0
X
1

O Botafogo dificultou demais nossa vitória com um uma retranca absurda. Weverton mal foi visto pelas câmeras e nosso trabalho foi apenas chegar a um gol – o VAR fez justiça ao que a arbitragem sonegaria.

O resultado de 1 a 0, no entanto, foi suficiente para trazer mais três pontos, encher o time e a torcida de confiança e minar as esperanças dos adversários, que lutam contra a pressão de correr atrás de um líder que vai abrindo distância.

Os jogadores vão fazendo seus papéis. Que a torcida siga fazendo o seu: apoiando sem parar, e sem jamais subir no salto. Pode empolgar, mas com responsabilidade. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Escalação

Botafogo-RJ

Gatito Fernandez
Fernando
Marcelo Benevenuto
Gabriel
Gilson
Alex Santana
Cícero
Luiz Fernando
Igor
João Paulo
Yuri
Léo Valencia
Gustavo Ferrareis
Diego Souza
Eduardo Barroca
TÉCNICO


Primeiro tempo

O Verdão começou marcando forte no campo de ataque, sufocando o Botafogo, que não conseguia sair jogando, mas mostrava uma linha defensiva bastante compacta, dentro de sua própria área, complicando as jogadas por cima de Felipão.

8'
Palmeiras

Dudu arriscou o primeiro chute de fora; Marcelo Benevenuto meteu o cabeção na bola e desviou a escanteio.

12'

Depois de intensa pressão no campo ofensivo e de tentar alçar as bolas na área sem sucesso, o Verdão cessou a marcação alta e passou a esperar o Botafogo em seu campo, a fim de atrair o adversário e de conseguir mais espaço para jogar em velocidade.

27'
Palmeiras

Dudu acionou Lucas Lima pela esquerda; o camisa 20 rolou para a chegada de Zé Rafael, mas a zaga chegou no último instante travando a finalização.

35'
Palmeiras

Bruno Henrique tentou seu primeiro chute de fora, e mais uma vez Benevenuto se tirou na bola para ceder escanteio.

36'
Palmeiras

Na cobrança curta, Dudu tabelou com Lucas Lima e bateu forte, por cima do gol.

39'
Palmeiras

Depois de cruzamento de Lucas Lima, a bola ficou viva na área e Thiago Santos teve a chance de finalizar, mas pegou na orelha da bola e a ela saiu por muito, feio.

41'
Palmeiras

Dudu recebeu dentro da área, pela direita, pensou rápido e cruzou; Deyverson conseguiu um bom desvio de cabeça para mandar a bola no cantinho direito de Gatito, mas ela saiu por muito pouco.

Aos 49, o inseguro Paulo Roberto Alves Junior encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

3'
Botafogo-RJ

Após cruzamento da esquerda, nossa zaga rebateu mal e Cícero pegou a  sobra da meia-lua, mas isolou.

6'
Palmeiras

Fernando parou Dudu com falta; Bruno Henrique bateu colocado, mas errou o alvo.

8'
Palmeiras

Dudu recebeu na área, ganhou de Fernando e tentou encobrir Gatito, que fez a defesa. Deyverson, no entanto, na briga pela bola, acabou calçado por Gabriel, e o VAR foi acionado.

16'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após oito minutos, o pênalti foi batido e Gómez colocou no cantinho direito, sem chances para Gatito. o jogo só foi ser reiniciado aos 18, após os jogadores do Botafogo pararem de chorar. O pênalti, pelas imagens da TV, foi muito claro.

19'
Botafogo-RJ

Fernando tentou um bom chute de fora mas Weverton caiu no canto direito para defender sem dar rebote.

Com a vantagem no placar, o Palmeiras se postou para seus mortais contra-ataques e continha as descidas do Botafogo sem levar nenhum susto.

26'
Palmeiras

Dudu esticou para Lucas Lima, que cruzou por baixo; Deyverson até chegou antes que o marcador, mas escorou mal, para fora. Dudu estava muito mais inteiro na jogada e Deyverson acabou salvando o Botafogo.

26'

Luan sentiu uma fisgada na virilha e pediu substituição. Antônio Carlos entrou em seu lugar.

28'

Zé Rafael deu lugar a Gustavo Scarpa.

32'
Palmeiras

Diogo Barbosa puxou o contra-ataque, correu MUITO para evitar a saída pela lateral; puxou para dentro, entrou na área, cortou mais um, mas foi bloqueado. Seria um golaço de placa.

35'
Palmeiras

Lucas Lima cruzou; Benevenuto desviou no primeiro pau e a bola sobrou para Dudu, que arrumou recursos técnicos para ajeitar o corpo e finalizar – a bola saiu por cima do gol de Gatito.

40'

Lucas Lima, após ótima partida, deu lugar para Moisés.

43'
Palmeiras

Dudu puxou o contra-ataque, tinha opções de passe mas preferiu ir sozinho e da entrada da área tentou o arremate, mas errou mais uma vez o alvo.

51'
Palmeiras

Marcos Rocha cruzou da direita para Deyverson, na cara do gol; o arremate veio por baixo e Gatito fez uma defesa monstruosa; Dudu pegou o rebote e mandou lá dentro. O bandeira, erradamente, marcou impedimento de Deyverson e o gol foi anulado. O VAR não foi consultado.

Após 8 minutos de acréscimo (devia ter dado pelo menos quatro  mais), o árbitro encerrou o jogo.



Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Uma defesa razoável num chute de fora. Só.
6.5
Marcos Rocha
Começou muito mal, disperso, perdendo disputas fáceis. Depois voltou ao normal.
6
Luan
Fazia uma partida tranquila até sentir a lesão. Vamos torcer para ter sido só um beliscão.
6.5
Antônio Carlos
Entrou a tempo de fazer uma boa intervenção.
6.5
Gustavo Gómez
Mais uma vez, dono absoluto de seu pedaço. E um pênalti de manual.
7.5
Diogo Barbosa
Excelente participação nos 90 minutos, está no auge físico e técnico.
8.5
Thiago Santos
Sem ritmo de jogo, foi apenas discreto.
6
Bruno Henrique
Carregou o piano, preenchendo bem o maio-campo e ainda arriscando algumas descidas. Mas podia ter apoiado mais.
6.5
Dudu
Arrancadas espetaculares e muita força física. Mas a pontaria deixou a desejar (quando acertou, o juiz roubou).
7.5
Lucas Lima
Recebeu um importante voto de confiança de Felipão e correspondeu. Se movimentou bastante, participou com qualidade e iniciou aquilo que pode ser uma grande volta por cima.
8
Moisés
Jogou pouco.
s/n
Zé Rafael
O que mais chamou atenção foi o bigode.
6
Gustavo Scarpa
Conseguiu algumas bolas de muita qualidade disparadas para o meio da área, no pouco tempo que esteve em campo.
6.5
Deyverson
Se movimentou, chamou marcadores, ganhou jogadas no corpo, fez parede e conseguiu sofrer o pênalti porque insistiu numa jogada já morta.
8
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Nem tanto pelas soluções para furar a defesa do Botafogo, mas pela decisão de não desistir de Lucas Lima e de dar condições para que ele inicie sua recuperação. É um mestre.
8.5