Atônita, imprensa tenta entender a estratégia do Palmeiras

Apresentação de Roger Machado
Fellipe Lucena‏/Lancepress!

A diretoria do Palmeiras já declarou que o grupo está fechado para iniciar 2018 e que novas contratações só acontecerão de forma circunstancial. O elenco foi reforçado com cinco atletas – três deles titulares indiscutíveis e seguramente entre os três melhores da posição no país; está claramente mais forte que o elenco do ano passado.

O que deixa a imprensa atônita é que o time ficou sensivelmente mais competitivo a um custo irrisório. Na base da troca, ou atraindo jogadores importantes em fim de contrato, o Palmeiras conseguiu elevar a qualidade do elenco sem recorrer à demonizada Crefisa.

Onde está a mágica?

MoisésEste estágio de manutenção do elenco foi atingido após três anos de construção gradual, que precisou ser totalmente reformulado após o desastre da campanha de 2014. Com dois pilares remanescentes de 2015, Fernando Prass e Dudu, o time foi elevando o nível em cada posição. Da turma de 2016, permanecem Edu Dracena, Mina, Jean, Moisés e Tchê Tchê.

No ano passado, mais uma bateria de contratações importantes: Mayke, Luan, Juninho, Felipe Melo, Bruno Henrique, Guerra, Hyoran, Veiga, Keno, Willian, Borja e Deyverson. Neste ponto, temos um elenco forte, mas que ainda deixou lacunas – devidamente preenchidas nesta janela com as contratações recentes.

Dinheiro rasgado?

Nestes ciclos de contratação, o Palmeiras desembolsou uma boa quantia de dinheiro – em 2017 especialmente, uma soma vultosa fez a alegria da imprensa, que usou o dado para jogar uma pressão descomunal sobre o grupo. A falta de títulos ao final da temporada foi interpretada como dinheiro rasgado.

Usando de desonestidade intelectual, os comentaristas de sofás bombardearam o planejamento feito em 2015, que está se concretizando agora. O dinheiro usado nestes três anos não serviu apenas para chegarmos aos títulos da Copa do Brasil de 2015 e ao eneacampeonato brasileiro em 2016.

Hoje o Palmeiras pode ostentar uma condição invejável no mercado: um elenco forte, que a cada temporada vai renovar duas ou três posições por conta de negociações com o exterior. Nenhum titular vai querer deixar o Palmeiras para outro clube brasileiro. Ao contrário: os melhores jogadores dos outros clubes é que sempre considerarão a possibilidade de vir para o Palmeiras.

Mexendo pouco no elenco, com jogadores do nível de Lucas Lima, Diogo Barbosa e Weverton querendo fazer parte de nosso elenco, o Palmeiras segue muito saudável financeiramente; com dívidas modestas bem escalonadas e sem receitas adiantadas, o que permitirá ao clube fazer extravagâncias pontuais – duas ou três ao ano, exatamente o que está previsto no processo natural de rodar o elenco. Essas contratações de destaque deixarão o Palmeiras cada vez mais em evidência no cenário brasileiro.

Excelência

Todo esse planejamento financeiro é complementado pelo trabalho nas categorias de base, que tende a dar cada vez mais frutos para o time de cima ou para serem vendidos, gerando mais renda para o clube. E assim se fecha o ciclo virtuoso que é visto nos maiores clubes do planeta. O Palmeiras, claro, tem sua realidade financeira inserida no contexto da economia brasileira, mas diante da excelência do planejamento e dos processos, tende a se descolar do pelotão.

Atônita, aturdida, a imprensa seguirá procurando meios para relativizar, desmerecer e tumultuar o futebol do Palmeiras. Mas vai chegar num ponto que terá que se render.

Um Feliz 2018 a todos os palmeirenses do planeta!


Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.padrim.com.br/verdazzo

  • Excelente o texto. Acho quejá até escrevi isso aqui alguma vez, e a sua visão é muito parecida com a minha. O que aconteceu e ninguém da imprensa quis entender é que para reformular o elenco, o Palmeiras vez o caminho inverso do esperado. Muitos jogadores foram contratados (lembro bem de janeiro de 2015, não tinha um dia que alguém não era apresentado), mas ninguém de peso. Os maiores nomes foram o Arouca e o Zé Roberto. Com um elenco cheio de jogadores, a peneira estava armada, e foram ficando os que davam resultado. Era mesmo esperado que vários jogadores não teriam chance e seriam dispensados sem mal tocar na bola. Para 2017, com grande segurança financeira, se pensou em fazer um elenco mais forte mesmo. Contratamos os melhores jogadores da libertadores de 2016 e outros jogadores de nome. Ao mesmo tempo, fizemos aposta em alguns jogadores jovens.
    (Nem discuto a tal da falta de resultado. Formação de elenco é investimento, e como todo investimento, tem o seu tempo de maturação. Pode ser rápido, pode ser lento. Mas se o investimento for bem feito, certamente dará resultado.)
    Agora estamos no momento de mais estabilidade, financeira e esportiva. E elas estão ligadas. Não somos vítimas dos tsunamis chineses e árabes em razão da estabilidade financeira. Temos um bom time, com uma boa base formada, melhor do que o ano passado, que era melhor do que 2016 (tirando o fator GJesus), que era melhor do que 2015. E ainda temos umas duas boas gerações vindo da base.
    Como aprendemos no ano passado, isso não é nenhuma garantia de títulos, mas a gestão do elenco, desde 2015, tem sido bem feita.

  • Jailson – Marcos Rocha – Mina – Luan – Diogo Barbosa – Felipe Melo – Tchê²- Moisés – Lucas Lima – Dudu – Borja

    Prass – Jean – Antonio C. – Emerson S. – Victor L. – Thiago S – Bruno H. – Guerra – Keno – William – Deyverson

  • Bom dia Galera Olhem só isso:
    Qual foi o time brasileiro que mais evoluiu nestes últimos 10 anos? O Palmeiras, Centro de Treinamento a nível de Europa, o nosso é o melhor do Brasil, Estádio Novo e Moderno, um dos melhores do Brasil se não for o melhor ( com dinheiro Privado ) categorias de base reformuladas e com frutos ( Gabriel Jesus ) Time com elenco forte e Base Mantida a 3 anos,contas em dia e Superávit, divida do clube diluída e prestes a serem pagas,melhor Patrocinadora com maior volume de caixa investido, bem diferente de um timinho que não investiu nada e ganhou na cagada e com ajuda um campeonato ( acham que esse ano vão dar cagada de novo ) que devem marmitas e tem estádio com dinheiro publico devendo mais de 2 bilhões, mas no Palmeiras preferem falar de esquema Crefisa, mas fiquem tranquilos o tempo resolve todas as coisas. ( esqueci algo? kkkk )

  • …………………………………………WEVERTON………………………………………………………
    ……………………………………………………………………………………………………………………
    …………………………….MINA…………………………….EDU DRACENA………………………..
    ……………………………………………………………………………………………………………………
    MARCOS ROCHA………………………………………………………………DIOGO BARBOSA
    …………………………………………………………………………………………………………………..
    ……………………………FELIPE MELO………………..MOISÉS…………………………………….
    ……………………………………………………………………………………………………………………
    WILLIAN……………………………..LUCAS LIMA……………………………………………DUDU
    ……………………………………………………………………………………………………………………
    ………………………………………………BORJA…………………………………………………………

  • Bom dia Conrado,

    Acompanho o blog quase que diariamente desde 2012. Devo ter comentado pouquíssimas vezes, mas admiro muito seu trabalho.

    Esse texto fiz questão de registrar meu elogio, ficou muito boa a análise. Concordo contigo.

    Abraco
    Bom 2018 pra toda família palestra.

  • Meus amigos, frequento várias midias palestrinas, e esta está entre as que eu mais gosto. Vejo informações concretas, opiniões divergentes, porém, geralmente respeitando quem discorda. Desejo a todos um feliz 2018, não só com o Palmeiras, mas na vida de todos vocês. Até o ano que vem, e Conrado, continue seu ótimo trabalho.

  • E sem depender da grana de TV também. % de receita televisiva do Palmeiras fica muito abaixo dos outros times.

