2
X
0

Pré-Jogo

Pré-jogo Fortaleza x Palmeiras

Na noite deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Fortaleza, no Castelão, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem aspirar ao título depois da sequência devastadora que culminou com a demissão de Vanderlei Luxemburgo, o Verdão joga para voltar a ter paz para trabalhar e seguir no bolo que ainda pensa em G4 – ou na pior das hipóteses, G6, para garantir vaga para a Libertadores de 2021.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Luan Silva, Luan, Marcos Rocha e Esteves
Suspenso: Felipe Melo

Pendurados: Danilo, Wesley e Ramires

O auxiliar da comissão técnica permanente Andrey Lopes assume novamente o time e tem problemas. Além dos Luans, o time perdeu na última partida mais dois jogadores com lesões musculares: Marcos Rocha e Esteves.

Outro problema na defesa é a suspensão de Felipe Melo. Em compensação, Gustavo Gómez e Viña, ausentes nas três derrotas seguidas, finalmente estão de volta e à disposição.

Uma possível escalação para a partida no Ceará é Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Renan e Viña; Patrick de Paula e Gabriel Menino; Gabriel Veron, Lucas Lima e Wesley; Luiz Adriano. Mas pode ser bem diferente.

Fortaleza

FortalezaNo Fortaleza, o treinador Rogério Ceni deve promover mudanças no ataque em relação ao time que empatou com o SPFC no meio da semana. Os experientes Osvaldo e Wellington Paulista devem voltar a figurar entre os titulares.

Assim, o time que tende a entrar em campo esta noite é Felipe Alves; Tinga, Paulão, Jackson e Bruno Melo; Felipe e Juninho; Romarinho, David e Osvaldo; Wellington Paulista.

Números

  • Palmeiras e Fortaleza se enfrentaram apenas 13 vezes na História desde 1960. A vantagem é toda do Verdão: 6 vitórias, 4 empates e 3 derrotas;
  • Mesmo como mandante, o Fortaleza não consegue vantagem: em 7 partidas, 2 vitórias do Palmeiras, 1 do Fortaleza e 4 empates;
  • O Fortaleza recebeu o Palmeiras no Castelão 5 vezes e há equilíbrio: uma vitória para cada lado e 3 empates;
  • Os dois times decidiram a Taça Brasil de 1960, em ida e volta. No Presidente Vargas, o Verdão venceu por 3 a 1; dias depois, no Pacaembu, o Verdão conquistou o primeiro dos dez campeonatos brasileiros ao aplicar um incrível 8 a 2, de virada.

No calendário

O Palmeiras já disputou 22 jogos no dia 18 de outubro. A data é uma das poucas em que mais perdemos do que ganhamos. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Do lado de cá: ninguém
Do lado de lá:
Roger Carvalho, Jackson, Gabriel Dias e Wellington Paulista

Arbitragem

Marcelo de Lima HenriqueÁrbitro Principal:
Marcelo de Lima Henrique

Rodrigo Nunes de SáVAR:
Rodrigo Nunes de Sá

Parpite

Nosso elenco vai para a partida sem o ranço de carregar um treinador indesejado. A demissão  do treinador nos tornou imprevisíveis, o adversário terá poucas pistas de como iremos a campo.

São fatores que igualam um pouco o prognóstico, que seria, claro, de mais uma derrota se nada tivesse acontecido. Assim, dá empate: 1 a 1, com gol de Luiz Adriano. E bora torcer, VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

PFCPFC

TNTTNT

Pós-Jogo

Fortaleza 2x0 PalmeirasCésar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras fez outra partida medonha esta noite em Fortaleza e foi derrotado pelo time da casa por 2 a 0, com muita facilidade, com dois gols no primeiro tempo.

Pela forma com que o time se apresentou, devemos ficar gratos pelo placar modesto. Se o adversário tivesse forçado, poderia ter sido de muito mais.

Com o resultado, o Palmeiras fica a 12 pontos do líder do campeonato e já a 4 do G6. Pior: com perspectivas curtíssimas de alguma reação no curto prazo.

Primeiro tempo

Pelo posicionamento inicial, Lucas Lima jogava pela direita, Veiga por dentro e Zé Rafael na esquerda. Sem a bola, Veiga e Luiz Adriano pressionam a saída, com as duas linhas de quatro sendo formadas com os jogadores restantes.

