Palmeiras goleia o Real Madrid e conquista o Mundial de Clubes Sub-17

Sub-17O Palmeiras venceu o Real Madrid por 4 a 2 e conquistou pela primeira vez o Mundial de Clubes Sub-17. O torneio foi disputado em Fuenlabrada, região de Madri, e foi totalmente dominado pelo Verdão, que teve cinco vitórias e um empate, com 29 gols a favor e 7 contra.

Jogando de forma bastante solta, o Palmeiras não se intimidou com o peso da camisa do time da casa e rapidamente chegou aos gols. Aos 14, Gabriel Vieira fez um belo gol, após linda jogada de Gabriel Verón. Aos 19, Verón fez o dele, aproveitando excelente passe de Tatavitto. Foi o nono gol do camisa 11, artilheiro da competição.

O time da casa se enervou com os gols sofridos e o jogo ficou tenso, com a molecada abrindo a caixinha de ferramentas. O Palmeiras se aproveitava do clima e fazia o relógio andar. Aos 33, Fabrício recebeu dentro da área após cobrança de lateral, limpou três adversários e marcou mais um golaço. O primeiro tempo terminou 3 a 0, mas foi um baile.

No segundo tempo o time da casa voltou diferente e começou a se impor em campo. Aos 4 minutos, o Real Madrid diminuiu com Carlos Dotor, após vacilo de Kaique na tentativa de corte.

Troféu Mundial Sub-17Finalmente o jogo ganhou contornos de final. O Madrid atacava na base da força, enquanto o Palmeiras apostava nas jogadas de velocidade. Aos 19, Garay vacilou no recuo para o goleiro, jogou a bola no fogo e Luan Cândido dividiu o lance para fazer o quarto do Verdão.

Aos 30, Gabriel Verón fez jogada individual pela esquerda e tocou de cavadinha por cima do goleiro – a zaga salvou o gol em cima da risca, estragando a pintura. Aos 37, após cobrança de escanteio, Fran diminuiu o placar e deu números finais à partida.

O título do Mundial é mais um grande feito de nossas categorias de base, que começou o trabalho de reestruturação em 2013, nas mãos de Erasmo Damiani (hoje na CBF), e que começou a colher frutos com a promoção de Gabriel Jesus em 2015 e com a conquista de vários títulos nos últimos anos.

Que o time profissional possa contar, em breve, com vários desses meninos. Bravo!