Elogiado por Abel, Giovani realiza primeiro jogo entre os profissionais em 2022

Giovani
Cesar Greco

Destaque do Palmeiras campeão da Copinha, Giovani teve recentemente seu contrato estendido

Em meio à disputa da Recopa Sul-Americana, o Palmeiras visitou a Inter de Limeira, pelo Campeonato Paulista, com um time alternativo. Dos jogadores considerados titulares no início do ano, apenas Zé Rafael foi escalado por Abel Ferreira entre os onze iniciais.

No segundo tempo, o comandante rodou mais o elenco e promoveu a entrada de Giovani. Destaque da trajetória campeã do Palmeiras na Copa São Paulo de Futebol, o atacante vem treinando com o elenco principal desde o término da competição Sub-20.

Giovani entrou no lugar de Breno Lopes e esteve em campo por 26 minutos. O jogador tocou na bola apenas 11 vezes, mas ainda assim conseguiu criar uma grande chance para Navarro, que chegou a driblar o goleiro adversário e depois foi desarmado pelo zagueiro Xandão. Além disso, o camisa 17 acertou 100% dos passes e teve sucesso nos dois dribles que tentou.

Na entrevista coletiva após o confronto, o técnico Abel Ferreira falou sobre o atacante. “O Giovani é um jogador em quem nós acreditamos. Tem muito potencial. Agora, é ele aproveitar as oportunidades que forem aparecendo. Está preparado para atuar conosco, faz parte do nosso elenco, mas também poderá jogar pelo Sub-20, se precisar. Ele foi campeão da Libertadores e hoje está nesse patamar por fruto do trabalho que é feito na formação e no profissional”.

Giovani estendeu seu contrato com o Palmeiras recentemente

Uma das maiores promessas do Palmeiras, ao lado de Endrick, Giovani teve seu contrato renovado com o Palmeiras no início de 2022. O novo vínculo do jogador vai até o final de 2026. Atualmente, a multa rescisória do atacante é de 60 milhões de euros (cerca de R$ 345,6 milhões milhões, na cotação atual) e o Palmeiras é dono de 100% de seus direitos econômicos.

Multicampeão nas categorias de base, Giovani soma 15 partidas na equipe profissional do Palmeiras e um gol marcado – contra o Cuiabá, pelo Brasileirão do ano passado.

Talisca, campeão da Copinha, renova contrato com o Palmeiras

Talisca durante partida entre Palmeiras e Água Santa, válida pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema-SP.
Fabio Menotti

Talisca, que foi a campo por três vezes na Copinha, assinou contrato com o Palmeiras por três temporadas; Verdão promoveu outras movimentações no elenco Sub-20

O zagueiro Talisca, campeão da Copinha com o Palmeiras, renovou seu contrato com o clube por três temporadas. Aos 18 anos de idade, o jogador celebrou a continuação no Verdão em seu perfil no Instagram. Confira:

O zagueiro chegou ao Palmeiras em 2020, vindo do Jacuipense-BA, e integrou o elenco do Sub-17, num primeiro momento. No ano passado, foi promovido ao Sub-20 e participou de 17 partidas, sendo a maioria no Campeonato Paulista da categoria. Ainda em 2021, o jogador chegou a atuar em um jogo-treino do profissional contra o XV de Jaú e anotou um gol na vitória palmeirense por 2 a 1.

Na trajetória campeã do Palmeiras na Copinha deste ano, o defensor disputou três partidas, sendo titular em dois jogos da primeira fase, contra Real Ariquemes e Água Santa. Como Lucas Freitas não poderá disputar mais campeonatos de base por já ter atingido a idade permitida, Talisca é o único zagueiro canhoto do elenco Sub-20 e deve receber mais oportunidades em 2022.

Durante o mês de janeiro, ainda, Talisca foi chamado pela comissão técnica de Abel Ferreira para completar alguns treinamentos.

Talisca e outras movimentações do Palmeiras no Sub-20

Com a conquista da Copa São de Futebol Junior e o encerramento da temporada, o Palmeiras, além da renovação com Talisca, promoveu outras movimentações em seu elenco do Sub-20.

O lateral-direito Lucas Sena, que havia sido contratado em setembro do ano passado, até agora não teve seu vínculo estendido com o Verdão. O atleta, que tinha contrato até o final de janeiro, não aparece mais na relação dos jogadores no site oficial do Palmeiras.