  • Tenho uma tese que, com 60MM de superávit este ano e mais todas as verbas a serem usufruídas no seu valor integral (cotas de TV, patrocínio master etc…) o Matos está procurando a cereja do bolo!
    Com um jogador de destaque internacional como garoto propaganda e o time apresentando um futebol vitorioso o reflexo seria imediato.
    Algo que pude assistir na época da Parmalat, ou seja, a imprensa não tendo argumentos contrários, tendo que engolir suas críticas tóxicas, para admitir que somos melhores, e a rgt sendo obrigada a ceder espaço nas transmissões e jornais esportivos.
    Consequência, mais retorno financeiro direto e indireto.
    Recentemente observamos este efeito quando o Neymar jogava nas sardinhas.

  • A imprensa não aprende mesmo, o Palmeiras nunca conquistou nada por acaso, falavam dos italianinhos quando tivemos dinheiro e visão e compramos o Parque Antártica, a parceria ganha ganha com a Parmalat foi demonizada, e agora a maior e melhor reestruturação de um time de futebol brasileiro.
    Nem mesmo tiveram tempo para elogiar o Paulo Nobre e a profissionalização que foi iniciada e já apostam em esquema Crefisa, é muita miopia causada por intensa dor de cotovelo.
    Pois é, justo no ano que dizem não termos ganhado nada, justamente plantamos a melhor semente que gerará frutos em um futuro breve, ou seja, fomos campeões em todas as categorias de base em 2017, fora a canja para a garotada jogar no Allianz com 20 mil torcedores! Realmente tem esquema aí hehehehehe!

  • Parabéns pelo texto, por isso que a Mídia Palestrina é fantástica. Projeto do Palmeiras de 2013 para cá é literalmente o renascimento da Força que sempre foi a Sociedade Esportiva Palmeiras. Tenho certeza que os títulos são consequência desta ótima administração.

  • Talvez nosso melhor reforço, não comentado no texto … rs , foi o afastamento mesmo que temporário, do nosso querido Sapo Boi, da política do Palmeiras.

  • Barcos e Henrique (Zagueiro)
    Dois ex-jogadores sem contrato que cairiam como uma luva para fechar o atual elenco.
    Barcos como alternativa ao Borja ( Deyverson fora) e Henrique uma opção a saída do Mina.

    • Já passamos dessa fase de tentar resolver os problemas olhando para trás. A história de Barcos e Henrique no Palmeiras passou faz tempo. Vamos olhar pra frente!

    • De jeito nenhum…mas de jeito nenhum mesmo. Henrique saiu pela porta dos fundos. O Paulo Nobre pediu para que ele não entrasse na justiça porque ia receber tudo…mas não… Barcos também queria “visibilidad”. Pra frente que se anda…esses ” profissionais ” que se explodam

    • Henrique desmereceu o Palmeiras.
      Barcos eu gosto dele mas o tempo dele se foi.
      Borja ainda tem o que mostrar para justificar o investimento talvez nessa insistência o Palmeiras perca um tempo precioso. Borja é um jogador limitado.

  • Clube no trilho certinho…..é meio caminho andado para as conquistas!!!!!
    Bora palmeiras!!!!!
    Que venha 2018!!!!

  • Fizemos muita bobagem nas contratações de 2017. Dobramos a média de gastos dos anos anteriores. Esse fim de ano foi diferente pra melhor.

    Já tem uns dois anos que sabemos a ruindade naa laterais. Demorou muito pra se mexer. Espero que o Prass não seja o Zé Roberto do momento e seja reserva.

    Nunca imaginei que pudéssemos contratar dois zagueiros tão ruins sendo boas promessas. O sistema como um todo precisa ajudar, do centroavante pra trás tem que haver pressão

    Gostei do planejamento adiantado. Enquanto os outros clubes não tem quase nada de concreto, compramos de forma cirúrgica. Espero que qualquer técnico que venha tenha respaldo pra durar ao menos 1 ano.

  • Se todo esse trabalho tivesse sido feito na era Parmalat, Gabriel Jesus não seria vendido para o City, nós que iríamos buscar o De Bruyne.

    Parabéns pelo texto e torço muito para o Roger dar certo no time, gosto muito da sua proposta de futebol.

