Al Duhail não comunica opção de compra e Dudu está de volta!

Zé Roberto, Dudu e Borja comemoram gol do Palmeiras

O Palmeiras anunciou à meia-noite deste domingo, que o Al-Duhail, do Catar não formalizou o interesse em contar com Dudu após o fim de seu empréstimo. Assim, o craque, que tem os direitos vinculados ao Verdão, estará livre para se juntar ao grupo palmeirense a partir de 1 de julho.

O negócio realizado entre o Palmeiras e o Al Duhail previa o pagamento de 7 milhões de euros pelo empréstimo de um ano, com uma cláusula de preferência de mais 6 milhões de euros, caso o clube catari optasse por adquirir o jogador em definitivo.

Para isso, seria necessário que fosse feito o comunicado oficial ao Palmeiras até o dia 15 de maio. Como esse aviso não aconteceu, o Palmeiras entende que Dudu estará oficialmente livre para voltar a vestir a camisa verde e branca. O próprio jogador já se manifestou nesse sentido e, ao que parece, não há mesmo mais nada que impeça Dudu de ser reapresentado na Academia de Futebol no início de julho.

Não faz sentido algum

Dudu

O Palmeiras embolsou os 7 milhões de euros pelo empréstimo de Dudu, que fez sua última partida pelo clube no dia 14 de março do ano passado – empate por 0 a 0 com a Inter de Limeira, pelo campeonato estadual.

A expectativa é que o Al Duhail “completasse” o pagamento dos outros 6 milhões de euros para ter o jogador em definitivo. Caso não manifestasse esse interesse, teria que pagar mais 2,5 milhões de euros ao jogador.

Assim, ao não exercer o direito de compra, o Al Duhail optou por fechar a operação em 9,5 milhões de euros para tê-lo por apenas um ano, quando poderia fechar a conta em 13 milhões e ter os direitos completos, inclusive podendo renegociá-lo. Não faz sentido algum.

Ou esses cataris não entendem nada de bola e do mercado, ou tem alguma coisa nessa história toda que não está totalmente explicada. Dá até receio de que o Palmeiras esteja interpretando algo de forma errada e tenha se precipitado. Será?!?

Dudu é um reforço extraordinário para Abel

Dudu

A volta de Dudu, que deve estar em condições legais de jogo a partir de 1 de agosto, quando a janela internacional de transferências será reaberta, dará a Abel Ferreira um reforço de muito peso.

Dudu pode ser usado como ponteiro, como armador aberto e até mesmo por dentro. Tem um poder imenso de quebrar as linhas adversárias com a bola dominada ou com passes, e ainda tem o chute da entrada da área.

Mesmo com o fim do campeonato estadual, o calendário da temporada 2021 deve ser intenso, sem semanas livres – a não ser em casos de eliminações precoces. Assim, é bem possível que Abel opte por seguir escalando times alternados, fazendo algo semelhante ao que Felipão adotou em 2018. Ter Dudu para compor um desses times dá um poder de fogo excepcional nas disputas que se apresentam.

Resta saber se nesse acordo maluco com os árabes o Palmeiras poderá trabalhar “extra-oficialmente” com Dudu o quanto antes, dando-lhe a readequação física para que ele volte ao futebol brasileiro bem preparado. Sabemos do histórico recente de jogadores que voltam do Oriente Médio e das dificuldades físicas que enfrentam.

Números de destaque

Dudu
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Dudu, um símbolo da retomada do Palmeiras no cenário do futebol nacional, se recuperando dos estragos causados por péssimas administrações entre 2001 e 2012, trouxe toda sua estrela ao Verdão.

Foi protagonista na conquista da Copa do Brasil de 2015 e no Brasileirão de 2016, com gols decisivos e inesquecíveis. Nunca se furtou de abraçar as rivalidades, provocando SCCP e SPFC com chapéus e coberturas.

Foi mais uma vez destaque na conquista do decacampeonato em 2018 e tem no currículo as conquistas do Paulista e da Libertadores de 2020, já que participou dos jogos iniciais de ambas as campanhas. Estes 5 títulos conquistados deixam à sua frente apenas 23 jogadores com mais troféus erguidos.

Com 70 gols em 305 jogos, está em 31° lugar na lista dos jogadores que mais atuaram pelo clube, e coincidentemente também em 31° lugar na lista dos maiores artilheiros da História do Palmeiras. Deve voltar a escalar as duas listas e alcançar lugares de mais destaque ainda em nossa vastíssima galeria de jogadores eternos.

Momento inapropriado

Dudu
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

Saber que um de nossos maiores ídolos de todos os tempos vai voltar a vestir nossa camisa, em plena forma, sempre será motivo de alegria.

A constatação de seu retorno foi apenas resultado de um estouro de prazo definido em contrato há mais de um ano, numa infeliz coincidência de datas.

Obviamente não havia como prever que isso se daria a algumas horas de um Derby eliminatório. E não havia como ignorar o fato para preservar o foco na partida.

O assunto é inevitável, num momento muito inapropriado. Abel Ferreira e o elenco precisarão por à prova, mais do que nunca, suas capacidades de manter o foco, sem deixar que a iminência de ter Dudu se juntando ao elenco cause qualquer desvio no plano para hoje.

Bem vindo de volta, Baixola! E vamos com tudo pra cima deles hoje! VAMOS PALMEIRAS!

  • Eu também achei muito estranho não terem exercido o direito de compra. Se o problema fosse o limite de estrangeiros, era muito mais vantajoso para os árabes já envolver Dudu numa “revenda” que serviria para, pelo menos, amenizar o prejuízo. Claro que isso dependeria da vontade do atleta, mas nesses casos o $ sempre fala mais alto e Dudu ainda tem muita bola para conseguir um contrato financeiramente muito vantajoso lá fora.
    Outro modo de se ver a coisa é considerar o fato do dono do Al Duhail ser tão rico, mas tão rico, que 2,5 mi de euros não signifique nada.
    De qualquer maneira, Dudu é o melhor reforço que poderíamos ter e sorte a nossa que os caras ficaram quietos.
    Agora é torcer para que, como o Conrado falou, não haja entrelinhas mal interpretadas no negócio.

  • Eles contrataram um outro estrangeiro então ficou sem vaga, deve ter sido mais barato, com certeza.