Em entrevista ao portal Uol no final do mês passado, o diretor de futebol, Anderson Barros, falou sobre a situação de Sena. “Já trabalhamos na renovação do Freitas e do Bicalho. Quanto ao Sena, estamos conversando para entender o que é o melhor para o clube e os atletas, se emprestar, se negociar, enfim, qual o melhor caminho. O caso do Freitas está bem encaminhado para uma renovação”.

Da equipe Sub-17, foram promovidos 21 jogadores para o elenco Sub-20. São eles: Addi e Zé Henrique (goleiros); Gustavo Lopes, Ibson, Mina e Serafim (zagueiros); Carlinhos, Gustavo Sciencia, Robert, Zuin e Leander (laterais); Jhonatan Garcia; Jota, Léo, Luiz Freitas e Thauan (meio-campistas); e Kauan Santos, Allan, Canadá, Daniel, Marquinhos e Wendell (atacantes).

Zé Rafael celebra período sem lesões e projeta metas mais goleadoras para 2022

Zé Rafael do Palmeiras comemora seu gol contra o Novorizontino, durante partida válida pela fase de grupos do Paulistão 2022, no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biase.
Cesar Greco

Semifinalista da Copinha pelo Coritiba em 2012, Zé Rafael aproveitou para também parabenizar garotos do Palmeiras

O ano de 2022 não poderia ter começado melhor para Zé Rafael. Titular na partida contra o Novorizontino, o camisa 8 foi às redes logo na estreia da equipe na temporada e vem mantendo uma sequência sem lesões, algo que o atrapalhou nos anos anteriores.

“Foi muito importante ter feito uma pré-temporada inteira sem lesões. A nossa equipe tem muito a ganhar com isso. A pré-temporada é a base para o ano todo e estamos nos preparando muito. Com o início dos jogos, a tendência é crescer taticamente, fisicamente e tecnicamente. Estamos seguindo os passos da maneira correta e procurando evoluir sempre”, disse Zé à TV Palmeiras/FAM.

Durante um período entre o final de 2020 e o começo de 2021, Zé sofreu com problemas no tornozelo direito e por algumas oportunidades teve que ir a campo no sacrifício. Na temporada passada, realizou trabalhos à parte por semanas até conseguir se recuperar e o esforço deu certo: o meio-campista foi um dos destaques do Verdão na decisão da Libertadores.

“Começar o ano com o pé direito e fazendo gol é muito bom. Eu me cobro muito por isso. No ano passado, eu acabei não fazendo uma marca muito boa, mas este ano estou com novas metas e espero ajudar o Palmeiras no máximo de jogos que eu puder”, acrescentou.

Em 2021, contabilizando os jogos das duas temporadas disputadas no ano, o meio-campista anotou apenas 3 gols, em 60 jogos disputados. Desde sua chegada ao clube em janeiro de 2019, Zé Rafael já marcou 16 gols, além de contribuir com mais 16 assistências.

Zé Rafael parabeniza garotos por título da Copinha

Aos 28 anos de idade, Zé, que teve a chance de jogar uma Copinha pelo Coritiba, em 2012, parabenizou os atletas palmeirenses que levantaram o troféu na manhã de terça-feira, ao golearem o Santos por 4 a 0.

“Queria dar parabéns aos meninos e dizer que estamos muito orgulhosos. A conquista foi o reflexo do quanto eles se prepararam. Eles mereceram, tiveram total mérito e entraram para a História do Palmeiras como os primeiros campeões do clube da Copa São Paulo. Parabéns e estamos juntos, molecada”, finalizou.

O jogador esteve presente ao Allianz Parque e acompanhou o triunfo do Verdão de perto. Nas redes sociais, aproveitou para mandar uma mensagem enaltecendo o seu colega de posição, Pedro Bicalho.

“Brabo demais Bica, grande partida! Parabéns pelo título, mereceram muito! Eu falei que ia ser tudo nosso”, escreveu Zé Rafael.