    • Pergunta para o,sapo boi o que ele achava da nossa parceria vitoriosa logo depois que fomos campeões da libertadores? Sabotou até acabar e depois implantou o bom e barato! Ainda vai pagar maldito!!!!

  • Me preocupa (e muito) apenas o fato de haver torcedores agoniados e irracionais que, na perda de um título ou na pilha comum da imprensa, criticam o certo e exaltam o errado, num ato oportuno e predatório. O mais importante para o Palmeiras não é a Libertadores, o Brasileiro e o Mundial, mas sim o próprio Palmeiras. Temos de ser vivos, fortes e só! Nos basta.

    • Não podemos esquecer fomos vice no Brasileiro e disputamos todas as competições importatnetes em 2017!!!!

    • Comentário sensato amigo, o Palmeiras se agigantou ainda mais pra delírio da imprensa que quer usar os próprios torcedores do verdão contra o Palmeiras. Daqui pra frente não teremos mais rivais à altura, (mesmo se não ganharmos títulos) e a imprensa terá de engolir o próprio veneno.

  • Satisfação em ver o clube em um estágio em que todo Palmeirense sonhava.

    Novamente parabenizo as pessoas que idealizaram a construção do Allianz Parque.

    E novamente parabenizo Paulo Nobre, por ter trazido e implementado boas práticas administrativas no clube.

    Sem estes dois pilares seria muito mais difícil atingirmos o estágio que alcançamos…

  • Há muitos anos (bota ano nisso) q não sinto tanta firmeza no clube. Se a nossa nefasta política interna não cagar tudo, prevejo um longo domínio nosso.
    Só pra não perder a viagem, ainda bem q optamos por profissionalizar nosso departamento de futebol (só de lembrar de Palaias e Frizzos tenho dor de barriga), dá até medo ver alguns torcedores pedindo pra JP, TM, e até mesmo Nathan e L. Taylor ficarem. Gerir bem a base não significa apenas revelar jogadores pro time principal, mas tb revelar pro mercado. Tem jogadores q são boa moeda de troca ou até mesmo dá pra faturar um trocado (para ser reinvestido na base). Na minha opinião, esse é o caso desses citados acima, assim como Matheus Sales etc.

  • Sei que a frase já é batida, mas o maior adversário do Palmeiras nessa temporada será ele mesmo. Tomara que o Roger saiba lhe dar com egos da altura desse novo elenco formado.
    Feliz ano novo amigos!

  • “ain, mas é dinheiro Crefisa”; “ain, mas esse Mattos é gastador compulsivo”, “ain, mas o Palmeiras inflaciona o mercado” e a mais nova>>> “ain, mas o Palmeiras está contratando sem gastar dinheiro, que absurdo! Isso não pode, os outros têm que gastar e o Palmeiras não gastou, é desvantagem…”.

    Ou seja, SEMPRE VÃO TENTAR NOS DESMERECER, cabe a nós ter paciência, NÃO CAIR na pilha e esperar o resultado das negociações com jogadores a MÉDIO E LONGO PRAZO, seja sobre o lucro/prejuízo financeiro, seja sobre o futebol apresentado. E para quem não entendeu ainda, basta refletir sobre o como “torramos” dinheiro no chapéu do Dudu e o resultado que o cara deu. Mais um ótimo post

  • Excelente Conrado. A despeito dos profetas do apocalipse, acho que com um time bem encaixado aqueles que este ano não foram bem tem ainda mais chances de se destacar. Sem falar que neste ano teremos o time pronto desde o início do ano, com um treinador só ao longo de todo o ano. Agora é ter paciência e apoiar o Roger para que possamos – Assim como o City, chegar a um nivel otimo de futebol! Que 2018 seja um ano repleto de alegrias alvi-verdes.

  • E, não lembro onde vi, que falaram que se o futebol brasileiro fosse um GP, o Palmeiras estaria com uma volta de vantagem pra todos os concorrentes, salvo o Flamengo, que está na mesma volta, mas a uns 50 segundos atrás.

  • Há 5 anos, quando amargávamos a iminência do rebaixamento versão B1B2, um amigo e eu conversávamos sobre “apequenamento” (bem antes do infeliz pronunciamento do, hoje banido, ex-presidente do BAM) e ele “crocodilamente” lamentava que, em seu imaginário, o Palmeiras deixara de ser visto como rival dado o decréscimo de desempenho naquela primeira década do século XXI. (ele é BAM).

    Eu tentava explicar a ele que, clubes de grande apoio em torcida podem estar momentaneamente mal, mas o fator que tende a determinar-lhes o desempenho é a combinação de apego/empenho/resiliência da torcida.

    Basicamente, minha tese era — e é — que tamanho e paixão da torcida traduzem-se em ações que, de uma maneira ou de outra, compelem a estrutura de governança dos clubes a uma trajetória que faça o time representar satisfatoriamente a torcida.

    Verdazzo costuma dizer que “um clube é tão grande quanto a força de sua gente” (Conrado, corrija-me por favor onde eu esteja errando).

    Penso que se meu amigo/BAM e eu voltássemos a conversar sobre esses temas hoje, eu teria mais argumentos pra evidenciar o que estava alegando em 2012.

    E, a crença nessa tese me dá uma certa tranqulidade que, mesmo com nossa #PragaBatráquia “viva e ativa”, este atual será o caminho de longo prazo do Palmeiras.

    #VamosPalmeiras

    • Perfeito Mônaco, o Palmeirense que nasceu dos anos 70 para frente é bem isso mesmo, resiliênciia.

      Foram muitos anos de sofrimento, mas que nunca impediram nossa torcida continuar amando e apoiando o time.

      É esse poder que sempre fez do Palmeiras ser um gigante…

  • Eu sei muito bem que o Palmeiras teve épocas de jejuns de títulos, a queda em 2002 e etc. Mas eu só pude acompanhar os títulos a partir de 2008 e sofri naquele período de 2012-2014, ver o Palmeiras crescendo assim dá até um arrepio, feliz por tudo que ele clube está fazendo. Espero que nossa politica se organize (algo difícil) e cada vez mais, pessoas capacitadas estejam a frente do clube para continuar esse trabalho monstruoso. O Palmeiras merece cada segundo do momento que vive, tudo que passamos não foi em vão. Avanti, meu Palmeiras.

  • Maior inimigo do Palmeiras nos próximos anos é o estatuto arcaico e os parasitas do clube social. Passou da hora da torcida começar a se mobilizar nas redes sociais e se juntar nessa árdua batalha que virá pela frente, inclusive acho que o Verdazzo deveria ajudar nisso. Uma vez por outra se juntar pra ir no clube cobrar essas mudanças, tem que ter uma mobilização similar como foi nas diretas!
    Se a torcida cruzar os braços e não fazer nada voltaremos a estaca zero.

    • talvez voce não acompanhe a nossa trajetória há tanto tempo.
      A contribuição na política do clube já foi dada – e bem dada. O ciclo foi encerrado.
      O caminho do Verdazzo será este que você está vendo agora.

  • Eu acho que entre as excentricidades o Palmeiras poderia contratar o Yaya Touré no meio do ano, fica sem contrato com o City! Ele é uma versão do Moisés, muito melhor tecnicamente!

    Forte, inteligente, bate bem falta bom passe, bom chute de média distância. Seria uma contratação para abalar as estruturas do Futebol BR.

      • O Mattos podia dar uma sondada. Chegaria no meio do poderia arrebentar tanto na Liberta quanto no BR, além de ter o tempo da pausa para a Copa para se entrosar.

    • Tenho uma tese que, com 60MM de superávit este ano e mais todas as verbas a serem usufruídas no seu valor integral (cotas de TV, patrocínio master etc…) o Matos está reservando uma surpresa deste nível para nós. Um palpite, um desejo uma possibilidade!
      Esta ideia seria a cereja do bolo, com um garoto (jogador de destaque) propaganda e futebol vitorioso o reflexo seria imediato, causando algo que pude assistir na época Parmalat, ou seja, a imprensa há tendo que engolir suas críticas tóxicas para admitir que somos melhores, e a rgt sendo obrigada a ceder espaço nas transmissões e jornais esportivos. Recentemente observamos este efeito enquanto Neymar jogava nas sardinhas.

  • Eu acho que vc está viajando, concordo que a intenção foi essa que vc falou, mas o time está longe de ter essa excelência em todas as posições.
    No ataque não há um centroavante em quem possamos confiar: Borja é fraco técnica e psicologicamente, deyversson é nível série B.
    No meio o único armador é LL: guerra é fraco fisicamente, e se esconde em jogos grandes, Moisés é segundo volante, Allione e Veiga são dois juvenis.
    As laterais parece que estão resolvidas.
    Os volantes tbm, embora eu não confie no Felipe melo, acho lento e pouco participativo quando o time tem a bola.
    Na zaga só tem o Mina, que pode sair, Dracena está velho é lento, e os outros são todos juvenis e inexperientes, sendo o Juninho o pior de todos.
    Esse time precisa no mínimo de um centroavante titular, mais um meia armador, é um zagueiro titular.
    Além de torcer pra que o Prass para de frangar.

    • Claro, o nosso elenco é péssimo, um dos piores do país. Borja fraquíssimo, imagina esse cara numa libertadores. Guerra nunca se destacou em nada. Bons tempos aqueles que tinhamos Pardalzinhos, Maicon Jéquison, Betinho e Errando Amaro. Cada “torcedor” besta que aparece…

    • Grêmio chegou na final do Mundial com um monte de refugos e o Real Madrid dos galáticos não ganharam nada.
      Torcedor quer jogadores níveis seleção em todas posições e não é bem assim que funciona.
      Temos que torcer para o Roger Machado fazer um bom trabalho taticamente e assim fazer o time render o esperado, por que temos um ótimo elenco.

    • Engraçado, eles são tão fracos que recebem mil propostas, tanto de brasileiros quando de outros países..

    • O elenco do Palmeiras é ótimo para a realidade brasileira. A única contratação que caberia é um NOVE-NOVE para ser opção ao Borja.

    • Simples, cite um elenco de qualquer clube da América do sul que tenha pelo menos 5 posições cujos titulares e reservas sejam melhores que os nossos.

          • Provavelmente nem conhece os jogadores, citou apenas pela popularidade dos times. Mais um alienado pela mídia.

          • Não preciso citar os jogadores, os resultados de ambos estão aí, boca líder do argentino, River chegou nas semifinais da libertadores. E o Palmeiras?

          • River foi eliminado pelo ridículo Lanús depois de ser beneficiado pela conmebol nos casos de doping. Já o campeonato argentino nunca foi parâmetro de nada, além do que o boca sequer participou da última libertadores. Só falou groselha até agora.

          • River foi eliminado pelo Lanús por causa do Var que inclusive não foi acionado em um lance a favor deles. E se o campeonato argentino não é parâmetro pq os argentinos tem mais libertadores que os brasileiros. Vcs valorizam muito o brasileirao, tá no mesmo nível do argentino. Todo ano time argentino elimina brasileiro nas competições continentais.

          • Argentino tem mais libertadores pelo histórico beneficiamento externo a eles, vide próprio caso River. Colocar a culpa no árbitro de vídeo pela eliminação contra o modesto Lanús e pura falta de argumento.

    • Meu Deus, quando vejo uma criançada burra e acho que é o mal dessa geração, descubro que a antiga é além de burra frustrada…. colega acima é um bom exemplo…..

    • Só falei a realidade, o que o Borja e o guerra jogaram no palmeiras? Foram um fiasco, qual zagueiro experiente que temos pra fazer dupla com Mina, o Dracena?
      Concordo que obviamente o time está bem melhor que em anos anteriores, mas não precisa trazer ninguém da seleção pra deixar o time mais competitivo, basta contratar certo, ou vc acham que deyversson, Bruno Henrique e Michel Bastos foram contratações acertadas.
      O trabalho tem pontos positivos e negativos. Se vcs querem se iludir é problema de vcs. Esse time tem problemas e o ano de 2018 vai mostrar isso infelizmente.

      • Concordo contigo amigo, embora esteja feliz com o time que temos hj, tbm não me iludi a ponto de achar td perfeito! Falta sim um 9 de respeito, falta sim um cherife na zaga, sem contar que ficaremos reféns do LL, o dia que ele não jogar teremos que improvisar, pois dos meias que temos o Moisés é o melhor, mesmo sendo volante!

        • Pois é. Mas enxergar isso aqui é ser “chatão”.
          Sou totalmente a favor do trabalho que foi feito fora de campo. Mas no time / elenco faltam algumas peças.

          • Quanta lucidez. Deve ser leitor assíduo do UOL, Juca, nicola e afins.

          • É preciso ler tudo pra se formar uma opinião, mesmo sem concordar. Ou eu correria on risco de ficar igual a vc, um alienado que só lê o Verdazzo.

          • Não preciso ler opinioes distorcidas e desonestas pra formar a minha. A seletividade faz parte da evolução.

    • “Meu, você tá viajando”. Lembrei de quando eu estava na sétima série, era assim que eu abordava meus coleguinhas quando meu ponto de vista era divergente. Obrigado pela saudosa lembrança, meu caro Willames!

    • vou respeitar a sua opinião, embora não concorde em nenhum aspecto com ela… e também desafio indicar um clube que tenha a disposição jogadores com qualidades como os nossos… agora se isso tudo vai dar liga é outra história…

      • O elenco tem várias opções boas, mas faltam alguns titulares. Um 9, um zagueiro (que poderia ser o Pablo) pra fazer dupla com Mina, é o Scarpa pra fazer fundo ao LL. Vendia ou emprestava deyverson, guerra, Juninho e mais algum zagueiro e o time estaria fechado. Minha opinião.

          • Pra isso é preciso negociar. E não desistir na primeira tentativa.

          • Willames sob que base vc afirma isso > “o é preciso negociar. E não desistir na primeira tentativa”?
            Saudações

          • Além disso têm outras opções, vai no mercado sulamericano.

          • Mas o mercado sulamericano é bom ou ruim? O Borja e o Guerra vieram cheios de prêmios e Vossa Excelência acha que não servem nem de peso de porta. Decide aí, meu caro. E me ajuda!

          • Kannemann do grêmio veio do San Lorenzo e hj é um dos melhores zagueiros do Brasil. Borja serve pra reserva, guerra sim esse pode jogar fora.

          • Blz. Já mandei um SMS pro Mattos e citei seu nome pra ganhar os louros!

          • Ué? Ele é ruim? Não é a origem de jogador que vai dizer se ele é bom ou não, Borja e guerra quando foram contratados eram unanimidade, mas não deram certo (pelo menos não até agora).

          • Bicho, argumente com Mendieta, Mouche, Tobio, Gioino e tantos outros! Vc tá viajando aí e todos os outros estão errados. Tá serto!

          • Só groselha. Me divirto com esses tipos. Argumentos patéticos.

        • Pablo teve um único ano de destaque na carreira, sendo que jogou num time taticamente muito organizado o que facilita a vida de qualquer zagueiro. Já Scarpa nunca jogou na mesma posição do Lucas Lima, sempre atuou aberto enquanto o LL atua centralizado. Continua falando groselha.

          • “Scarpa sempre jogou aberto” e eu é que tô falando groselha? Pqp. Kkkk.

          • São estilos de jogo bem diferentes. Talvez a Nutela tenha afetado seu cérebro.

          • Estilos de jogos diferentes, mas posições iguais. Quem tem jeito que se enche de Nutella é vc.

          • Escalacao no FIFA: Lucas lima- meia. Scarpa- meia. ” Ainnn, entao o Scarpa pode ser reseva do Lucas Lima, os dois são meias”.

  • mas sempre vão continuar a meter pau no nosso time a inveja destes “pseudo jornalistas” travestidos de torcedores de outros times não se aguentam de tanta vontade que nossos campeonatos naufraguem ! e que as contratações não deêm resultados ! dá nojo às vezes ouvir estes entendidos !

  • Resultado da gestão profissional que pedíamos a tanto tempo no Palmeiras! Que continuem no cargo de presidente apenas os caras voltados para o profissionalismo e que sejam honestos e palmeirenses acima de tudo! Avanti meu Palmeiras!