0
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Ponte Preta x Palmeiras

Na noite deste sábado, a Sociedade Esportiva Palmeiras enfrenta a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli. O jogo vale pela quinta rodada do campeonato estadual.

Mais do que a posição na tabela, o jogo faz parte da evolução do time na temporada, visando os torneios que realmente interessam. Em busca disso, Luxa, com quase todo o elenco à disposição, acena com novas mudanças.

Palmeiras

PalmeirasBruno Henrique e Vitor Hugo já estão à disposição da comissão técnica, mas ainda não devem sair jogando por questão de condicionamento físico. Mesmo assim, nos últimos treinos, Luxemburgo promoveu alterações em relação ao time que vinha jogando.

Willian deve ganhar um lugar no time titular, mas não como referência, já que Luiz Adriano foi mantido. O camisa 29 deve ocupar uma das vagas de lado do campo, oposto a Dudu. Outro que deve ser escalado, como segundo volante, é Zé Rafael.

O time que encerrou a movimentação nos últimos treinamentos e que deve sair jogando é Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luiz; Ramires e Zé Rafael; Dudu, Lucas Lima e Willian; Luiz Adriano.

Ponte Preta

Ponte PretaGilson Kleina está bastante confuso para escalar a Ponte Preta. Seu time tem alternado bons e maus jogos e não vem conseguindo uma campanha consistente.

Para a partida deste sábado, é possível que o treinador desloque Apodi de volta na lateral para reforçar o meio-campo com três volantes. Um dos times que Seo Gilso pode mandar a campo tem Ygor Vinhas; Apodi, Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Bruno Reis, Danrley e João Paulo; Bruno Rodrigues e Roger.

Números

  • Em 131 jogos, são 66 vitórias do Palmeiras, 32 empates e 33 vitórias da Ponte.
  • Em 69 jogos como mandante, a Ponte Preta venceu 25 vezes, contra 28 vitórias do Verdão. Houve 16 empates
  • A última vez que a Ponte Preta derrotou o Palmeiras foi em abril de 2017. De lá para cá, foram cinco jogos, com quatro vitorias do Verdão e um empate.

No calendário

O Palmeiras já disputou 20 jogos no dia 8 de fevereiro e venceu 11 vezes. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Arbitragem

Douglas Marques das FloresÁrbitro Principal:
Douglas Marques das Flores

Parpite

Willian e Luiz Adriano, alternando posições, devem dar uma dinâmica diferente ao ataque e a experiência pode dar um resultado muito bom. Então dá 2 a 0, um de Willian, e outro de Luiz Adriano, para 13.456 pagantes no Moisés Lucarelli. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

SportvSporTV

PFCPFC

 

 

Pós-Jogo

Ponte Preta 0x1 PalmeirasCesar Greco/ Ag.Palmeiras

Numa partida muito física, o Palmeiras venceu a Ponte preta por 1 a 0 em Campinas e assumiu a liderança provisória do Grupo B do campeonato estadual.

O time teve bons momentos no primeiro tempo, mas teve que antecipar duas trocas por lesão e ficou com poucas alternativas táticas no segundo tempo, quando a Ponte cresceu buscando o empate. Nosso time teve muita maturidade para suportar a pressão do adversário e da torcida, e conseguiu segurar o resultado.

Primeiro tempo

2'
Palmeiras

Dudu, aberto pela esquerda, aparou a bola na intermediária e arriscou; a bola pegou muita força e encobriu o gol da Ponte.

3'
Palmeiras

Zé Rafael roubou a bola na intermediária, avançou, tocou para Dudu por trás da zaga e correu para a área; Dudu devolveu e Zé Rafael rolou para a pequena área; a zaga da Ponte tirou para escanteio antes que Willian escorasse para o gol.

13'
Ponte Preta

Saída rápida da Ponte; Apodi acionou João Paulo que arriscou de fora; Weverton estava bem colocado e defendeu sem problemas.

17'
Palmeiras

O time estava todo no ataque após um escanteio mas a zaga afastou; Ramires pegou a sobra e recuou de longe; Weverton deu o estouro, a zaga rebateu e Luiz Adriano ligou com Gustavo Gómez na meia-lua, como um centroavante, mas o paraguaio bateu fraco, para fora.

23'

Patrick de Paula entrou no lugar de Ramires, que sentiu uma pancada após um choque com João Paulo num dos primeiros lances do jogo.

29'
Palmeiras

Zé Rafael roubou no campo defensivo e ligou com Luiz Adriano no meio-campo; o camisa 10 arrancou e fez um passe magistral para Dudu na ponta esquerda; ele rolou para a chegada de Lucas Lima que bateu firme, no contrapé do goleiro, que esticou a perna esquerda para salvar a Ponte.

