João Martins destaca partida dos garotos e revela que eles terão oportunidades no Paulista

João Martins em jogo do Palmeiras contra o Cuiabá, durante partida válida pela trigésima sexta rodada do Brasileirão 2021, na Arena Pantanal.
Cesar Greco

Substituindo Abel Ferreira, João Martins reclamou também da sua expulsão no jogo

Recheado de garotos, o Palmeiras visitou o Cuiabá na noite desta terça-feira e venceu os mandantes por 3 a 1, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gabriel Silva, Giovani e Gabriel Veron foram os autores dos gols palmeirenses.

Após a partida, o auxiliar João Martins, que substituiu Abel Ferreira, enalteceu a partida feita pelos jovens jogadores e revelou que eles deverão ter chances no Campeonato Paulista do ano que vem.

“Todos os meninos estão de parabéns. Eles entenderam perfeitamente quais eram os objetivos para hoje e souberam que, independentemente de quem está em campo, essa camisa é para defender até o fim. Foi um jogo intenso, com muito calor. Pedimos para que tivesse uma parada no primeiro tempo, mas foi negada. Ainda assim, os meninos tiveram uma capacidade incrível de superação e aproveitaram a oportunidade”, disse em entrevista coletiva.

“Eles têm que estar sempre preparados para as oportunidades que aparecem. Felizmente apareceu hoje e eles estavam. É isso que queremos e exigimos. Eles vão ter oportunidades no Paulista e trabalharão para isso”, acrescentou.

Campeão da Libertadores no sábado, João revelou que o time não fez nenhum treino para a partida frente ao Cuiabá e agradeceu aos atletas que se disponibilizaram a entrar em campo na Arena Pantanal.

“Estamos habituados que a final seja o último jogo da temporada. A Liga dos Campeões é assim. Tem que ser assim porque o nível, a pressão, a ansiedade e o nível físico vão tudo para o limite. Porque é o jogo das nossas vidas. Depois de uma partida dessa é muito difícil voltar o foco. E o que fizemos foi perguntar a eles quem estava com condições mínimas de vir jogar contra o Cuiabá. Não treinamos para essa partida, simplesmente fizemos uma ativação física ontem e hoje. Montamos a equipe por vídeo, felizmente alguns jogadores aceitaram vir”, declarou.

João Martins reclama da arbitragem e fala das férias dos jogadores

João Martins em jogo do Palmeiras contra o Cuiabá, durante partida válida pela trigésima sexta rodada do Brasileirão 2021, na Arena Pantanal.
Cesar Greco

Além de falar do jogo, João aproveitou a entrevista coletiva para novamente reclamar da arbitragem. O auxiliar, no final do jogo, foi expulso da partida após reclamar com o juiz por ser obrigado a realizar uma substituição – Garcia saiu para a entrada de Lucas Freitas.

“Gostaria de pedir desculpa aos palmeirenses por ter sido expulso. Nós somos pagos para cumprirmos uma função e hoje eu tive que cumprir a função de técnico. Dentro da nossa equipe técnica temos uma regra de não fazer substituição em bolas paradas, independentemente do que aconteça”, iniciou.

“Hoje o árbitro intrometeu-se no meu trabalho. Não sou obrigado a fazer uma alteração quando o árbitro quer, faço quando eu quero. Ele obrigou a gente a realizar a substituição. Sou expulso mais uma vez porque o árbitro lembrou que eu treino o Palmeiras e isso não pode acontecer”, completou.

Por fim, o treinador falou sobre a antecipação das férias para boa parte do elenco, visando o Mundial de Clubes.

“Reformulamos um pouco as férias dos atletas por causa das datas do Mundial. Precisamos de um pouco mais de tempo, alguns atletas sairão mais cedo para retornarem antes e terem mais tempo para se prepararem”, finalizou.

Com a vitória, o Palmeiras chegou aos 62 pontos no Campeonato Brasileiro e confirmou a terceira colocação. O time entra em campo na próxima segunda-feira para enfrentar o Athletico-PR, em Curitiba.