10'
Fortaleza

Yuri César investiu pelo meio e tocou para a infiltração de Osvaldo, na cara de Weverton; o chute saiu forte e nosso goleiro fez uma enorme defesa.

15'

O Palmeiras não conseguia ligar três passes seguidos; domínio completo do Fortaleza.

16'
Fortaleza

Triangulação pela direita; Tinga recebeu de Yuri César e enfiou para Ronald, que girou para o gol – o chute  saiu fraco e Weverton pegou bem.

16'
Palmeiras

Veiga ligou na esquerda com Viña que cruzou por baixo com muito perigo, na risca da pequena área, mas Roger Carvalho cortou a escanteio.

17'
Palmeiras

No segundo escanteio, Menino levantou da direita e Gustavo Gómez testou sem muita força, mas Viña surgiu na trajetória e deu força na cabeçada, obrigando Max Walef a fazer uma defesa com muito reflexo.

20'

Nossos laterais passaram a participar do jogo e o Palmeiras passou a atacar mais – mas se expunha a contra-ataques.

27'
Fortaleza

Contra-ataque velocíssimo do Fortaleza após erro de Mayke, mas Weverton se arroja com os pés e chega antes na bola esticada para Osvaldo.

29'
Palmeiras

Linda trama do ataque do Palmeiras: de Lucas Lima para Luiz Adriano, que tocou em profundidade para Viña, que cruzou por baixo; Veiga fechou por dentro e fuzilou; Max Walef fez uma enorme defesa.

30'
Palmeiras

Gabriel Menino apoiou pela direita e cruzou no segundo pau; Gustavo Gómez testou e a bola cairia junto ao poste esquerdo, onde fechavam Emerson Santos e Veiga, mas Max Walef raspou na bola e tirou a chance do gol; o juiz deu apenas tiro de meta.

33'
Fortaleza

Gol do Fortaleza – jogada rápida pela direita; Tinga enfiou para Ronald, que tocou para dentro; David e Mayke chegaram juntos na bola, que foi para as redes. A arbitragem deu o gol para David.

41'
Fortaleza

Gol do Fortaleza – no contra-ataque, Tinga serviu Ronald, que bateu para dentro; Mayke encarnou o Oséas e deu uma bomba no travessão; a bola voltou nos pés de David que bateu para as redes.

48'

Terminou o primeiro tempo de domínio quase total do Fortaleza.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou com Wesley e Willian. Saíram Patrick de Paula e Mayke. Gabriel Menino foi para a lateral; Zé Rafael passou a ser volante – o único – e o time ficou num 4-1-4-1.

5'
Palmeiras

Contra-ataque pela esquerda; Veiga esticou para Willian, que aparou na entrada da área mas finalizou mal, à direita de Max Walef.

7'
Palmeiras

Após lateral, com muito esforço, Wesley conseguiu cruzar da direita e Luiz Adriano foi no limite para escorar, mas não colocou força na bola e ficou fácil para o goleiro.

10'
Fortaleza

Ronald fez bela jogada sobre Lucas Lima e rolou para a chegada de Tinga, livre, mas o chute saiu ruim, à direita de Weverton.

12'
Fortaleza

Lucas Lima fez lambança na saída de bola e a bola ficou viva dentro de nossa área, mas nossa defesa conseguiu afastar o perigo.

22'
Palmeiras

Veiga recebeu na entrada da área, girou e bateu cruzado; Willian chegou um segundo atrasado e não conseguiu a finlização.

24'
Palmeiras

Após escanteio, a bola sobrou para Luiz Adriano aberto na direita; com pouco ângulo, ele chutou forte mas foi travado por David.

30'
Fortaleza

Yuri César suspendeu falta da direita; Bruno Melo testou com força e a bola passou raspando o ângulo esquerdo de Weverton.

35'
Fortaleza

Danilo entrou no lugar de Raphael Veiga; Zé Rafael voltou a ser meia. Veron entrou no lugar de Luiz Adriano e Willian foi para o miolo.

34'
Palmeiras

Wesley fez jogada individual pelo meio e arriscou, mas o chute saiu sem força e direção.

40'
Palmeiras

Wesley lutou contra três adversários, levou até a entrada da área e tentou o chute, mas foi travado. Veron estava totalmente livre na direita.

47'

Gustavo Gómez, muito nervoso, recebeu amarelo e depois vermelho por reclamações.

50'

Mais uma vez o jogo acabou e a sensação foi de alívio, mesmo com derrota.





