1
X
1

19/07/2018 - 20:00

Pré-Jogo

Pré-jogo: Santos x Palmeiras

Na noite desta quinta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras volta a campo após 35 dias sem jogos válidos por campeonatos oficiais. O Verdão enfrenta o Santos, no Pacaembu, para se manter no bolo de cima na classificação do Brasileirão.

Palmeiras

DESFALQUES
Transição física:
Guerra e Borja
Suspensos: Jailson, Luan, Moisés e Dudu

Pendurados: Lucas Lima e Willian Bigode

De forma pouco usual, Roger Machado já definiu o time com dias de antecedência. Já sabendo há muito tempo que não poderia contar com seis jogadores importantes do elenco, treinou a mesma formação por toda a intertemporada: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Hyoran; Willian Bigode.

Santos

O melhor jogador do Santos nestas movimentações de intertemporada foi Diego Pituca, que está suspenso. No mais, Jair Ventura não tem maiores problemas para escalar o que tem de melhor em seu elenco: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Jean Mota e Rodrygo; Gabicelha, Eduardo Sasha e Bruno Henrique.

Lei do Ex

Edu Dracena e Lucas Lima já jogaram pelo pequeno time do litoral. Do lado de lá apenas David Braz já teve a honra de defender nossas cores.

Retrospecto

Ninguém perdeu tanto do Palmeiras na História do Universo – nem o SCCP. O juiz é o amigo do Robinho, e com ele no apito as coisas costumam ser complicadas. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Santos
Santos
Pacaembu
Pacaembu
Dewson Fernando Freitas da Silva
Dewson Fernando Freitas da Silva
Campeonato Brasileiro
Campeonato Brasileiro

 

Parpite

A torcida do Santos é reduzida, mas quando a atração é o Palmeiras, todos fazem sempre um grande esforço. Cerca de 19.765 pagantes verão o Palmeiras vencer por 2 a 1, com gols de Willian Bigode e Diogo Barbosa, e o pessoal da ponta começa a ver algo verde em seus retrovisores. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Acompanhe o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube – inscreva-se!

PFCPFC e PFCI  (Jota Jr e Wagner Vilaron)

O Palmeiras empatou por 1 a 1 com o Santos no Pacaembu, na volta dos times após a parada para a Copa do Mundo. Sem nenhuma surpresa, os times mostraram falta de ritmo e condicionamento físico deficiente, o que tornou a partida chata e monótona. O Verdão deixou mais uma vez a vitória escapar nos minutos finais e vai acrescentando doses de emoção desnecessárias na busca pelo decacampeonato.

Primeiro tempo

1'
Santos

Jean Mota bateu falta da esquerda; David Braz chegou mais rápido que Edu Dracena e cabeceou firme – a bola saiu à esquerda de Weverton, que estava batido.

6'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Willian Bigode saiu da área e caiu pela direita, trouxe para dentro e tocou para Lucas Lima, que se projetou como centroavante;o passe não foi perfeito mas foi o suficiente para o camisa 20 dominar, girar e tocar no canto esquerdo de Vanderlei. Na comemoração, levou cartão amarelo, segundo o árbitro, porque comemorou em frente à torcida santista. Provavelmente queria que a torcida saísse do estádio para que Lucas Lima pudesse comemorar.

12'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bate falta pela direita e carimba a  barreira.

O Palmeiras está bem posicionado defensivamente e não dá espaço para o Santos chegar perto do gol; neste momento os únicos perigos são as bolas paradas.

28'
Palmeiras

Hyoran aparece pela esquerda, bate de fora e obriga Vanderlei a fazer uma boa defesa no canto direito.

Aos poucos o Palmeiras perde a força e dá espaço para o Santos jogar bolas em nossa área. Os cruzamentos saem com muita facilidade.

29'
Santos

Bruno Henrique cruzou da esquerda; Sasha escorou no segundo pau e Gabicelha não alcançou dentro da pequena área.

38'
Palmeiras

Boa troca de passes da linha ofensiva do Verdão; a bola passou por todos os atletas de frente até Bruno Henrique rolar para Gustavo Scarpa, que bateu mal, sem força e direção.

