1
X
0

18/07/1951

Após passar pelo Vasco na semifinal da Copa Rio, com uma vitória e um empate, o Palmeiras encarou o time da Juventus, da Itália, na grande decisão. Os dois clubes chegaram a se enfrentar na primeira fase e os italianos saíram vencedores.

Os dois jogos da final ocorreram no estádio do Maracanã. Na primeira partida, o Verdão foi muito superior e bateu a Juventus por 1 a 0.

Empurrado pela torcida brasileira, o Verdão começou o jogo em cima do time italiano e o primeiro lance de perigo ocorreu aos 7 minutos: Rodrigues arriscou e a bola só não entrou porque desviou em Ferrario. As boas chances criadas no início do jogo aumentaram o ímpeto dos palmeirenses e, aos 20 minutos, Rodrigues abriu o placar. A jogada começou com Ponce de Leon achando Lima na direita; o atacante cruzou e Rodrigues venceu o goleiro Viola.

Com a vantagem no placar, o Palmeiras manteve o controle da partida e quase ampliou minutos depois: Ponce cabeceou e Viola fez boa defesa. O primeiro tempo acabou em 1 a 0.

Enquanto os jogadores de ambos os times se encaminhavam para os vestiários, Bertucelli e Muccinelli partiram para cima de Dema, médio do Palmeiras, mas a confusão não chegou a se estabelecer.

Na volta do intervalo, a equipe de Ventura Cambon continuou melhor e só não ampliou o marcador porque o juiz austríaco, Franz Grill, não assinalou três pênaltis para o Verdão e também devido a boas defesas de Viola.

No fim, o Palmeiras venceu por 1 a 0 e levou a vantagem do empate para o duelo decisivo, que aconteceria dias depois.




Ficha Técnica

Juventus-ITA

Giovanni Viola
Sergio Manente
Alberto Bertucelli
Giacomo Mari
Rino Ferrario
Alberto Piccinini
Ermes Muccinelli
Karl Hansen
Giampiero Boniperti
Pasquale Vivolo
Karl Praest
Jesse Carver
TÉCNICO