30'
Palmeiras

Zé Rafael roubou mais uma e a bola ficou com Marcos Rocha, que lançou Dudu no contra-ataque; o camisa 7 enfiou para Willian, que recolheu e bateu rápido da entrada da área; a bola passou sobre o gol de Ygor Vinhas.

31'
Ponte Preta

Depois de muita briga na área do Palmeiras, a bola sobrou para João Paulo que bateu de fora; a bola resvalou na zaga e saiu em escanteio, saindo muito perto da trave esquerda de Weverton.

33'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Depois do contra-ataque puxado por Patrick de Paula, Dudu tentou pela esquerda mas teve que fazer a volta e tocou para trás, para Zé Rafael, que acionou Luiz Adriano, que achou Willian muito bem colocado e enfiou; o camisa 29 aparou dentro da área e bateu cruzado, vencendo Ygor Vinhas.

36'
Ponte Preta

Jogada da Ponte pela esquerda, envolvendo Marcos Rocha; Bruno Rodrigues cruzou e Roger subiu no primeiro pau para testar cruzado, com perigo, mas a bola saiu.

39'

Marcos Rocha levou uma pancada no tornozelo após entrada de Bruno Reis e teve que deixar o campo. Mayke entrou em seu lugar.

48'

O árbitro Douglas Marques, discreto, encerrou o primeiro tempo aos 47:55 quando o Palmeiras se preparava para enfiar uma bola em contra-ataque.


Segundo tempo

1'
Palmeiras

Victor Luis arriscou de longe, de pé direito, sem problemas para Ygor Vinhas.

6'
Palmeiras

Lucas Lima bateu escanteio pela esquerda; Gustavo Gómez testou e Ygor Vinhas pegou sem problemas.

11'
Ponte Preta

Apodi começou a jogada pela direita e acionou João Paulo, que enfiou para Roger na área, veio o bom toque de calcanhar, Felipe Saraiva fez o corta-luz  e Bruno Reis bateu da risca da grande área, por cima.

12'
Palmeiras

Depois do tiro de meta, Dudu dominou e arrancou; cercado, atrasou para Lucas Lima  que bateu de fora, mas fraco, fácil para Ygor Vinhas.

17'
Palmeiras

Apodi fez falta em Dudu e recebeu amarelo. Lucas Lima bateu buscando o ângulo direito, mas errou o alvo.

18'
Ponte Preta

No cruzamento da direita; João Paulo, livre, testou no cantinho direito de Weverton que se esticou e fez uma defesa monstruosa; Felipe Saraiva pegou o rebote e, sem ângulo, tentou o gol; a bola resvalou no travessão e a defesa aliviou.

25'

Luiz Adriano deixou o campo para a entrada de Bruno Henrique. Dudu e Willian fazem a dupla de ataque e o time se remontou num 4-4-2.

28'
Ponte Preta

Felipe Saraiva entrou rabiscando pela esquerda e finalizou, Weverton pegou bem, por baixo.

30'
Palmeiras

Patrick de Paula começou a jogada; Dudu e Willian fizeram uma linda tabela pelo alto e Willian finalizou de voleio, mas não pegou bem na bola.

Os jogadores da Ponte Preta se jogavam na área a todo momento e a torcida fazia uma pressão enorme em todos os lances para induzir o árbitro a marcar um pênalti.

40'
Ponte Preta

Felipe Melo cometeu falta em Felipe Saraiva. Zanocelo bateu por cima.

42'
Palmeiras

Depois de grande jogada de Patrick de Paula, Dudu recebeu na esquerda, invadiu a área, balançou o corpo e soltou o canhão – pegou muito mal na bola, que saiu pela lateral.

45'
Ponte Preta

João Paulo recolheu pela direita, tocou para Roger e correu; o centroavante devolveu de calcanhar para João Paulo que saiu de frente para Weverton, que fez uma grande defesa.

48'

Dudu e João Paulo discutiram forte em campo. Os dois já tinham cartão amarelo e acabaram expulsos. Rigor excessivo da arbitragem.

50'

Após um período de muito nervosismo no campo, o juiz encerrou o jogo.





Fim de jogo

O primeiro tempo foi muito bom, com ampla superioridade do Palmeiras. Já na etapa final, a Ponte equilibrou o jogo e exigiu bastante de nosso time, que se preocupou mais em se defender do que em controlar o jogo.

No final, deu tudo certo, mas o resultado esteve bastante ameaçado e a partida mostrou que ainda há muitos ajustes na atitude do time em determinadas situações.

