia estar preocupado com dia 01 então. Dia 24 e dia 01 serão os primeiros jogos de verdade do ano pq até agora…

  • Quando o Borja joga bem a defesa vaza
    Acho que o melhor jogo que vi dele foi esse, fez dois e teve várias outras boas chances, o lado positivo desse jogo

    • eu achei ele um pouco displicente em algumas tentativas de passe, tenho a impressão de que se fosse o TS o segundo do linense não teria saído. O TS não toca bem, mas em compensação acho que protege melhor a zaga.

  • Podem me xingar, mas esse time tá sem ambição. Precisa mudar a atitude antes que seja irreversível.

  • Galera, talvez alguém consiga me tirar uma duvida.
    Sou do sul, pretendo ir com meu pai assistir Palmeiras e Boca pela Libertadores.

    Nunca fui ao Allianz Parque, apesar de ter ido a mais de 40 jogos do Palmeiras (todos no sul, Curitiba, Joinville, Florianópolis, Criciúma, Porto Alegre, Chapecó) nos meus mais de 30 anos como palmeirense. Nunca vi nosso time perder enquanto estava no estadio.

    Minha pergunta é: Como compro ingresso antecipado, se deixar para ultima hora, consigo comprar? 3? Todos próximos? Sou sócio Avanti.

        • Muda pra sócio do interior e poderá comprar com prioridade quando abrir as vendas para sócios avanti, mas isso provavelmente só acontecerá perto da data do jogo.

          • Sócio do interior? Só vejo planos Bronze, prata, prata superior, ouro… problema é trocar de plano para comprar 3 ingressos, ai pagar uma nota o ano inteiro. Pagar 500/600 pila uma vez, ok? mas pagar todo mês 120 durante 12 meses, não vale a pena.

          • Então…. esses dias estavam falando disso, me parece que era uns 18,00, mas realmente no site não tem nada. Sei que tem o sócio do interior para ser sócio do clube social e frequentar piscinas, etc, e com isso também o direito de ter prioridade na compra de ingressos, mas realmente só pelo avanti não aparece nada mesmo.

        • Muito dificil. O plano bronze é um dos últimos a abrir para venda. Num jogo desses, os ingressos esgotam antes. Mas se conseguir, é um ingresso só. Não dá para comprar mais. A não ser que vc tenha dependentes cadastrados (que também tem que pagar avanti)

          • Os outros 2 são sócios também, ambos bronze. Comprar por fora é muito difícil? Não tem outro site q eu consiga? Existe venda física ainda? Quando vou aqui no sul, geralmente compro via FutCard ou na bilheteria.

          • Até existe venda fisica. Mas é como te falei. Num jogo desses é quase impossível sobrar ingressos para venda fisica. A chance é pelo Avanti mesmo…

    • Se você mudar para o prata superior, terá melhores chances de conseguir o ingresso, o plano ouro também é uma excelente opção.
      Se você não mudar o seu plano, as suas únicas chances serão nos ingressos mais caros no setor oeste, se sobrarem ingressos neste setor quando abrir a sua vez de compra…

  • além da reeditada contusão do Moisés, o jogo do ano passado marcou o último gol do Barrios com a gente e, também, do Veiga (deste último, pelo menos até ele voltar do empréstimo ao Furacão).

    será legal se, hoje, todas as lembranças que este jogo deixe sejam boas. P ex: que tal, um 3 gols do Borja, um do Dudu e outro do Felipe Melo?

    #VamosPalmeiras

  • Acho que nos próximos jogos (hoje e contra Ponte) o Roger rodará um pouco o elenco. Hoje já está descansando o William e creio que no próximo possa descansar alguém mais (Dudu e/ou Lucas Lima com entradas de Scarpa e Keno). Dessa forma, chega ao clássico com o time teoricamente mais inteiro e com fôlego também para o primeiro jogo da Libertadores.

  • Palmeiras 5 x 0, Borja, Guerra, Dudu, Lucas Lima e Scarpa, para 25412 torcedores.
    Que Roger e seus comandados continuem vencendo até o final desta temporada para que as cornetas não soem…

  • Sei lá, estou com um mau pressentimento de que o goleiro deles vai ser o destaque do jogo.
    Ganharemos só de 3 x 0, um do Lucas Lima de rebote, um do Guerra em chutaço de fora da área depois de um bate-rebate, e um do Antônio Carlos no escanteio.
    Borja vai lamentar a bola na trave.

    E o Jailson… Continuará invicto!

  • Espero que o Roger realmente esteja testando novos jogadores e composições para dar a famosa variação tática e nao ficar manjado, como o Conrado sempre fala nos periscazzos.

    Roger tem se mostrado muito bem e tá difícil segurar o otimismo em excesso, mas como disse o Rafael Bunese, vamos com calma, seriedade e serenidade.

    2×0 hoje, Borja e Michel Bastos

    • Me parece que a intenção seja primeiro atingir pontuação pra decidir todos os mata-matas em casa, e só depois testar novos jogadores. Daí sim com esses testes vamos poder imaginar quais as variações táticas que ele planeja.

