0
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Botafogo x Palmeiras

Na tarde deste sábado, a Sociedade Esportiva Palmeiras vai até Brasília enfrentar o Botafogo, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileirão. O time comandado por Felipão defende a liderança isolada do campeonato e jogará com o apoio da torcida, que deve ser maioria no estádio Mané Garrincha.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionado:
Raphael Veiga
Transição física:
Willian
Suspenso: Felipe Melo

O Verdão perdeu Raphael Veiga, com uma lesão na coxa, mas ganhou o retorno de Gustavo Scarpa, recuperado da lesão na panturrilha. Sem poder contar com Felipe Melo, suspenso por um cartão mal-intencionado dado pelo juiz do jogo passado, Felipão deve escalar Thiago Santos.

Se não houver nenhuma surpresa, o time deverá ser Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos e Bruno Henrique; Dudu, Gustavo Scarpa e Zé Rafael; Deyverson.

Botafogo

BotafogoDepois de viajar para Goiânia, depois a Assunção e finalmente chegar a Brasília, o Botafogo está exaurido, já que usou a mesma base nos dois jogos. Diante de um jogo eliminatório na próxima quarta-feira, Eduardo Barroca deverá escolher entre ir para este jogo com força máxima e poupar alguns titulares.

Alguns desfalques são certos: além de Rodrigo Pimpão, que está entregue ao DM, Carli está suspenso e Erik, o melhor jogador do time, pertence ao Palmeiras. Caso decida escalar o que tem de melhor, Barroca vai mandar a campo Gatito Fernandez; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Alex Santana e Cícero; Luiz Fernando, João Paulo e Léo Valencia; Diego Souza.

Números

  • Vantagem do Verdão no confronto direto: 45V 38E 34D em 117 jogos;
  • Em partidas com mando do Botafogo, foram 11V, 20E e 23D em 55 jogos;
  • Valendo pelo Brasileirão, o retrospecto é de 24V, 18E e 14D, em 56 jogos;
  • No Mané Garrincha, o Verdão já jogou 7 vezes: 4V 2E 1D. Depois da reforma para a Copa de 2014, dois jogos e duas vitórias, contra Flamengo e Fluminense.

Lei do Ex

  • Do lado de cá: Diogo Barbosa, Victor Luis e Matheus Fernandes
  • Do lado de lá: Diego Souza e Diego Cavalieri

Arbitragem

Árbitro Principal:
Paulo Roberto Alves JuniorPaulo Roberto Alves Junior


VAR:
Adriano MilczvskiAdriano Milczvski

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos feita antes do início do campeonato, estamos dois pontos acima. A meta para este jogo era de vitória. Assim, mesmo um empate nos manterá dentro da expectativa.

Parpite

Jogaremos contra um Botafogo cansado ou mesclado. De certo, a ausência de seu melhor jogador. E a torcida será nossa.

Com tudo isso, dá Verdão: 2 a 0, com gols de Dudu e Bruno Henrique, para 19.456 pagantes.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

O PFC está de volta. Mas você já sabe: sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC

 

Pós-Jogo

Botafogo 0x1 PalmeirasCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Botafogo veio com uma defesa muito firme e deu muito trabalho, mas o Palmeiras, graças a um pênalti bem marcado pelo VAR, chegou ao gol no segundo tempo com Gustavo Gómez e somou mais três pontos, fundamentais nesta trajetória do Brasileirão.

O Verdão segue líder, agora com 16 pontos, e não pode mais ser alcançado nesta rodada. Com dois pontos acima da projeção de pontos feita antes do início do campeonato, o time de Felipão acumula até uma gordurinha para queimar.

Primeiro tempo

O Verdão começou marcando forte no campo de ataque, sufocando o Botafogo, que não conseguia sair jogando, mas mostrava uma linha defensiva bastante compacta, dentro de sua própria área, complicando as jogadas por cima de Felipão.

8'
Palmeiras

Dudu arriscou o primeiro chute de fora; Marcelo Benevenuto meteu o cabeção na bola e desviou a escanteio.

12'

Depois de intensa pressão no campo ofensivo e de tentar alçar as bolas na área sem sucesso, o Verdão cessou a marcação alta e passou a esperar o Botafogo em seu campo, a fim de atrair o adversário e de conseguir mais espaço para jogar em velocidade.

27'
Palmeiras

Dudu acionou Lucas Lima pela esquerda; o camisa 20 rolou para a chegada de Zé Rafael, mas a zaga chegou no último instante travando a finalização.

35'
Palmeiras

Bruno Henrique tentou seu primeiro chute de fora, e mais uma vez Benevenuto se tirou na bola para ceder escanteio.

36'
Palmeiras

Na cobrança curta, Dudu tabelou com Lucas Lima e bateu forte, por cima do gol.

39'
Palmeiras

Depois de cruzamento de Lucas Lima, a bola ficou viva na área e Thiago Santos teve a chance de finalizar, mas pegou na orelha da bola e a ela saiu por muito, feio.

41'
Palmeiras

Dudu recebeu dentro da área, pela direita, pensou rápido e cruzou; Deyverson conseguiu um bom desvio de cabeça para mandar a bola no cantinho direito de Gatito, mas ela saiu por muito pouco.

Aos 49, o inseguro Paulo Roberto Alves Junior encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

3'
Botafogo-RJ

Após cruzamento da esquerda, nossa zaga rebateu mal e Cícero pegou a  sobra da meia-lua, mas isolou.

