1
X
2

23/04/2021 - 20:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Guarani x Palmeiras

Na noite desta sexta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras tem mais uma obrigação contratual com a FPF a cumprir e visita o Guarani, no Brinco de Ouro.

Na sequência de jogos mais cruel de sua História, o Verdão não tem tempo para desfrutar da belíssima vitória em Lima e deve recorrer mais uma vez ao elenco de apoio para administrar o esforço e preservar os atletas de riscos de lesões.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Luan Silva, Lucas Lima, Gabriel Veron, Breno Lopes e Kuscevic

Abel Ferreira segue na rotina de reinventar a escalação a cada jogo. As novidades no time podem ser as voltas de Zé Rafael e Gabriel Menino, que treinaram normalmente na quinta-feira após alguns dias de trabalho diferenciado.

Usando o máximo de jogadores disponíveis a cada partida, um onze possível para esta noite é Vinicius; Danilo Barbosa, Alan Empereur e Renan; Mayke, Zé Rafael, Gabriel Menino, Gustavo Scarpa e Viña; Giovani e Willian. Mas tudo depende de quem Abel pretende usar na terça, pela Libertadores, e de quem vai usar domingo, contra o Mirassol. Insano!

Guarani

GuaraniNo Guarani, o técnico Alan Aal vai poder contar com o retorno de Régis, recuperado de problemas físicos, mas não deve aproveitá-lo entre os titulares, já que gostou da formação que entrou em campo na vitória contra a Ferroviária.

Assim, a escalação para esta noite deve ser Rafael Martins; Mateus Ludke, Romércio, Airton e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Andrigo; Bruno Sávio, Júlio César e Davó.

Números

  • As duas equipes já se enfrentaram 189 vezes na História; o Verdão venceu 96 jogos, contra 45 da equipe de Campinas, mais 48 empates; o time campineiro é o quinto que mais enfrentou o Palmeiras em 106 anos;
  • Jogando como visitante, a vantagem do Palmeiras é sólida: 39 vitórias contra 32 do Guarani; houve ainda 24 empates;
  • Contando apenas os jogos no Brinco, a vantagem é bugrina: em 72 jogos, 23 vitórias do Pameiras, 28 do time da casa e 21 empates;
  • Foram 127 confrontos pelo Campeonato Paulista e o Palmeiras venceu 67, o Guarani venceu 24 e os dois times empataram 36 vezes;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

Odds

Ignorando a maratona, o mercado diz que o Palmeiras é favorito. Os principais sites de aposta pagarão, em média, para cada real aplicado:

GuaraniGuarani: R$ 3,75
Empate: R$ 3,40
PalmeirasPalmeiras: R$ 1,83

No calendário

O Palmeiras já disputou 22 jogos no dia 23 de abril. Veja a lista completa clicando neste link.

Arbitragem

Vinicius Gonçalves Dias AraújoÁrbitro Principal:
Vinicius Gonçalves Dias Araújo

Marcio Henrique de GoisVAR:
Marcio Henrique de Gois

Parpite

Com a pressão aliviada após a vitória no último lance em Lima, o Verdão vai entrar em campo um pouco mais leve e deve conduzir o compromisso de forma mais natural.

Assim, com naturalidade, deve passar pelo adversário: 2 a 0, com gols de Gustavo Scarpa e Willian. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

PFCPFC

Pós-Jogo

Guarani 1x2 PalmeirasCesar Greco

O Palmeiras venceu o Guarani em Campinas por 2 a 1, de virada, e cumpriu bem mais uma vez seu compromisso contratual com a FPF.

Depois de um primeiro tempo muito fraco, em que o time esbarrou no mau posicionamento de algumas peças e no mau desempenho técnico de outras, o Verdão acertou a formação após as substituições do intervalo e chegou à vitória com mais um gol de Willian.

Primeiro tempo

6'
Guarani

Bidu bateu falta frontal cometida por Wesley; a bola desviou na barreira e ficou nos braços de Vinicius.

8'
Guarani

Davó cruzou da direita; Henri tentou cortar e tocou contra, mas Vinicius estava atento.

12'
Guarani

Júlio César cruzou da esquerda; Renan disputou com Andrigo e a bola saiu mascada, à direita do gol, com perigo.

13'
Guarani

Gol do Guarani – Mateus Ludke cruzou; Henri rebateu e Andrigo pegou a sobra na entrada da área, cortou para dentro e bateu cruzado, forte – a bola tocou na trave direita antes de entrar.

25'
Guarani

Mayke recuou de longe para Vinicius, que despachou; Henri tentou completar de cabeça, mas testou par o lado errado e deu um presente para Davó, que ficou livre de frente para Vinicius e tentou o canto esquerdo – Vinicius defendeu, Andrigo tentou pegar o rebote mas Henri chegou rachando e afastou o perigo.