  • Por incrível que pareça, o Palmeiras contratou a dupla sensação da Libertadores 2016 e os dois, jogando juntos, jogaram muito pouco no Palmeiras.

    Não tiveram sequer dois jogos sucessivos e, a bem da verdade, poucos minutos jogando juntos.

    Boa sorte ao Guerra hoje e espero que ele e o Borja se achem em campo hoje.

    2 x 0 gols deles.

  • Meu palpite é Palmeiras 3×0 Lins
    (Borja – Guerra – Scarpa),
    mas o Lins merece levar um caminhão de gols só por causa da lesão do Móises no ano passado.

  • Esses jogos contra equipes que estão em mal momento sempre me deixam com o pé atrás. Por isso prefiro ser cauteloso… 4×0 Verdão. 2 de Borja, 1 de Guerra e 1 de Lucas Lima.

  • O desempenho ruim dos rivais está nos aproximando mais rapidamente de um momento delicado, onde corremos enorme risco de nos deixarmos acreditar que somos favoritos ao campeonato.
    Mantenhamos a humildade e não incorramos no mesmo erro que nos derrubou de todas as competições em 2017.
    Vamos trabalhar para ganhar do Linense com autoridade e seriedade.

    • Falou tudo, por isso gostaria que o trabalho de blindagem do elenco começasse já. Assim a pressão fica fora das quatro linhas e o time se mantém sempre focado, alá 2016.

    • Está foda manter os pés nos chão. Hj nós vivemos uma fase em que queremos mais é que o tempo passe rápido e as decisões cheguem logo.

      Ainda bem que temos um treinador boleiro, que sabe conter os ânimos do elenco e fazê-los focar em uma partida de cada vez.

  • Muito bom testar o Guerra, mas eu começaria com Scarpa também, quem sabe poupando o Lucas Lima.
    E que pena o menino Arthur ter se lesionado… É o quarto jogador no ano que precisa operar! Que zica!

  • Gosto muito do futebol do Guerra tomara que se firme como jogador Polivalente no elenco.

    E que azar essa lesão do Arthur, jogou muito aqui em Londrina ano passado. Estou curioso para saber como irá se desenvolver.

  • Vai ser bom ver o Guerra em campo, sei que ele já jogou ali, mas pelos números dele, ele poderia jogar até no lugar no TTchê, Guerra sabe marcar muito bem..

    Mas o elenco é muito qualificado e sempre nós teremos alguém que “poderia” estar no time..

    Se tá ganhando não temos o que falar do técnico, ele deve saber melhor do que qualquer um quem deve jogar e onde..

    Como o jogo vai ser tarde e não devemos ter problemas com o calor, espero um 4 a 0. Borja, Dudu, Guerra e FM!

    • Concordo contigo…gostaria de ver o Guerra no lugar do Tchê-Tchê nesse time.
      Mas me parece que a motivação da entrada do Guerra é mais questão de rodar o elenco do que outra coisa, já que o Bigode jogou todas as partidas até aqui.

      • Cara, dá uma olhada no site nossopalestra.. O Fragoso faz uma demonstração tática sobre o Guerra e pelo jeito ele deve jogar ou na ponta direita, ou no meio ou de centro avante, não foi testado no TTche nos treinamentos.

        Sobre o Bigode, gosto muito da seriedade e do futebol dele, mas Guerra e Scarpa tem muito mais bola, a qualidade com a bola no pé aumenta bastante, acho que a tendência é um desses dois ficar com a vaga, a menos que o RM tbm dê prioridade a recomposição, o que não acho que seja o caso.

        Então acho que o Bigode disputa com o Borja mesmo, começando correndo por fora, se o Borja aproveitar os passes de LLima, Guerra, Dudu, TTChe e até FM, William vai ter dificuldade de conseguir espaço, deve virar uma opção no banco, aquele que sempre entra, tipo o Keno..

        Abraços.

    • o TTchê e o FM são indiscutíveis nesse meio campo do Palmeiras hoje.. Quem está oscilando na posição ainda, é Dudu, Keno, Bigode.. o trio do meio campo hoje, é a espinha do Palmeiras..

      • Concordo que estão jogando bem, mas num elenco com 31 jogadores qualificados, os testes podem ser feitos em qualquer posição, tanto que FM já ficou no banco..

        Então não vejo problema algum em testar o Guerra na posição do TTChê até pq seus reservas seriam Jean e Moisés, um está lesionado e o outro em preparo físico..

        Abraços.

  • Vamos Palmeiras!!! E Felipe Melo precisa tomar o terceiro cartão amarelo para não correr o risco de ficar fora do derby

    • Felipe Melo não está pendurado! Melhor assim! Aí a missão dele será outra, não tomar cartão amarelo hoje para não entrar pendurado contra a ponte preta. Mas se por um incidente ele tomar o cartão hoje, sou a favor de ele ser poupado e não entrar em campo contra a macaca. Precisamos muito dele no derby.

  • Pelo menos o tal do Zé Antônio não tá mais nesse time, mas ainda assim há de se preocupar e torcer pra não sair ninguém lesionado.

    Menos de 3 eu nem comemoro hoje, me perdoem.