Fim de jogo

Enquanto teve jogo , o Fortaleza nos dominou completamente nos dois momentos: primeiro, quando o Palmeiras ficou esperando em seu campo – o domínio foi completo, com nosso time não conseguindo trocar três passes seguidos.

A partir de 20 minutos, o Palmeiras ao menos arriscou ir para cima e criou chances, sobretudo por conta da maior participação de nossos laterais, que deixaram o campo de defesa. Mas a recomposição defensiva não existiu e ficamos muito frágeis às jogadas de velocidade do adversário. O chamado cobertor curto.

Assim, o Fortaleza marcou dois gols com muita naturalidade e poderia ter feito mais, não fossem suas prioridades: com a decisão do campeonato cearense marcada para a próxima quarta-feira, o técnico Rogério Ceni, que já havia escalado um time sem vários titulares, rodou ainda mais o elenco para poupá-los, e o time da casa parou de forçar.

Mesmo assim, o Palmeiras, que obrigatoriamente tomou a iniciativa do jogo em todo o segundo tempo, não tinha forças para ameaçar o gol do Fortaleza. Parecíamos um peso mosca lutando contra um peso pesado proibido de bater.

Alguns jogadores demonstraram uma indiferença revoltante. Outros transmitiram um inconformismo que soa como um resto de esperança, como Gustavo Gómez, que acabou expulso no final por um destempero que dá até para desculpar, mesmo totalmente infantil.

Estamos à deriva. Precisamos de um novo técnico para dar um norte a esse grupo. Mas a situação é delicada, o mercado está vendo nosso desespero e o preço sobe. O tiro não pode ser dado de qualquer jeito e pode se preciso mais tempo para que o movimento não seja, mais uma vez, errado. Estamos numa situação bem difícil – mas já vimos piores e sempre saímos.

Só resta saber quando sairemos desta. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Fortaleza

Max Walef
Tinga
Gabriel Dias
Roger Carvalho
Paulão
Bruno Melo
Ronald
Romarinho
Felipe
Osvaldo
Carlinhos
Marlon
David
Wellington Paulista
Yuri César
Juninho
Rogério Ceni
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Grandes defesas no primeiro tempo.
7.5
Mayke
Tentou marcar contra duas vezes, até nisso perdeu para o David.
2
Wesley
Entrou e foi pra dentro, não quis nem saber. Se todos jogassem pelo menos com esse objetivo, talvez a coisa não estivesse tão feia.
7
Emerson Santos
Sem ritmo, sem tempo de bola, enferrujado, todo duro.
5
Gustavo Gómez
O destempero no final é sinal de vontade de ganhar. Por mais estúpida e antiprofissional que tenha sido a explosão, num momento como este ela precisa ser valorizada. A que ponto chegamos.
6
Viña
Mais um que demonstrou inconformismo com a situação e que não consegue render mais diante de tamanha bagunça.
6.5
Patrick de Paula
Sempre elogiado por sua frieza em momentos cruciais, não entende que isso só serve quando estamos na frente, e que quando estamos abaixo precisamos de mais vibração.
5
Willian
Pena que não acertou quase nada, mas como tenta, como dá o exemplo...
6
Gabriel Menino
Vive dos cruzamentos de bola parada, principalmente quando vai para a lateral.
6
Lucas Lima
Chega de Lucas Lima.
3
Raphael Veiga
Chega de Veiga.
4.5
Danilo
Só toquinho de lado. Também, olhava pra frente e via quem?
5
Zé Rafael
Chega de Zé Rafael.
1
Luiz Adriano
Até tentou voltar para armar, aí dava o passe no pé dos adversários.
4
Gabriel Veron
Pegava a bola, dava uma voltinha e perdia. Nem sombra do craque da base.
3
Andrey Lopes
Andrey Lopes
Além de ter escalado mal, inventou nas mexidas e não conseguiu pilhar o time, que já entrou em campo derrotado.
4





  • Esta eu não entendi …… o time faz sua pior partida do ano . Uma bagunça generalizada em campo, aí o pessoal ganha uma folguinha até amanhã as 16:00hs .
    Se não dá pra treinar pela manhã, pelo menos uma reunião cazzo, uma boa conversa sempre ajuda .
    E na quarta é jogo treino, não vale nada, aproveita pra tentar melhorar o time visando o jogo de domingo que é muito mais importante .

  • Pode vir treinador novo, se não for minimamente respaldado pela diretoria (inclusive pra afastar alguns atletas por deficiência técnica) vai ser engolido pela incompetência da diretoria e pela panela do elenco.

