Libertadores da América 2017

A Taça Libertadores da América de 2017 reuniu 47 clubes, que depois das fases preliminares foram reduzidos a 32 clubes em oito grupos de quatro, classificando-se os dois melhores de cada para a chave final.

O Palmeiras foi o primeiro colocado de seu grupo, que reuniu ainda o Peñarol-URU, o Jorge Wilstermann-BOL e o Atlético Tucumán-ARG. OS primeiros confrontos ficaram marcados por dois grandes duelos contra o Peñarol, ambos vencidos pelo Verdão por 3 a 2 - a partida em Montevideo foi marcada por um grande quebra-pau, protagonizado por Felipe Melo.

Depois de ficar em primeiro lugar em seu grupo e em quinto lugar na classificação geral, o Verdão caiu na numa chave em que o primeiro adversário seria o Barcelona, do Equador. A partida de ida, em Guayaquil, transcorria bem, até que aos 47 do segundo tempo, num chute de fora desviado na zaga, o Barcelona marcou seu gol.

A vantagem de 1 a 0 perdurou no jogo da volta até o primeiro tempo. Na segunda etapa, o técnico Cuca mandou a campo Moisés, o maestro do time que estava voltando de lesão. Num de seus primeiros lances, o camisa 10 fez um golaço, arrancando do meio do campo para explodir o Allianz Parque. Os equatorianos conseguiram segurar o placar, levando a decisão para os pênaltis, onde levaram a melhor. O time equatoriano avançou até as semifinais, quando acabou derrotado pelo Grêmio, que se sagraria campeão ao vencer o Lanús, da Argentina.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores