3
X
2

Palmeiras 3x2 VitóriaCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras venceu o Vitória por 3 a 2 e fechou o ano com chave de ouro, chegando a 80 pontos na tabela geral e a 47 no segundo turno, batendo mais um recorde. O gol que fechou o placar veio quase na marca do apito final, o que deu contornos ainda mais vivos à espetacular campanha do time no Brasileirão, sobretudo após a chegada de Felipão ao comando do time.

Primeiro tempo

A partida começou em ritmo extremamente lento, com as duas equipes aparentando até uma certa falta de interesse pela partida. Felizmente o ritmo do jogo foi acelerando conforme o relógio andava, apesar do início sonolento.

6'
Palmeiras

Victor Luis acionou Dudu, que cruzou por baixo – Gustavo Scarpa emendou por cima do gol.

13'
Palmeiras

Triangulação entre Mayke, Lucas Lima e Gustavo Scarpa, que rolou para a chegada de Bruno Henrique, que invadiu a área mas perdeu a passada, saindo com bola e tudo pela linha de fundo.

14'
Vitória

Yago dominou na intermediária, de frente para o gol, e bateu rasteiro, buscando o canto direito de Weverton – ela saiu por pouco.

19'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu escanteio da esquerda e Antônio Carlos testou, mas errou o alvo.

21'
Palmeiras

Felipe Melo lançou longo para Mayke, que acionou por elevação a entrada de Borja na área; o colombiano emendou e mandou a bola por cima, numa belíssima jogada.

25'
Vitória

Léo Gomes recebeu na intermediária, fintou Lucas Lima e bateu forte, por cima do gol.

26'
Palmeiras

Do bico da área, Dudu girou em cima da marcação e bateu para o gol, mas errou o alvo.

32'
Palmeiras

Após escanteio, a bola sobrou para Lucas Lima que levantou no segundo pau; Felipe Melo testou para o meio e Edu Dracena finalizou de cabeça – João Gabriel mandou a escanteio.

37'
Palmeiras

Em ótima jogada de contra ataque, a bola passou por Dudu, depois por Borja, depois por Lucas Lima, que serviu Gustavo Scarpa, que finalizou por cima.

40'
Palmeiras

Dudu driblou dois adversários e bateu de curva – João Gabriel tentou encaixar e a bola escapou, indo a escanteio.

42'
Palmeiras

Mayke partiu em disparada pela direita e rolou para Bruno Henrique, que bateu forte – a bola resvalou na zaga e saiu em escanteio.

43'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após a cobrança do escanteio, a bola sobrou para Dudu, que mandou no segundo pau, onde Edu Dracena estava bem colocado para testar para o gol, abrindo o placar.

Com apenas um minuto de acréscimo, Heber Roberto Lopes encerrou o tranquilo primeiro temo, em que as duas equipes jogaram em ritmo de amistoso.


Segundo tempo

Deyverson voltou do vestiário a campo, no lugar de Borja.

2'
Palmeiras

Deyverson roubou a bola, que chegou a Dudu; no mano a mano com o zagueiro ele entrou na área mas se enrolou; Deyverson ainda tentou aproveitar a sobra mas apenas resvalou na bola, que ficou com a defesa do Vitória.

4'
Vitória

Luan fez boa jogada pela esquerda e bateu, do bico da área, de curva, buscando o canto esquerdo de Weverton, mas a bola saiu.

5'
Palmeiras

Em lance idêntico, Dudu buscou o canto esquerdo de João Gabriel, mas também errou o alvo.

11'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após falta na direita, a bola foi rolada para Gustavo Scarpa; a bola sofre um leve desvio e atrapalha João Gabriel, que aceitou.

14'
Vitória

Depois de um bate-rebate na frente de nossa área, Léo Gomes chutou de fora, buscando o canto esquerdo de Weverton, mas errou o alvo.

16'
Palmeiras

Tabela entre Deyverson e Lucas Lima, que entrou na área e cruzou por baixo; Deyverson não alcançou mas Gustavo Scarpa chegou batendo de chapa – a bola saiu lambendo a trave esquerda de João Gabriel.

