2
X
2

05/12/2020 - 17:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Santos x Palmeiras

Na tarde deste sábado, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Santos, em partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão.

Em fase excepcional, o Verdão volta a lidar com desfalques – novas lesões e três suspensões atrapalham ainda mais o técnico Abel Ferreira, que não poderá comandar o time à beira do campo porque contraiu a Covid-19.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Gustavo Scarpa, Patrick de Paula, Felipe Melo, Wesley, Luan Silva e Luiz Adriano
Suspensos: Gustavo Gómez, Gabriel Menino e Danilo
Covid-19: Marcos Rocha e Renan, além do treinador Abel Ferreira
Poupado: Rony

Pendurado: Lucas Lima

A proteção à área é o setor mais desfalcado para o clássico. Zé Rafael provavelmente terá a companhia de Luan, que já foi testado na função no jogo contra o Athletico-PR. A zaga deve ficar a cargo de Emerson Santos e Alan Empereur.

Rony também deverá ser poupado por questões físicas; o camisa 11 deve ser apenas opção de banco. Assim, Vitor Castanheira, que voltará a comandar o time numa partida oficial, deve mandar a campo Weverton; Mayke, Emerson Santos, Alan Empereur e Viña; Luan e Zé Rafael; Lucas Lima, Raphael Veiga e Gabriel Veron; Willian.

Santos

SantosO técnico do Santos, Cuca, terá disposição força máxima para o duelo. A dúvida está no posicionamento de Soteldo, que na última partida atuou centralizado. Se Cuca decidir manter essa formação, Lucas Braga jogará na ponta esquerda; caso retorne com o venezuelano na ponta, Jean Mota assume o miolo.

Assim, o time que deve entrar em campo esta tarde é John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga (Jean Mota).

Números

  • Em 338 clássicos desde 1915, o Palmeiras venceu 142, empatou 90 e permitiu 106 vitórias do Santos;
  • Na Vila Belmiro, o histórico aponta para 43 vitórias do Verdão, 19 empates e 47 vitórias santistas;
  • Em campeonatos brasileiros, são 21 vitórias palmeirenses, contra 28 do Santos e 25 empates;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

No calendário

O Palmeiras já disputou 13 jogos no dia 5 de dezembro e venceu 9. Nesta data, há 83 anos, o Palestra Italia venceu o Santos na Vila Belmiro por 5 a 3. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Do lado de cá: Lucas Lima
Do lado de lá:
Jobson

Arbitragem

Flavio Rodrigues de SouzaÁrbitro Principal:
Flavio Rodrigues de Souza

José Claudio Rocha Filho

VAR:
José Claudio Rocha Filho

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos refeita ao final do segundo quartil, estamos 3 pontos abaixo. A meta para este jogo era de empate. Portanto, uma vitória nos deixará a apenas um ponto da pontuação que tende a nos dar o título.

Parpite

O clássico será o maior teste para o Palmeiras desde as mudanças na comissão técnica. O Santos, completo, terá a chance de aproveitar dos doze desfalques do Verdão.

A partida não é decisiva, mas é bem importante para as pretensões do Palmeiras no campeonato. Um insucesso reduz a margem de erro para praticamente zero. Sabendo disso, nossos jogadores devem jogar com um espírito diferente, com motivação redobrada. Por isso, dá Verdão: 2 a 1, com dois gols de Willian, recém-des-zicado. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

PFCPFC

EI Plus

TNTTNT (menos para São Paulo)

Pós-Jogo

Santos 2x2 PalmeirasCesar Greco - Ag.Palmeiras

Os desfalques desta vez fizeram muita falta. Contra um adversário mais estruturado que os anteriores, o Verdão teve problemas e não passou de um empate em 2 a 2 contra o Santos, na Vila Belmiro.

O empate em si não pode ser considerado um resultado ruim, ainda mais diante de todas as circunstâncias. Mas com esses pontos desperdiçados, a situação na tabela ficou um pouco mais complicada. Não impossível.

Primeiro tempo

4'
Palmeiras

O Palmeiras apertou a saída de bola e Viña aproveitou passe errado para bater para o gol; Lucas Braga entrou forte na dividida e a falta foi marcada. Lucas Lima cobrou e a bola raspou na barreira, indo a escanteio.

11'
Palmeiras

Emerson Santos recebeu por dentro sem marcação, deu dois passos e soltou a patada; John foi no canto direito e colocou a escanteio com a ponta dos dedos.

23'
Santos

Marinho foi lançado em velocidade, cortou Viña mas na hora do chute foi travado por Zé Rafael, que cedeu escanteio. Na cobrança, quase gol olímpico de Marinho, mas Weverton estava atento.

29'
Santos

Soteldo recebeu por dentro, cortou Emerson Santos e bateu de direita, a bola saiu perto do ângulo direito de Weverton.

30'
Santos

Marinho chutou de fora, rasteiro, e Weverton foi no canto esquerdo para espalmar para o lado; depois precisou dividir no rebote com Kaio Jorge e colocou a escanteio.

31'
Palmeiras

Willian ganhou na dividida com Pará e correu; a bola ficou com Veron que devolveu para Willian em velocidade; John saiu para fechar o ângulo e Wiliian tentou o gol por cobertura, mas errou o alvo.

37'
Santos

Gol do Santos – Kaio Jorge lançou Marinho, Viña errou grosseiramente o bote e Marinho entrou livre na área; Kaio Jorge passou pela direita , recebeu, tocou para dentro e Diego Pituca escorou para o gol.

47'

Fim do primeiro tempo.


Segundo tempo

Depois de uma queda de energia que atrasou o recomeço em 12 minutos, o segundo tempo, sem alterações nas equipes, teve início.

1'
Santos

Marinho recebeu com espaço, entrou em diagonal cercado por Alan Empereur e bateu de fora, no centro do gol – Weverton pegou firme.

3'
Santos

Após escanteio curto, Soteldo cruzou da esquerda e Lucas Veríssimo testou – Weverton pegou firme de novo.

5'
Palmeiras

No escanteio da esquerda, Zé Rafael disputou no primeiro  pau e Veron se preparava para empurra para dentro, mas Lucas Braga se atirou na bola e cedeu novo escanteio, do outro lado. Na checagem pelo VAR, um toque de mão de Lucas Veríssimo foi constatado na disputa com Zé Rafael e o pênalti foi marcado.

 

9'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Raphael Veiga bateu o pênalti no lado esquerdo e empatou o jogo.  A batida não foi das melhores; John quase chegou nela.

13'
Santos

Soteldo bateu falta da intermediária na área; Luan vacilou no corte e Lucas Veríssimo escorou da pequena área por cima do gol.

17'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! No escanteio cavado por Willian pela esquerda, Zé Rafael testou no segundo pau e Willian, que ia sair do jogo porque Gabriel Silva já estava na beira do gramado, escorou para o gol.

20'
Santos

Marinho atacou pela direita, esperou a passagem de Kaio Jorge para cortar para dentro e chutar – a bola foi na rede por fora, com Weverton na jogada.

21'

Com quatro minutos de bônus, Willian deixou o gramado para a entrada de Gabriel Silva.

25'
Santos

Gol do Santos – Soteldo ganhou fácil de Mayke e cruzou; Marinho tentou o voleio mas a zaga rebateu; Balieiro recolocou na área e Marinho dominou para bater no canto direito de Weverton.

30'

Breno Lopes entrou no lugar de Lucas Lima.

31'
Santos

Pará recebeu de Marinho e bateu de esquerda, por cima do gol.

38'
Palmeiras

Raphael Veiga fez jogada individual por dentro, saiu de Pituca e bateu rasteiro; John defendeu firme.

42'

Alan Empereur tentou arrancar para o ataque e aparentemente sofreu uma lesão muscular. Kuscevic foi para o jogo, em sua estreia pelo Palmeiras.

47'

Zé Rafael dividiu com Felipe Jonatan e na extensão do lance acertou a canela do adversário. Lance de jogo que na análise do VAR o juiz foi induzido a expulsar o jogador do Palmeiras.

