0
X
1

22/05/2019 - 19:15

Pré-Jogo

Pré-jogo Sampaio Corrêa x Palmeiras

Na noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís, em partida de ida da fase de oitavas-de-finais da Copa do Brasil.

O Verdão foi recebido com extrema euforia pela torcida local e deve ter bastante apoio nas arquibancadas, mesmo atuando com um time alternativo em relação ao que vem jogando no Brasileirão.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Willian e Ricardo Goulart
Transição física: Gustavo Scarpa

O único titular que tem boas chances de ser escalado é Felipe Melo, que está suspenso no Brasileirão e não vai enfrentar o Botafogo, em Brasília, no próximo sábado – mesmo assim, Thiago Santos alimenta chances de sair jogando.

Caso a tendência de usar o rodízio se confirme, o time que deve entrar em campo é Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo (Thiago Santos) e Moisés; Carlos Eduardo, Lucas Lima e Hyoran; Borja.

Sampaio Corrêa

Sampaio CorrêaO time do Sampaio Corrêa faz boa campanha na Série C e é o vice-líder de seu grupo, com 8 pontos em 4 jogos disputados. Na última partida, empatou em 3 a 3 com o Santa Cruz, no Arruda, resultado que derrubou o técnico do time pernambucano.

Se decidir repetir a escalação que jogou em Recife, o técnico Julinho Camargo vai mandar a campo Andrey; Éverton, Douglas Assis, Moisés e Patric Calmon; Diones e Dedé; Eloir e Cleitinho e Salatiel Junior; João Paulo.

Números

  • Foram sete jogos entre os dois times – um jogo pelo Brasileirão em 1978 e seis pela Copa do Brasil (1992, 2014 e 2015). O retrospecto é de 5V 1E 1D.
  • Nos jogos entre as duas equipes em São Luís há equilíbrio: 1V 1E 1D.

Arbitragem

Rodrigo D'Alonso FerreiraÁrbitro Principal:
Rodrigo D’alonso Ferreira

Rafael TraciVAR:
Rafael Traci

Parpite

Mesmo com o time alternativo, o Verdão deve manter o foco e tentar abrir uma boa vantagem, para poder novamente recorrer ao rodízio na partida da volta. Nossos jogadores vão querer aproveitar a oportunidade para mostrar a Felipão que merecem uma chance no time considerado principal e não devem facilitar para o Sampaio.

Dá Verdão: 3 a 0, com dois gols de Hyoran e um de Borja. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Escolha a emissora e e sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

SportvSporTV – menos para o Maranhão

PFCPFC e PFCI

Pós-Jogo

Sampaio Corrêa 0x1 PalmeirasCesar Greco/Ag.Palmeiras

Num jogo fraquíssimo, o Palmeiras venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0 no Castelão, em São Luís, e trará um resultado bem confortável para administrar no jogo da volta destas oitavas-de-final da Copa do Brasil, na próxima semana, no Allianz Parque.

Contra um adversário que estava satisfeitíssimo com o empate, os reservas do Palmeiras não mostraram inspiração, tampouco disposição para tentar vencer o jogo, e só chegaram ao resultado num frangaço do goleiro, aos 46 do segundo tempo, após falta de longe batida por Moisés. O time agora segue para Brasília, onde enfrenta o Botafogo, pelo Brasileirão.

Primeiro tempo

O Verdão usou os primeiros minutos para se acostumar ao gramado, muito alto, e à iluminação do Castelão, bastante deficiente. Os passes não se completavam no início, e a partida começou muito amarrada.

16'
Palmeiras

Moisés tabelou com Hyoran, invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado, para fora.

22'
Palmeiras

Lucas Lima puxou o contra-ataque e enfiou para Carlos Eduardo, que fez o facão por trás de Everton, e invadiu a área; o camisa 37 levantou a cabeça, ajeitou o corpo e bateu de chapa, tirando de Andrey, mas não levou sore: a bola fez a curva para dentro mas mesmo assim saiu por centimetros. No final, o bandeira anulou o lance alegando impedimento, de forma equivocada.

31'
Sampaio Corrêa

Cleitinho lançou Salatiel por trás de Antônio Carlos; o atacante ficoude frente com Fernando Prass mas Edu Dracena se atirou na bola no último instante e travou a finalização.

32'
Sampaio Corrêa

Na cobrança de escanteio, Salatiel ganhou de cabeça de Fernando Prass e testou por cima. Falha feia de nosso goleiro.

36'
Palmeiras

Hyoran cobrou falta de média distância pelo lado esquerdo e mandou no ângulo de Andrey, que voou para fazer linda defesa – a bola ainda bateu na trave.

Com 47 minutos, o juiz encerrou o péssimo primeiro tempo.


Segundo tempo

Felipão trocou Arthur Cabral por Deyverson.