Destaque na Copinha, Giovani mantém os pés no chão ao falar sobre jogar pelo profissional

O segundo gol do Palmeiras foi uma pintura de Giovani.
Fabio Menotti

Aos 18 anos, Giovani teve chances na equipe principal na temporada passada e chegou a marcar um gol

O atacante Giovani foi um dos grandes nomes do Palmeiras na conquista da Copinha. Autor de um golaço na final contra o Santos, o jogador terminou a competição com quatro tentos anotados e foi um dos artilheiros do time, ao lado de Gabriel Silva (5) e Endrick (6).

Além disso, de acordo com o site de estatísticas SofaScore, o canhoto foi o líder do time em assistências e o segundo em participações diretas em gols.

“Nem nos meus melhores sonhos eu imaginava essa conquista. Claro que não só eu, mas todos os atletas da base pensam em ganhar esse título, ainda mais sendo uma conquista inédita”, revelou o jogador após o triunfo na final.

Apesar das boas performances em campo e toda a expectativa gerada na torcida, Giovani mantém os pés no chão ao falar sobre a possibilidade de ser efetivado na equipe principal, comandada por Abel Ferreira.

“Eu entrego tudo nas mãos de Deus. Tenho que continuar trabalhando firme, com humildade e pés no chão porque eu sei que dará tudo certo”, disse o atacante.

Giovani soma 14 partidas pelo profissional do Palmeiras

No Verdão desde o sub-11, Giovani ganhou suas primeiras oportunidades na equipe de Abel Ferreira no Paulista do ano passado. Foram 10 jogos pelo Estadual, sendo cinco como titular. Ao todo, o atleta soma 14 partidas pelo profissional (10 pelo Paulista, 1 pela Libertadores e 3 no Brasileirão) e um gol anotado, diante do Cuiabá, na Arena Pantanal.

De acordo com o técnico Paulo Victor Gomes, do Sub-20, a decisão de subir ou não um garoto da base é tomada pelos profissionais do time principal.

“Todos eles [os jogadores] tiveram grande participação na competição, pra mim o destaque foi o coletivo. Agora vamos ver a transição de um ou outro para o profissional. A gente deixa isso a cargo do departamento profissional”, declarou.

Com mais de 100 gols pela base palmeirense, Giovani, que tem 100% dos seus direitos econômicos pertencentes ao Palmeiras, tem contrato até o final de maio de 2024.

Eleito craque da Copinha, Endrick celebra título inédito do Palmeiras

Endrick é ovacionado pela torcida na partida entre Palmeiras e Santos, válida pela final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no Allianz Parque, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti

Com 6 gols marcados na competição, Endrick comentou ainda a escolha de Abel Ferreira em não o levar ao Mundial: “super certo”

Na manhã desta terça-feira, o Palmeiras goleou o Santos por 4 a 0 e conquistou o título da Copinha de 2022. Aos 15 anos de idade, o atacante Endrick foi um dos principais nomes do Verdão em toda a campanha.

Com seis gols marcados, o jogador foi eleito pela Federação Paulista de Futebol o craque da competição e também levou para casa o Prêmio Dener (gol mais bonito da competição), pelo tento diante do Oeste, nas quartas-de-final.

“É um título muito importante para a nossa Sociedade. A gente não tinha este título e graças a Deus conquistamos. Os prêmios são todos consequência. O grupo me ajudou bastante, não ganhei o [prêmio de] craque sozinho. O coletivo sobressai ao individual. Agradeço à minha família, minha namorada, meu irmãozinho”, celebrou o atacante ao final do jogo.

Endrick concorda com Abel Ferreira

Endrick durante a partida entre Palmeiras e Santos, válida pela final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no Allianz Parque, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti

Além de festejar a conquista, Endrick também falou da escolha de Abel Ferreira, que afirmou no último domingo que não levará o atacante para o Mundial de Clubes e pediu calma aos torcedores. Para o camisa 9, o comandante palmeirense está correto:

“Eu estou tranquilo, vou torcer muito para nós levarmos este Mundial. Fico tranquilo, penso na base, não penso no profissional para não atrapalhar minha carreira. Se eu subir um dia, vou começar uma nova carreira lá. Fico tranquilo, o Abel está super certo, vou torcer muito e se Deus quiser vamos levar este título mundial”, finalizou o jogador.

Embora juridicamente possa atuar no Mundial, Endrick não tem ainda a idade mínima para jogar profissionalmente pelas competições da CBF e da FPF. Ele só estará autorizado quando completar 16 anos, em julho.