30'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta da direita, todos esperavam o cruzamento mas ele bateu direto; a bola ainda desviou em Andrigo na barreira e beijou o travessão.

34'
Guarani

Bidu recebeu por dentro e bateu forte, buscando o ângulo esquerdo – a bola passou zunindo ao lado do gol.

43'
Guarani

Andrigo lançou longo para Davó; cercado por Henri e Danilo Barbosa, ele conseguiu levar vantagem e bateu forte, no canto direito de Vinicius. O VAR flagrou impedimento e o gol foi anulado.

44'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Menino cruzou da direita; Gustavo Scarpa entrou como um centroavante, e tentou cabecear; a testada saiu torta e sairia por muito, mas bateu em Mateus Ludke e pegou Rafael Martins no contrapé.

48'

O juiz, que ia bem até então, encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

Abel Ferreira mexeu quatro vezes, desmontando o esquema de três zagueiros. O time ficou com Vinicius; Garcia, Danilo Barbosa, Renan e Esteves; Felipe Melo e Zé Rafael; Willian, Gustavo Scarpa e Wesley; Rafael Elias.

8'
Guarani

Gustavo Scarpa brincou na saída de bola, Andrigo tomou, ligou com Davó que ficou livre na meia-lua e bateu rasteiro, à direita do gol – errou por muito.

15'

Última mexida de Abel: Giovani no Wesley.

17'
Palmeiras

Esteves apoiou pela esquerda e cruzou no primeiro pau; Willian desviou de cabeça e a bola saiu perigosamente pelo alto.

25'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Garcia foi ao fundo e tocou atrás, para a chegada de Zé Rafael, que cruzou no segundo pau; Willian fechou por baixo e escorou para o gol.

27'
Palmeiras

Garcia recebeu na direita, puxou para dentro e bateu de canhota, de curva; Rafael Martins tirou com o olho e a bola lambeu a trave.

35'
Guarani

Rafael Costa recebeu com liberdade e ariscou de fora, mas errou o alvo.

40'
Guarani

Após triangulação com Régis e Éder Sciola, Rafael Costa bateu da entrada da área, mas Vinicius pegou firme. O Guarani aumentava a pressão.

50'

O Palmeiras se segurou até o final e garantiu mais uma vitória no estadual.





Fim de jogo

Foi preciso, além da competência de Abel e dos jogadores, de um pouquinho de sorte. Ao final do primeiro tempo, o time da casa vencia por 1 a 0 e chegou ao segundo gol com Davó, mas, por dois dedinhos, o atacante bugrino estava impedido, confirmado pelo VAR. Dois minutos depois, nos acréscimos, Gustavo Scarpa empatou num lance em que errou completamente a cabeçada – o gol foi contra, de Mateus Ludke.

Após sair de um 0 a 2 para um 1 a 1, o Verdão voltou muito melhor do intervalo. As mexidas de Abel deram resultado; o time voltou com jogadores em melhor momento técnico e preenchendo melhor os espaços na faixa central do gramado.

O domínio no segundo tempo foi flagrante e o gol da vitória saiu naturalmente. Sem cometer mais erros tolos, o time conseguiu segurar a vitória sem sofrer mais sustos.

É notória a falta de motivação de alguns jogadores nesse tipo de partida. Parte do elenco sente que, ao serem escalados para este tipo de jogo, estão em segundo plano. E não deixa de ser verdade, de certa forma.

Mesmo assim, no calor da partida, os jogadores mais jovens, sob a liderança de Willian e Felipe Melo conseguiram manter o time competitivo e capaz de chegar ao resultado.

Este é o panorama quando jogamos uma competição tão desinteressante apenas por causa de dinheiro. Além de todas as dificuldades naturais, a comissão técnica ainda tem que lidar com essas oscilações de motivação, naturais, de parte do elenco.

E o pior é que não há muito tempo para pensar nesses aspectos, já que já tem mais jogo no domingo. E na terça também. E na quinta também. E vamos nesse ritmo por mais umas quatro semanas.

