Terça-feira do Palmeiras é marcada por treinos técnicos e presente da comissão técnica aos funcionários do clube

Dudu durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Palmeiras iniciou a preparação para enfrentar o SPFC; após o treino, Abel presenteou os funcionários com seu livro

Após a segunda-feira de folga, o elenco do Palmeiras se reapresentou na manhã desta terça-feira, na Academia de Futebol, e deu início à preparação para o clássico diante do SPFC, que acontecerá quinta-feira, no Morumbi, às 20h30.

A comissão técnica comandou duas atividades técnicas. De início, divididos em dois times, os jogadores trabalharam o passe e a marcação em campo reduzido. Em seguida, os setores de ataque e defesa foram separados em metades diferentes do campo para exercícios específicos.

Os meio-campistas Gabriel Menino e Patrick de Paula, que sofreram entorses no tornozelo direito e esquerdo, respectivamente, seguiram seus cronogramas de recuperação com atividades na parte interna do Centro de Excelência e no gramado. O zagueiro Luan deu prosseguimento ao tratamento de uma lesão na coxa esquerda.

Líder do Grupo C do Paulistão, o Palmeiras volta a treinar na manhã desta quarta-feira, na Academia de Futebol.

Após treino do Palmeiras, Abel presenteia funcionários

Após treino do Palmeiras, Abel e sua comissão técnica presenteiam funcionários do clube.
Fabio Menotti

Ao final das atividades, Abel Ferreira e seus auxiliares presentearam todos os funcionários da Academia de Futebol com o livro “Cabeça Fria, Coração Quente”, escrito por eles, que conta os bastidores do clube desde a chegada da comissão técnica ao Verdão.

“Eu sei que ainda falta muito para o Natal, mas a equipe técnica resolveu presentear a todos vocês com o nosso livro. Quero que saibam que este livro, além de retratar nossas experiências partilhadas diariamente com vocês no Palmeiras, é um também um livro solidário. Toda a renda será doada a duas instituições: o Instituto Ayrton Senna e a ONG Amigos do Bem. Um dos nossos propósitos de vida é ajudar ao próximo, e um dos propósitos desse livro é esse”, discursou Abel aos funcionários.

“Não tenho mais nada a dizer além de agradecer a todos pela vossa dedicação, pelo vosso trabalho. Nós temos o mesmo pensamento. Somos uma família – não de sangue, mas de trabalho. Isso reflete-se em nossas conquistas, nossas alegrias e também nas nossas tristezas, porque a vida não é feita só de conquistas e de coisas boas. Quando cheguei, reuni todo mundo para dizer que contava com vossa ajuda para me integrar à família, na segunda vez vocês me fizeram uma surpresa no mesmo local quando fizemos um ano de trabalho juntos, e agora pela terceira vez queremos retribuir a todos pelo vosso carinho com nosso livro. Muito obrigado a todos”, completou o treinador.