17'
Vitória

Luan recebeu lançamento forte e, no domínio com o peito, chapelou Mayke; entrou na área e chutou cruzado, forte – Weverton fez grande defesa.

19'
Palmeiras

Mayke tentou a jogada individual e foi desarmado, mas Dudu pegou a sobra e bateu para o gol – João Gabriel fez boa defesa por baixo.

'
Palmeiras

Em contra-ataque rápido, Dudu invadiu a área e tentou cruzar, mas Bruno cortou em escanteio – quase saiu um gol contra. Na cobrança por baixo, Edu Dracena escorou e a bola roçou a rede pelo lado de fora.

25'
Vitória

Gol do Vitória – Antônio Carlos dividiu com Yago, cometendo falta fora da área – Heber Roberto Lopes, com todo o prazer do mundo, marcou pênalti. O próprio Yago bateu no canto esquerdo de Weverton e diminuiu o placar.

Moisés entrou no lugar de Gustavo Scarpa.

27'
Vitória

Gol do Vitória – Fabiano fez boa jogada pela esquerda e acionou Luan, que dominou a bola já girando o corpo e ficou de frente para Weverton; aí foi só soltar a bomba e empatar o jogo.

33'
Palmeiras

Após escanteio, Felipe Melo petecou a bola e deu uma puxeta; Edu Dracena testou pela linha de fundo com perigo.

41'
Palmeiras

Mayke fez ótima jogada pela direita e cruzou por baixo; Lucas Lima emendou para o gol mas Lucas Ribeiro tirou em cima da risca; Deyverson não conseguiu dominar sem goleiro e perdeu a chance do terceiro.

43'

Lucas Lima deu lugar a Guerra.

44'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS! Dudu puxou o ataque pela esquerda e tocou para Guerra; sem opções, o venezuelano rolou para a chegada de trás de Bruno Henrique, que soltou uma sapatada, no canto direito de João Gabriel, selando a vitória do Verdão.

Aos 47 minutos, Héber Roberto Lopes encerrou a participação do Verdão no Campeonato Brasileiro.



Ficha Técnica

Vitória

João Gabriel
Cedric
Lucas Ribeiro
Bruno Bispo
Fabiano
William Farias
Nickson
Lucas Fernandes
Erick
Yago
Léo Gomes
Luan
Léo Ceará
Eron
João Burse
TÉCNICO


Fim de jogo

Foi um jogo bem tranquilo, com as duas equipes já sem maiores interesses na disputa e onde o Palmeiras apenas exerceu sua natural superioridade, para um público excepcional. Um pequeno período de desconcentração colocou o resultado em risco, mas no final o time soube chegar à vitória com um golaço. A invencibilidade foi ampliada para 23 jogos; o time manteve as marcas de melhor ataque e melhor defesa. O ano foi fechado da melhor forma possível.

Com a taça nas mãos de Bruno Henrique, o Verdão consolidou seu protagonismo no futebol brasileiro. É o terceiro título nacional em quatro anos, com um potencial enorme para aumentar essa hegemonia diante de toda a estrutura que se mantém.

Que a torcida tire lições dos altos e baixos que aconteceram este ano e se mantenha sempre leal ao Palmeiras, apoiando o grupo na boa e na ruim, fazendo críticas e cobrando sempre de forma construtiva, sobretudo porque temos no comando um treinador que é o maior da História.

O Verdazzo pode ter sido excluído da transmissão da final, mas vai seguir mantendo a lealdade como o padrão. Nosso compromisso são com as cores verde e branca. Nosso papel é falar sobre o Palmeiras; questionar, alertar e, por que não, tomar partido – sempre tendo por norte o que será melhor, em nossa opinião, para seguirmos conquistando troféus. É isso que as dezenas de milhares de leitores e a comunidade de padrinhos esperam deste site. E é isso que continuará sendo feito. PARABÉNS, SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS!