Artilheiro na base, Gabriel Silva se diz mais maduro e marca pela segunda vez no profissional

Gabriel Silva do Palmeiras, chuta para marcar seu gol contra o Cuiabá, durante partida válida pela trigésima sexta rodada do Brasileirão 2021, na Arena Pantanal.
Cesar Greco

Ao final do jogo, Gabriel Silva recebeu elogios de João Martins

Quando o assunto é bola na rede nas categorias de base, Gabriel Silva, de 19 anos, é um grande entendedor. Em 2021, atuando pela equipe Sub-20, o atacante foi o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro da categoria e tem, na temporada, 23 gols em 24 partidas – no ano de 2019, o atleta marcou 40 gols nos 46 jogos em que participou pelas categorias Sub-17 e Sub-20.

No time principal, no entanto, a realidade é um pouco diferente. Voltando a ter oportunidade na equipe profissional após algumas chances no Paulistão, Gabriel fez diante do Cuiabá, na noite desta terça-feira, seu segundo tento na equipe de cima do Palmeiras, em 25 partidas.

“Fico feliz [pelo gol], venho trabalhando bastante. A primeira vez que eu subi estava muito ansioso para fazer um gol, mas agora mudei minha cabeça, fiquei mais tranquilo na frente do gol e fico feliz. Queria dedicar o gol para meu tio também, que está lá no céu”, falou na saída do gramado da Arena Pantanal.

Para o ex-técnico do Sub-20 do Palmeiras, Wesley Carvalho, o principal fator para que Gabriel Silva ganhe uma sequência no time profissional é justamente “mudar a cabeça”. De acordo com ele, “o atacante tem um potencial técnico e tático que é fora da curva, mas também tem algumas questões de comportamento”, contou em entrevista à ESPN Brasil.

E prosseguiu: “Ele tem que ser desafiado o tempo inteiro. É um garoto que foi ao profissional muito cedo e isso virou a cabeça dele. Fez um excelente Brasileiro Sub-20, inclusive com golaço dando chapéu no goleiro. É o jogador que melhor finaliza na base, usa perna esquerda e direita sem dificuldade. Mas se estiver muito fácil para ele, não está bom. Ele gosta de dificuldade e de ser testado o tempo inteiro. Precisa ter paciência e conversar”.

Gabriel Silva é elogiado por João Martins

Na coletiva de imprensa após a vitória sobre o Cuiabá, o auxiliar técnico João Martins falou sobre o atacante e parabenizou sua partida.

“Conhecemos muito bem o Gabriel e acreditávamos que esse ano era o de afirmação. Que ele ganharia a maturidade que demonstrou hoje. Ele sente isso e nós vemos isso. Sabemos que é um trabalho diário. Ele tem muito potencial, muito crescimento. Dá para notar a maturidade dele. E trabalhar no Palmeiras é isto: evoluir os meninos. Estamos muito contentes com ele”, enalteceu.

Com boa parte do elenco de férias, Gabriel Silva deve ganhar novas oportunidades no Brasileirão nas próximas duas rodadas, contra Athletico-PR e Ceará.