Campeonato Brasileiro 1972

O Palmeiras no Campeonato Brasileiro 1972

O Campeonato Brasileiro de 1972 foi disputado de setembro a dezembro por 26 clubes. Todos se enfrentaram em turno único, divididos em 4 chaves (duas de seis e duas de sete) em que os quatro melhores de cada avançaram à Segunda Fase. O Verdão teve que se virar sem César, suspenso por 7 meses pelo STJD por um incidente no Campeonato Paulista.

Após 25 rodadas, com Madurga, Ronaldo e Fedato participando de forma intensa na linha ofensiva ao lado de Ademir, Edu, Leivinha e Nei, o Palmeiras foi o primeiro colocado de seu grupo e da classificação geral, com 36 pontos em 50 possíveis, chegando à Segunda Fase.

Os 16 clubes classificados foram reordenados em quatro quadrangulares, disputados em turno único. O grupo do Palmeiras ainda tinha SPFC, Coritiba e América. Logo no primeiro jogo, o Palmeiras perdeu o clássico por 2 a 0 e ficou com a situação muito complicada.

Na segunda rodada, mesmo vencendo o América por 3 a 1, passou a depender de um milagre quando o SPFC venceu o Coritiba por 2 a 0.

Na rodada derradeira, no entanto, o tal milagre aconteceu: o América venceu o SPFC de forma surpreendente e o Palmeiras venceu o Coritiba por 3 a 0, a conta exata para passar às semifinais. O gol derradeiro foi de Luís Pereira aos 40 do segundo tempo. O Verdão estava nas semifinais.

Em jogo único, o Palmeiras aproveitou a vantagem do empate e segurou a igualdade no Pacaembu, contra o Inter, mas penou: depois de sair perdendo no primeiro tempo, só chegou ao placar necessário aos 25 do segundo tempo, com Nei.

A final foi contra o Botafogo, que eliminou o SCCP com um 2 a 1 no Maracanã. Com melhor campanha, mais uma vez o Verdão jogava pelo empate.

O Palmeiras começou sufocando os cariocas, que precisaram recuar seus jogadores diante da pressão palmeirense. Mas o espaço proporcionado só fez aumentar o volume de jogo palmeirense. Osmar se tornou o grande nome da defesa do Botafogo no primeiro tempo.

No segundo tempo o Botafogo melhorou taticamente e voltou mais agressivo. O jogo pegou fogo e o pau comeu. Jairzinho acertou uma cotovelada em Alfredo, que caiu sem sentidos no gramado.

Mesmo perdendo Dudu, que sentiu o joelho, o Palmeiras controlava o jogo e era mais perigoso que o Botafogo. Nos minutos finais, de forma natural, recuou. Com muita experiência, o Verdão segurou o resultado e comemorou o quinto título brasileiro.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores