Raphael Veiga marca pela quarta final seguida e consolida números expressivos em decisões

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o SPFC, durante segunda partida válida pela final do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Raphael Veiga acumula 9 gols em finais pelo Palmeiras

“Não falem de centroavante, essa equipe é muito mais do que um centroavante”. Essas palavras são de Abel Ferreira, logo após a vitória por 4 a 0 do Palmeiras sobre o SPFC, no segundo jogo da final do Campeonato Paulista 2022.

O camisa 9 é uma posição carente no Palmeiras e o próprio Abel já externou em diversas oportunidades sua vontade de contar com um. Atualmente, quem cumpre a função de centroavante no Verdão é RonyRafael Navarro ainda não se consolidou e Deyverson está a poucos meses de ter seu contrato encerrado.

Quando se trata de decisões, no entanto, o Palmeiras encontrou seu definidor no camisa 23. Vivendo o auge da carreira, Raphael Veiga marcou três gols nas finais do Paulistão e ampliou seus números em jogos que valem taça: são nove gols em 14 jogos. Ele superou Evair (6 gols) e se tornou o jogador que mais marcou em decisões pelo Palmeiras.

“Marcar gols é sempre bom, mas em decisão é melhor. Sou um cara que gosta de melhorar meus números, ser decisivo, ajudar. Ainda que eu não tivesse feito os gols, mas a gente tivesse sido campeão eu já estaria feliz”, disse Veiga, que também foi questionado se gostaria de trocar o número da camisa.

“Não, eu estou bem com a 23. A questão do 9 eu deixo para a diretoria, para a presidente”, brincou.

Além disso, o meia foi às redes nas últimas quatro finais em que o Palmeiras disputou: contra Flamengo (Libertadores de 2021), Chelsea (Mundial de Clubes 2021), Athletico-PR (Recopa Sul-Americana 2022) e SPFC (Paulista 2022).

“Imaginava um dia estar vivendo isso, mas entre querer e acontecer há um espaço muito grande. Fico muito feliz por tudo que venho construindo, com a ajuda da equipe e da comissão técnica. Espero continuar fazendo gols, seja em finais ou jogos normais”, finalizou.

Raphael Veiga novamente na briga para ser o artilheiro do time

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o SPFC, durante segunda partida válida pela final do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Os dois gols diante do SPFC no último domingo fizeram com que Raphael Veiga chegasse a oito bolas na rede na temporada, disparado o artilheiro do Palmeiras. Na sequência, vêm Rony (8), Danilo, Dudu, Murilo e Zé Rafael (3). Em 2022, contabilizando também os jogos do Mundial de Clubes (válidos pelo período anterior), são dez gols.

A ascensão de Veiga se dá principalmente após a chegada de Abel Ferreira ao Palmeiras. “Ele me ensinou a ler melhor os espaços, aprendi a correr menos e produzir mais, além do jogo sem bola. Tem o trabalho fora de campo também, que ele nos ajuda a ter um mental forte. Isso as vezes é mais importante do que como você vai jogar”, declarou.

Na temporada 2020, o camisa 23 terminou como vice-artilheiro do time, com 18 gols, atrás apenas de Luiz Adriano (20); já no período seguinte, foi o maior goleador do clube, com 20 tentos anotados.

  • m com que Raphael Veiga chegasse a oito bolas

    penso que o número aqui seria 10 gols na temporada.