2'
Sampaio Corrêa

Após cobrança de falta de Everton, a bola resvalou na barreira e a bola sobrou para Eloir, que tentou achar o ângulo de Prass, que saltou para fazer boa defesa.

8'
Palmeiras

Após escanteio rechaçado pela defesa, a bola foi recolocada na área do Sampaio Corrêa; a defesa espirrou o taco e a bola sobrou para Carlos Eduardo, que tinha pouco ângulo mas mesmo assim tentou a finalização pelas canetas do marcador: a bola passou e quase entrou no cantinho direito de Andrey.

17'
Sampaio Corrêa

Cleitinho foi ao findo e cruzou da direita; Prass rebateu mal, para o meio da área; a bola sobrou com Salatiel que tentou a gaveta, mas Prass, que deu dois passos à frente para consertar a besteira, fechou o ângulo e fez boa defesa.

20'

Pra resolver, Felipão mandou Dudu a campo, no lugar de Hyoran.

38'

Dudu não resolveu nada sozinho; o time seguia muito disperso e a última tentativa foi quase uma piada: Felipe Pires no lugar de Lucas Lima.

46'
Palmeiras

Numa falta de longe, já sem os dois principais cobradores em campo, o Palmeiras mexeu no placar num frangaço do goleiro, que estava inteiro na bola, após batida forte de Moisés, mas deixou que ela entrasse no gol, ficando apenas com as penas nas mãos.

50'

Sem dar os devidos descontos – para felicidade geral da nação – o árbitro terminou a pelada em São Luís.





Fim de jogo

Foi horrível. O Palmeiras venceu, mas não merecia ter saído do zero, assim como o time da casa. Os dois times não quiseram jogar bola e vimos uma das piores – se não a pior – partida do ano.

Mas a sorte acompanha os competentes – no caso, muita sorte. A batida de Moisés teve força e quicou na frente do goleiro,  mas Andrey estava inteiro na bola, que era completamente defensável. Talvez ele ainda estivesse sentindo os efeitos do choque de cabeça que teve com Carlos Eduardo. Até o Juca Baleia teria defendido.

O fato é que, como gol, o Verdão tirou qualquer esboço de ânimo que o time do Sampaio pudesse trazer para a partida de volta. É bem pouco provável que o time de Julinho Camargo  ainda aspire a algo maior na Copa do Brasil e a partida da próxima semana não parece que terá uma disputa acirrada pela vaga. Melhor para o Verdão, que pode focar nestas quatro partidas pelo Brasileirão antes da parada para a Copa América. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Sampaio Corrêa

GOL
Andrey
LAD
Everton
ZAG
Douglas Assis
ZAE
Moisés
LAE
Felipe Dias
VOL
Eloir
VOL
Diones
VOL
Dedé
MEI
Cleitinho
MEI
Esquerdinha
ATA
Salatiel Júnior
ATA
João Paulo
ATA
Gustavo
TÉCNICO
Julinho Camargo

Palmeiras

GOL
Fernando Prass
LAD
Mayke
ZAG
Antônio Carlos
ZAE
Edu Dracena
LAE
Victor Luis
VOL
Felipe Melo
VOL
Moisés
MEI
Carlos Eduardo
MEI
Lucas Lima
MEI
Felipe Pires
MEI
Hyoran
MEI
Dudu
ATA
Arthur Cabral
ATA
Deyverson
TÉCNICO
Luiz Felipe Scolari

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Sem ritmo, atrapalhado, talvez sua pior partida desde 2013.
4.5
Mayke
Discreto, apoiou pouco.
6
Antônio Carlos
Um vacilo no primeiro tempo, no mais, compôs bem o miolo da zaga.
6.5
Edu Dracena
O mais ligado no jogo de todo o time.
7
Victor Luis
Mal foi visto em campo.
6
Felipe Melo
Mesmo sobrecarregado fisicamente, levou o jogo a sério
7
Moisés
A falta no final salvou a partida do camisa 10.
6.5
Carlos Eduardo
Acertou bem mais do que errou. Mas ainda precisa de mais para liquidar o grande passivo que ainda tem.
6.5
Lucas Lima
Parece que está jogando de favor.
5
Felipe Pires
Não teve muito tempo para não mostrar nada.
s/n
Hyoran
Sem espaço para aproveitar a velocidade, nada produziu.
6
Dudu
Entrou para mudar o jogo, e passou longe disso.
6
Arthur Cabral
Outro que sentiu a falta de ritmo, foi bem pouco acionado e não fez muita questão de buscar jogo.
5.5
Deyverson
Pelo menos se movimentou um pouco mais.
6
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Sobra uma cornetadinha pra última mexida - Felipe Pires não tinha nada a acrescentar ao jogo; talvez Guerra pudesse ter recebido sua primeira chance no ano.
6