  • Nem vou colocar esta partida na conta do técnico. Quem deveria ter tomado a iniciativa de pilhar os jogadores, são os líderes da panela que fritaram o Luxa. Já que a missão deles tinha sido cumprida, deveriam trazer a vitória.

  • É preciso iniciar desde já a campanha

    *** VOLTA, PAULO NOBRE! ***

    Galiotte conseguiu pegar a casa toda arrumada e deixar tudo um caos. Parece até premeditado para a “salvadora” (500 aspas) tomar seu lugar sem resistência.

  • A meu ver é nítida a má vontade de Lucas Lima e Zé Rafael. Não estão afim de jogar. Deveriam ser afastados.

  • Bom dia!

    Primeiramente peço licença para participar deste espaço que acompanho a muito, muito tempo! Conrado, parabéns pelo seu trabalho nesses anos todos. Sou Palmeirense desde que nasci e nunca deixei ou deixarei de torcer a acompanhar nosso time!!

    Ver o Palmeiras nesta situação é muito frustrante, poderíamos e deveríamos estar em uma situação bem diferente com as condições e estrutura que temos. Vai ajudar e é necessário um técnico novo mas de nada vai adiantar se os jogadores não fizerem o básico que é jogar futebol, com vontade e com raça. Não consigo ver isso na grande parte do elenco, vejo um time sem alma nesse momento, sem padrão de jogo há um bom tempo e isso é um somatório de fatores que incluem jogadores, comissão técnica e diretoria (a essa diretoria…). Vou torcer para que esse cenário melhore e ser otimista porque, confesso, não sinto que dias melhores estão por vir de imediato!

  • Gabriel Menino: vive dos cruzamentos de bola parada na mão do goleiro. Todas, sem exceção. Impressionante.

  • Não entendo como é possível o Palmeiras ter tanto “medalhão” e ninguém jogar nada.

    – enfraqueceu o Cruzeiro (D. Barbosa)
    – enfraqueceu o Botafogo (V. Luís)
    – enfraqueceu o Bahia (Zé Rafael)
    – enfraqueceu o Athlético PR (Rony)
    – enfraqueceu o Coritiba (Raphael Veiga)
    – enfraqueceu o Santos (Lucas Lima)

    E por aí vai.

    Só a gente que não joga melhor com reforços? Só a gente que não consegue se reestruturar quando perde um grande jogador como Keno ou Dudu, mesmo sem substituto à altura?

  • Nem a expectativa de um novo treinador, mesmo que seja o Miguel Angel Ramirez, trás alguma esperança de que as coisas irão melhorar.

    O Luxa saiu falando que cobrou reforços e só recebeu respostas negativas. Nos últimos meses bons valores foram levantados através da negociação de alguns jogadores e alguns milhões de reais com salários foram economizados: Dudu, Diogo Barbosa, Bruno Henrique, Vitor Hugo. E ainda assim não temos dinheiro para fazer contratações?

    A pandemia pode ajudar a explicar, mas não é só isso. A incapacidade de administração e gestão do atual presidente e seus pares contribuem muito. Haja vista o pagamento antecipado da dívida com o Paulo Nobre, a juros baixíssimo, realizado apenas para agradar a parceira.

    Como o Conrado mesmo disse, já passamos por situações piores e saímos. Que os que comandam o Palmeiras hoje passem a olhar pela instituição e o futebol, e deixem um pouco seu ego de lado.

  • Nao que eu ache o Luxa a salvação dos problemas mas com esse time pode vir qq um q nao vai acontecer nada, Lucas Lima, Rafael Veiga, Mike, Ze Rafael e esse tal de Luis Adriano um dos maiores enganadores estamos perdidos,. Tivemos Cuca, Felipao, Luxa, Mano e ninguem fez esses caras jogarem bola, nosso problema e o elenco que e ruim e nao o treinador

    • A questão é que render é uma coisa, não ter o mínimo de caráter enquanto jogador do Palmeiras é outra completamente diferente. Willian não tem ido bem, por exemplo, mas duvido que alguém conteste o comprometimento do cara. É nítido que Veiga não rende por não se encontrar e L Adriano por falta de companheiros entrosados, por exemplo. Mayke é só ruim mesmo e LL e Zé Rafael, sim, parecem cretinos de primeira.