52'
Palmeiras

Gabriel Veron fez um carnaval pela direita e cruzou por baixo, Gabriel Silva se atirou na bola mas não conseguiu escorar para o gol vazio.

54'

Depois de muito tempo de acréscimo, o árbitro encerrou o clássico.





Fim de jogo

O Palmeiras foi muito bem na parte inicial do primeiro tempo, quando não precisou da ligação: as chances eram criadas já a partir do campo de ataque, roubando a bola na marcação-pressão.

Quando teve que naturalmente recuar a marcação diante do desgaste físico, a deficiência apareceu. O Palmeiras em nenhum momento teve a superioridade no meio do campo.

A saída de bola do Santos conseguiu passar por nossa marcação facilmente no meio – curiosamente, o oposto de quando nossa marcação estava perto da área. A bola passou a chegar em Soteldo e Marinho, que estavam inspirados.

Já nossa saída de bola sentiu a falta de um meiocampista para fazer a ligação. Emerson Santos é esforçado mas não é esse cara. Zé Rafael, Veiga ou Lucas Lima tinha que ter assumido essa bronca – mas a falta de tempo para treinar também precisa ser levada em conta.

Assim, o Palmeiras fez uma de suas partidas menos letais desta nova fase , muitas vezes previsível, entregue quase sempre à capacidade e ao talento individual.

E mesmo com tudo isso tivemos a bola do jogo aos 47 do segundo tempo, com os Gabriéis Veron e Silva. Faltou pouco!

Gustavo Gómez fez muita falta e a manobra do STJD realmente fez efeito. Perdemos dois pontos que talvez não tivéssemos perdido não fosse o desfalque do paraguaio.

Ficou mais difícil, mas não tem nada decidido. Nossa missão agora é virar a chavinha, receber de volta os desfalques deste jogo  (Scarpa, Rony, Menino, Gustavo Gómez e Danilo) para a viagem a Assunção e ir com tudo pra cima do Libertad. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Santos

John
Pará
Lucas Veríssimo
Luan Peres
Felipe Jonatan
Laércio
Alison
Vinicius Balieiro
Diego Pituca
Soteldo
Marinho
Kaio Jorge
Lucas Braga
Bruno Marques
Cuca
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Boas defesas, sempre bem colocado.
7
Mayke
Vacilou ao acompanhar Pituca no primeiro gol e tomou um baile do Soteldo no segundo.
4
Luan
O Santos não fez nada em seu setor. Ficou vendido, no meio de três, no lance do primeiro gol.
6.5
Alan Empereur
Esforçado, não se omite. Mas tem seus limites.
5.5
Kuscevic
Foi exigido em apenas um lance, e foi bem.
6
Viña
Foi bem apenas no momento inicial, de pressão na saída de bola do Santos. Depois fico bem abaixo.
5.5
Emerson Santos
Improvisado, arriscou até uma finalização. Mas não e a dele.
6
Zé Rafael
Oscilou, ficando um tanto escondido no primeiro tempo. Expulsão injusta.
6.5
Gabriel Veron
A bola chegou pouco, mas quando chegou, foi perigoso.
7
Raphael Veiga
Sentiu falta de uma boa saída de bola para participar mais do jogo. Não bateu o pênalti bem.
6
Lucas Lima
Idem a Veiga . Mas segue se desdobrando.
6
Breno Lopes
Entrou para ser uma válvula de escape pela esquerda, mas na prática não foi acionado.
5.5
Willian
Cavou o escanteio que deu origem a seu gol, o da virada, importantíssimo.
7.5
Gabriel Silva
Vai pegando quilometragem em jogos importantes e isso é muito bom.
6
Vitor Castanheira
Vitor Castanheira
Sob a orientação de Abel, fez o que dava para fazer. Não tinha muito o que inventar sem correr muitos riscos.
6.5





  • Até agora não entendi pq não entraram com o recurso suspensivo pra tentar a liberação do Gomez…

    • Temos um jogo mais importante na terça contra o Libertad. E mesmo com o efeito suspensivo alguma hora ele iria ter que cumprir a punição, melhor que seja agora.