43'
Palmeiras

Contra-ataque mortal do Verdão: após escanteio para o Santos, a defesa afastou e Hyoran puxou o contra-ataque; a defesa do Santos cortou parcialmente e Lucas Lima aproveitou a sobra, abriu para Willian; o Verdão fez linha de passe dentro da área com Lucas Lima e Hyoran, que tirou de Vanderlei mas Alison salvou de cabeça em cima da linha. No rebote, Lucas Lima ainda tentou acharo canto esquerdo de Vanderlei, mas o goleiro desviou para escanteio.


Segundo tempo

Os dois times voltaram do intervalo sem mudanças.

1'
Palmeiras

Willian fez a jogada pela direita e rolou para o apoio de Bruno Henrique, que inverteu rápido a jogada para Hyoran dentro da área; ele puxou para dentro e bateu de direita, visando a forquilha esquerda de Vanderlei, mas a bola saiu por muito pouco.

8'
Santos

Num ataque em que toda nossa defesa estava bem postada, Antônio Carlos acabou escorregando e a bola sobrou para Gabicelha dentro da área, mas o infeliz em vez de tentar fazer o gol tentou cavar o pênalti na chegada de Marcos Rocha. Quando o jogador faz isso, é porque sente que o juiz está a fim de ajudar, mas o lance foi claro demais para marcar o penal.

17'

Depois de um bom início de segundo tempo, quando manteve a posse de bola e fez o relógio andar, o Palmeiras voltou a permitir que o Santos mandasse no jogo e se aproximasse de nossa área. O jogo pedia mais velocidade na saída para o contra-ataque e Artur estava à disposição do treinador.

26'
Palmeiras

Gustavo Scarpa arriscou de fora mas pegou malda bola mais uma vez, sem perigo.

29'
Santos

Gol do Santos – Dodô tropeçou no pé de Gustavo Scarpa próximo da área, pelo lado esquerdo do ataque do Santos; o juiz além de marcar falta, amarelou Scarpa. Na batida de Victor Ferraz, Antônio Carlos afastou bem; Dodô pegou o rebote e escorou em direção ao gol – Weverton estava inteiro na bola mas Felipe Melo tentou afastar e desviou contra, no travessão; na volta Gustavo Henrique escorou pra o gol e empatou o jogo.

32'

Roger Machado manda Jean a campo, no lugar de Hyoran. Extenuado, Willian deu lugar a Deyverson.

38'
Santos

Jean Mota bateu de longe, com veneno; a bola quicou na frente de Weverton, que colocou o corpo à frente da bola e rebateu para o lado, sem dar sopa para a má sorte.

Lucas Lima saiu aos 41, para dar lugar a Artur.

A extremamente tardia presença do camisa 37 deu novo ânimo ao Palmeiras, que passou a ameaçar o gol do Santos com muita intensidade; o time praiano, para continuar tentando fugir do rebaixamento, se encolheu para tentar garantir o empate.

 

45'
Palmeiras

Artur toca para Bruno Henrique, que solta a bomba de fora; Vanderlei fez a pose para as fotografias e fez linda defesa, mandando a escanteio.

46'
Palmeiras

Bruno Henrique acionou Marcos Rocha pela direita; o cruzamento achou Deyverson na risca da pequena área e a testada tinha o endereço, mas Vanderlei foi buscar e salvou o Santos mais uma vez.

48'
Palmeiras

Marcos Rocha bateu lateral na área; Deyverson tirou a casquinha e Jean teve a bola do jogo no bico da pequena área: ele dominou e tirou de Vanderlei, mas a bola bateu na trave direta e a defesa aliviou. Foi a última chance do jogo.





Fim de jogo

Foram três os responsáveis pelo mau resultado:

  • O árbitro Dewson Freitas da Silva marcou todas as faltas possíveis e impossíveis para o Santos, inclusive a que deu origem ao gol de empate, quando Dodô apenas tropeçou no pé de Gustavo Scarpa, sem falar no festival de cartões amarelos a nossos jogadores, inclusive um para Lucas Lima, apenas porque comemorou seu gol, e outro para Felipe Melo, só porque se chama Felipe Melo;
  • O goleiro Vanderlei, que salvou o Santos principalmente na pressão final do Palmeiras, com defesas dificílimas em cima da hora;
  • O técnico Roger Machado não consegue impor personalidade ao time, que só decidiu buscar novamente o ataque após levar o empate. O Palmeiras podia ter aberto 2 a 0 se mantivesse o Santos mais longe do gol de Weverton; Artur já poderia ter entrado no jogo bem antes do empate sair.

Não adianta ficar lamentando, domingo já tem jogo. Lucas Lima está suspenso e Moisés deve voltar ao time. Dudu volta a ser opção e pode ser muito importante. A torcida precisa esquecer a frustração desta partida e apoiar do começo ao fim. Perder pontos em casa será muito mais grave do que estes que acabamos de deixar escapar. Até porque, não há mais nada para se fazer para recuperar estes pontos; para domingo, temos 90 minutos pela frente. VAMOS PALMEIRAS!


Acompanhe a transmissão ao vivo feita pelo Verdazzo, com a narração de Bruno Zanholo e comentários de Conrado Cacace.

Ficha Técnica

Santos

GOL
Vanderlei
LAD
Victor Ferraz
ZAG
David Braz
ZAE
Gustavo Henrique
LAE
Dodô
VOL
Alison
VOL
Léo Cittadini
MEI
Jean Mota
MEI
Rodrygo
MEI
Yuri Alberto
ATA
Gabriel
ATA
Eduardo Sasha
ATA
Copete
ATA
Bruno Henrique
TÉCNICO
Jair Ventura

Palmeiras

GOL
Weverton
LAD
Marcos Rocha
ZAG
Antônio Carlos
ZAE
Edu Dracena
LAE
Diogo Barbosa
VOL
Felipe Melo
VOL
Bruno Henrique
MEI
Gustavo Scarpa
MEI
Lucas Lima
ATA
Artur
MEI
Hyoran
MEI
Jean
ATA
Willian Bigode
ATA
Deyverson
TÉCNICO
Roger Machado

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Seguro, fez ótimas reposições de bola para armar contra-ataques. Estava inteiro no lance do gol, e ficou vendido com o desvio.
7
Marcos Rocha
Partida tranquila - faltou apenas coordenar as descidas com Diogo BArbosa - os dois não precisam descer o mesmo tempo.
6.5
Antônio Carlos
Tirando o escorregão que quase dá em gol, fez uma excelente partida. E escorregão não tem como prevenir.
7
Edu Dracena
Alguns vacilos pelo alto no primeiro tempo; firmou-se no segundo.
6
Diogo Barbosa
Vai tentando criar uma sequência sólida, sem lesões. Apareceu bem no ataque mais uma vez.
6.5
Felipe Melo
Foi mal na cabeçada, devia ter ido mais firme num lance na frente do gol. Um acidente evitável., ainda mais quando nos lembramos de 2010.
6.5
Bruno Henrique
O melhor do Palmeiras, comandando o meio-campo com personalidade. Faltou contagiar o resto do time.
8
Gustavo Scarpa
Decepcionou no primeiro jogo pra valer depois da volta. Não se posicionou bem, permanecendo muito aberto. Sem velocidade, não aproveitou nem o corredor, nem o miolo.
5.5
Lucas Lima
Depois de um ótimo primeiro tempo, perdeu intensidade e foi sumindo do jogo.
7.5
Artur
Em pouco mais de cinco minutos participou de duas jogadas agudas de gol.
6.5
Hyoran
Boa movimentação principalmente no primeiro tempo. Se não sentiu o físico, não era para ter sido substituído.
6.5
Jean
Entrou mais avançado, para apoiar o ataque. Talvez Vitinho tivesse sido uma melhor opção. Ironicamente, teve a bola do jogo e mandou na trave.
s/n
Willian Bigode
Se mexeu demais para abrir espaços e confundir a marcação. Decisivo no lance do gol. Saiu extenuado.
7.5
Deyverson
Fez bem seu papel, participando dos dois lances finais com competência.
6.5
Roger Machado
Roger Machado
O Palmeiras pediu para levar os gols quando tinha plenas condições de fazer o segundo e o terceiro e matar o jogo. A reação final mostra essa capacidade. Colocar um ponta mesmo com o placar favorável nem sempre significa se expor.
4.5