Parabéns aos envolvidos e VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Guarani

Rafael Martins
Mateus Ludke
Éder Sciola
Romércio
Airton
Bidu
Bruno Silva
Rodrigo Andrade
Tony
Andrigo
Pablo Diogo
Bruno Sávio
Régis
Davó
Rafael Costa
Júlio César
Alan Aal
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Vinicius Silvestre
Sem culpa nos gols sofridos (o que valeu e o que não), mostrou bastante segurança com as mãos e com os pés.
7
Danilo Barbosa
De novo como zagueiro, fez o básico para não se comprometer.
6
Henri
Extremamente nervoso em sua estreia como profissional. Os erros vieram desse nervosismo.
5
Rafael Elias
Entrou e brigou muito, mas o máximo que conseguiu foi abrir espaços e ganhar algum tempo na catimba.
6
Renan
O dono da zaga, mostrou uma serenidade impressionante.
7.5
Mayke
Parecia sem tesão nenhum de jogar.
4
Gustavo Garcia
Agradeceu ao titular e mostrou mais uma vez bastante potencial, participando da jogada do segundo gol.
6.5
Felipe Melo
Isolado no primeiro tempo, teve que se desdobrar para tentar proteger a zaga; já com o auxílio de Zé Rafael no segundo tempo, foi absoluto e comandou o meio-campo.
8
Gabriel Menino
Voltando de tratamento, quase se machucou de novo no primeiro tempo e jogou uma rotação abaixo.
5.5
Zé Rafael
Bela volta, dando esperanças que pode reencontrar o bom futebol.
7
Gustavo Scarpa
Bateu uma falta no travessão e fez o gol sem querer. Mas perder a bola por brincadeira uma semana depois de ter sido o culpado pela derrota frente ao SPFC, do mesmo jeito, é imperdoável. Se não tira lições dos erros, não serve.
5
Viña
Está em baixa, parece desmotivado. E Victor Luis não o ameaça, o que o acomoda ainda mais.
5.5
Esteves
Um dos que mais vem aproveitando o Paulista para provar que pode crescer. E parecia rojão molhado.
7
Wesley
Mais um que parecia bem desmotivado. Ou, quem sabe, apenas se poupando e evitando choques e lesões.
5.5
Giovani
Já vai mostrando que também sabe jogar sem a bola, nas funções defensivas. Vai ganhando bastante espaço.
7
Willian
Enfim, uma boa partida. Já fazia tempo que não víamos a experiência e a velha eficiência, surgindo no segundo pau.
8
Abel Ferreira
Abel Ferreira
A escalação inicial não foi ruim, o que atrapalhou foi o mau desempenho técnico e a sobrecarga nos dois corredores, deixando a faixa central muito vazia - algo que ele corrigiu com as mexidas do intervalo. No segundo tempo, por suas mãos, o Palmeiras se impôs e mereceu a virada.
7





  • Tava dando uma olhada nos horários dos jogos. Tá osso jogo dia sim, dia não, e toda vez terminando quase meia noite. Difícil de ficar pra assistir.

  • Acho interessante o esquema com 3 zagueiros. A CT têm demonstrado resiliência e criatividade diante da falta dos reforços necessários. Na equipe titular, o posicionamento defensivo tende a ser semelhante ao que o Abel implantou nos seus trabalhos anteriores e Felipe Melo seria o jogador ideal como terceiro zagueiro.

    Se o Luan aprimorar a parte psicológica, teremos uma defesa muito forte e com um meio de campo muito técnico e eficaz na marcação (PK, Danilo, Menino na direita, Viña na esquerda, Veiga na armação).

    No Paulista é uma oportunidade do Abel ir conhecendo mais os garotos e eles demonstrando que podem seguir na carreira profissional. Acredito que vamos nos classificar e brigar pelo título com o time principal. Se o calendário permitir, é claro.

  • Foi um primeiro terrível. O pior que vi nos últimos tempos.

    Abel fez bem em alterar 4 no intervalo, o time voltou melhor…

  • Teve muita coisa para cornetar… mas hoje, não.

    Melhor jogo do Vinicius até agora. Finalmente vai mostrando o motivo pelo qual vai sendo escalado. Seguro e frio, tudo o que não tinha sido até então.

    Que jogador esse William! Mesmo sendo um atleta “antigo”, tem humildade para aprender e atuar como um jogador moderno, correndo como um alucinado quando o ataque perde a bola para recupera-la o quanto antes. Ser premiado com o gol foi totalmente merecido.

  • bizarro esse campeonato, estamos com 6 jogos e o Bragantino ja esta com 9, a FPF vai encavalando nossos jogos com menos de 48 horas entre um jogo e outro, e o Palmeiras vai jogando com time remendado, cheio de garotos e sem entrosamento algum, se conseguir se classificar vai ser heroico

  • Por mim continua os testes para descobrir qual a melhor formação e ter mais opções táticas.

    Tom me lixando pro Paulistinha.

    • Estou de acordo Ralf! Oportunidade para as crias da academia, além de desenvolver as variações táticas! Talvez seja a melhor alternativa não ir para a próxima fase do Paulista, assim teremos mais tempo para treinamento e descanso do elenco! E isto pode ser fundamental para quando os campeonatos importantes começarem a afunilar!

  • Se quiser se classificar pra próxima fase, vencer hoje e domingo é fundamental, Bragantino e Novorizontino dispararam , eu pessoalmente tô me lixando pro campeonato da FPF