    • Pelo o que li foi opção da diretoria. Claramente estão deixando o BR em segundo plano, e com razão. Acredito que as copas estão com um caminho muito mais favoráveis.

  • Realmente o Gustavo Gomes fez muuuuita falta. Os dois gols foram pelo lado que ele estaria. Nos dois lances o Marinho passou com uma tranquilidade absurda! Mas temos que valorizar o time por ter jogado sem os volantes. Não tinha meio. Outro ponto sério a se apontar é a dualidade da arbitragem. Não expulsou o Solteldo em tesoura por trás que por pouco não quebrou a perna do Mayke, mas expulsou o Zé num lance que praticamente não dava pra evitar.

  • Danilo e Patrick de Paula fizeram muita falta no meio de campo.

    Sem a dinâmica da saída de bola, tivemos muito problemas a partir dos 20 minutos do primeiro tempo.

    Gustavo Gomez também fez muita falta neste jogo, setor esquerdo da defesa ficou instável sem ele.

    Contra o Libertad, voltaremos a jogar como estávamos jogando…

  • A partida do Viña foi horrorosa, mas nao dá pra desprezar a falta que o GG faz na cobertura dele e pegar o jogador mais inspirado do Brasil do lado dele foi foda. G. Menino faz muita falta, hoje o Mayke é o jogador mais destoante do elenco, disparado. Enfim o empate hoje foi vitória diante de tantos problemas.

  • Willian tem se salvado sempre no limite da paciência … fazendo um golzinho. Mas literalmente está muito, mas muito mal. Ele se percebe, é um grande indivíduo. Vina foi bizonho nesse jogo, errou quase absolutamente tudo depois dos 20 minutos iniciais. Mike é um lateral Dente de leite … sofrível. Faltou um volante mesmo, apesar do esforço do Émerson Santos, e fisicamente o time estava queimando óleo… não sei o que houve. Alan Cintura Dura é muito limitado … já o chileno parece promissor. Enfim … Empate foi uma vitória

  • Qual o critério das suas notas ? 4 pro Maike e 5,5 pro Vinã que foi pior que o Maike? Que passou mal com o Marinho?

    Que falhou bizonhamente no primeiro gol? Qual o seu critério de avaliação? Vinã fez o pior jogo com a camisa do Palmeiras e ainda ganhou essa nota? O mínimo seria 2 e olha lá

  • Soteldo e Marinho deitaram na gente, demos sorte em empatar. Pior partida do Viña, nossa errou tudo e entregou no primeiro gol, ridículo, ao meu ver nota 3 no máximo. Mayke horrível, nota 2. Veiga bateu mal mas fez, jogou muito mais que o William, que continua mal. Enfim, bora para o Libertad, avanti Palestra!

  • Mais uma vez o juiz nos tira a vitoria. Nao expulsou o soteldo (se fosse o Felipe Melo seria ate sido executado em praca publica) e exagerou na expulsao do Ze Rafael. O Soteldo nao teria comecado a jogada do segundo gol.

  • Palmeiras toda vez que vai jogar um jogo grande de repente aparece um monte de desfalques. Não entendo. Dai hoje a gente leva uma sacolada no Santos e vão dizer que o Palmeiras estava bem porque só pegou galinha morta. Achei que estava tudo bem, vamos jogar com os reservas do reservas e com o mayke que mais entrega a paçoca do que joga a nosso favor. Será que até as horas ninguém mais machuca? Ta loco hein…

  • Luan tem feito boas saídas de bola, atuando na zaga. Seus lançamentos melhoraram bastante e viraram ótimas opões para o desafogo.

    Junto com LL e Veiga, o zagueiro-volante também poderá deixar Bigode e Verón saindo na cara do gol diversas vezes – já que o peixe deve vir para cima.

    Soteldo e Marinho estão bem. Mas estou otimista: 3 a 1 Verdão.

  • Não vai ser um passeio na praia, mas o 11 que começa hoje não deixa nada a desejar para o 11 das sardinhas. Vitória por qualquer placar e mais 3 pontos rumo a liderança.

  • Alguém, pelo amor de Deus, manda um video para o Abel com os melhores momentos do Verdão jogando na casa de praia.