6'
Palmeiras

Fernando parou Dudu com falta; Bruno Henrique bateu colocado, mas errou o alvo.

8'
Palmeiras

Dudu recebeu na área, ganhou de Fernando e tentou encobrir Gatito, que fez a defesa. Deyverson, no entanto, na briga pela bola, acabou calçado por Gabriel, e o VAR foi acionado.

16'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após oito minutos, o pênalti foi batido e Gómez colocou no cantinho direito, sem chances para Gatito. o jogo só foi ser reiniciado aos 18, após os jogadores do Botafogo pararem de chorar. O pênalti, pelas imagens da TV, foi muito claro.

19'
Botafogo-RJ

Fernando tentou um bom chute de fora mas Weverton caiu no canto direito para defender sem dar rebote.

Com a vantagem no placar, o Palmeiras se postou para seus mortais contra-ataques e continha as descidas do Botafogo sem levar nenhum susto.

26'
Palmeiras

Dudu esticou para Lucas Lima, que cruzou por baixo; Deyverson até chegou antes que o marcador, mas escorou mal, para fora. Dudu estava muito mais inteiro na jogada e Deyverson acabou salvando o Botafogo.

26'

Luan sentiu uma fisgada na virilha e pediu substituição. Antônio Carlos entrou em seu lugar.

28'

Zé Rafael deu lugar a Gustavo Scarpa.

32'
Palmeiras

Diogo Barbosa puxou o contra-ataque, correu MUITO para evitar a saída pela lateral; puxou para dentro, entrou na área, cortou mais um, mas foi bloqueado. Seria um golaço de placa.

35'
Palmeiras

Lucas Lima cruzou; Benevenuto desviou no primeiro pau e a bola sobrou para Dudu, que arrumou recursos técnicos para ajeitar o corpo e finalizar – a bola saiu por cima do gol de Gatito.

40'

Lucas Lima, após ótima partida, deu lugar para Moisés.

43'
Palmeiras

Dudu puxou o contra-ataque, tinha opções de passe mas preferiu ir sozinho e da entrada da área tentou o arremate, mas errou mais uma vez o alvo.

51'
Palmeiras

Marcos Rocha cruzou da direita para Deyverson, na cara do gol; o arremate veio por baixo e Gatito fez uma defesa monstruosa; Dudu pegou o rebote e mandou lá dentro. O bandeira, erradamente, marcou impedimento de Deyverson e o gol foi anulado. O VAR não foi consultado.

Após 8 minutos de acréscimo (devia ter dado pelo menos quatro  mais), o árbitro encerrou o jogo.





Fim de jogo

O Botafogo dificultou demais nossa vitória com um uma retranca absurda. Weverton mal foi visto pelas câmeras e nosso trabalho foi apenas chegar a um gol – o VAR fez justiça ao que a arbitragem sonegaria.

O resultado de 1 a 0, no entanto, foi suficiente para trazer mais três pontos, encher o time e a torcida de confiança e minar as esperanças dos adversários, que lutam contra a pressão de correr atrás de um líder que vai abrindo distância.

Os jogadores vão fazendo seus papéis. Que a torcida siga fazendo o seu: apoiando sem parar, e sem jamais subir no salto. Pode empolgar, mas com responsabilidade. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Botafogo-RJ

GOL
Gatito Fernandez
LAD
Fernando
ZAG
Marcelo Benevenuto
ZAE
Gabriel
LAE
Gilson
VOL
Alex Santana
VOL
Cícero
MEI
Luiz Fernando
MEI
Igor
MEI
João Paulo
MEI
Yuri
MEI
Léo Valencia
MEI
Gustavo Ferrareis
ATA
Diego Souza
TÉCNICO
Eduardo Barroca

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Uma defesa razoável num chute de fora. Só.
6.5
Marcos Rocha
Começou muito mal, disperso, perdendo disputas fáceis. Depois voltou ao normal.
6
Luan
Fazia uma partida tranquila até sentir a lesão. Vamos torcer para ter sido só um beliscão.
6.5
Antônio Carlos
Entrou a tempo de fazer uma boa intervenção.
6.5
Gustavo Gómez
Mais uma vez, dono absoluto de seu pedaço. E um pênalti de manual.
7.5
Diogo Barbosa
Excelente participação nos 90 minutos, está no auge físico e técnico.
8.5
Thiago Santos
Sem ritmo de jogo, foi apenas discreto.
6
Bruno Henrique
Carregou o piano, preenchendo bem o maio-campo e ainda arriscando algumas descidas. Mas podia ter apoiado mais.
6.5
Dudu
Arrancadas espetaculares e muita força física. Mas a pontaria deixou a desejar (quando acertou, o juiz roubou).
7.5
Lucas Lima
Recebeu um importante voto de confiança de Felipão e correspondeu. Se movimentou bastante, participou com qualidade e iniciou aquilo que pode ser uma grande volta por cima.
8
Moisés
Jogou pouco.
s/n
Zé Rafael
O que mais chamou atenção foi o bigode.
6
Gustavo Scarpa
Conseguiu algumas bolas de muita qualidade disparadas para o meio da área, no pouco tempo que esteve em campo.
6.5
Deyverson
Se movimentou, chamou marcadores, ganhou jogadas no corpo, fez parede e conseguiu sofrer o pênalti porque insistiu numa jogada já morta.
8
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Nem tanto pelas soluções para furar a defesa do Botafogo, mas pela decisão de não desistir de Lucas Lima e de dar condições para que ele inicie sua recuperação. É um mestre.
8.5