  • O Galiote deixou o Matos esbanjar dinheiro a vontade. Trouxe Carlos Eduardo, Borja, Deyverson… E até hj o clube está pagando salário pra esses caras jogarem sei lá aonde, inclusive para o Guerra que nem no banco não fica. E o Edu Dracena e Zé Roberto, estão fazendo o que no Palmeiras? Estão recebendo pra que?

    Galiote têm destruído tudo o que o Paulo Nobre fez pelo Palmeiras. Ele só não foi pior do que o tirone pq não pegou o clube na condição que aquele palhaço.

    Quem fez corpo mole na quarta-feira não era para ter jogado hj. E o Lucas Lima tem que ir é pra pqp. Ele e o Veiga se escondem do jogo quando os volantes pegam na bola.

    Não é só esses caras, tem muitos ali que não merecem a camisa que vestem nem a torcida que têm.

    Trazer um treinador de fora não vai adiantar. Precisa de jogador tbm! Tira o Cuesta do inter, vai buscar o Pavon nos EUA, contrata o Palácios ex-river, traz o Bustos do independiente… O galiote que se vire!

  • O próximo treinador vai conseguir arrumar o time em qual período de treino? Teremos q ter uma paciência enorme e principalmente, contratar jogador certeiro, pra jogar com a gurizada

  • É sempre bom lembrar que precisamos fazer pelo menos mais 23 pontos.

    Acha exagero?

    Perdemos para Botafogo, Fortaleza, Coritiba, empatamos com Goiás e fluminense.

    O técnico novo sequer poderá pensar na próxima temporada. Precisará tentar repetir algumas formações que deram algum resultado meia boca para poder somar pontos no desespero.

    O poço é fundo e tem alçapão.

    • Concordo completamente. Não é desespero não, o nível de futebol (ou algo que se assemelha a isso) apresentado hoje me deixou meio incrédulo. Vi uns lances de CORxFLA e nem os gambas jogaram tão mal, apesar da goleada eles pelo menos conseguiam trocar mais que 3 passes. Nenhum treinador vai conseguir dar jeito rapidamente nessa várzea, imagina um estrangeiro ainda. Com a falta de treinos e três competições simultâneas, a maionese pode desandar BEM rápido.

      Ironico que o novo treinador é pretendido por ser ofensivo, mas quem vier vai ter que montar a maior retranca pra primeiro fazer o time parar de perder…

  • Esse jogo só serve pra nos dar duas certezas.

    Mayke nunca vai ser titular e Andrey tem um loooongo caminho para ser técnico, talvez nunca seja.

  • Em um jogo joga com dois zagueiros da direita, no jogo seguinte com dois zagueiros da esquerda, isso deixa bem claro o planejamento de elenco merda que fizeram.

  • Pelo jeito, foco no Z4, infelizmente. Tem muita coisa errada nesse time, tá loko que sofrimento ver jogo do Verdão, é só pela paixão mesmo.

  • Não entendi que o ausência do Felipe Melo eh um problema na defesa. Pra mim é uma solução, melhor notícia.
    Se o Palmeiras conseguir um empate está bom. Se ganhar foi o peso da camisa.
    O Fortaleza está indo bem. O time está jogando melhor.
    Mas futebol e futebol.

    • Concordo, Ramon. A ausência de FM é um reforço. Um empate não é nada mal pelo que o Fortaleza vem jogando

      • Olha o que o Galiotte fez com nosso time. Ao ponto de considerarmos um empate com o Fortaleza um bom negócio. Espero que tenhamos muita sorte com o próximo treineiro e dê alguma liga para que esse ano melancólico termine o menos pior possível.

  • Ok, a coisa não está da maneira que esperávamos. Agora, sem essas de ficar dando munição para a imprensa…. Inocente daquele que não conhece o papel desta em relação ao Palmeiras. Já estão nadando de braçada com essa hipocrisia de que o grupo é formado por pilantras que derrubaram o pseudo treinador. Fizeram errado? Para mim mostraram que querem voltar a ser competitivos, e enxergaram o que o B3 fez vistas grossas. Estão falando em trabalho a longo prazo e tals….não acredito, mas seria o ideal. Se ocorrer, teremos paciência para não fazer pressão, ou continuaremos a lançar nossas frustrações no trabalho alheio????

  • Triste, muito triste ver no que o Palmeiras está se transformando…De ciclo virtuoso iniciado por Nobre e interrompido pelo B3 para chegarmos a espiral negativa…Estamos voltando no tempo….