Em 2022, Danilo vive fase artilheira e consolida números defensivos

Danilo comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Red Bull Bragantino, durante partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Danilo marcou nas últimas duas partidas e chegou a 5 gols na temporada

Aos 21 anos, Danilo vem ganhando cada vez mais protagonismo no Palmeiras de Abel Ferreira. O meio-campista, que estreou na equipe principal do clube há pouco mais de um ano e oito meses, foi às redes nos últimos dois jogos da equipe, contra Juazeirense e Red Bull Bragantino.

São cinco gols para o camisa 28 em 2022, números que representam sua temporada mais artilheira no clube. “Meu primeiro gol no profissional foi contra o Delfín, na Libertadores. Desde então eu evoluí mentalmente, minhas qualidades evoluíram, melhorei também nos meus defeitos. Só fui crescendo, graças a Deus”, disse o jogador, à TV Palmeiras/FAM. Dos cinco que anotou, dois foram em decisões: no Paulistão e na Recopa Sul-Americana.

No clube desde 2018, quando tinha 16 anos, Danilo iniciou sua carreira nas categorias de base como meia-atacante. Mas foi jogando mais recuado que chamou a atenção de Gilmey Aymberê, auxiliar técnico do Sub-20, e posteriormente de Vanderlei Luxemburgo, que era comandante do Verdão em seus primeiros jogos no profissional.

Sua consolidação no meio de campo, ao lado de Zé Rafael, fez com que fosse chamado pela primeira vez à Seleção Brasileira, para os amistosos contra Coréia do Sul e Japão, e ganhasse a Bola de Bronze no Mundial de Clubes.

“Todo jogo no Allianz Parque é uma emoção a mais. A torcida é maravilhosa, joga com a gente do começo ao fim, é algo magnífico. Mas, independentemente de onde jogo, sempre entro com personalidade para fazer as jogadas, muito focado em dar o máximo dentro de campo”, declarou o jogador.

Danilo tem alto número de bolas recuperadas

Os números de Danilo na parte defensiva também impressionam. De acordo com o site de estatísticas SofaScore, o camisa 28 contabiliza, em 23 jogos, 145 recuperações de bola e nenhum erro defensivo grave cometido. Além disso, foram apenas dois cartões amarelos tomados.

“Procuro estar com a mente fria para desempenhar bem em todas as partes do campo, tanto para roubar uma bola quanto para chegar à área e fazer o gol. Desta vez [contra o Red Bull Bragantino], aproveitei um ótimo cruzamento do [Gustavo] Scarpa para dar uma casquinha e comemorar”, concluiu.

Com a convocação, Danilo pode desfalcar o Palmeiras em até três partidas do Campeonato Brasileiro, contra Santos, Atlético-MG e Botafogo. Mas, enquanto não se junta à seleção, o meio-campista segue à disposição de Abel Ferreira e pode entrar em campo já nesta quarta-feira, quando o Verdão encara o Emelec, no Allianz Parque, pela Libertadores.