Endrick se torna o jogador mais jovem a marcar um gol pelo Palmeiras na Copinha

Endrick comemora seu primeiro gol na vitória do Palmeiras por 6x1 sobre o ASSU-RN, em partida válida pela primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema-SP.
Fabio Menotti

Aos 15 anos, Endrick começou entre os titulares no primeiro jogo do Verdão na competição e foi às redes duas vezes contra a ASSU

Na última quarta-feira, o Palmeiras estreou na Copinha de 2022 com goleada sobre a ASSU-RN por 6 a 1. Autor de dois gols na partida, o atacante Endrick, sensação da base palmeirense, tornou-se o atleta mais jovem a anotar um tento pelo Verdão no torneio.

Endrick alcançou o feito tendo apenas 15 anos, cinco meses e 11 dias.

“Estou muito feliz por essa marca. Queria agradecer a Deus por estar vivendo tudo isso pelo Palmeiras. Estou focado em dar o meu melhor por essa camisa junto dos meus companheiros e espero dar muitas alegrias ao time”, disse o jogador.

Apesar da pouca idade, no ano passado, o atacante marcou presença nas equipes Sub-15, 17 e 20 e foi às redes por todas as categorias. Considerado uma das maiores promessas que já passaram por Guarulhos, o camisa 9 contabiliza números impressionantes na base palmeirense: são 165 tentos em 169 partidas, sendo 66 deles em torneios oficiais organizados pela FPF ou pela CBF.

“Tem que se entregar muito e jogar com raça. São coisas que nunca vão faltar para conquistar mais títulos para o nosso Palmeiras, que é nossa identidade. Vou jogar pelo time, quero que o Palmeiras vença sempre”, completou.

Natural de Brasília-DF, o atleta chegou ao Palmeiras em 2016 (aos 10 anos) e pelo clube conquistou os Paulistas Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub-20, além da Nike Premier Club Sub-15.

Coordenador da base palmeirense revela que Endrick já quase atuou no profissional

Endrick comemora seu segundo gol na vitória do Palmeiras por 6x1 sobre o ASSU-RN, em partida válida pela primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema-SP.
Fabio Menotti

O ótimo desempenho em campo nos campeonatos de 2021 e o impressionante físico para sua idade fizeram com que Endrick estivesse nos planos do Palmeiras para já atuar na equipe profissional nos últimos três jogos da equipe no Brasileirão do ano passado, quando os jogadores do elenco principal já haviam saído de férias.

A informação foi revelada pelo coordenador de base do Verdão, João Paulo Sampaio, em entrevista ao Uol Esporte. O jogador, no entanto, não foi relacionado porque não tinha a idade mínima estabelecida no regulamento da competição, que é de 16 anos.

“A gente sempre desafia os atletas. Quando ele tinha 14, trouxe para o sub-17. No ano passado, levei para o Sub-20. Ele está chegando lá porque tem qualidade, porque está pedindo passagem. Os números dele de criação de jogadas, chances, chutes e gols por tempo jogado são muito altos. Ele vem se desenvolvendo muito em todos os aspectos”, destacou.

O Palmeiras volta a atuar pela Copa São Paulo de Futebol Junior neste sábado, contra o Real Ariquemes-RO, às 11h.