Com mais uma semana limpa para treinamentos, o time agora se prepara para enfrentar o Mirassol, na estreia do novo gramado do Allianz Parque. Mal podemos esperar. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Ponte Preta

Ygor Vinhas
Apodi
Wellington Carvalho
Henrique Trevisan
Guilherme Lazaroni
Dawhan
Bruno Reis
Vinicius Zanocelo
Mateus Anderson
Felipe Saraiva
João Paulo
Bruno Rodrigues
Alisson Safira
Roger
Gilson Kleina
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Três defesas importantíssimas que garantiram o resultado.
8
Marcos Rocha
Seu apoio pelo flanco ajudou a empurrar a Ponte para seu campo.
6
Mayke
Ficou mais postado e foi importante para conter os avanços do adversário no primeiro tempo.
6.5
Felipe Melo
Num jogo bastante físico, foi importante para botar moral.
6.5
Gustavo Gómez
Esteve quase o jogo todo bem postado, mas no final um vacilo quase custou a vitória.
6
Victor Luis
Se tivesse apetite ofensivo e se colocasse como opção de passe, seria um lateral muito acima da média.
6
Ramires
Tomou uma pancada logo no primeiro lance e ficou com a movimentação bem prejudicada.
s/n
Patrick de Paula
Entrou bem demais e tomou conta do setor, com ótimas participações na criação.
7
Zé Rafael
Foi disparado o melhor em campo no primeiro tempo; no segundo, teve que se retrair dado o crescimento do adversário.
7.5
Lucas Lima
Sem desculpas. O time está à sua feição e ele não corresponde.
5
Dudu
Mais centralizado do que de costume, jogou ainda abaixo do que sabemos que pode. A expulsão foi injusta.
5.5
Luiz Adriano
Voltou bastante para buscar jogo e participou de boas jogadas, inclusive criando a jogada do gol. Mas ainda ficou devendo na finalização.
7
Bruno Henrique
Reforçou o setor, mas está sem ritmo e chegou atrasado nas disputas.
6
Willian
Luxa que se vire. Tem que estar entre os onze.
7.5
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo
Mais uma experiência. Luxa vai aproveitando o torneio menos importante do ano para desenvolver o time e observar alternativas. Certamente tirou mais conclusões após o jogo desta noite.
6.5





  • O jogo foi meio atípico, uma vez que perdemos 2 jogadores por contusão, o que prejudicou mudanças tática de jogadores.

    Eu ainda acho que o Ramires tem de ser titular. Ele ganhando mais ritmo de jogo será muito importante.

    Agora é somar pontos porque nosso grupo está muito concorrido. Se não classificar será muito difícil a continuidade do trabalho no resto do ano.

  • Coincidência ou não, só foi o molecada ser trocada pelos mais experientes nos últimos dois jogos e o rendimento não tá igual, aliás, piorou. Mas tem que testar mesmo, e dar ritmo. Só acho que Gabriel Menino é Veron não podem ser banco nesse time, e o Patrick e o Wesley tem que entrar sempre pois renovam o fôlego, tanto na volancia como no ataque. Weverton, Marcos Rocha, Melo, Gomez, Vina, Gabriel Menino, Zé Rafael, Scarpa, Dudu, Veron/Wesley, Bigode.

  • Tomara que esse Viña seja bom de bola mesmo, lateral esquerda tá osso.
    Chega de Felipe Melo na zaga.
    O time é Bigode, Dudu e mais 9.
    “Traguem” um centroavante!

  • Acho meio exagerada a cobrança no Dudu, as principais chances nossas a bola passou pelo pé dele, se não foi uma assistência para finalização ele iniciou a jogada.

    Achei que jogou bem e concordo que a expulsão foi injusta.

    • “se não foi uma assistência para finalização ele iniciou a jogada” – se fosse a flapress diriam que ele deu uma pré assistência…

  • Discordo da avaliação do Victor Luís. Parece um saci em campo, não usa a perna direita pra nada. Além disso, não ganha uma na marcação, é driblado facilmente em todas as jogadas. Torcida só tem mais paciência com ele do que com o Diogo Barbosa, porque “ele é palmeirense”.

  • Juizão conseguir complicar um jogo que estava fácil.
    Só descambou porque ele deixou a ponte bater, chorar e reclamar o quanto quis. Sobrou pro Dudu.

  • A última derrota pra Ponte foi naquela semi final do paulista 2017 né, que deu uma pene geral no time e perdemos de 3×0 sofremos um gol com 1 minuto de jogo….afff

    Hoje da pra devolver aquela derrota, 3×0 com dois de Dudu e um do Bigode

  • Eu acho que já tá na hora da zaga voltar a ser Gómez/VH ou Gómez/Luan. É um desperdício ter que ficar improvisando o Melo.

    • Não é mais uma improvisação, essa será a posição do Felipe Melo. A hora de adapta-li a nova posição é essa, onde não vale muita coisa.

  • Só por curiosidade são 20 jogos nessa data até aqui e 5 contra o Guarani!!
    Dia 08/02 com certeza é dia de Palmeiras X Gurani